Apresentação


 

    

DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS                                    


 

      O Departamento de Ciências Contábeis está situado nas dependências da FACEM, localizado no Campus Universitário Central, na Rua Prof. Antônio Campos, s/n, Bairro Costa e Silva, no Município de Mossoró no Estado do Rio Grande do Norte, Brasil.

      O Departamento antes denominado de Conselho Técnico Administrativo, posteriormente passou a Conselho Departamental, no ano de 1987, denominava-se Departamento de Contabilidade e Finanças até o ano de 1992 quando adquiriu o atual nome Departamento de Ciências Contábeis.

     O Curso de Ciências Contábeis da URRN inicia sua história através da Portaria 059/76-GP/FURRN, presidida pelo professor LAPLACE ROSADO COELHO que constituiu a Comissão de Estudo de Viabilidade do Curso de Ciências Contábeis e Atuariais, sob a presidência do professor JOSÉ CESÁRIO DE QUEIROZ, tendo como membros os professores NELSON ALMEIDA DE MEDEIROS CHAVES e FERNANDO VECTOR DE MELO.

     Em 22 de agosto de 1976, é entregue ao presidente da FURRN, o parecer da comissão, favorável à criação do curso e, em 06 de setembro do mesmo ano, o Conselho Universitário, presidido pelo então reitor HELDER HERONILDES DA SILVA, oficializa a sua criação para funcionamento em 1977 (Resolução 11/76 – C.U.), de acordo com as normas reguladoras do Ciclo Geral de Estudos, tendo grade curricular elaborada conforme portaria ministerial nº 515/79.

     Em 23 de janeiro de 1980, a resolução nº 01/80-CONSEPE, aprova as normas complementares do Estágio Supervisionado, aplicadas aos seus primeiros concluintes, num total de 22 (vinte e dois).

     Com a criação do Campus Avançado de Patu, aprovada em 1º de agosto de 1980 pelo CONSUNI e, de acordo com o decreto municipal nº 178/80, de 04 de setembro, o curso passou a ofertar, em 1981, 30 (trinta) vagas naquele campus, que se somaram às 45 (quarenta e cinco) já ofertadas no Campus Centra em Mossoró.

    Para seu reconhecimento, uma comissão verificadora foi designada pelo SESu/MEC (portaria 176/86), cujo parecer nº 426/87 do então conselheiro Sr. JOÃO PAULO DO VALE MENDES, foi aprovado pelo plenário do Conselho Federal de Educação em 08/05/1987 e, em 06/07/1987, através da Portaria 412-MEC, publicada no Diário Oficial da União em 08/07/1987, é concedido o reconhecimento ao Curso de Ciências Contábeis.

 

 

 


Chefia do Departamento:

Chefe - Professor Mestre Sérgio Luíz Pedrosa Silva

email: professorserrgiopedrosa@gmail.com

 

Coordenador Pedagógico

 

Prof. Esp. Jorge Fernandes Jales Neto

 

Secretárias

Kaliane Roberta dos Santos Narcizo

Arlene Duarte da Silva

 

Contato email: dcc.facem.uern@gmail.com

Contato telefônico: 3315-2202

 


 Projeto Político Pedagóogico - PPP

UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE - UERN

 

Reitor:

Prof. Dr. Pedro Fernandes Ribeiro Neto

 

Vice-Reitor:

Prof. Esp. Aldo Gondim Fernandes

 

Pró-Reitora de Ensino de Graduação:

Prof.ª Dra. Inessa da Mota Linhares Vasconcelos

 

Pró-Reitor de Pesquisa e Pós-Graduação:

Prof. Dr. João Maria Soares

 

Pró-Reitor de Extensão:

Prof. Ms. Etevaldo Almeida Silva

 

Pró-Reitora de Recursos Humanos e Assuntos Estudantis:

Prof.ª Dra. Cicília Raquel Maia Leite

 

Pró-Reitor de Administração:

Iata Anderson Fernandes

 

Pró-Reitoria de Planejamento, Orçamento e Finanças:

Profa. Dra. Fátima Raquel Rosado Morais

FACULDADE DE CIÊNCIAS ECONÔMICAS - FACEM

 

 

Diretor:

Prof. Dr. Zezineto Mendes de Oliveira

 

 

Vice-diretor:

Profa. Ms. Genivalda Cordeiro da Costa

 

 

Chefe do Departamento de Administração:

Prof. Ms. Demétrius de Oliveira Marques

 

 

Chefe do Departamento de Ciências Contábeis:

Prof. Ms. Sérgio Luiz Pedrosa Silva

 

 

Chefe do Departamento de Ciências Econômicas:

Prof. Dr. Leovigildo Cavalcanti de Albuquerque Neto

 

 

Chefe do Departamento de Gestão Ambiental

Prof. Ms. Maria Betânia Rodrigues Tores

 

 

Chefe do Departamento de Turismo

Prof. Dr. Jean Henrique Costa

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

COMISSÃO DE ATUALIZAÇÃO DO PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO

 

Adriana Martins de Oliveira (Docente)

Jandeson Dantas da Silva (Docente)

Jorge Eduardo de Medeiros Lopes (Docente)

Saulo Medeiros Diniz (Docente)

Sérgio Luiz Pedrosa Silva (Docente)

Wênyka Preston Leite Batista da Costa (Docente)

 

 

REPRESENTAÇÃO DO QUADRO TÉCNICO-ADMINISTRATIVO

 

Arlene Duarte da Silva-TNS

Andréia Karla Michelle de Lima Araújo- TNS

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

SUMÁRIO

 

1 APRESENTAÇÃO 4

2 JUSTIFICATIVA 4

3 IDENTIFICAÇÃO DA INSTITUIÇÃO 4

3.1 INSTITUIÇÃO MANTENEDORA 4

3.2 INSTITUIÇÃO MANTIDA 4

3.3 HISTÓRICO DA UERN 4

3.4 ESTRUTURA FÍSICA E INFRAESTRUTURA 4

3.4.1 Sistema de biblioteca 4

3.4.2 Infraestrutura de Informática 4

4 IDENTIFICAÇÃO DO CURSO 4

4.1 HISTÓRICO DO CURSO 4

5 ORGANIZAÇÃO DIDÁTICO-PEDAGÓGICA 4

5.1 INTRODUÇÃO4

5.2 PRINCÍPIOS FORMATIVOS 4

5.2.1 Visão holística da profissão 4

5.2.2 Espírito empreendedor 4

5.2.3 Consciência social4

5.2.4 Profissionalismo4

5.2.5 Interdisciplinaridade 4

5.2.6 Estímulo à pesquisa 4

5.3 PERFIL DO EGRESSO 4

5.4 PERFIL DO DOCENTE 4

5.5 NÚCLO DOCENTE ESTRUTURANTE 4

5.6 OBJETIVOS DO CURSO4

5.6.1 Objetivo geral  4

5.6.2 Objetivos específicos  4

5.7 CRITÉRIOS PARA CONCLUSÃO DO CURSO 4

5.8 COMPETÊNCIAS E HABILIDADES 4

5.9 CARACTERIZAÇÃO DA DEMANDA PROFISSIONAL 4

5.10 RELAÇÃO CANDIDATO/VAGA 4

6 ESTRUTURA CURRICULAR4

6.1 ORGANIZAÇÃO DA MATRIZ CURRICULAR4

6.1.1 Conteúdos de Formação Básica 4

6.1.2 Conteúdos de Formação Profissional 4

6.1.3 Conteúdos de Formação Teórico-prática4

6.2  COMPONENTES CURRICULARES4

6.3 CURRÍCULO PLENO4

6.4 EMENTAS E BIBLIOGRAFIAS DAS DISCIPLINAS OBRIGATÓRIAS 4

6.5  DISCIPLINAS OPTATIVAS E COMPLEMENTARES 4

6.5.1   Relação das disciplinas optativa 4

6.5.2        Ementário das disciplinas optativas4

6.6 EQUIVALÊNCIA DE DISCIPLINAS4

6.7 ATIVIDADES COMPLEMENTARES4

6.8 CURRICULARIZAÇÃO DA EXTENSÃO 4

7 POLÍTICAS PRIORITÁRIAS 4

7.1 POLÍTICA DE RECURSOS HUMANOS4

7.1.1 A carreira Docente4

7.1.2 Situação do Curso em Termos de Titulação 4

7.1.3 Situação do Curso em Termos de Regime de Trabalho 4

7.1.4 Política de Qualificação e Plano de Carreira 4

7.2 POLÍTICAS DE EXTENSÃO 4

7.2.1   Princípios Norteadores 4

7.2.2   Operacionalização4

7.2.2   Forma de Participação4

7.3  PROJETOS DE EXTENSÃO DESENVOLVIDOS PELO CURSO4

7.4 POLÍTICA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO 4

7.5 POLÍTICA DE GESTÃO4

7.5.1 Princípios norteadores4

7.5.2 Política de Avaliação4

7.5.2.1  Princípios Norteadores da Política de Avaliação4

7.5.3   Operacionalização4

7.5.3.1  Avaliação da aprendizagem curricular4

8 BIBLIOTECA4

8.1 ACERVO BIBLIOGRÁFICO PARA O CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS4

8.2 PERFIL DA EQUIPE TÉCNICO-ADMINISTRATIVA DA BIBLIOTECA 4

9 ESPAÇO FÍSICO DO CURSO 4

10 PLANEJAMENTO ECONÔMICO FINANCEIRO DO CURSO 4

11 REGULAMENTO DA ORGANIZAÇÃO E DO FUNCIONAMENTO DO CURSO 4

ANEXOS 4

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

1 APRESENTAÇÃO

 

 

A Universidade enquanto espaço formal do processo de formação tem como desafio propiciar uma cultura crítica e condição para a emancipação intelectual e social dos sujeitos. Uma educação que rompa e ultrapasse os muros da mera reprodução de informações e conhecimentos produzidos por outros. Uma educação que possibilite a construção de cidadãos autônomos que se comprometam com a diminuição da exclusão social.

A Universidade do Estado do Rio Grande do Norte- UERN, sintonizada com esses desafios, tem procurado redefinir o seu papel social na perspectiva de promover uma formação fundamentada no princípio da cidadania e na articulação ensino, pesquisa e extensão. Diante desse cenário, cresce a importância de cursos de graduação comprometidos com a qualificação de profissionais capazes de produzir saberes e práticas na perspectiva da crítica e da reflexão transformadora.

 

Nessa perspectiva, foi criado o Curso de Ciências Contábeis, conforme Resolução n° 11/76-CU/UERN.

O corpo docente construiu, de forma coletiva o Projeto Pedagógico do Curso, caracterizado como eixo norteador da gestão acadêmica, o qual foi aprovado pelo Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão-CONSEPE, através da Resolução nº 32/2008 - CONSEPE.

Assim o curso bacharelado em Ciências Contábeis, vinculado à Faculdade de Ciências Econômicas-FACEM/UERN tem como objetivo formar profissionais qualificados científica, técnica e politicamente para o exercício das atividades na área de contabilidade.

O Projeto Pedagógico de Curso ora apresentado, elaborado coletivamente, à luz das Diretrizes Curriculares Nacionais e Legislação da UERN, representa o eixo norteador das ações acadêmico- administrativas do curso de Ciências Contábeis da UERN.

Nesse sentido, as atualizações neste documento versam sobre dados institucionais, das condições de infraestrutura disponíveis para o funcionamento do curso; dos projetos voltados ao fortalecimento das atividades de ensino, pesquisa e extensão; corpo docente; ementas das disciplinas optativas e ementas das disciplinas obrigatórias.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

2 JUSTIFICATIVA

 

A evolução tecnológica, o crescimento acelerado e a globalização dos mercados, bem como a situação econômica do Brasil provocaram profundas mudanças na dinâmica empresarial brasileira.

Como a Contabilidade é uma ciência social, esta é influenciada profundamente por mudanças nas condutas e relações sociais, notadamente no tocante às mudanças que ocorrem na dinâmica empresarial, já que a Contabilidade é chamada de “linguagem dos negócios”.

O certo é que nesse contexto de mudança radical no cenário econômico e social mundial, a Contabilidade também precisa e está mudando (para atender às novas exigências que lhes são postas).

Na época da Revolução Industrial, a Contabilidade foi cobrada a desenvolver um sistema que determinasse o preço (custo) que se pagaria para fabricar um determinado bem e, isso foi resolvido com o desenvolvimento do sistema de “Custeio por Absorção”. Com a quebra da bolsa de New York em 1929, a contabilidade recebeu grande parcela de culpa, acusada de não ter um arcabouço de normas que garantisse procedimentos padronizados no trabalho de cada contador nos EUA (fazendo com que cada um apurasse o resultado de maneiras diferentes) e, isso foi resolvido com desenvolvimento dos princípios e normas de Contabilidade.

Hoje, o desafio é outro: a globalização dos mercados e das relações sociais fez com que investidores passassem a investir em vários países do mundo ao mesmo tempo. Assim, esses investidores passaram a precisar de informações contábeis inteligíveis e comparáveis, de cada uma das entidades com as quais mantém negócios no mundo inteiro. Estes investidores se depararam com o problema de as normas e princípios contábeis de país para país serem diferentes (devido às questões legais, econômicas e sociais de cada país), o que impossibilita a comparação de investimentos realizados em regiões diferentes do mundo uns com os outros.

Este é, pois, o novo desafio que a sociedade impõe à Contabilidade: produzir informações em diversos lugares do mundo, informações essas que possibilitem ao empresário, investidor, gerente, funcionários, fornecedores, governo etc. condições de saber o que lhe interessa sobre determinada entidade e, ao mesmo tempo, possa comparar, com os mesmos parâmetros, o desempenho de uma entidade com outra de qualquer lugar do mundo.

Face a esse desafio e às novas necessidades informacionais dos interessados pelas empresas (informações que possibilitem a “previsão” ou projeção do futuro das entidades) e, também pelas novas políticas curriculares do Ministério da Educação (este alterou as Diretrizes Curriculares dos cursos de Ciências Contábeis exatamente para suprir essas novas necessidades), os cursos de Ciências Contábeis no Brasil vêm passando por mudanças no conteúdo das suas disciplinas.

Nesse contexto, o presente projeto está em construção exatamente para sintonizar a nossa universidade com essas novas exigências legais, bem como com as novas exigências que todos os interessados pelas entidades impuseram à classe contábil.

No processo de construção desse projeto foram observadas tanto essas exigências “macro”, como também as exigências, necessidades e vocações do Estado do Rio Grande do Norte, que é o campo de atuação da maioria de nossos egressos.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

3 IDENTIFICAÇÃO DA INSTITUIÇÃO

 

3.1 INSTITUIÇÃO MANTENEDORA

  • ·         Fundação Universidade do Estado do Rio Grande do Norte – FUERN
  • ·         Endereço: Rua Almino Afonso, 478, Centro, Mossoró/RN, CEP: 59.610-210.
  • ·         Contatos: (84) 3315-2145, E-mail: reitoria@uern.br
  • ·         Presidente: Prof. Pedro Fernandes Ribeiro Neto
  • ·         Espécie Societária: Não Lucrativa
  • ·         Documentação: Cartão de Inscrição no CNPJ/CPF: 08.258.295/0001-02, Emissão: 06/12/2005 com validade indeterminada.

 

3.2 INSTITUIÇÃO MANTIDA

  • ·         Universidade do Estado do Rio Grande do Norte – UERN.
  • ·         Endereço: BR 110, Km 46, Av. Prof. Antônio Campos S/N, Bairro Costa e Silva.
  • ·         Contatos: (84) 3315-2145, E-mail: reitoria@uern.br, Home Page: reitoria@uern.br
  • ·         Dirigente: Prof. Dr. Pedro Fernandes Ribeiro Neto.
  • ·         Ato de Credenciamento: Portaria n.° 874/MEC, de 17/06/1993.

 

3.3 HISTÓRICO DA UERN

 

A Fundação Universidade Regional do Rio Grande do Norte (FURRN), foi criada pela Lei Municipal N° 20/68, de 28 de setembro de 1968, assinada pelo prefeito Raimundo Soares de Souza, com o objetivo de implantar progressivamente e manter a Universidade Regional do Rio Grande do Norte (URRN).

Entretanto, o sonho de dotar Mossoró de uma instituição de ensino superior é mais antigo. Seu marco inicial é a Faculdade de Ciências Econômicas de Mossoró (FACEM), instituída através da Resolução n.° 01/43, de 18 de agosto de 1943, por iniciativa da Sociedade União Caixeiral, mantenedora da Escola Técnica de Comércio União Caixeiral.

A luta do grupo de idealistas da União Caixeiral, somou-se a União Universitária Mossoroense, entidade fundada em 9 de julho de 1955, composta por universitários de Mossoró que estudavam em outras cidades. A entidade foi presidida por João Batista Cascudo Rodrigues que veio a ser o primeiro reitor da URRN.

Como resultado desses esforços, surgiu, com a Lei Municipal n.° 41/63, de 5 de dezembro de 1963, sancionada pelo prefeito Antônio Rodrigues de Carvalho, a Fundação para o Desenvolvimento da Ciência e da Técnica (FUNCITEC) que, em 1968, foi transformada em FURRN pelo então prefeito Raimundo Soares de Souza.

Após a transformação da FUNCITEC em FURRN, o monsenhor Walfredo Gurgel, então Governador do Rio Grande do Norte, autorizou o seu funcionamento como instituição superior, através do Decreto Estadual n.° 5.025, de 14 de novembro de 1968.

Integravam, inicialmente, a URRN, nos termos da Lei n.°20/68, a Faculdade de Ciências Econômicas de Mossoró, a Faculdade de Serviço Social de Mossoró, a Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Mossoró e a Escola Superior de Enfermagem de Mossoró.

Um dos passos mais importantes para a continuidade da Instituição foi dado em 08 de janeiro de 1987. Naquela data, o governador Radir Pereira, através da Lei n.° 5.546, estadualizou a FURRN que já contava com o Campus Universitário Central, em Mossoró, e os Campi Avançados de Açu, Patu e Pau dos Ferros.

Outro passo importante na história da URRN foi o seu reconhecimento pelo Conselho Federal de Educação, em sessão realizada no dia 4 de maio de 1993, conforme Portaria Ministerial n.° 874, de 17 de junho de 1993, e Decreto n.° 83.857, de 15 de agosto de 1993, do ministro Murílio de Avellar Hingel.

Em 29 de setembro de 1997, o Governador Garibaldi Alves Filho, através da Lei Estadual n.° 7.063, transformou a Universidade Regional do Rio Grande do Norte em Universidade Estadual do Rio Grande do Norte, mantendo, no entanto, a sigla URRN. A Lei 7.761, de 15 de dezembro de 1999, publicada no DOE de 16.12.99, alterou a denominação anterior para Universidade do Estado do Rio Grande do Norte–UERN. O Decreto 14.831, de 28 de março de 2000, publicado no DOE do dia 29.03.2000, modifica a denominação da mantenedora para Fundação Universidade do Estado do Rio Grande do Norte – FUERN[1].

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

3.4      ESTRUTURA FÍSICA E INFRAESTRUTURA

 

 

A UERN dispõe de 06 (seis) campi distribuídos nas cidades de Mossoró, Assu, Patu, Pau dos Ferros, Natal e Caicó.

O Campus Universitário Central, localizado na Rua Prof. Antônio Campos, s/n, Bairro Costa e Silva, no Município de Mossoró, ocupa uma extensão de 106,1 hectares, com área construída de 36.076,46 m², cuja ampliação ocorreu no ano de 2000, mediante construção de 01 (um) centro de convivência (área construída de 1.031,74 m²), 04 (quatro) passarelas de acesso aos blocos de salas de aula, área construída de 518 m², e salas destinadas aos professores.

O Campus Central congrega o maior número de cursos e atividades acadêmicas da UERN, sediando a Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação-PROPEG, a Pró-Reitoria de Ensino de Graduação-PROEG, a Pró-Reitoria de Extensão-PROEX e as seguintes unidades universitárias: Faculdade de Educação, Faculdade de Direito, Faculdade de Filosofia e Ciências Sociais, Faculdade de Ciências Exatas e Naturais, Faculdade de Serviço Social, Faculdade de Educação Física, Faculdade de Ciências Econômicas e Faculdade de Letras e Artes. Além dessas unidades, comporta uma infraestrutura de apoio para o desenvolvimento de suas atividades de ensino, constituída por uma biblioteca central, um parque poli esportivo, contendo um ginásio coberto, uma piscina semi olímpica, pista de atletismo, campo de futebol, sala de ginástica e quadra de voleibol de areia, 03(três) miniauditórios e os seguintes laboratórios: Laboratório de Línguas, Laboratório de Informática, Laboratório de Física, Laboratório de Química, Laboratório de Biologia, Laboratório de Matemática, Laboratório de Estudos e Pesquisa em Serviço Social, Laboratório de Ciências Contábeis e Laboratório de Educação Física.

A UERN dispõe, ainda, no centro da cidade-sede, de 04(quatro) prédios. O Edifício João Batista Cascudo Rodrigues, que sedia o Gabinete da Reitoria, Secretaria dos Conselhos e Assessorias. O Edifício Epílogo de Campos, com extensão de 1.678,24 m² e área construída de 1.224,00 m², comporta a Pró-Reitoria de Administração, Pró-Reitoria de Recursos Humanos e Assuntos Estudantis, o Centro de Estudos e Programação Cultural, o Conservatório D’alva Stella Nogueira Freire, o consultório odontológico, o auditório Prof. Vingt-Un Rosado. O Edifício Antônio Gomes de Arruda Barreto, sede da Faculdade de Enfermagem, possui uma extensão de 2.148,48 m² e 1.358,88m² de área construída, sediando ainda, laboratórios, uma biblioteca setorial e o Centro de Documentação Histórica da UERN. O prédio da Associação Cultural e Esportiva Universitária – ACEU, abrangendo uma extensão de 2.478 m² e com 1.175 m² de área construída, encontra-se restaurado em quase sua totalidade e com projeto para funcionamento, a partir de 2000, do Conservatório de Música e do Centro Cultural da UERN.

A Comissão Permanente do Vestibular, COMPERVE, está instalada em imóvel situado na Rua Amaro Cavalcante, 294, centro, e é responsável principalmente pelas ações institucionais direcionadas à administração e ao desenvolvimento do Processo Seletivo internos e externos.

O Campus Avançado Prefeito Walter de Sá Leitão, situado na cidade de Assu, com uma extensão total de 5.569,74 m² e 1.247 m² de área construída, dispõe de infraestrutura composta de: setor administrativo, biblioteca setorial e salas de aula. No Campus, funcionam os seguintes cursos de graduação: Ciências Econômicas, Letras (Língua Portuguesa), Letras (Língua Inglesa), Pedagogia, História e Ciências, com habilitação em Matemática.

O Campus Avançado Prof. João Ismar de Moura, localizado na cidade de Patu, abrange uma área total de 1 ha (um hectare) e 3.301 m² de área construída, cuja ampliação ocorreu em virtude da construção da Biblioteca Profa Mônica Moura, bem como da edificação de banheiros. Este Campus é dotado de infraestrutura para funcionamento dos seguintes cursos de graduação: Pedagogia, Ciências com habilitação em Matemática e Ciências Contábeis.

 

O Campus Avançado Profa Maria Elisa de Albuquerque Maia, situado na cidade de Pau dos Ferros, com uma área de 04 ha (quatro hectares) e 1.883,88 m² de área construída, tendo sua ampliação acorrido em função da construção da Biblioteca Pe. Sátiro Cavalcanti Dantas, dispõe de infraestrutura para o funcionamento dos seguintes cursos de graduação: Ciências Econômicas, Administração, Educação Física, Enfermagem, Geografia, Letras (Língua Portuguesa), Letras (Língua Inglesa), Letras (Língua Espanhola) e Pedagogia.

 

O Campus Avançado Governadora Vilma Maria de Fariam, situado na cidade de Caicó, dispõe de infraestrutura para o funcionamento dos seguintes cursos de graduação: Filosofia, Enfermagem e Odontologia.

O Campus Avançado Governador Fernando Antônio da Câmara Freire, situado na cidade de Natal, tem sua sede temporária na Av. Aírton Sena, n° 4241, no bairro de Neópolis, teve como ampliação a construção de um bloco com 06(seis) salas de aula, onde são ofertados os cursos de Ciência da Computação, Ciência da Religião, Direito e Turismo.

 

3.4.1 Sistema de biblioteca

 

 

Para dar suporte às atividades de ensino, pesquisa e extensão e otimizar a prestação de serviços em termos de acesso e uso de informação pela comunidade universitária, a UERN conta com um sistema de bibliotecas, formado pela Biblioteca Pe. Sátiro Cavalcanti Dantas, sede administrativa central, situada no Campus Universitário Central, Mossoró-RN, com área física construída de 1.731,50 m². Além da Biblioteca Central existem as seguintes sub-bibliotecas:

 

  • ·         Biblioteca Raimundo Renê Carlos de Castro, na Faculdade de Enfermagem, na Rua Dionízio Filgueira, s/n, Centro, Mossoró-RN, tel.:(84)3315.2155, E-mail:  faen@biblioteca.uern.br;
  • ·         Biblioteca Prof. Francisco das Chagas Silva, na Faculdade de Ciências da Saúde, na Rua Atirador Manoel da Silva Neto, s/n, Aeroporto, Mossoró-RN, tel.: (84) 3315.2247, E-mail: facs@biblioteca.uern.br;
  • ·         Biblioteca Pe. Alfredo Simonetti, no Campus Avançado Pref. Walter de Sá Leitão, na cidade do Açu–RN, E-mail:  assu@biblioteca.uern.br;
  • ·         Biblioteca Pe. Sátiro Cavalcante Dantas, no Campus Avançado Profª. Maria Elisa de Albuquerque Maia, na cidade de Pau dos Ferros–RN, E-mail: pferros@biblioteca.uern.br;
  • ·         Biblioteca Profª Mônica Moura, no Campus Avançado Prof. João Ismar de Moura, na cidade de Patu–RN, E-mail: patu@biblioteca.uern.br;
  • ·         Biblioteca Setorial do Campus Avançado do Seridó Wilma Maria de Faria, Rua: André Sales, 667, Paulo VI, Caicó-RN, E-mail: caico@biblioteca.uern.br;
  • ·         Biblioteca Setorial do Campus de Natal, Av. Airton Senna, 4241, Neópolis Natal-RN, E-mail: natal@biblioteca.uern.br ;
  • ·         Biblioteca Setorial do ITEPAN, Av. Câmara Cascudo, 390 – Cidade Alta – 59025-280 Natal-RN;

 

A Biblioteca Sede Administrativa Central é um órgão suplementar com supervisão técnica da Pró-Reitoria de Ensino de Graduação. Tem como finalidade prestar serviços de informação às atividades de ensino, pesquisa e extensão. Coordena todo o sistema de bibliotecas da UERN, por meio da implantação do Sistema de Administração de Bibliotecas-SIAB, possibilitando o gerenciamento de seus usuários(as), acervo, multimeios, bem como um total controle dos serviços de consulta e empréstimo. Em todas as suas unidades, o Sistema de Bibliotecas conta com acervo físico (livros, periódicos etc.), bem como com ambiente para estudo e acesso à internet, com serviços de consulta e renovação de empréstimos. A sede Administrativa Central atende ao público nos seguintes horários:

 

  • ·         Setor de Circulação: Segunda à Sexta feira das 7:10 às 21:50
  • ·         Setor de Periódicos e Coleção Especial: Segunda à Sexta feira das 7:10 às 11:00 e das 13:00 às 21:50
  • ·         Setor de multimeios e NET: Segunda à Sexta feira das 7:10 às 11:00 / 13:30 às 17:30/ 19:00 às 21:50.

 

Destaca-se que a ampliação e atualização do acervo bibliográfico têm-se constituído prioridade da atual administração. Neste sentido, em 2015, a UERN contava com 70.521 (setenta mil, quinhentos e vinte de um) títulos e 148.079 (cento e quarenta e oito mil e setenta e nove) exemplares. Foi definida uma política de investimento para a aquisição de novos títulos, a partir de solicitações dos cursos, referentes às bibliografias básicas das disciplinas de suas matrizes curriculares.

O sistema de bibliotecas oferece os seguintes serviços:

  • ·         Consulta Local - A consulta ao acervo é de livre acesso para a comunidade em geral.
  • ·         Empréstimo Domiciliar - O empréstimo é oferecido apenas à comunidade universitária: alunos de graduação e funcionários (03 livros por 14 dias), professores e alunos de pós-graduação (03 livros por 21 dias).
  • ·         Orientação Bibliográfica - Capacita os usuários quanto a utilização dos recursos informacionais disponíveis na Biblioteca (manuseio das obras de referência, uso de catálogo eletrônicos).
  • ·         Visitas Orientadas - Apresentação da biblioteca aos usuários oferecendo uma visão global dos serviços oferecidos em suas respectivas seções e de toda a estrutura física da Biblioteca.
  • ·         Acesso a Internet - É oferecido apenas à comunidade universitária, com horário previamente marcado.
  • ·         Catalogação na Fonte - A    solicitação       da        ficha    catalográfica   deve ser solicitada      através            do        e-mail: normas@biblioteca.uern.br, enviar os elementos pré textuais (capa, folha de rosto, sumário, resumo) e o nº da última página da publicação. A ficha catalográfica será enviada por E-mail no prazo de cinco dias úteis.

 

Constitui-se acervo do Sistema de Bibliotecas:

 

  • ·         Livros
  • ·         Obras de referência (enciclopédias, dicionários e Atlas)
  • ·         Periódicos (revistas e jornais)
  • ·         Coleção especial (folhetos, eventos, projetos, relatórios, teses, dissertações, dados estatísticos etc.).
  • ·         Fitas de vídeo e CD-ROM’S.

 

 

O quadro abaixo demonstra os dados referentes ao acervo de todos os tipos de materiais bibliográficos, por biblioteca:

 

Quadro 01 – Acervo bibliográfico

BIBLIOTECA

TÍTULOS

EXEMPLARES

Biblioteca Central Campus Mossoró

41.717

73.066

Biblioteca Setorial Pau dos Ferros

9.041

21.064

Biblioteca Setorial Campus Assu

4.851

9.519

Biblioteca Setorial Campus Patu

2.788

5.521

Biblioteca Setorial do Campus Caicó

4.279

7.267

Biblioteca Setorial do Campus Natal

12.611

12.764

Fonte: SIB, 2016

 

3.2.4 Infraestrutura de Informática

 

 

As ações ligadas à informática na UERN são de responsabilidade da Unidade de Processamento de Dados (UPD), diretoria executiva ligada diretamente ao Gabinete do Reitor.

 

4        IDENTIFICAÇÃO DO CURSO

 

  • ·         Denominação: Curso de Graduação em Ciências Contábeis.
  • ·         Modalidade: Bacharelado.
  • ·         Área do conhecimento: Ciências Sociais Aplicadas.
  • ·         Turnos de funcionamento: Matutino e noturno.
  • ·         Vagas ofertadas: 40 (quarenta) para o turno matutino e 40 (quarenta) para o turno noturno.
  • ·         Regime de matrícula: Semestral.
  • ·         Matriz Curricular: 2007.1
  • ·         Carga horária total e créditos: 3.420 horas-aula, equivalentes a 228 créditos, e 180 horas de atividades complementares distribuídas conforme quadro abaixo.

 

 

Quadro 02 – Carga horária do Curso de Ciências Contábeis

DISCIPLINAS

CARGA HORÁRIA

Disciplinas Obrigatórias

2.580 hs

 

Disciplinas Optativas

180 hs

 

Estágio Supervisionado

360 hs

 

Trabalho de Conclusão de Curso

120 hs

 

Atividades Complementares

180 hs

 

TOTAL

3.420 hs

 

Carga Horária Semanal

 

Fonte: DCC/UERN, 2017.

 

  • ·         Tempo de integralização: mínimo de 5 (cinco) anos e máximo de 8 (oito) anos.
  • ·         Formas de acesso ao curso – ENEM/SISU – Exame Nacional do Ensino Médio e transferência.
  • ·         Local de Funcionamento: Campus Central – Mossoró
  • ·         Semestres de entrada: 1º e 2º
  • ·         Número máximo de alunos por turma: 45

 

4.1  HISTÓRICO DO CURSO


 

O Curso de Ciências Contábeis da UERN inicia sua história através da Portaria 059/76-GP/FURRN, presidida pelo professor LAPLACE ROSADO COELHO que constituiu a Comissão de Estudo de Viabilidade do Curso de Ciências Contábeis e Atuariais, sob a presidência do professor JOSÉ CESÁRIO DE QUEIROZ, tendo como membros os professores NELSON ALMEIDA DE MEDEIROS CHAVES e FERNANDO VICTOR DE MELO.

Em 22 de agosto de 1976, é entregue ao presidente da FURRN, o parecer da comissão, favorável à criação do curso e, em 06 de setembro do mesmo ano, o Conselho Universitário, presidido pelo então reitor HELDER HERONILDES DA SILVA, oficializa a sua criação para funcionamento em 1977 (Resolução 11/76 – C.U.), de acordo com as normas reguladoras do Ciclo Geral de Estudos, tendo matriz curricular elaborada conforme portaria ministerial nº 515/79.

Em 23 de janeiro de 1980, a resolução nº 01/80-CONSEPE, aprova as normas complementares do Estágio Supervisionado, aplicadas aos seus primeiros concluintes, num total de 22 (vinte e dois). Com a criação do Campus Avançado de Patu, aprovada em 1º de agosto de 1980 pelo CONSUNI e, de acordo com o decreto municipal nº 178/80, de 04 de setembro, o curso passou

a ofertar, em 1981, 30 (trinta) vagas naquele campus, que se somaram às 45 (quarenta e cinco) já ofertadas no Campus Central em Mossoró.

Para seu reconhecimento, uma comissão verificadora foi designada pelo SESu/MEC (portaria 176/86), cujo parecer nº 426/87 do então conselheiro Sr. JOÃO PAULO DO VALE MENDES, foi aprovado pelo plenário do Conselho Federal de Educação em 08/05/1987 e, em 06/07/1987, através da Portaria 412-MEC, publicada no Diário Oficial da União em 08/07/1987, é concedido o reconhecimento ao Curso de Ciências Contábeis.

Em junho de 1990, o Departamento de Ciências Contábeis, preocupado com a defasagem da matriz curricular do curso e com o avanço tecnológico, inicia estudos para viabilizar sua reformulação, concluído e aprovado pela sua plenária em 12/09/1991, como proposta para o novo currículo de Ciências Contábeis, enviada para apreciação da Câmara de Ensino, cujo Parecer nº 49/92, é favorável à proposta, resultante do processo 32/92, enviado para apreciação do CONSEPE, que o aprova por unanimidade na reunião de 14/01/1993 (resolução 01/93), para implantação no mesmo ano, antecipando o que determina a Resolução nº 03, de 05/10/1992 do Ministério da Educação de do Desporto, que fixa os mínimos de conteúdos e duração do Curso de Graduação em Ciências Contábeis, obrigatório para todos os alunos que ingressarem no ensino superior a partir do ano letivo de 1994 (art. 6º, parágrafo único).

Para atender às necessidades da nova matriz curricular, em 23/11/1994 é aprovada pelo CONSEPE, através da Resolução 23/94, as suas normas complementares de monografias.

Acompanhando a implantação da referida matriz curricular, o Departamento de Ciências Contábeis sentiu necessário um alinhamento na distribuição das disciplinas e, envia proposta à Câmara de Ensino, sendo esta favorável ao alinhamento, conforme Parecer nº 54/95, aprovado pelo CONSEPE, de acordo com a Resolução nº 29/95 de 20 de setembro.

Pela mesma razão da aprovação das Normas Complementares de Monografia, o CONSEPE aprova em 22/05/1995 (Resolução nº 06/96), as Normas Específicas do Estágio Supervisionado do Curso de Ciências Contábeis.

Como responsável pelas atividades acadêmicas do Curso, o Departamento de Ciências Contábeis da FACEM/UERN é composto por um corpo docente de 15 (quinze) professores efetivos, sendo 02 (dois) com titulação de doutores, 07 (sete) com titulação de mestre e 06 (seis) com titulação de especialista. Além dos professores efetivos, o departamento está contando com os serviços de 04 (quatro) professores provisórios.

5 ORGANIZAÇÃO DIDÁTICO-PEDAGÓGICA

 

5.1 INTRODUÇÃO

 

A organização didático-pedagógica do Curso de Ciências Contábeis foi constituída observando as novas Diretrizes Curriculares Nacionais para o curso, bem como as vocações da região onde opera.

 

5.2 PRINCÍPIOS FORMATIVOS

 

5.2.1 Visão holística da profissão

 

Formação de profissionais com capacitação superior específica na área de Ciências Contábeis, com conhecimento e visão abrangente nas diversas áreas de conhecimento científico, técnico, financeiro, econômico, social (gestão, finanças, controller, perícia, arbitragens e auditoria) no âmbito nacional e internacional.

 

5.2.2 Espírito empreendedor

 

 

Desenvolver o espírito empreendedor, a visão crítica, contribuindo para uma melhor atuação profissional dentro do mercado competitivo e globalizado.

 

5.2.3 Consciência social

 

Compromisso com o desenvolvimento de uma sociedade justa, participativa e democrática.

 

 

5.2.4 Profissionalismo

 

 

Formação teórico-metodológica sólida, que capacite o egresso a construir alternativas de intervenções seguras, eficientes, eficazes e éticas.

 

5.2.5 Interdisciplinaridade

 

 

Interdisciplinaridade e transversalidade como horizonte de construção da visão de totalidade referente aos fenômenos estudados.

 

5.2.6 Estímulo à pesquisa

 

 

Estímulo à prática de pesquisa como eixo articulador da relação teoria-prática e da produção de conhecimento.

 

5.3 PERFIL DO EGRESSO

 

 

O Curso de graduação em Ciências Contábeis da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte oferece condições para que o discente esteja capacitado a compreender os aspectos científicos, sociais, econômicos e financeiros envolvidos na prática contábil, considerando diferentes modelos de organização.

O profissional egresso da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte deve estar apto a:

  • ·         aplicar adequadamente a legislação inerente à contabilidade;
  • ·         demonstrar visão sistêmica e interdisciplinar da atividade contábil;
  • ·         desenvolver, analisar e implantar sistemas de informação contábil e de controle gerencial, revelando capacidade crítico analítica para avaliar as implicações organizacionais com a tecnologia da informação;
  • ·         desenvolver a liderança entre equipes multidisciplinares para a captação de insumos necessários aos controles técnicos, à geração e disseminação de informações contábeis, com reconhecido nível de precisão;
  • ·         elaborar pareceres e relatórios que contribuam para o desempenho eficiente e eficaz de seus usuários, quaisquer que sejam os modelos organizacionais;
  • ·         exercer com ética e proficiência as atribuições e prerrogativas que lhe são prescritas.
  • ·         exercer suas responsabilidades com o expressivo domínio das funções contábeis, incluindo noções de atividades atuariais e de quantificações de informações financeiras, patrimoniais e governamentais, que viabilizem aos agentes econômicos e aos administradores de qualquer segmento produtivo ou institucional o pleno cumprimento de seus encargos quanto ao gerenciamento, aos controles e à prestação de contas de sua gestão perante à sociedade, gerando também informações para a tomada de decisão, organização de atitudes e construção de valores orientados para a cidadania;
  • ·         utilizar adequadamente a terminologia e a linguagem das Ciências Contábeis e Atuariais;

 

5.4 PERFIL DO DOCENTE

 

O curso de Ciências Contábeis conta atualmente com a maioria dos seus professores com especialização e cursando mestrado e doutorado, e atende à exigência de que a formação acadêmica e profissional dos docentes corresponda às suas atividades no curso. O curso apresenta um total de 19 (dezenove) docentes com formação acadêmica e profissional na área e com titulação correspondente a: doutor, mestre e especialista, conforme o quadro abaixo:

 

 

 

 

 

 

Quadro 03 – Corpo docente do curso de ciências contábeis, titulação e disciplinas ministradas.

DOCENTE

GRADUAÇÃO

TITULAÇÃO NA ÁREA

TITULAÇÃO FORA DA ÁREA

DISCIPLINAS LECIONADAS

Adriana Martins de Oliveira

Ciências Contábeis – UERN – 1997

Especialista em Ciências Contábeis – UERN – 1991

Mestre em Administração – UnP – 2008

Doutora em Administração – PUCPR,2015

 

- Técnica de Pesquisa em Contabilidade

- Trabalho de Conclusão de Curso

 

Antônio Bezerra da Fé

Ciências Contábeis – UERN - 1980

Especialista em Ciências Contábeis - 2000

Graduação em Ciências Jurídicas - 1988

Licença especial

 

Antônio Cláudio Noberto Paiva

Ciências Contábeis – UERN - 2002

Especialização em Auditoria Contábil – 2007

Mestrado em Ciências Contábeis UnB/UFRN/UFPB 2010

 

Auditoria I

Contabilidade Atuarial

 

Antônio Marcos Soares Brasil

Ciências Contábeis – UERN - 1995

Especialista em Ciências Contábeis – UERN - 2002

 

Contabilidade Básica I

Contabilometria

 

Auris Martins de Oliveira

Ciências Contábeis – UERN - 1992

Especialista em Ciências Contábeis - 1994

Mestrado em Desenvolvimento e Meio Ambiente – UERN , 2000

Teoria da Contabilidade I

Contabilidade de Custos II

 

 

Cássio Rodrigo da Costa Almeida

Ciências Contábeis – UERN - 1998

Especialista em Contabilidade Gerencial – UERN – 2001

Especialista em Auditoria Contábil – UERN – 2004

 

Estrutura das Demonstrações Contábeis

Análise das Demonstrações Contábeis

 

Ivanaldo Gaudêncio

Ciências Contábeis – UERN - 1985

 

Licenciatura em Pedagogia – 1989

Especialização em Planejamento Agrícola, 1993

Especialização em Administração Universitária - 1996

Licença especial

 

Jandeson Dantas da Silva

Ciências Contábeis – UERN - 2013

Mestrado em Administração e Controladoria – UFC, 2015

 

Controladoria

Contabilidade Básica II

Contabilidade e Legislação Tributária

Contabilidade das Instituições Financeiras

 

Jorge Eduardo de Medeiros Lopes

Ciências Contábeis – UERN - 2005

Especialização em Auditoria Contábil – UERN – 2007

Mestrado em Ciências Contábeis UnB/UFRN/UFPB, 2009

Especialista em Direito Ambiental – FIP - 2006

Contabilidade Intermediária II

Auditoria II

 

Jorge Fernandes Jales Neto

Ciências Contábeis – UERN - 1994

Especialista em Contabilidade Gerencial – UERN, 2007

 

Contabilidade das Instituições Públicas

Orçamento das Instituições Públicas

 

Jorge Silvano de Lima Pinheiro

Ciências Contábeis – UERN - 1981

Especialista em Ciências Contábeis – UERN - 2000

Graduação em Pedagogia – UERN - 1992

Licença especial

 

José Sueldo Câmara Ferreira

Ciências Contábeis – UERN - 1990

Especialista em Ciências Contábeis – UERN – 2000

Especialista em Administração Hospitalar – 2003

Mestre em Administração – UnP – 2008

Doutora em Administração – PUCPR,2016.

 

Contabilidade de Custos I

Marketing Contábil

 

Saulo Medeiros Diniz

Ciências Contábeis – UFRN - 2003

Especialista em Auditoria Contábil – UERN – 2010

Mestre em Administração – UnP - 2009

 

Estágio Supervisionado I

Estágio Supervisionado II

 

Sérgio Luiz Pedrosa Silva

Ciências Contábeis – UERN - 1990

Especialização em Ciências Contábeis – UERN - 2000

Mestrado em Engenharia da Produção – UFSC - 2002

Gestão Estratégica de Custos

 

Wênyka Preston Leite Batista da Costa

Ciências Contábeis – UERN - 2010

Especialista em Auditoria Contábil – UERN – 2012

Mestre em Administração – UnP - 2014

 

Metodologia do Trabalho Científico

Perícia Contábil

Trabalho de Conclusão de Curso

Contabilidade Internacional

 

 

Antônia Wigna de Almeida Ribeiro

Ciências Contábeis – UERN - 2008

Especialista em Gestão Empresarial – Faculdade Internacional Signorelli – 2013

Mestrado em Administração – UFRN - 2016

 

Contabilidade Intermediária I

Contabilidade Avançada

Contabilidade e Orçamento Empresarial.

Contabilidade Socioambiental

 

Francisco Valmir Dias Soares Júnior

Ciências Contábeis – UERN - 2011

Especialização em Gestão Pública - Faculdade Internacional Signorelli – 2014

 

Finanças Públicas

Legislação e Ética

Auditoria Governamental

Orçamento das Instituições Públicas

 

Joaquim de Siqueira Furtado Neto

Ciências Contábeis – UERN - 2011

Especialização em Contabilidade e Planejamento Tributário - UFERSA – 2013

 

Contabilidade e Planejamento Tributário

Informática aplicada à Contabilidade

Contabilidade Ambiental

Contabilidade Gerencial

 

Raniela Ricarte Freitas Sampaio

Ciências Contábeis – UERN - 2013

 

Especialização em Metodologia e Docência no Ensino Superior - FVJ – 2014

Contabilidade e Finanças

Contabilidade do Agronegócio

Informática Aplicada à Contabilidade

 

Fonte: DCC/UERN, 2017.

 

 

 

 

Quadro 04 - Percentual de titulação do corpo docente na área e fora da área

Titulação

Nº de docentes

% de Docentes

Doutor

02

10,5%

Mestre

08

42,1%

Especialista

09

47,4%

Graduado

00

0%

TOTAL

19

100,00%

Fonte: DCC/UERN, 2017.

 

O curso apresenta 100% dos seus professores com amplo conhecimento profissional, sendo que destes todos têm experiência pedagógica e vasta experiência de trabalho não acadêmica na área contábil e administrativa. Segue o quadro de experiência profissional (em anos):

 

Quadro 05 - Percentual de titulação do corpo docente na área e fora da área

DOCENTE

TEMPO MAGISTÉRIO ENSINO SUPERIOR

TEMPO MAGISTÉRIO ENSINO FUNDAMENTAL / MÉDIO

EXPERIÊNCIA EM OUTRAS ÁREAS FORA DO MAGISTÉRIO

Adriana Martins de Oliveira

14

-

12

Antônio Bezerra da Fé

31

33

24

Antônio Cláudio Noberto Paiva

13

02

21

Antônio Marcos Soares Brasil

11

-

23

Auris Martins de Oliveira

23

-

10

Cássio Rodrigo da Costa Almeida

12

-

16

Ivanaldo Gaudêncio

27

01

17

Jandeson Dantas da Silva

01

 

10

Jorge Eduardo de Medeiros Lopes

09

01

14

Jorge Fernandes Jales Neto

12

06

21

Jorge Silvano de Lima Pinheiro

33

18

5

José Sueldo Câmara Ferreira

13

-

17

Saulo Medeiros Diniz

13

-

8

Sérgio Luiz Pedrosa Silva

18

-

29

Wênyka Preston Leite Batista Costa

06

01

6

Antônia Wigna de Almeida Ribeiro

02

-

3

Francisco Valmir Dias Soares Júnior

03

-

5

Joaquim de Siqueira Furtado Neto

04

01

6

Raniela Ricarte Freitas Sampaio

03

-

6

 

Fonte: DCC/UERN, 2017.

 

Quanto ao regime de trabalho, o curso conta com 08 professores com Dedicação Exclusiva, 02 professores com 20 horas e 09 professores com 40 horas conforme quadro abaixo:

 

Quadro 06 – Regime de Trabalho dos Docentes do Curso de Ciências Contábeis.

DOCENTE

REGIME DE TRABALHO

Adriana Martins de Oliveira

40 horas

Antônio Bezerra da Fé

Dedicação Exclusiva

Antônio Cláudio Noberto Paiva

40 horas

Antônio Marcos Soares Brasil

20 horas

Auris Martins de Oliveira

Dedicação Exclusiva

Cássio Rodrigo da Costa Almeida

40 horas

Ivanaldo Gaudêncio

Dedicação Exclusiva

Jandeson Dantas da Silva

Dedicação Exclusiva

Jorge Eduardo de Medeiros Lopes

20 horas

Jorge Fernandes Jales Neto

40 horas

Jorge Silvano de Lima Pinheiro

Dedicação Exclusiva

José Sueldo Câmara Ferreira

Dedicação Exclusiva

Saulo Medeiros Diniz

40 horas

Sérgio Luiz Pedrosa Silva

Dedicação Exclusiva

Wênyka Preston Leite Batista Costa

Dedicação Exclusiva

Antônia Wigna de Almeida Ribeiro

40 horas

Francisco Valmir Dias Soares Júnior

40 horas

Joaquim de Siqueira Furtado Neto

40 horas

Raniela Ricarte Freitas Sampaio

40 horas

Fonte: DCC/UERN, 2017.

 

5.5 NÚCLO DOCENTE ESTRUTURANTE

 

O Curso superior de graduação em Ciências Contábeis da UERN tem seu Núcleo Docente Estruturante (NDE), composto por 07 (sete) professores apresentados no quadro a seguir e, entre estes, o Coordenador do Curso, a quem cabe a sua Presidência, com o propósito de promover avaliações periódicas, num processo contínuo de realinhamento da proposta pedagógica, dentre outras finalidades e atribuições também importantes tanto acadêmicas, quanto administrativas.

O Curso Superior de graduação em Ciências Contábeis está incluído no Programa de Avaliação Institucional, nos termos do Decreto Federal nº 5.773/2006. Sua implantação é acompanhada pela Comissão Própria de Avaliação (CPA) e executada pelo Núcleo Docente Estruturante com a participação do Conselho, Coordenadoria, alunos, professores e funcionários.

O Núcleo Docente Estruturante (NDE) do mesmo avalia e acompanha o processo do desenvolvimento do perfil do egresso conforme as diretrizes do Projeto Pedagógico do Curso superior de graduação em Ciências Contábeis, discutindo e reavaliando o que for necessário para a implementação e o aperfeiçoamento da proposta pedagógica.

Vide abaixo o Quadro de Docentes componentes do NDE do Curso superior de graduação em Ciências Contábeis:

Quadro 07 - Docentes do NDE do Curso de Ciências Contábeis

DOCENTES DO NDE DO CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS UERN

TITULAÇÃO*

REGIME DE TRABALHO**

D

M

E

Adriana Martins de Oliveira

X

 

 

40 hs

Auris Martins de Oliveira

X

 

DE

Jandeson Dantas da Silva

 

X

 

DE

José Sueldo Câmara Ferreira

X

 

 

DE

Saulo Medeiros Diniz

 

X

 

40 hs

Sérgio Luiz Pedrosa e Silva

 

X

 

DE

Wênyka Preston Leite Batista da Costa

 

X

 

DE

*Titulação – D: Doutor; M: Mestre; E: Especialista.

** DE – Dedicação Exclusiva

        Fonte: DCC/UERN, 2017.

 

 

5.6      OBJETIVOS DO CURSO

 

5.6.1        Objetivo geral

 

  • Formar profissionais capacitados para a organização e execução de serviços de contabilidade em geral, de modo a participar do controle e planejamento de empresas.

 

5.6.2        Objetivos específicos

 

  • Capacitar profissionais para averiguação da fidedignidade das informações contábeis através das análises, interpretações, perícias e auditorias internas ou externas das organizações governamentais e não governamentais.
  • Preparar profissionais capazes de utilizar as técnicas contábeis no sentido de contribuir com a administração das empresas no processo decisório e de gestão.

 

5.7 CRITÉRIOS PARA CONCLUSÃO DO CURSO

 

Para a obtenção do título de bacharel em Ciência Contábeis, o(a) discente necessita cumprir um número mínimo de requisitos necessários à consolidação do perfil profissional, do objetivo e das competências e habilidades exigidas para a formação profissional.

Critérios exigidos:

 

·          Carga horária mínima de 3.420 horas;

 

·          Elaboração e defesa pública de Trabalho de Conclusão de Curso de acordo com as normas estabelecidas neste projeto.

 

5.8  COMPETÊNCIAS E HABILIDADES

 

  • ·         Aplicar de forma sistemática e adequada as terminologias da linguagem contábil que simbolizam as atividades inerentes ao papel de contador como gestor do controle financeiro e patrimonial das organizações.
  • ·         Elaborar, analisar e interpretar demonstrações e relatórios contábeis.
  • ·         Exercer com ética, zelo e responsabilidade social as funções confiadas pelos usuários da contabilidade.
  • ·         Manter a observância da legislação pertinente à atividade contábil, tributária e trabalhista.
  • ·         Ocupar funções de controller, analista, consultor, auditor, árbitro e perito;

 

 

5.9 CARACTERIZAÇÃO DA DEMANDA PROFISSIONAL

 

O contexto no qual está situado o Curso de Ciências Contábeis é bastante promissor, cujo momento atual reflete uma boa perspectiva de sua consolidação, haja vista, a procura contínua de novos alunos e alunas, o que reflete a necessidade de qualificação para atender às peculiaridades sociais, econômicas, políticas e culturais locais e regionais ligadas ao desenvolvimento econômico, assim como, a articulação destas características com aquelas observadas no âmbito nacional e internacional.

Situado na zona oeste do Rio Grande do Norte, este município está localizado entre duas capitais - Natal e Fortaleza -, e tem limites, ao norte, com o estado vizinho, Ceará, e com o município de Grossos/RN; ao sul, com Gov. Dix-Sept Rosado e Upanema; a leste com Areia Branca e Serra do Mel e, a oeste, com Baraúna. Seu clima é semiárido e as temperaturas médias variam de, no mínimo 22,5 a, no máximo, 33,3 graus.

Mossoró apresenta uma característica importante: a de ser uma cidade polo de influência econômica, política, social e cultural em toda região Oeste do Estado, compondo, assim, um círculo de estreito relacionamento com, aproximadamente, 23 municípios que se utilizam de sua infraestrutura para complementação educacional, comercial e industrial.

A atividade comercial de Mossoró é uma das mais dinâmicas e variadas do Estado. O Sindicato do Comércio Varejista contabiliza aproximadamente quatro mil empresas filiadas que geram cerca de cinco mil empregos diretos. Já a Junta Comercial do Estado contabiliza cerca de cinco mil e cem empresas legalizadas. Outro ponto a ser destacado diz respeito à Lei Geral das Micro e Pequenas Empresas (estimadas em um quantitativo de 5,5 milhões, de acordo com o SEBRAE), cujo cumprimento fez com que muitas empresas migrassem da informalidade para a formalidade, aumentando as oportunidades para profissionais da área.

Nesse cenário, é considerada, sobretudo, a necessidade de formar contadores empreendedores na região para atuar nos segmentos de micro, pequenas e médias empresas, do varejo e atacado e nas atividades industrial, comercial e de prestação de serviços, com vistas ao atendimento às demandas produzidas pelos novos cenários político, econômico, educacional e cultural do estado e do Nordeste.

Diante desta perspectiva, o Curso de Ciências Contábeis em Mossoró prepara profissionais que possam contribuir de forma permanente para o desenvolvimento sustentável do Rio Grande do Norte (RN), principalmente no Município de Mossoró, refletindo positivamente no índice de Desenvolvimento Humano (IDH), com expresso crescimento na taxa de 20,81%, passando de 0,596 em 2000 para 0,720 em 2010. Colaborando significativamente com a manutenção do diferencial conquistado pelo Rio Grande do Norte, décimo sexto melhor em Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) no ranking, de acordo com o último levantamento feito no Brasil no ano 2013, realizado pelo Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD), atingindo o índice de 0.684.

Existe, conforme observado nessa visão de mercado do RN, e em especial, de Mossoró, uma demanda por profissionais de Contabilidade e da área da Gestão em geral, para atender ao crescimento registrado. As perspectivas impulsionadas pelo desenvolvimento econômico são fronteiras abertas às oportunidades de emprego e renda daqueles que estiverem aptos a atender às demandas do mercado por profissionais habilitados.

 

5.10 RELAÇÃO CANDIDATO/VAGA: DEMONSTRATIVO DE INTERESSE PELO CURSO

 

O ingresso de alunos e alunas no Curso de Ciências Contábeis ocorre anualmente mediante processo seletivo, com a oferta de 40 vagas para o turno noturno e 40 vagas para o turno matutino, totalizando 80 vagas anuais, sendo permitida a matrícula de até 40 (quarenta) alunos e/ou alunas por Componente Curricular.

Esse ingresso ocorre mediante o resultado do Exame Nacional do Ensino Médio – ENEM, promovido pelo Ministério da Educação.

O ingresso de estudantes no Curso de Ciências Contábeis ocorre, ainda, nas seguintes situações: processo seletivo para o preenchimento de vagas não iniciais disponíveis destinadas à transferência externa, retorno, para obtenção de novo título, e transferência interna, para mudança de cursos, turno ou campus.

A concorrência aluno(a) /vaga no ENEM, nos últimos dois anos (2015/2016), está assim distribuída:

 

Tabela 01: Concorrência do Enem nos últimos dois anos (2015/2016).

 

ANO

 

Vagas

Inscritos

Matutino    Noturno

Relação Candidatos Vaga

Cotista        Não cotista

 

Cotista

Não Cotista

Cotista

Não Cotista

2015

40

40

 

204 (M)

299 (N)

12(M)

158 (N)

22,67 (M)

33,22 (N)

15,63 (M)

19,75 (N)

 

2016

 

40

 

40

 

 

122 (M)

58  (N)

 

78 (M)

101 (N)

 

7,2 (M)

3,4 (N)

 

6,0 (M)

7,8 (N)

Fonte: PROEG, 2016.

 

 

6 ESTRUTURA CURRICULAR

 

 

6.1 ORGANIZAÇÃO DA MATRIZ CURRICULAR

 

O Curso de Ciências Contábeis apresenta diferenciais que atendem a natureza e aos objetivos das disciplinas, observando os conteúdos de formação básica, de formação profissional e formação teórico prática, conforme resolução nº 10, de 16 de dezembro de 2004, do Conselho Nacional de Educação, que institui as “Diretrizes Curriculares Nacionais para o Curso de Graduação em Ciências Contábeis, bacharelado, e dá outras providências”, permitindo a realização de atividades práticas de laboratório, atividades de planejamento e projeto.

 

6.1.1 Conteúdos de Formação Básica

 

 

Os conteúdos de formação básica objetivam atender à resolução nº 10, de 16 de dezembro de 2004, do Conselho Nacional de Educação, para tornar o aluno capaz de compreender a Contabilidade no contexto psico-social e, identificar, desenvolver e utilizar a interdisciplinaridade desta com outras ciências. Para tanto, estes deverão cursar as disciplinas: Introdução à Administração (60HA), Introdução à Economia(60HA), Instituições do Direito Público e Privado(60HA), Direito do Trabalho I(60HA), Direito Empresarial I (60HA), Direito Previdenciário(60HA), Cálculo da Função de 01 Variável(60HA), Matemática Básica(60HA), Matemática Comercial e Financeira(60HA), Estatística I(60HA), Língua Portuguesa Instrumental I(60HA), Língua Inglesa Instrumental I(60HA) e Psicologia Social(60HA).

 

6.1.2 Conteúdos de Formação Profissional

 

 

Fundamentados na resolução nº 10, de 16 de dezembro de 2004, do Conselho Nacional de Educação, os conteúdos de formação profissional têm como finalidade precípua, possibilitar conhecimentos aos alunos para que possam lançar mão de todos os recursos e ferramentas técnicas que a Contabilidade lhe proporciona. Assim, deverá cursar as seguintes disciplinas: Contabilidade Básica I(60HA), Contabilidade Básica II(60HA), Legislação e Ética Contábil(60HA), Contabilidade Intermediária I(60HA), Teoria da Contabilidade I(60HA), Contabilidade e Legislação Tributária(60HA), Contabilidade Intermediária II(60HA), Contabilometria (60HA), Contabilidade de Custos I(60HA), Contabilidade e Finanças(60HA), Contabilidade e Planejamento Tributário(60HA), Estrutura das Demonstrações Contábeis(60HA), Análise e Interpretação das Demonstrações Contábeis(60HA), Contabilidade de Custos II(60HA), Contabilidade do Agronegócio(60HA), Orçamento das Instituições Públicas(60HA), Auditoria I(60HA), Contabilidade Avançada(60HA), Contabilidade das Instituições Públicas (60HA), Contabilidade e Orçamento Empresarial(60HA), Gestão Estratégica de Custos(60HA), Auditoria II(60HA), Contabilidade das Instituições Financeiras, Contabilidade Gerencial, Contabilidade Socioambiental, Controladoria(60HA), Perícia Contábil e Contabilidade Atuarial(60HA).

 

6.1.3 Conteúdos de Formação Teórico-prática

 

 

Seguindo a mesma fundamentação legal dos conteúdos de formação básica e profissional, os conteúdos de formação teórico-prática, buscam aliar os conhecimentos teóricos adquiridos à prática da profissão, nos aspectos de aplicação dos conhecimentos existentes e desenvolvimento de novos, a partir do método científico. Para esse fim, são ofertadas as seguintes disciplinas: Metodologia do Trabalho Científico (60HA), Informática Aplicada à Contabilidade(60HA), Estágio Supervisionado I(180HA), Técnica de Pesquisa em Contabilidade(60HA), Estágio Supervisionado II(180HA), Atividades Complementares(180HA) e Trabalho de Conclusão de Curso(60HA).

Diante das especificidades das disciplinas ministradas no curso, considera-se importante a definição de métodos e técnicas, que garantam a eficiência do ensino e a preparação do profissional.

A estrutura curricular garante a inter-relação das diversas áreas do saber, permitindo uma vivência prática, bem como o envolvimento em atividades de pesquisa e extensão, objetivando a ampliação dos conhecimentos e das possibilidades de atuação no campo profissional, através da intensificação das atividades práticas de laboratório e de campo, com constante programação de visitas às empresas e, da disseminação do uso do computador, com utilização de softwares específicos do curso. A inclusão de algumas disciplinas demonstra o compromisso do curso com a formação de profissionais que atendam ao mercado globalizado e preencham as necessidades exigidas pelas mudanças tecnológicas, sem se afastar do compromisso com o desenvolvimento sustentável e com os bens naturais.

 

6.2 COMPONENTES CURRICULARES

 

Os componentes curriculares que se agregam à nova estrutura curricular objetivam materializar os princípios da formação profissional que se constituem como aspectos inovadores do processo de articulação entre as dimensões de ensino, pesquisa e extensão.

Nesta perspectiva, as disciplinas obrigatórias, optativas, atividades complementares e o trabalho de conclusão de curso, formam os componentes do currículo pleno do Curso de Ciências Contábeis.

As disciplinas de natureza obrigatórias e optativas constituem-se um conjunto de conhecimentos indissociáveis articulados entre si. As obrigatórias perfazem um total de 3.060 (três mil e sessenta) horas equivalentes a 47 disciplinas. As optativas totalizam uma carga horária de 180 (cento e oitenta) horas do discente e visam aprofundar temáticas de seu interesse. O(a) aluno(a) deve cursar, para efeito de integralização de carga horária, no mínimo, 03 (três) disciplinas optativas, de 60 horas cada.

 

6.3 CURRÍCULO PLENO

 

 

O currículo pleno do curso de Ciências Contábeis obedece às determinações descritas na LDB, às recomendações postas nas Diretrizes Curriculares para o Curso de Ciências Contábeis, bem como ao processo de discussão ocorrido no âmbito do curso.

A implantação da proposta curricular traz significativas mudanças para o processo de operacionalização do currículo pleno, que possui carga horária de 3.420 (três mil, quatrocentas e vinte) horas, que são materializadas no conjunto das disciplinas obrigatórias, disciplinas optativas, estágio supervisionado, atividades complementares e na monografia, tendo o curso duração mínima de 5 (cinco) anos e máxima de 8 (oito).

 

6.3.1 Matriz Curricular

 

1º PERIODO

Código

Nomenclatura

CR/CH

Pré-requisito

Código

0103041-1

Contabilidade Básica I

4-60

-

-

0102031-1

Introdução à Administração

4-60

-

-

0401054-1

Língua Portuguesa Instrumental I

4-60

-

-

0801039-1

Matemática Básica

4-60

-

-

0103014-1

Metodologia do Trabalho Científico

4-60

-

-

0103041-1

Contabilidade Básica I

4-60

-

-

TOTAIS DE CRÉDITO/CARGA HORARIA

20-300

 

 

Carga Horária semanal: 20hs

2º PERIODO

Código

Nomenclatura

CR/CH

Pré-requisito

Código

0801013-1

Cálculo da Função de uma Variável

4-60

Matemática

0801039-1

0103042-1

Contabilidade Básica II

4-60

Contabilidade

0103041-1

0103026-1

Legislação e Ética em contabilidade

4-60

-

-

0402026-1

Língua Inglesa Instrumental I

4-60

-

-

0301037-1

Psicologia Social

4-60

-

-

TOTAIS DE CRÉDITO/CARGA HORARIA

20-300

 

 

Carga Horária semanal: 20hs

3º PERIODO

Código

Nomenclatura

CR/CH

Pré-requisito

Código

0801013-1

Contabilidade Intermediária I

4-60

Contabilidade

Básica II

0103042-1

0103042-1

Estatística I

4-60

Matemática

Básica

0801039-1

0103026-1

Instituição do Direito Público e privado

4-60

-

-

0402026-1

Matemática Comercial e Financeira

4-60

Matemática Básica

0801039-1

0301037-1

Teoria da Contabilidade I

4-60

Contabilidade

Básica II

0103042-1

TOTAIS DE CRÉDITO/CARGA HORARIA

20-300

 

 

Carga Horária semanal: 20hs

4º PERIODO

Código

Nomenclatura

CR/CH

Pré-Requisito

Código

 

 

0103045-1

Contabilidade e Legislação Tributária

4-60

Contabilidade Básica II Instituições do Direito Público e Privado

0103042-1 0901065-1

0103046-1

Contabilidade Intermediaria II

4-60

Contabilidade Intermediaria I

0103044-1

0103047-1

Contabilometria

4-60

Estatística I e Cálculo da função variável

0801024-1 e

0801013-1

 

0901027-1

Direito do Trabalho I

4-60

IDPP

0901065-1

 

0101002-1

 

Introdução a Economia

4-60

-

-

Totais de Crédito/Carga Horária

20-300

 

 

Carga Horária semanal: 20hs

5º PERIODO

Código

Nomenclatura

CR/CH

Pré-Requisito

Código

0103011-1

Contabilidade de Custos I

4-60

Contabilidade Básica II

0103042-1

0103048-1

Contabilidade e Finanças

4-60

Contabilidade Básica II

0103042-1

0103049-1

Contabilidade e Planejamento Tributário

4-60

Contabilidade Legislação Tributária

0103045-1

0901075-1

Direito Empresarial I

4-60

Instituições do Direito Público e Privado

0901065-1

 

0103050-1

Estrutura das Demonstrações Contábeis

4-60

Contabilidade Intermediária II

0103046-1

Totais de Crédito/Carga Horária

20-300

 

Carga Horária semanal: 20hs

 

6º PERIODO

Código

Nomenclatura

CR/CH

Pré-Requisito

Código

0103051-1

Análise e Interpretação   das demonstrações contábeis

4-60

Estrutura das Demonstrações Contábeis

0103050-1

0103012-1

Contabilidade de Custos II

4-60

Contabilidade de Custos I

0103011-1

0103052-1

Contabilidade do Agronegócio

4-60

Contabilidade de Custos I

0103011-1

0901052-1

Direito Previdenciário

4-60

Instituições do Direito Público e Privado

0901065-1

 

0103028-1

Orçamento das Instituições Públicas

4-60

Contabilidade Legislação Tributária

0103045-1

Totais de Crédito/Carga Horária

20-300

 

Carga Horária semanal: 20hs

7º PERIODO

Código

Nomenclatura

CR/CH

Pré-Requisito

Código

0103003-1

Auditoria I

4-60

Analise das Demonstrações Contábeis

0103051-1

0103006-1

Contabilidade Avançada

4-60

Analise das Demonstrações Contábeis

0103051-1

0103010-1

Contabilidade das Instituições Públicas

4-60

Orçamento das Instituições Públicas

0103028-1

0103053-1

Contabilidade e Orçamento Empresarial

4-60

Contabilidade Básica II

0103042-1

0103054-1

Gestão Estratégica de Custos

4-60

Contabilidade de Custos II

0103012-1

Totais de Crédito/Carga Horária

20-300

 

Carga Horária semanal: 20hs

8º PERIODO

Código

Nomenclatura

CR/CH

Pré-Requisito

Código

0103004-1

Auditoria II

4-60

Auditoria I

0103003-1

0103009-1

Contabilidade das Instituições Financeiras

4-60

Contabilidade Básica II

0103042-1

0103017-1

Contabilidade Gerencial

4-60

Contabilidade Avançada

0103006-1

0103055-1

Contabilidade Socioambiental

4-60

Contabilidade Básica II

0103042-1

0103056-1

Informática aplicada a Contabilidade

4-60

Contabilidade Intermediaria II

0103046-1

Totais de Crédito/Carga Horária

20-300

 

Carga Horária semanal: 20hs

 

 

9º PERIODO

Código

Nomenclatura

CR/CH

Pré-Requisito

Código

0103057-1

Controladoria

4-60

Contabilidade Gerencial

0103017-1

 

 

0103058-1

Estágio Supervisionado I

4-60

Contabilidade das Instituições Públicas

0103010-1

0103029-1

Perícia Contábil

4-60

Auditoria II

0103004-1

0103034-1

Técnicas de Pesquisa em Contabilidade

4-60

Teoria da Contabilidade I e Metodologia do Trabalho Cientifico

0103043-1

e

0103014-1

-

Disciplina Optativa

4-60

-

-

Totais de Crédito/Carga Horária

20-300

 

Carga Horária semanal: 20hs

10º PERIODO

Código

Nomenclatura

CR/CH

Pré-Requisito

Código

0103059-1

Contabilidade Atuarial

4-60

Contabilometria e Contabilidade das instituições públicas

0103047-1 e

0103009-1

0103060-1

Estágio Supervisionado II

4-60

Contabilidade Gerencial

0103017-1

0103061-1

Trabalho de Conclusão de Curso

4-60

Técnica de pesquisa em contabilidade/ Contabilidade das instituições públicas/ Contabilidade Gerencial

0103034-1

E

0103010-1

E

0103017-1

 

Disciplina Optativa

4-60

 

 

 

Disciplina Optativa

4-60

-

 

Totais de Crédito/Carga Horária

20-300

 

 

7.4  EMENTAS E BIBLIOGRAFIAS DAS DISCIPLINAS OBRIGATÓRIAS

 

  • ·         1º PERÍODO

 

Componente Curricular

Código

Grupo

CH/Crédito

Departamento de Origem

Aplicação

Contabilidade Básica I

0103041-1

Obrigatório

60/4

Ciências Contábeis

Teórica

 

EMENTA: Aspectos conceituais e metodológicos das Ciências Contábeis, Técnicas Contábeis, Escrituração e Demonstrações Contábeis. CPC´S: 30,31,43,46 e 47.

 

BIBLIOGRAFIA BÁSICA:

FEA/USP, Equipe de professores. Contabilidade introdutória. 11. ed. São Paulo: Atlas, 2011

IUDÍCIBUS et all. Contabilidade introdutória: livro de exercícios. 11. ed. São Paulo: Atlas, 2011

RIBEIRO, Osni Moura. Contabilidade básica fácil. 26. ed. São Paulo: Saraiva, 2009

 

BIBLIOGRAFIA COMPLEMENTAR:

CRUZ, June Alisson Westarb. Contabilidade introdutória: descomplicada. 4. ed. Curitiba: Juruá, 2011.

FERRARI, Ed Luiz. Contabilidade geral teoria e mais de 1.000 questões. 11. ed. Rio de Janeiro: Campus, 2011.

GRECO, Alísio. Contabilidade: teoria e prática básica. 2. ed. São Paulo: Saraiva, 2009

IUDÍCIBUS, Sérgio de. Contabilidade introdutória.10. ed. São Paulo: Atlas, 2006 MARION, José Carlos. Contabilidade básica. São Paulo: Atlas, 2010

SILVA, César Augusto Tibúrcio; TRISTÃO, Gilberto. Contabilidade Básica 2. ed. São Paulo: Scipione, 2000

 

 

Componente Curricular

Código

Grupo

CH/Crédito

Departamento de Origem

Aplicação

Introdução à Administração

0102031-1

 

Obrigatório

 

60/4

 

Administração

 

Teórica

 

 

EMENTA: Evolução da Teoria Administrativa; Planejamento; Organização; Coordenação; Direção; Controle.

 

BIBLIOGRAFIA BÁSICA

MAXIMIANO, Antônio César Amaru. Introdução à Administração. 7. ed. São Paulo: Scipione, 2008

CHIAVENATO, Idalberto. Introdução à teoria geral da Administração. 7. ed. Rio de Janeiro: Elsevier, 2003

CHIAVENATO, Idalberto. Princípios da administração: o essencial em teoria geral da administração. Rio de Janeiro: Campus, 2006

 

BIBLIOGRAFIA COMPLEMENTAR

 


MOTTA, Fernando Cláudio Prestes. Teoria Geral da Administração: Uma Introdução. 22. ed. São Paulo: Pioneira, 2002

BERNARDI, Luiz Antônio. Manual de empreendedorismo e gestão: fundamentos estratégias e dinâmicas. 2.ed. São Paulo: Atlas, 2009

CARVALHO, Marly Monteiro de. Fundamentos em gestão de projetos: construindo competências para gerenciar projetos. 4. ed. São Paulo-SP: Atlas, 2015

WRIGHT, Peter; KROLL, Mark J.; PARNELL, John. Administração Estratégica: Conceitos. 0. ed. São Paulo: Atlas, 2007

SILVA, Renato. Balanced Scorecard - Bsc: Gestão do Ensino Superior. Curitiba: Juruá, 2009

 

 

Componente Curricular

Código

Grupo

CH/Crédito

Departamento de Origem

Aplicação

Língua Portuguesa Instrumental I

0401054-1

 

 

Obrigatório

 

 

60/4

 

 

Letras

 

 

Teórica

 

EMENTA: Processos e princípios da comunicação: aspecto social e individual da linguagem verbal. Funções da linguagem. Parágrafos: conceitos e características. Os fatores da textualidade. Leitura e análise de textos narrativos, descritivos e dissertativos. Técnicas de Produção Textual, resumo e resenha. Descrição gramatical ou gramática em uso.

 

BIBLIOGRAFIA BÁSICA:

DISCINI, Norma. A Comunicação nos Textos. São Paulo: Contexto, 2007

KOCH, Ingedore Grunfeld Villaça. A coesão textual. 22. ed. São Paulo: Contexto, 2010.

KOCH, Ingedore Grunfeld Villaça; TRAVAGLIA, Luiz Carlos. A coerência textual. 17. ed. São Carlos: Contexto, 2006

 

BIBLIOGRAFIA COMPLEMENTAR:

TOMASI, Carolina. Comunicação empresarial 3. ed. São Paulo: Atlas, 2010.

MOYSÉS, Carlos Alberto. Língua portuguesa: atividades de leitura e produção de texto 3. ed. São Paulo: Saraiva, 2009

VAL, Maria da Graça Costa. Redação e Textualidade. 3. ed. São Paulo: Martins Fontes, 2006

CEREJA, William Roberto; MAGALHÃES, Thereza Cochar. Texto e Interação: Uma Proposta de Produção Textual a Partir de Gêneros e Projetos. 3. ed. São Paulo: Atual, 2008

Trabalhos de pesquisa: diários de leitura para a revisão bibliográfica. São Paulo: Parábola, 2007

 

 

Componente Curricular

Código

Grupo

CH/Crédito

Departamento de Origem

Aplicação

Matemática Básica

 

0801039-1

 

 

Obrigatório

 

 

60/4

 

 

Matemática

 

 

Teórica

 

EMENTA: Funções de 1º e 2º grau. Função Composta. Função Modular. Função Exponencial. Função Logarítmica. (Noções das funções circulares). Números Combinatórios. Binômio de Newton.

 

BIBLIOGRAFIA BÁSICA

ALENCAR FILHO, Edgard de. Iniciação à lógica matemática. São Paulo: Nobel, 2008

HARIKI, Seiji. Matemática aplicada: administração, economia, contabilidade. São Paulo-SP: Saraiva, 2015

IEZZI, Gelson; MURAKAMI, Carlos; MACHADO, Nílson José. Fundamentos de matemática elementar: limites, derivadas, noções de Integral. 5. ed. São Paulo: Atual, 200

 

 

BIBLIOGRAFIA COMPLEMENTAR

BRUNI, Adriano Leal; FAMÁ, Rubens. A matemática das finanças. 2. ed. São Paulo: Scipione, 2007

NUNES, Terezinha et al. Educação matemática 1: números e operações numéricas. 2. ed. São Paulo: Cortez, 2009

LANG, Serge. Álgebra para graduação. 2. ed. Rio de Janeiro: Ciência Moderna, 2008

SILVA, Sebastião Medeiros Da; SILVA, Elio Medeiros Da; SILVA, Ermes Medeiros Da. Matemática Para os Cursos de Economia, Administração, Ciências Contábeis. 5. ed. São Carlos: Scipione, 2008

BARRETO FILHO, Benigno; SILVA, Claudio Xavier Da. Matemática: aula por aula. São Paulo: FTD, 2005.

 

Componente Curricular

Código

Grupo

CH/Crédito

Departamento de Origem

Aplicação

Metodologia do Trabalho Científico

 

0103014-1

 

 

Obrigatório

 

 

60/4

 

 

Ciências Contábeis

 

 

Teórica

 

EMENTA: Fundamentos teórico e metodológicos do Trabalho Científico. Diretrizes para elaboração de projeto e trabalhos monográficos

 

BIBLIOGRAFIA BÁSICA

DEMO, Pedro. Metodologia científica em ciências sociais. 3. ed. São Paulo: Scipione, 2009

MARCONI, Marina de Andrade; LAKATOS, Eva Maria. Fundamentos de metodologia científica. 7. ed. São Paulo: Scipione, 2010

MICHEL, Maria Helena. Metodologia e pesquisa científica em ciências sociais. São Paulo: Atlas, 2009.

 

BIBLIOGRAFIA COMPLEMENTAR

COÊLHO, Ronaldo Sérgio de Araújo. Manual de Apresentação de Trabalhos Técnicos, Acadêmicos e Científicos. Curitiba: Juruá, 2009

ISKANDAR, Jamil Ibrahim. Normas da ABNT Comentadas Para Trabalhos Científicos. 4. ed. Curitiba: Juruá, 2009

SEVERINO, Antônio Joaquim. Metodologia do trabalho científico 23. ed. rev. e atual. São Paulo: Cortez, 2007

ANDRADE, Maria Margarida De. Introdução à Metodologia do Trabalho Científico: Elaboração de Trabalhos na Graduação. 9. ed. São Paulo: Scipione, 2009.

BEUREN, Ilse Maria (Org.). Como Elaborar Trabalhos Monográficos em Contabilidade: Teoria e Prática. 3. ed. São Paulo: Scipione, 2009.

SAMPIERI, Roberto Hernández; COLLADO, Carlos Fernández; LUCIO, Pilar Baptista. Metodologia de pesquisa. São Paulo: McGraw-Hill, 2006

 

 

  • ·         2º PERÍODO

 

Componente Curricular

Código

Grupo

CH/Crédito

Departamento de Origem

Aplicação

Cálculo da Função de uma variável

 

0801013-1

 

 

Obrigatório

 

 

60/4

 

 

Matemática

 

 

Teórica

 

EMENTA: Limites. Derivadas de função na reta. Integração em R. Aplicações

 

BIBLIOGRAFIA BÁSICA

DOLCE, Osvaldo; POMPEO, José Nicolau. Fundamentos de matemática elementar: geometria plana. 7. ed. São Paulo: Atual, 2005

MUNEM, Mustafa A.; FOULIS, David J. Cálculo. Rio de Janeiro: LTC, 2008

HARIKI, Seiji. Matemática aplicada: administração, economia, contabilidade. São Paulo-SP: Saraiva, 2015

 

BIBLIOGRAFIA COMPLEMENTAR

WINTERLE, Paulo. Vetores e geometria analítica. São Paulo: Pearson Makron Books, 2005.

STEINBRUCH, Alfredo; WINTERLE, Paulo. Geometria Analítica. 2. ed. São Paulo: Pearson Makron Books, 2006

SILVA, Sebastião Medeiros Da; SILVA, Elio Medeiros Da; SILVA, Ermes Medeiros Da. Matemática Para os Cursos de Economia, Administração, Ciências Contábeis. 5. ed. São Carlos: Scipione, 2008

BARRETO FILHO, Benigno; SILVA, Claudio Xavier Da. Matemática: aula por aula. São Paulo: FTD, 2005

NORONHA, Claudianny Amorim. Geometrias urbana e isoperimétrica: alternativas de uso em sala de aula. Natal, RN: EDUFRN, 2011

 

 

Componente Curricular

Código

Grupo

CH/Crédito

Departamento de Origem

Aplicação

Contabilidade Básica II

 

0103042-1

 

 

Obrigatório

 

 

60/4

 

 

Ciências Contábeis

 

 

Teórica

 

EMENTA: Plano de Contas. Processo de Escrituração e elaboração das demonstrações contábeis.

 

BIBLIOGRAFIA BÁSICA

RIBEIRO, Osni Moura. Contabilidade básica fácil.26. ed. São Paulo: Saraiva, 2009

SÉRGIO DE IUDÍCIBUS ET AL. Contabilidade introdutória: livro de exercícios. 11. ed. São Paulo: Atlas, 2011.

FEA/USP, Equipe de professores. Contabilidade introdutória. 11. ed. São Paulo: Atlas, 2011

 

BIBLIOGRAFIA COMPLEMENTAR

SILVA, César Augusto Tibúrcio; TRISTÃO, Gilberto. Contabilidade Básica.2. ed. São Paulo: Scipione, 2009.

SÁ, Antônio Lopes De. Fundamentos da contabilidade geral.3. ed. São Paulo: Juruá, 2008

GONÇALVES, Eugênio Celso; BAPTISTA, Antônio Eustáquio. Contabilidade Geral.5. ed. São Paulo: Scipione, 2004.

MARION, José Carlos; YAMADA, Walter Nobuyuki. Contabilidade geral para concurso público.2. ed. São Paulo: Atlas, 2010

IUDÍCIBUS, Sérgio de. Contabilidade introdutória.10. ed. São Paulo: Atlas, 2006.

 

 

Componente Curricular

Código

Grupo

CH/Crédito

Departamento de Origem

Aplicação

Legislação e Ética em Contabilidade

 

0103026-1

 

 

Obrigatório

 

 

60/4

 

 

Ciências Contábeis

 

 

Teórica

 

EMENTA: Ética Geral- Ética Profissional- Ética na Profissão Contábil- Legislação da Profissão Contábil.

 

BIBLIOGRAFIA BÁSICA:

PRINCÍPIOS FUNDAMENTAIS E NORMAS BRASILEIRAS DE CONTABILIDADE, Princípios Fundamentais e Normas Brasileiras de Contabilidade.3. ed. Brasília - DF: Conselho Federal de Contabilidade - CFC, 2008

CONSELHO FEDERAL DE CONTABILIDADE, Legislação da Profissão Contábil.3. ed. Brasília: Conselho Federal de Contabilidade - CFC, 2008

MATTAR, João. Filosofia e ética na Administração. São Paulo: Saraiva, 2004.

 

 

BIBLIOGRAFIA COMPLEMENTAR:

FORTES, José Carlos. Manual do Contabilista. Natal: Conselho Regional de Contabilidade do Rio Grande do Norte, 2000.

DUPAS, Gilberto. Ética e Poder na Sociedade da Informação: de Como a Autonomia das Novas Tecnologias Obriga a Rever O. 2. ed. São Paulo: UNESP - Universidade Estadual Paulista, 2001.

PERELMAN, Chaïm. Ética e Direito.2. ed. São Paulo: Martins Fontes, 2005

ADEODATO, João Maurício. Ética e Retórica: Para Uma Teoria da Dogmática Jurídica. 4. ed. São Paulo - SP: Saraiva, 2009.

NEDEL, José. Ética Direito e Justiça. Porto Alegre: EDIPUCRS, 1999.

 

 

Componente Curricular

Código

Grupo

CH/Crédito

Departamento de Origem

Aplicação

Lingua Inglesa Instrumental I

 

0402026-1

 

Obrigatório

 

 

60/4

 

 

Letras

 

 

Teórica

 

EMENTA: Introdução às estratégias de leitura em Língua estrangeira. Estudos de textos em áreas específicas.

 

BIBLIOGRAFIA BÁSICA

MUNHOZ, Rosângela. Inglês Instrumental: Estratégias de Leitura: Módulo I. 4. ed. São Paulo: Texto novo, 2002

MUNHOZ, Rosângela. Inglês Instrumental Estratégias de Leitura: Módulo II. São Paulo: Texto novo, 2002

LONGMAN: DICIONÁRIO ESCOLAR: INGLÊS-PORTUGUÊS, Longman: Dicionário Escolar: Inglês português: Português inglês 2. ed. Inglaterra: Pearson Longman, 2009

 

BIBLIOGRAFIA COMPLEMENTAR

BURGESS, Anthony. A Literatura Inglesa. 2. ed. São Paulo: Ática, 2008

MURPHY, Raymond. English grammar in use: a self-study reference and practice book for intermediante students. 3. ed. New York: Cambridge University Press, 200

MCCARTHY, Michael. English vocabulary in use: elementary. 2. ed. Cambridge: Cambridge University Press, 2010

Leitura em língua inglesa: uma abordagem instrumental. São Paulo: DISAL, 2005

SWAN, Michael. Practical English Usage: diagnostic tests. 3. ed. New York: Oxford University Press, 2014

 

 

 

 

Componente Curricular

Código

Grupo

CH/Crédito

Departamento de Origem

Aplicação

Psicologia Social

 

0301037-1

 

 

Obrigatório

 

 

60/4

 

 

Educação

 

 

Teórica

 

EMENTA: Estudo do ser humano nos seus vários níveis de interação e relação interpessoal, institucional e grupal. Suas condutas e atividades comportamentais diante das situações sociais que o envolvem.

 

BIBLIOGRAFIA BÁSICA

MINICUCCI, Agostinho. Psicologia Aplicada à Administração.5. ed. São Paulo: Scipione, 2009

CAMPOS, Dinah Martins de Souza. Psicologia da aprendizagem. 41ª ed. Petrópolis - RJ: Vozes, 2014.

CHIAVENATO, Idalberto. Gestão de pessoas: o novo papel dos recursos humanos nas organizações. 4. ed. Barueri: Manole, 2014

 

BIBLIOGRAFIA COMPLEMENTAR

TELES, Antônio Xavier. Psicologia Organizacional: a Psicologia na Empresa e na Vida em Sociedade. São Paulo: Ática, 1981.

VERGARA, Sylvia Constant. Gestão de Pessoas.5. ed. São Paulo: Scipione, 2006

CHIAVENATO, Idalberto. Gestão de Pessoas.2. ed. Rio de Janeiro: Campus, 2003

FRANCISCO FILHO, Geraldo. A psicologia no contexto educacional. Campinas: Átomo, 2005

BIAGGIO, Ângela M. Brasil. Psicologia do Desenvolvimento. 20. ed. Petrópolis: Vozes, 2008

 

 

  • ·         3º PERÍODO

 

Componente Curricular

Código

Grupo

CH/Crédito

Departamento de Origem

Aplicação

Contabilidade Intermediária I

 

0103044-1

 

 

Obrigatório

 

 

60/4

 

 

Ciências Contábeis

 

 

Teórica

 

EMENTA: Sociedades Comerciais; Constituição e alteração de Empresas, Plano de Contas; Operações Básicas Comerciais: compra, venda, impostos e taxas incidentes; Operações com Mercadorias; Regimes de Apuração de Estoques; Aspectos Trabalhistas e Previdenciários de Folhas de pagamento; Operações Financeiras e de Financiamento. CPC´S: 05; 15, 19 e CPC PME contabilidade para pequenas e médias empresas.

 

 

BIBLIOGRAFIA BÁSICA

Manual de contabilidade societária: aplicável a todas as sociedades de acordo com as normas internacionais e do CPC. São Paulo: Atlas, 2010

RIBEIRO, Osni Moura. Contabilidade Comercial Fácil.16. ed. São Paulo: Saraiva, 2008.

IUDÍCIBUS, Sérgio De; MARION, José Carlos. Contabilidade Comercial.7. ed. São Paulo: Scipione, 2006.

GONÇALVES, Gilson. Resumo prático de cálculos trabalhistas: exemplos e fórmulas. 2. ed. Curitiba: Juruá, 2009

 

BIBLIOGRAFIA COMPLEMENTAR

MARION, José Carlos. Contabilidade Empresarial.15. ed. São Paulo: Scipione, 2009

MARION, José Carlos; YAMADA, Walter Nobuyuki.Contabilidade geral para concurso público.2. ed. São Paulo: Atlas, 2010

MARTINS, Sergio Pinto. Direito do Trabalho.24. ed. São Paulo: Scipione, 2008

AZEVEDO, Osmar Reis. Comentários às novas regras contábeis brasileiras.5. ed. São Paulo: IOB, 2010

SÁ, Antônio Lopes De. Contabilidade & Novo Código Civil. Curitiba: Juruá, 2008

 

 

Componente Curricular

Código

Grupo

CH/Crédito

Departamento de Origem

Aplicação

Teoria da Contabilidade

 

0103043-1

 

 

Obrigatório

 

 

60/4

 

 

Ciências Contábeis

 

 

Teórica

 

EMENTA: A Contabilidade no Quadro geral das ciências; Objeto, objetivos e metodologia da Contabilidade; Evolução histórica da Contabilidade; Princípios fundamentais de Contabilidade; Ativo e sua avaliação; O passivo e sua mensuração; receitas, despesas perdas e ganhos; CPC´S: 00,13,25 e 37.

 

BIBLIOGRAFIA BÁSICA

LOPES, Alexsandro Broedel; MARTINS, Eliseu. Teoria da Contabilidade: Uma Nova Abordagem. São Paulo: Atlas, 2005

IUDÍCIBUS, Sérgio De. Teoria da Contabilidade.7. ed. São Paulo: Scipione, 2004

HENDRIKSEN, Eldon S.; BREDA, Michael F. Van. Teoria da Contabilidade.5. ed. São Paulo: Scipione, 1999

IUDÍCIBUS, Sérgio De; MARION, José Carlos. Introdução à Teoria da Contabilidade: Para o Nível de Graduação. 3. ed. São Paulo: Scipione, 2002

 

BIBLIOGRAFIA COMPLEMENTAR

NIYAMA, Jorge Katsumi; SILVA, César Augusto Tibúrcio. Teoria da Contabilidade.1. ed. 2. Reimp. São Paulo: Scipione, 2009

COELHO, Cláudio Ulysses Ferreira; LINS, Luiz dos Santos. Teoria da contabilidade: abordagem contextual, histórica e gerencial. São Paulo: Atlas, 2010

NIYAMA, Jorge Katsumi; SILVA, César Augusto Tibúrcio. Teoria da Contabilidade.2. ed. São Paulo: Atlas, 2011

IUDÍCIBUS, Sérgio de. Teoria da contabilidade.6. ed. São Paulo: Atlas, 2000

NIYAMA, Jorge Katsumi; SILVA, César Augusto Tibúrcio. Teoria da contabilidade.3. ed. São Paulo: Atlas, 2013

Manual de normas internacionais de contabilidade: IFRS versus normas brasileiras. São Paulo: Atlas, 2010

Componente Curricular

Código

Grupo

CH/Crédito

Departamento de Origem

Aplicação

Estatística I

 

 

0801024-1

 

 

Obrigatório

 

 

60/4

 

 

Matemática

 

 

Teórica

 

EMENTA: Alguns conceitos básicos e linguagem de notações. A organização de dados quantitativos: séries estatísticas, gráficos e distribuição de frequência. Medidas de Tendência central e posição. Medidas de variabilidade, assimetria e curtose. Teoria elementar das probabilidades.

 

 

BIBLIOGRAFIA BÁSICA

HOFFMANN, Rodolfo. Estatística para economistas.3. ed. São Paulo: Pioneira, 1998

CRESPO, Antônio Arnot. Estatística Fácil. 18. ed. São Carlos: Saraiva, 2005

SILVA, Ermes Medeiros da. Estatística para os cursos de: economia: administração e ciências contábeis. 3. ed. São Paulo: Scipione, 2008

 

BIBLIOGRAFIA COMPLEMENTAR

COSTA, Sérgio Francisco. Estatística aplicada ao turismo. São Paulo: Aleph, 2009.

BUSSAB, W. & MORETTIN, P. Estatística Básica. 5ª. ed. São Paulo: Saraiva. 2004

ANDERSON, D. R. & SWEENEY, D.J. & WILLIAMS, T. Estatística para administração e Economia. 8ª ed. São Paulo: Thomson Pioneira. 2003.

CRESPO, Antônio Arnot. Estatística Fácil. 19. ed. São Carlos: Saraiva, 2009

ANDERSON, David R.; SWEENEY, Dennis J.; WILLIAMS, Thomas A. Estatística Aplicada à Administração e Economia. 2. ed. São Paulo: Cengage Learning, 2008.

VIEIRA, Sônia. Elementos de Estatística. 4. ed. São Paulo: Scipione, 2008

 

 

Componente Curricular

Código

Grupo

CH/Crédito

Departamento de Origem

Aplicação

Matemática Comercial e Financeira

 

0801040-1

 

 

 

Obrigatório

 

 

 

60/4

 

 

 

Matemática

 

 

 

Teórica

 

EMENTA: Capital e seus aspectos financeiros. Números e grandezas proporcionais. Margens de lucro e prejuízo. Medidas de depreciação. Variação cambial. Correção monetária. Taxas.

 

BIBLIOGRÁFIA BÁSICA

SILVA, André Luiz Carvalhal Da. Matemática Financeira Aplicada. 3. ed. São Paulo: Scipione, 2010

MATHIAS, Washington Franco; GOMES, José Maria. Matemática Financeira com + de 600 Exercícios Resolvidos e Propostos. 6. ed. São Paulo: Scipione, 2009

FARIA, Rogério Gomes De. Matemática Comercial e Financeira 5. ed. São Paulo: Makron Books do Brasil, 2000

 

BIBLIOGRAFIA COMPLEMENTAR

BRUNI, Adriano Leal; FAMÁ, Rubens. A matemática das finanças. 2. ed. São Paulo: Scipione, 2007

PENIDO, Eduardo. Matemática financeira para concurso público. São Paulo: Atlas, 2007

LOYOLA, Ronilton. Matemática financeira para concursos: teoria e questões. São Paulo: Método, 2013

LAPPONI, Juan Carlos. Modelagem Financeira com Excel. Rio de Janeiro: Campus, 2003

HOJI, Masakazu. Administração financeira e orçamentária: matemática financeira aplicada, estratégias financeiras, orçamento empresarial. 11. ed. São Paulo: Atlas, 2014

 

 

 

Componente Curricular

Código

Grupo

CH/Crédito

Departamento de Origem

Aplicação

Instituição de Direito Público e Privado

 

0901065-1

 

 

Obrigatório

 

 

 

60/4

 

 

 

Direito

 

 

 

Teórica

 

EMENTA: Estudos de Normas e princípios fundamentais do direito público e privado.

 

BIBLIOGRAFIA BÁSICA

PINHO, Ruy Rebello; NASCIMENTO, Amauri Mascaro. Instituições de direito público e privado: introdução ao estudo do direito: noções de ética professe. 24. ed. São Carlos: Scipione, 2007

JACQUES, Paulino. Curso de Introdução ao Estudo do Direito.5. ed. Rio de Janeiro: Forense, 2009

CARLYLE, R. Desafios ao direito no século XXI.São Paulo: Scortecci, 2011

 

BIBLIOGRAFIA COMPLEMENTAR

MARTINS, Sergio Pinto. Instituições de direito público e privado.14. ed. São Paulo: Atlas, 2014

FARIAS, Robson Fernandes De. Introdução à História do Direito. São Paulo: All Print, 2008.

ARAÚJO, Luiz Alberto David; NUNES JÚNIOR, Vidal Serrano. Curso de Direito Constitucional.9. ed. São Paulo: Saraiva, 2005

BITTAR, Eduardo Carlos Bianca; ALMEIDA, Guilherme Assis De. Curso de Filosofia do Direito - Panorama Histórico; Ii - Tópicos Conceituais. 8. ed. São Paulo: Scipione, 2014.

DOWER, Nelson Godoy Bassil. Instituições de direito público e privado. 13 ed., São Paulo: Saraiva, 2012.

 

 

  • ·         4º PERÍODO

 

Componente Curricular

Código

Grupo

CH/Crédito

Departamento de Origem

Aplicação

Contabilidade e Legislação Tributária

 

0103045-1

 

 

Obrigatório

 

 

 

60/4

 

 

 

Ciências Contábeis

 

 

 

Teórica

 

EMENTA: Sistema Tributário Nacional. Legislação Tributária. Carga tributaria. Tributos. Fato Gerador. Obrigação e responsabilidade tributaria. Garantias e privilégios do credito tributário. Regimes de tributação. Calculo e Contabilização de tributos.

 

BIBLIOGRAFIA BÁSICA

MARIANO, Paulo Antônio. SPED: sistema público de escrituração digital. 4. ed. São Paulo: IOB, 2012

IUDÍCIBUS, Sérgio De; MARION, José Carlos. Contabilidade Comercial.7. ed. São Paulo: Scipione, 2006

SILVA, Lourivaldo Lopes da. Contabilidade avançada e tributária.3. ed. São Paulo: IOB, 2011

 

BIBLIOGRAFIA COMPLEMENTAR

SANTOS, José Luiz Dos. Introdução à Contabilidade: Atualizada Pela Minirreorma Tributária Lei N° 10.637/02. São Paulo: Atlas, 2008.

PÊGAS, Paulo Henrique. Manual de contabilidade tributária. 7. ed. São Paulo: Freitas Bastos, 2011.

OLIVEIRA, Luis Martins de. Renato Chieregato, José Hernandez Perez Junior, Marliete Bezerra Gomes. Manual de contabilidade tributária: textos e testes com as respostas. 13. ed. São Paulo: Atlas, 2014

ALMEIDA, Marcelo Cavalcanti. Manual prático de interpretação contábil da lei societária. São Paulo: Atlas, 2010

CASTELLANI, Fernando F. Direito Tributário.3. ed. São Paulo: Saraiva, 2011.

OLIVEIRA, Gustavo Pedro de. Contabilidade Tributária. 3. ed. São Paulo: Saraiva, 2009.

FABRETTI, Láudio Camargo. Contabilidade Tributária. 13. ed. São Paulo: Atlas, 2013.

 

Componente Curricular

Código

Grupo

CH/Crédito

Departamento de Origem

Aplicação

Contabilidade Intermediária II

 

 

0103046-1

 

 

Obrigatório

 

 

 

60/4

 

 

 

Ciências Contábeis

 

 

 

Teórica

 

EMENTA: Operações com Ativo Não Circulantes. Depreciação, Amortização e Exaustão. Investimentos em participações societárias. Receitas e Despesas. Operações de encerramento do exercício. Aspectos fiscais relacionados com a contabilidade. Aspectos práticos de elaboração das demonstrações contábeis; Composição do Patrimônio Líquido; CPC`S: 27, 35, 44 e 45

 

BIBLIOGRAFIA BÁSICA

Manual de contabilidade societária: aplicável a todas as sociedades de acordo com as normas internacionais e do CPC. São Paulo: Atlas, 2010

RIBEIRO, Osni Moura. Contabilidade Comercial Fácil.16. ed. São Paulo: Saraiva, 2008.

IUDÍCIBUS, Sérgio De; MARION, José Carlos. Contabilidade Comercial.7. ed. São Paulo: Scipione, 2006.

 

BIBLIOGRAFIA COMPLEMENTAR

MARION, José Carlos. Contabilidade Empresarial.15. ed. São Paulo: Scipione, 2009

MARION, José Carlos; YAMADA, Walter Nobuyuki.Contabilidade geral para concurso público.2. ed. São Paulo: Atlas, 2010

COMETTI, Marcelo Tadeu. Direito comercial: Direito de empresa. 3. ed. São Paulo: Saraiva, 2011

AZEVEDO, Osmar Reis. Comentários às novas regras contábeis brasileiras.5. ed. São Paulo: IOB, 2010

SÁ, Antônio Lopes De. Contabilidade & Novo Código Civil. Curitiba: Juruá, 2008

 

Componente Curricular

Código

Grupo

CH/Crédito

Departamento de Origem

Aplicação

Contabilometria

 

 

 

0103047-1

 

 

Obrigatório

 

 

 

60/4

 

 

 

Ciências Contábeis

 

Teórica

 

EMENTA: Amostragem, Intervalos de confiança, Emprego das distribuições Normais e de Student, Testes de Hipóteses, Regressão linear, Simples e Múltipla, Covariância e Correlação Linear simples, Hipóteses básicas do modelo de regressão linear, Análise discriminante, Regressão logística. Análise da variância (ANAVA) e seus elementos. Uso de programas estatísticos, planilhas eletrônicas e suas linhas de programaçã

 

BIBLIOGRAFIA BÁSICA

CORRAR, Luiz J. (Coord.); THEÓPHILO, Carlos Renato (Coord.). Pesquisa Operacional Para Decisão em Contabilidade e Administração: Contabilometria. São Paulo - SP: Atlas, 2007

SILVA, Ermes Medeiros da. Estatística para os cursos de: economia: administração e ciências contábeis. 3. ed. São Paulo: Scipione, 2008.

HARIKI, Seiji. Matemática aplicada: administração, economia, contabilidade. São Paulo-SP: Saraiva, 2015

 

 

BIBLIOGRAFIA COMPLEMENTAR

LACHTERMACHER, Gerson. Pesquisa operacional na tomada de decisões.4. ed. São Paulo: Pearson Prentice Hall, 2009

MCCLOSKEY, Joseph F.; TREFETHEN, Florence N. Pesquisa operacional: como instrumento de gerência. São Paulo: Edgard Blücher, 1966

SILVA, Ermes Medeiros Da; GONÇALVES, Valter; SILVA, Elio Medeiros Da. Pesquisa Operacional: Programação Linear, Simulação. 3. ed. São Paulo: Scipione, 2007

CAIXETA-FILHO, José Vicente. Pesquisa Operacional: Técnicas de Otimização Aplicadas a Sistemas Agroindustriais. 2. ed. São Paulo: Atlas, 2004

ANDERSON, David R.; SWEENEY, Dennis J.; WILLIAMS, Thomas A. Estatística Aplicada à Administração e Economia. 2. ed. São Paulo: Cengage Learning, 2008

 

Componente Curricular

Código

Grupo

CH/Crédito

Departamento de Origem

Aplicação

Direito do Trabalho I

 

 

0901027-1

 

 

 

Obrigatório

 

 

 

60/4

 

 

 

Direito

 

 

 

Teórica

 

EMENTA: Direito do Trabalho. Evolução histórica. Princípios. Fontes. Aspectos Constitucionais. Campo de Aplicação. Organização Internacional do Trabalho (OIT). Contrato Individual do trabalho. Contratos especiais. Extinção e alterações do Contrato de Trabalho e seus efeitos. Nulidades. Trabalho da mulher e do menos. Segurança e saúde do trabalhador. Direito Tutelar do Trabalho. Direito Administrativo do Trabalho.

 

 

BIBLIOGRAFIA BÁSICA

BARROS, Alice Monteiro De. Curso de Direito do Trabalho.5. ed. São Paulo: LTr Editora Limitada, 2009

DELGADO, Mauricio Godinho. Curso de Direito do Trabalho.7. ed. São Paulo: LTr Editora Limitada, 2008

NASCIMENTO, Amauri Mascaro. Curso de Direito do Trabalho: História e Teoria Geral do Direito do Trabalho: Relações Individuais E. 21. ed. São Paulo: Saraiva, 2006

 

BIBLIOGRAFIA COMPLEMENTAR

MARTINS, Sergio Pinto. Direito do trabalho.28. ed. São Paulo: Atlas, 2012

BASILE, César Reinaldo Offa. Direito do trabalho: duração do trabalho a direito da greve. 3. ed. São Paulo: Saraiva, 2011

CORREIA, Henrique. Direito do Trabalho: específico para concursos de técnico judiciário do TRT e de técnico do MPU. Salvador: JusPODIVM, 2009

ALMEIDA, André Luiz Paes de. Direito do trabalho: material, processual e legislação especial. São Paulo: Rideel, 2009

FRANCO FILHO, Georgenor de Sousa. Direito do Trabalho no STF.São Paulo: LTr Editora Limitada, 2003.

 

Componente Curricular

Código

Grupo

CH/Crédito

Departamento de Origem

Aplicação

Introdução a Economia

 

0101002-1

 

 

Obrigatório

 

 

 

60/4

 

 

 

Economia

 

 

 

Teórica

 

EMENTA: O objetivo da economia política. O modo de produção e as formações sociais. A concepção materialista da história. O problema econômico. A divisão do trabalho. Evolução das ciências econômicas. Teorias econômicas. Noções de microeconomia. Noções de macroeconomia. O funcionamento da economia capitalista.

 

BIBLIOGRAFIA BÁSICA

ROSSETTI, José Paschoal. Introdução à Economia.18. ed. São Paulo: Scipione, 2000

VARIAN, Hal R. Microeconomia: Princípios Básicos. 7. ed. Rio de Janeiro: Campus, 2006

BRUM, Argemiro Jacob. O desenvolvimento econômico brasileiro.26. ed. Petrópolis: Vozes, 2009

 

BIBLIOGRAFIA COMPLEMENTAR

VICECONTI, Paulo; NEVES, Silvério Das. Introdução à economia.12. ed. São Paulo: Saraiva, 2013

GREMAUD, Amaury Patrick et al. Introdução à Economia.0. ed. São Paulo: Atlas, 2007

MANKIW, N. Gregory. Introdução à Economia.6. ed. São Paulo: Cengage Learning, 2013

STIGLITZ, Joseph E.; WALSH, Carl E. Introdução à Microeconomia.3. ed. Rio de Janeiro: Campus, 2003

FROYEN, Richard T. Macroeconomia.5. ed. São Paulo: Saraiva, 2008.

 

 

  • ·         5º PERÍODO

 

Componente Curricular

Código

Grupo

CH/Crédito

Departamento de Origem

Aplicação

Contabilidade de Custos I

 

0103011-1

 

 

Obrigatório

 

 

 

60/4

 

 

 

Ciências Contábeis

 

 

 

Teórica

 

EMENTA: Noções de custos. Critério integral ou absorção. Classificação dos custos. Plano de contas e ciclo contábil. Controle e custeio dos materiais. Mão-de-obra. Custos indiretos de fabricação. CPC 12.

 

BIBLIOGRAFIA BÁSICA

MARTINS, Eliseu. Contabilidade de custos.9. ed. São Paulo: Scipione, 2008

SANTOS, José Luiz Dos et all. Fundamentos de Contabilidade de Custos. São Paulo: Scipione, 2006

LEONE, George Sebastião Guerra. Curso de Contabilidade de Custos.2. ed. São Paulo: Scipione, 2000

 

BIBLIOGRAFIA COMPLEMENTAR

BRUNI, Adriano Leal; FAMÁ, Rubens. Gestão de Custos e Formação de Preços: com Aplicações na Calculadora Hp 12c e Excel. 5. ed. São Paulo: Scipione, 2009

BACIC, Miguel Juan. Gestão de Custos: Uma Abordagem Sob o Enfoque do Processo Competitivo e da Estratégia. Curitiba: Juruá, 2008

SCHIER, Carlos Ubiratan da Costa. Gestão Prática de Custos. Curitiba: Juruá, 2009

KOLIVER, Olivio.Contabilidade de Custos. Curitiba - PR: Juruá, 2009

CONTABILIDADE DE CUSTOS: TEMAS ATUAIS, ROBLES JR., Antônio (Coord.). Contabilidade de Custos: Temas Atuais. Curitiba: Juruá, 2009.

 

Componente Curricular

Código

Grupo

CH/Crédito

Departamento de Origem

Aplicação

Estrutura das Demonstrações Contábeis

 

0103050-1

 

 

Obrigatório

 

 

 

60/4

 

 

 

Ciências Contábeis

 

 

 

Teórica

 

EMENTA: Estrutura das Demonstrações Contábeis conforme legislação vigente. Estrutura das Demonstrações Contábeis para fins Gerenciais. CPC 26

 

BIBLIOGRAFIA BÁSICA

Manual de contabilidade societária: aplicável a todas as sociedades de acordo com as normas internacionais e do CPC. São Paulo: Atlas, 2010

ALMEIDA, Marcelo Cavalcanti. Manual prático de interpretação contábil da lei societária. São Paulo: Atlas, 2010

TOHMATSU, Deloitte Touche. Normas internacionais de contabilidade: IFRS. São Paulo: Atlas, 2009

SCHMIDT, Paulo; SANTOS, José Luiz Dos; FERNANDES, Luciane Alves. Fundamentos de conversão das demonstrações contábeis. São Paulo: Scipione, 2006

 

BIBLIOGRAFIA COMPLEMENTAR

QUINTANA, Alexandre Costa. Fluxo de Caixa: Demonstrações Contábeis. 0. ed. Curitiba: Juruá, 2009.

SÁ, Antônio Lopes De. Fundamentos da contabilidade geral.3. ed. São Paulo: Juruá, 2008.

AZEVEDO, Osmar Reis. Comentários às novas regras contábeis brasileiras.5. ed. São Paulo: IOB, 2010

SÁ, Antônio Lopes De. Contabilidade & Novo Código Civil. Curitiba: Juruá, 2008

MARION, José Carlos. Contabilidade Empresarial.16. ed. São Paulo: Atlas, 2012

 

Componente Curricular

Código

Grupo

CH/Crédito

Departamento de Origem

Aplicação

Contabilidade e Finanças

 

 

 

0103048-1

 

 

Obrigatório

 

 

 

60/4

 

 

 

Ciências Contábeis

 

 

 

Teórica

 

EMENTA: Mercados financeiros. Conceitos financeiros e aplicações práticas: inflação e juros, valor do dinheiro no tempo, equivalência de capitais. Estratégias e decisões financeiras: administração do capital de giro, fundamentos e práticas de tesouraria, decisões de financiamentos. Planejamento de fluxo de caixa.

 

BIBLIOGRAFIA BÁSICA

Avaliação de Empresas: da Mensuração Contábil à Econômica. São Paulo: Scipione, 2001

FORTUNA, Eduardo. Mercado financeiro: produtos e serviços. 17. ed. Rio de Janeiro: Qualitymark, 2008

FAVERO, Hamilton Luiz et al. Contabilidade: teoria e prática. São Paulo: Scipione, 2007

 

BIBLIOGRAFIA COMPLEMENTAR

PINHEIRO, Juliano Lima. Mercado de capitais: fundamentos e técnicas. 6. ed. São Paulo, Atlas: 2012.

HOJI, Masakazu.Administração Financeira: Uma Abordagem Prática; Matemática Financeira Aplicada; Estratégias Financeira. 5. ed. São Paulo: Scipione, 2006

SANVICENTE, Antônio Zoratto.Administração Financeira.3. ed. São Paulo - SP: Atlas, 2009

SANTOS, Edno Oliveira Dos. Administração Financeira da Pequena e Média Empresa. São Paulo: Atlas, 2001

LEAL, Ricardo P. C.; COSTA JR., Newton C. A. Da; LEMGRUBER, Eduardo F. Finanças Corporativas. São Paulo: Scipione, 2001

 

 

Componente Curricular

Código

Grupo

CH/Crédito

Departamento de Origem

Aplicação

Contabilidade e Planejamento Tributário

 

0103049-1

 

 

Obrigatório

 

 

 

60/4

 

 

 

Ciências Contábeis

 

 

 

Teórica

 

EMENTA: Aspectos práticos dos regimes tributários. Contabilidade e planejamento tributário: planejamento tributário e contábil. Elisão e evasão fiscal. Incentivos fiscais. Modelos de planejamento tributário. CPC 32.

 

BIBLIOGRAFIA BÁSICA

MARIANO, Paulo Antônio. SPED: sistema público de escrituração digital. 4. ed. São Paulo: IOB, 2012

SABBAG, Eduardo. Manual de Direito Tributário.1. ed. São Paulo: Saraiva, 2009.

YOUNG, Lúcia Helena Briski.Imposto de renda na fonte.9. ed. Curitiba: Juruá, 2008

 

BIBLIOGRAFIA COMPLEMENTAR

FABRETTI, Cláudio Camargo. Contabilidade Tributária: Impostos e Contribuições Atualizados; PIS e Confins: Sistemas Cumulativo E. 10. ed. São Paulo: Scipione, 2006

PÊGAS, Paulo Henrique. Manual de contabilidade tributária. 7. ed. São Paulo: Freitas Bastos, 2011.

ALEXANDRINO, Marcelo; PAULO, Vicente. Manual de Direito Tributário.8. ed. São Paulo: Método, 2009

SILVA, Lourivaldo Lopes da. Contabilidade avançada e tributária.3. ed. São Paulo: IOB, 2011

SANTOS, José Luiz Dos; SCHMIDT, Paulo; FERNANDES, Luciane Alves. Contabilidade Avançada: aspectos Societários e Tributários. São Paulo: Atlas, 2003

OLIVEIRA,  Luis  Martins  de  ET AL. Manual  de  contabilidade  tributária.  13.  ed.  São  Paulo: Atlas,2014.

 

 

Componente Curricular

Código

Grupo

CH/Crédito

Departamento de Origem

Aplicação

Direito Empresarial I

 

0901075-1

 

Obrigatório

 

 

 

60/4

 

 

 

Direito

 

 

 

Teórica

 

EMENTA: Histórico do Direito Empresarial. Empréstimo. Estabelecimento e nome empresarial. Atividade empresária. Sociedades empresárias: classificações, dissoluções e extinção. O estabelecimento e abstração da empresa. Conceito. Requisitos. Condições de validade. Principiologia. Dirigismo contratual. Contratos mercantis: conceito, requisitos, condições de validade, princípios, classificação e extinção. Espécies de Contrato Mercantil

 

BIBLIOGRAFIA BÁSICA

MARTINS, Fran. Curso de Direito Comercial: Empresa Comercial; Empresários Individuais; Microempresas; Sociedades Co. 32. ed. Rio de Janeiro: Forense, 2009

COELHO, Fábio Ulhoa.Curso de Direito Comercial.6. ed. São Paulo: Saraiva, 2002.

MAMEDE, Gladston. Direito Empresarial Brasileiro: Empresa e Atuação Empresarial. 3. ed. São Paulo - SP: Atlas, 2009

 

BIBLIOGRAFIA COMPLEMENTAR

GUSMÃO, Mônica. Direito empresarial.3. ed. Rio de Janeiro: Impetus, 2004

MAMEDE, Gladston. Direito Empresarial Brasileiro: Falência e Recuperação de Empresas. 3. ed. São Paulo - SP: Atlas, 2009

QUIZA, Rosana Garcia. Direito Comercial.3. ed. São Paulo: Quartier Latin do Brasil, 2005

PIMENTEL, Carlos Barbosa. Direito Comercial: Teoria e Questões Comentadas. 4. ed. Rio de Janeiro: Campus, 2005

GIUSTI, Miriam Petri Lima de Jesus. Sumário de Direito Comercial. São Paulo: Rideel, 2003

 

  • ·         6º PERÍODO

 

Componente Curricular

Código

Grupo

CH/Crédito

Departamento de Origem

Aplicação

Contabilidade do Agronegócio

 

 

0103052-1

 

 

Obrigatório

 

 

 

60/4

 

 

 

Ciências Contábeis

 

 

 

Teórica

 

EMENTA: Aspectos conceituais. Plano de Contas. Operações típicas da atividade rural. Escrituração e encerramento de exercício; CPC 29.

 

 

BIBLIOGRAFIA BÁSICA

CREPALDI, Sílvio Aparecido. Contabilidade rural: uma abordagem decisorial. 5. ed. São Paulo: Atlas, 2009

MARION, José Carlos. Contabilidade Rural: Contabilidade Agrícola, Contabilidade da Pecuária, Imposto de Renda Pessoa Jurídica. 11. ed. São Carlos: Scipione, 2010

OLIVEIRA, Neuza Corte De. Contabilidade do Agronegócio: Teoria e Prática. Curitiba - PR: Juruá, 2009

MARION, José Carlos. Contabilidade da Pecuária.7. ed. São Paulo: Scipione, 2004

 

BIBLIOGRAFIA COMPLEMENTAR

CASIMIRO FILHO, Francisco. Agronegócio e Desenvolvimento regional. Cascavel - PR: EDUNIOESTE - Editora Gráfica Universitária, 1999

ANDRADE, Francisco Alves. Agronomia e Humanismo: Problemas de Política Econômica e Educacional Agrária. Fortaleza: Imprensa Universitária do Ceará, 1967

CLEMENTE, Ademir; HIGACHI, Hermes Y. Economia e Desenvolvimento Regional. São Paulo: Atlas, 2000

BACHA, Carlos José Caetano. Economia e Política Agrícola no Brasil. São Paulo: Atlas, 2004

ANDRIOLA, Ítalo Roberto Fernandes. Economia social e cooperativismo. João Pessoa: Ideia, 2010.

 

 

Componente Curricular

Código

Grupo

CH/Crédito

Departamento de Origem

Aplicação

Orçamento das Instituições Públicas

 

 

0103028-1

 

 

 

Obrigatório

 

 

 

60/4

 

 

 

Ciências Contábeis

 

 

 

Teórica

 

EMENTA: Introdução ao orçamento público. Planejamento estratégico institucional com foco na qualidade do gasto público. Receita orçamentária. Classificação da despesa orçamentária. Financiamento orçamentário. Elaboração do projeto de lei orçamentária anual – PLOA. Processo legislativo orçamentário brasileiro. Alterações orçamentárias. Qualidade do gasto público. Licitações. Contrato administrativo . Lei de responsabilidade fiscal.

 

BIBLIOGRAFIA BÁSICA

CARVALHO, Deusvaldo. Orçamento e contabilidade pública: teoria, prática e mais de 800 exercícios. 5. ed. Rio de Janeiro: Elsevier, 2010

KOHAMA, Heilio. Contabilidade Pública: Teoria e Prática. 13. ed. São Carlos: Atlas, 2013

ANDRADE, Nilton de Aquino. Contabilidade pública na gestão municipal.4. ed. São Paulo: Scipione, 2012

SILVA, Lino Martins da. Contabilidade governamental: um enfoque administrativo da nova contabilidade pública. 9. ed. São Paulo: Atlas, 2011.

BRASIL. Ministério da Fazenda. Secretaria do Tesouro Nacional. Manual de contabilidade aplicada ao setor público: procedimentos contábeis orçamentários. 3. ed. Brasília: Secretaria do Tesouro Nacional - STN, 2010

 

BIBLIOGRAFIA COMPLEMENTAR

QUINTANA, Alexandre Costa. Contabilidade pública: de acordo com as novas normas brasileiras de contabilidade aplicadas ao setor público e a lei de responsabilidade fiscal. São Paulo: Atlas, 2011

LIMA, Diana Vaz De; CASTRO, Róbison Gonçalves De. Contabilidade Pública: Integrando União, Estados e Municípios (Siafi e Siafem). 3. ed. São Paulo: Atlas, 2011

PISCITELLI, Roberto Bocaccio et al. Contabilidade Pública: Uma Abordagem da Administração Financeira Pública. 12. ed. São Carlos: Scipione, 2012

MARIANO, Paulo Antonio. SPED: sistema público de escrituração digital. 4. ed. São Paulo: IOB, 2012

CALDWELL, L. K. Administração Pública Comparada. Rio de Janeiro: Bloch, 1967

 

 

Componente Curricular

Código

Grupo

CH/Crédito

Departamento de Origem

Aplicação

Contabilidade de Custos II

 

 

0103012-1

 

 

Obrigatório

 

 

 

60/4

 

 

 

Ciências Contábeis

 

 

 

Teórica

 

EMENTA: Contabilização de custos industriais. Custeio por absorção e custeio variável. Sistema de produção contínua e produção por ordem. Equivalentes de Produção. Margem de Contribuição e limitação na  capacidade de produção. Margem de Segurança. CPC 20.

 

BIBLIOGRAFIA BÁSICA

MARTINS, Eliseu. Contabilidade de custos.9. ed. São Paulo: Scipione, 2008

SANTOS, José Luiz Dos et afundamentos de Contabilidade de Custos. São Paulo: Scipione, 2006

LEONE, George Sebastião Guerra. Curso de Contabilidade de Custos.2. ed. São Paulo: Scipione, 2000

 

BIBLIOGRAFIA COMPLEMENTAR

BRUNI, Adriano Leal; FAMÁ, Rubens. Gestão de Custos e Formação de Preços: com Aplicações na Calculadora H.P. 12c e Excel. 5. ed. São Paulo: Scipione, 2009

BACIC, Miguel Juan. Gestão de Custos: Uma Abordagem Sob o Enfoque do Processo Competitivo e da Estratégia. Curitiba: Juruá, 2008

SCHIER, Carlos Ubiratan da Costa. Gestão Prática de Custos. Curitiba: Juruá, 2009

KOLIVER, Olivio.Contabilidade de Custos. Curitiba - PR: Juruá, 2009

CONTABILIDADE DE CUSTOS: TEMAS ATUAIS, ROBLES JR., Antônio (Coord.). Contabilidade de Custos: Temas Atuais. Curitiba: Juruá, 2009.

MARTINS, Eliseu. Contabilidade de custos. 10. ed. São Paulo: Atlas, 2010.

 

 

Componente Curricular

Código

Grupo

CH/Crédito

Departamento de Origem

Aplicação

Análise e Interpretação das demonstrações contábeis

 

 

0103051-1

 

 

 

Obrigatório

 

 

 

60/4

 

 

 

Ciências Contábeis

 

 

 

Teórica

 

EMENTA: Introdução a analise das demonstrações contábeis. Técnicas de Analise: Análise Horizontal e Vertical, Índices de Liquidez, Rentabilidade e Estrutura. Indicadores de Atividade ou Rotatividade. Alavancagem Operacional e Financeira. Índices-padrão e a sua aplicação em planilhas eletrônicas. Previsões de Falências. Introdução à análise econômico-financeira avançada; CPC´S: 21 e 24

 

 

BIBLIOGRAFIA BÁSICA

ASSAF NETO, Alexandre. Estrutura e análise de balanços: um enfoque econômico-financeiro. 7. ed. São Paulo: Scipione, 2002

IUDÍCIBUS, Sérgio de. Análise de balanços.10. ed. 5. reimp. São Paulo: Atlas, 2014

Manual de contabilidade societária: aplicável a todas as sociedades de acordo com as normas internacionais e do CPC. São Paulo: Atlas, 2010

 

BIBLIOGRAFIA COMPLEMENTAR

SANTI FILHO, Armando De; OLINQUEVITCH, José Leônidas. Análise de Balanços Para Controle Gerencial.4. ed. São Paulo: Scipione, 2004

MARION, José Carlos. Análise das demonstrações contábeis: contabilidade empresarial. 7. ed. São Paulo: Atlas, 2012

SAVYTZKY, Taras. Análise de Balanços: Método Prático. 5. ed. Curitiba: Juruá, 2009.

MATARAZZO, Dante Carmine. Análise Financeira de Balanços: Abordagem Básica e Gerencial: Livro de Exercícios. 3. ed. São Paulo: Scipione, 1999

BRAGA, Hugo Rocha. Demonstrações contábeis: estrutura, análise e interpretação. 4. ed. São Paulo: Scipione, 1999

 

Componente Curricular

Código

Grupo

CH/Crédito

Departamento de Origem

Aplicação

Direito Previdenciário

 

 

0901052-1

 

 

Obrigatório

 

 

 

60/4

 

 

 

Direito

 

 

 

Teórica

 

EMENTA: Proteção Social. Evolução do Direito Previdenciário Brasileiro. Seguridade social na constituição. Custeio da previdência social. Benefícios da Previdência Social. Infrações e crimes contra a Previdência Social. Acidente de Trabalho

 

BIBLIOGRAFIA BÁSICA

SANFELICE, Patrícia de Mello. Direito previdenciário. São Paulo: Academia Brasileira de direito, 2007

SANTOS, Marisa Ferreira Dos. Direito previdenciário.7. ed. São Paulo: Saraiva, 2011

GONÇALVES, Rodoanel Uebano.Direito Previdenciário Para Concursos.5. ed. São Paulo: Scipione, 2006

 

BIBLIOGRAFIA COMPLEMENTAR

AMADO, Frederico Augusto Di Trindade. Direito previdenciário. Salvador: JusPODIVM, 2010.

BALERA, Wagner. Direito previdenciário.7. ed. São Paulo: Método, 2010

MENEZES, Adriana de Almeida. Direito previdenciário. Salvador - BA: JusPODIVM, 2011

SOUZA, Lilian Castro de. Direito previdenciário.3. ed. São Paulo: Atlas, 2007

AMADO, Frederico Augusto Di Trindade. Direito previdenciário sistematizado. Salvador: JusPODIVM, 2011.

 

 

 

 

 

 

 

  • ·         7º PERÍODO

 

Componente Curricular

Código

Grupo

CH/Crédito

Departamento de Origem

Aplicação

Auditoria I

 

 

0103003-1

 

Obrigatório

 

 

 

60/4

 

 

 

Ciências Contábeis

 

 

 

Teórica

EMENTA: Origem, evolução e desenvolvimento da auditoria. Fundamentos e campo de aplicação. Tipos de auditoria contábil. Normas e técnicas. Controle interno. Métodos, procedimentos e técnicas para elaboração de relatórios e pareceres

 

BIBLIOGRAFIA BÁSICA

CREPALDI, Sílvio Aparecido. Auditoria Contábil: Teoria e Prática. 6. ed. São Paulo: Atlas, 2010

PEREZ JUNIOR, José Hernandez. Auditoria de demonstrações contábeis: normas e procedimentos. 3. ed. São Paulo: Atlas, 2004.

PEREZ JUNIOR, José Hernandez; OLIVEIRA, Luís Martins De. Auditoria de Demonstrações Contábeis: Testes, Casos Práticos e Exercícios. São Paulo: Scipione, 2004

 

BIBLIOGRAFIA COMPLEMENTAR

MAGALHÃES, Antônio de Deus Farias; LUNKES, Irtes Cristina; MULLER, Aderbal Nicolas. Auditoria das Organizações: Metodologias Alternativas Ao Planejamento e à Operacionalização Dos. . .. São Paulo: Atlas, 2001.

ARRUDA, Daniel; ARAUJO, Inaldo; HUMBERTO, Pedro. Auditoria contábil. São Paulo: Saraiva, 2007.

FRANCO, Hilário; MARRA, Ernesto. Auditoria contábil: normas de auditoria, procedimentos e papéis de trabalho, programas de auditoria. 4. ed. São Paulo: Atlas, 2001

ATTIE, William. Auditoria: conceitos e aplicações. 2. ed. São Carlos: Scipione, 1984

SÁ, Antônio Lopes De. Curso de Auditoria.9. ed. São Paulo: Atlas, 2000

BORGES, Humberto Bonavides. Auditoria de Tributos: Ipi, ICMS e Iss. 2. ed. São Paulo: Atlas, 2001

 

Componente Curricular

Código

Grupo

CH/Crédito

Departamento de Origem

Aplicação

Contabilidade das Instituições Públicas

 

 

0103010-1

 

 

Obrigatório

 

 

 

60/4

 

 

 

Ciências Contábeis

 

 

 

Teórica

 

EMENTA: MCASP - Procedimentos contábeis orçamentários – PCO. MCASP - Procedimentos contábeis patrimoniais – PCP. Plano de contas aplicado ao setor público – PCASP. Lançamentos contábeis típicos da administração pública. MCASP - Demonstrações contábeis aplicadas ao setor público – DCASP. Contabilidade de custos aplicada ao setor público. Depreciação, amortização e exaustão no setor publico.

 

BIBLIOGRAFIA BÁSICA

CARVALHO, Deusvaldo.Orçamento e contabilidade pública: teoria, prática e mais de 800 exercícios. 5. ed. Rio de Janeiro: Elsevier, 2010

KOHAMA, Heilio. Contabilidade Pública: Teoria e Prática. 13. ed. São Carlos: Atlas, 2013

SILVA, Lino Martins da. Contabilidade governamental: um enfoque administrativo da nova contabilidade pública. 9. ed. São Paulo: Atlas, 2011.

ANDRADE, Nilton de Aquino. Contabilidade pública na gestão municipal.4. ed. São Paulo: Scipione, 2012

BRASIL. Ministério da Fazenda. Secretaria do Tesouro Nacional. Manual de contabilidade aplicada ao setor público: procedimentos contábeis orçamentários. 3. ed. Brasília: Secretaria do Tesouro Nacional - STN, 2010

ROSA, Maria Berenice. Contabilidade do setor público. São Paulo: Atlas, 2011.

 

BIBLIOGRAFIA COMPLEMENTAR

QUINTANA, Alexandre Costa. Contabilidade pública: de acordo com as novas normas brasileiras de contabilidade aplicadas ao setor público e a lei de responsabilidade fiscal. São Paulo: Atlas, 2011

LIMA, Diana Vaz De; CASTRO, Róbison Gonçalves De. Contabilidade Pública: Integrando União, Estados e Municípios (Siafi e Siafem). 3. ed. São Paulo: Atlas, 2011

PISCITELLI, Roberto Bocaccio et al. Contabilidade Pública: Uma Abordagem da Administração Financeira Pública. 12. ed. São Carlos: Scipione, 2012

MARIANO, Paulo Antonio. SPED: sistema público de escrituração digital. 4. ed. São Paulo: IOB, 2012

CALDWELL, L. K. Administração Pública Comparada. Rio de Janeiro: Bloch, 1967

MARTINS DA SILVA, Lino. Contabilidade governamental: um enfoque administrativo. São Paulo: Atlas, 2002.

 

 

Componente Curricular

Código

Grupo

CH/Crédito

Departamento de Origem

Aplicação

Gestão Estratégica de Custos

 

 

0103054-1

 

 

 

Obrigatório

 

 

 

60/4

 

 

 

Ciências Contábeis

 

 

 

Teórica

 

EMENTA: Gestão Estratégica de Custo; Vantagem Competitiva; Precificação; Ponto de Equilíbrio; Margem de Contribuição; Margem de Segurança; Custos da Qualidade; Custeio Padrão

 

BIBLIOGRAFIA BÁSICA

PEREZ JUNIOR, José Hernandez; OLIVEIRA, Luís Martins De; COSTA, Rogério Guedes. Gestão Estratégica de Custos.6. ed. São Paulo: Scipione, 2009

SANTOS, Joel José. Análise de Custos: Remodelando com ênfase Para Sistema de Custeio Marginal, Relatórios e Estudos De. 4. ed. São Paulo: Scipione, 2005

BRUNI, Adriano Leal; FAMÁ, Rubens. Gestão de Custos e Formação de Preços: com Aplicações na Calculadora Hp 12c e Excel. 5. ed. São Paulo: Scipione, 2009

MARTINS, Eliseu. Contabilidade de custos.9. ed. São Paulo: Scipione, 2008

 

BIBLIOGRAFIA COMPLEMENTAR

NAKAGAWA, Masayuki. Gestão Estratégica de Custos: Conceitos, Sistemas e Implementação. São Paulo: Scipione, 2000

MAHER, Michael. Contabilidade de Custos: Criando Valor Para a Administração. São Paulo: Scipione, 2001

ROBLES JR., Antonio. Custos da Qualidade: aspectos Econômicos da Gestão da Qualidade e da Gestão Ambiental. 2. ed. São Paulo: Atlas, 2003.

BORNIA, Antônia Cezar. Análise gerencial de custos: aplicação em empresas modernas. São Paulo: Atlas, 2010. 2

DUTRA, René Gomes. Custos: Uma Abordagem Prática. 5. ed. São Paulo: Scipione, 2003.

HANSEN, Don R.; MOWEN, Maryanne M. Gestão de custos: contabilidade e controle. São Paulo: Cengage Learning, c2001

SCHIER, Carlos Ubiratan da Costa. Gestão Prática de Custos. Curitiba: Juruá, 2009.

 

 

Componente Curricular

Código

Grupo

CH/Crédito

Departamento de Origem

Aplicação

Contabilidade Avançada

 

0103006-1

 

 

Obrigatório

 

 

 

60/4

 

 

 

Ciências Contábeis

 

 

 

Teórica

 

EMENTA: Avaliação dos Investimentos Societários. Consolidação das Demonstrações Contábeis. Contabilidade das fusões, incorporações, cisões, dissoluções, liquidações e extinções. Correção Monetária Integral. CPC´S: 01,06,10,28 e 33.

 

BIBLIOGRAFIA BÁSICA

RIBEIRO, Osni Moura. Contabilidade avançada.3. ed. São Paulo: Saraiva, 2012

SILVA, Lourivaldo Lopes da. Contabilidade avançada e tributária.3. ed. São Paulo: IOB, 2011.

FERREIRA, Ricardo J. Contabilidade avançada. Rio de Janeiro: Ferreira, 2011.

SCHMIDT, Paulo; SANTOS, José Luiz Dos; FERNANDES, Luciane Alves. Fundamentos de conversão das demonstrações contábeis. São Paulo: Scipione, 2006

MARTINS, Eliseu; GELBECKE, Ernesto Rubens; SANTOS, Ariovaldo dos; IUDÍCIBUS, Sérgio de. Manual de Contabilidade Societária. 2. ed. São Paulo: Atlas, 2013.

 

BIBLIOGRAFIA COMPLEMENTAR

PEREZ JUNIOR, José Hernandez; OLIVEIRA, Luís Martins De. Contabilidade Avançada.2. ed. São Paulo: Atlas, 1998

SANTOS, José Luiz Dos; SCHMIDT, Paulo; FERNANDES, Luciane Alves. Contabilidade Avançada: aspectos Societários e Tributários. São Paulo: Atlas, 2003.

ALMEIDA, Marcelo Cavalcanti. Contabilidade Avançada: Textos, Exemplos e Exercícios Resolvidos. 3. ed. São Paulo: Atlas, 2013.

SCHMIDT, Paulo; SANTOS, José Luiz Dos. Avaliação de Ativos Intangíveis. São Paulo: Scipione, 2002

ASSAF NETO, Alexandre. Finanças corporativas e valor.6.ed. São Paulo, Atlas, 2012

HOJI, Masakazu.Administração financeira e orçamentária: matemática financeira aplicada, estratégias financeiras, orçamento empresarial. 11. ed. São Paulo: Atlas, 2014

 

 

Componente Curricular

Código

Grupo

CH/Crédito

Departamento de Origem

Aplicação

Contabilidade e Orçamento Empresarial

 

0103053-1

 

 

Obrigatório

 

 

 

60/4

 

 

 

Ciências Contábeis

 

 

 

Teórica

 

 

EMENTA: Conceito de planejamento e controle de resultados. Avaliação de alternativas no planejamento. Orçamento diversos. Contabilização de operações orçamentárias. Planejamento e controle de resultados. Sistema contábil. Relatórios contábeis de desempenho para o controle administrativo.

 

BIBLIOGRAFIA BÁSICA

SANVICENTE, Antônio Zoratto; SANTOS, Celso da Costa. Orçamento na Administração de Empresas: Planejamento e Controle. 2. ed. São Paulo: Scipione, 2006

FREZATTI, Fábio. Orçamento Empresarial: Planejamento e Controle Gerencial. 5. ed. São Paulo: Scipione, 2009

CARNEIRO, Murilo; MATIAS, Alberto Borges. Orçamento empresarial: teoria, prática e novas técnicas. São Paulo: Atlas, 2011.

PADOVEZE, Clóves Luís. Planejamento Orçamentário. 2. ed. São Paulo: Cengage Learning, 2010.

 

BIBLIOGRAFIA COMPLEMENTAR

HOJI, Masakazu; DA SILVA, Alves Hélio. Planejamento e Controle Financeiro. São Paulo: Atlas, 2010

SCHUBERT, Pedro. Orçamento Empresarial Integrado: Metodologia, Elaboração, Controle e Acompanhamento. 3. ed. Rio de Janeiro: Freitas Bastos, 2005

MOREIRA, José Teixeira Carlos (Coord.). Orçamento Empresarial: Manual de Elaboração. 5. ed. São Paulo: Atlas, 2002

CARVALHO, Deusvaldo.Orçamento e contabilidade pública: teoria, prática e mais de 800 exercícios. 5. ed. Rio de Janeiro: Elsevier, 2011

FONSECA, José Wladimir Freitas de. Administração financeira e orçamentária. Curitiba: [s.n.], 2009.

HOJI, Masakazu.Administração financeira e orçamentária: matemática financeira aplicada, estratégias financeiras, orçamento empresarial. 11. ed. São Paulo: Atlas, 2014

 

 

  • ·         8º PERÍODO

 

Componente Curricular

Código

Grupo

CH/Crédito

Departamento de Origem

Aplicação

Contabilidade Gerencial

 

 

0103017-1

 

 

Obrigatório

 

 

 

60/4

 

 

 

Ciências Contábeis

 

 

 

Teórica

 

EMENTA: Análise de valores relevantes. Análise contábil e processo decisório. Integração dos sistemas de contabilidade e orçamento. Controladoria gerencial e controle orçamentário e administrativo. Relatórios contábeis para tomada de decisões

 

BIBLIOGRAFIA BÁSICA

CREPALDI, Sílvio Aparecido. Contabilidade gerencial: teoria e prática. 5. ed. São Paulo: Atlas, 2011

ATKINSON, Anthony. Contabilidade Gerencial.0. ed. São Paulo: Scipione, 2000

IUDÍCIBUS, Sérgio De. Contabilidade gerencial.6. ed. São Paulo: Scipione, 1998

 

 

BIBLIOGRAFIA COMPLEMENTAR

GARRISON, Ray Contabilidade gerencial.14. ed. Porto Alegre: AMGH, 2013

PADOVEZE, Clóvis Luis. Contabilidade Gerencial: Um Enfoque em Sistema de Informação Contábil: Livro de Exercícios. 3. ed. São Paulo: Scipione, 2000

CREPALDI, Sílvio Aparecido. Contabilidade Gerencial: Teoria e Prática. 3. ed. São Paulo: Scipione, 2004

JIAMBALVO, James. Contabilidade gerencial.3. ed. Rio de Janeiro: LTC, 2009

WARREN, Carl S.; REEVE, James M.; FESS, Philip. Contabilidade Gerencial.6. ed. São Paulo: Thomson Learning, 2003

NASCIMENTO, Jonilton Mendes Do. Custos: Planejamento, Controle e Gestão na Economia Globalizada. 2. ed. São Paulo: Scipione, 2001

 

 

Componente Curricular

Código

Grupo

CH/Crédito

Departamento de Origem

Aplicação

Contabilidade das instituições financeiras

 

 

0103009-1

 

 

 

Obrigatório

 

 

 

60/4

 

 

 

Ciências Contábeis

 

 

 

Teórica

 

EMENTA: Noções gerais de instituições financeiras. Sistema financeiro nacional. Contabilidade aplicada às instituições financeiras; CPC´S: 08, 38,39,40,48.

 

BIBLIOGRAFIA BÁSICA

NIYAMA, Jorge Katsumi; GOMES, Amaro L. Oliveira. Contabilidade de Instituições Financeiras.3. ed. São Paulo: Scipione, 2009.

CARVALHO, Fernando J. Cardim De et al. Economia Monetária e Financeira: Teoria e Política. 2. ed. Rio de Janeiro: Campus, 2007

ABRÃO, Nelson. Direito bancário.9. ed. São Paulo: Saraiva, 2005

 

BIBLIOGRAFIA COMPLEMENTAR

ALOE, Armando; COLLI, José Alexandre; FONTANA, Marino. Contabilidade Bancária.3. ed. São Paulo: Atlas, 1989

COLLI, José Alexandre. Contabilidade Bancária - Atualizada com Base na Lei Nº 6.404/76.5. ed. São Paulo: Atlas, 1996

BORGES, Rubens Martins. Contabilidade Bancária. Fortaleza-CE: EUFC - Edições UFC, 1986.

GOMES, F. Araújo. Contabilidade Financeira Pelo Sistema Ruf.Rio de janeiro: <nenhuma>, 1951.

ALMEIDA, Marcelo Cavalcanti. Correção Monetária Integral das Demonstrações Financeiras.2. ed. São Paulo: Atlas, 1999.

HASTINGS, David F..Banking: gestão de ativos, passivos e resultados em instituições financeiras. São Paulo: Saraiva, 2006

 

Componente Curricular

Código

Grupo

CH/Crédito

Departamento de Origem

Aplicação

Auditoria II

 

 

0103004-1

 

 

Obrigatório

 

 

 

60/4

 

 

 

Ciências Contábeis

 

 

 

Teórica

 

EMENTA: Procedimentos de auditoria. Auditoria das demonstrações contábeis. Notas explicativas. Eventos subsequentes. Aspectos fiscais e contingentes. Encerramento, relatório e parecer de auditoria.

 

BIBLIOGRAFIA BÁSICA

CREPALDI, Sílvio Aparecido. Auditoria Contábil: Teoria e Prática. 6. ed. São Paulo: Atlas, 2010

PEREZ JUNIOR, José Hernandez. Auditoria de demonstrações contábeis: normas e procedimentos. 3. ed. São Paulo: Atlas, 2004.

PEREZ JUNIOR, José Hernandez; OLIVEIRA, Luís Martins De. Auditoria de Demonstrações Contábeis: Testes, Casos Práticos e Exercícios. São Paulo: Scipione, 2004

 

BIBLIOGRAFIA COMPLEMENTAR

MAGALHÃES, Antônio de Deus Farias; LUNKES, Irtes Cristina; MULLER, Aderbal Nicolas. Auditoria das Organizações: Metodologias Alternativas Ao Planejamento e à Operacionalização Dos. . .. São Paulo: Atlas, 2001.

SÁ, Antônio Lopes De. Auditoria do Ativo. São Paulo: Atlas, 1977.

FRANCO, Hilário; MARRA, Ernesto. Auditoria contábil: normas de auditoria, procedimentos e papéis de trabalho, programas de auditoria. 4. ed. São Paulo: Atlas, 2001

ARRUDA, Daniel; ARAUJO, Inaldo; HUMBERTO, Pedro. Auditoria contábil. São Paulo: Saraiva, 2007

SÁ, Antônio Lopes De. Curso de Auditoria.9. ed. São Paulo: Atlas, 2000

BORGES, Humberto Bonavides. Auditoria de Tributos: IPI, ICMS e Iss. 2. ed. São Paulo: Atlas, 2001

 

Componente Curricular

Código

Grupo

CH/Crédito

Departamento de Origem

Aplicação

Contabilidade Sócioambiental

 

 

0103055-1

 

Obrigatório

 

 

 

60/4

 

 

 

Ciências Contábeis

 

 

 

Teórica

 

EMENTA: Desenvolvimento econômico e sustentável. Ativo, passivo, despesas e custos ambientais. Gestão de recursos naturais

 

BIBLIOGRAFIA BÁSICA

RIBEIRO, Maisa de Souza. Contabilidade Ambiental. São Paulo: Saraiva, 2006

Contabilidade ambiental e relatórios sociais. São Paulo: Atlas, 2009

PAIVA, Paulo Roberto de. Contabilidade Ambiental: Evidenciação dos Gastos Ambientais com Transparência e Focada na Prevenção. São Paulo: Atlas, 2006

FERREIRA, Aracéli Cristina de Sousa. Contabilidade Ambiental: Uma Informação Para o Desenvolvimento Sustentável. 2. ed. São Paulo: Scipione, 200

 

BIBLIOGRAFIA COMPLEMENTAR

SILVA, Benedito Gonçalves Da. Contabilidade Ambiental: Sob a ótica da Contabilidade Financeira. Curitiba: Juruá, 2009.

CARVALHO, Gardênia Maria Braga De. Contabilidade ambiental: teoria e prática. 2. ed. Curitiba: Juruá, 2009

FERREIRA, Aracéli Cristina de Sousa. Contabilidade ambiental: uma informação para o desenvolvimento sustentável. 3. ed. São Paulo: Atlas, 2011

TACHIZAWA, Takeshy.Gestão Ambiental e Responsabilidade Social Corporativa: Estratégias de Negócios Focadas na Realidade Brasileira. 6. ed. São Paulo: Atlas, 2009

DIAS, Reinaldo. Gestão ambiental: responsabilidade social e sustentabilidade. São Paulo: Scipione, 2009

 

Componente Curricular

Código

Grupo

CH/Crédito

Departamento de Origem

Aplicação

Informática aplicada à Contabilidade

 

 

0103056-1

 

 

 

Obrigatório

 

 

 

60/4

 

 

 

Ciências Contábeis

 

 

 

Teórica

 

EMENTA: Evolução da Informática. Programas e sistemas. Implantação da contabilidade informatizada. Aplicabilidade da informática nos sistemas contábeis. Organização e controle da informações.

 

BIBLIOGRAFIA BÁSICA

SANTOS, Aldemar de Araújo. Informática na Empresa.3. ed. São Paulo: Scipione, 2003.

OLIVEIRA, Edson. Contabilidade Informatizada: Teoria e Prática. 3. ed. São Paulo: Scipione, 2003

O'BRIEN, James A. Sistemas de Informação e as Decisões Gerenciais na Era da Internet.2. ed. São Paulo: Saraiva, 2004

 

BIBLIOGRAFIA COMPLEMENTAR

MAGALHÃES, Antônio de Deus Farias; LUNKES, Irtes Cristina. Sistemas Contábeis: o Valor Informacional da Contabilidade nas Organizações. São Paulo: Atlas, 2000

LAUDON, Kenneth C.; LAUDON, Jane P. Sistemas de Informação Gerenciais: Administrando a Empresa Digital. 5. ed. São Paulo: Pearson Prentice Hall, 2006

GIL, Antônio de Loureiro. Sistemas de informações contábeis: uma abordagem gerencial. São Paulo: Saraiva, 2011

OLIVEIRA, Djalma de Pinho Rebouças De. Sistemas de Informações Gerenciais: Estratégicas: Táticas: Operacionais. 11. ed. São Carlos: Scipione, 2007

GONÇALVES, Rosan  C.  M.  Grillo;  RICCIO,  Edson  Luiz. Sistema  de  informação:  ênfase  em controladoria e contabilidade. São Paulo: Atlas, 2009.

 

 

  • ·         9º PERÍODO

 

Componente Curricular

Código

Grupo

CH/Crédito

Departamento de Origem

Aplicação

Técnica de Pesquisa aplicada à Contabilidade

 

 

0103034-1

 

 

 

Obrigatório

 

 

 

60/4

 

 

 

Ciências Contábeis

 

 

 

Teórica

 

 

 

EMENTA: A pesquisa no campo das ciências contábeis, apreensão, reflexão teórica, processo e técnica de elaboração, produção e expressão de conhecimento contábil. Estrutura, técnica e elaboração do projeto de pesquisa em contabilidade. Normas da Associação Brasileira de Normas e Técnicas ABNT.

 

BIBLIOGRAFIA BÁSICA

SILVA, Antonio Carlos Ribeiro Da. Metodologia da Pesquisa Aplicada à Contabilidade Orientações de Estudos, Projetos, Artigos, Relatór. 2. ed. São Paulo: Scipione, 2008

DEMO, Pedro. Metodologia científica em ciências sociais. 3. ed. São Paulo: Scipione, 2009

MARCONI, Marina de Andrade; LAKATOS, Eva Maria. Fundamentos de metodologia científica. 7. ed. São Paulo: Scipione, 2010

MICHEL, Maria Helena. Metodologia e pesquisa científica em ciências sociais. São Paulo: Atlas, 2009.

 

BIBLIOGRAFIA COMPLEMENTAR

DIAS, Donaldo de Souza; SILVA, Mônica Ferreira da Silva. Como escrever uma monografia. São Paulo: Atlas, 2010.

ISKANDAR, Jamil Ibrahim. Normas da ABNT Comentadas Para Trabalhos Científicos. 4. ed. Curitiba: Juruá, 2009

ALMEIDA, Mário de Souza. elaboração de projeto, tcc, dissertação e tese: uma abordagem simples, prática e objetiva. São Paulo: Atlas, 2011

ANDRADE, Maria Margarida De. Introdução à Metodologia do Trabalho Científico: Elaboração de Trabalhos na Graduação. 9. ed. São Paulo: Scipione, 2009.

SANTOS, Clóvis Roberto Dos. Monografias científicas: TCC, dissertação, tese. 2. ed. rev. São Paulo: Avercamp, 2010

BERTUCCI, Janete Lara de Oliveira. Metodologia básica para elaboração de trabalhos de conclusão de curso.São Paulo: Atlas, 2008.

 

Componente Curricular

Código

Grupo

CH/Crédito

Departamento de Origem

Aplicação

Controladoria

 

 

0103057-1

 

 

Obrigatório

 

 

 

60/4

 

 

 

Ciências Contábeis

 

 

 

Teórica

 

EMENTA: Fundamentos conceituais de controladoria, Eficiência e Eficácia, Visão Sistêmica da Empresa, Sistema de Informações, Métodos e Modelos inerentes à controladoria, O papel do Controller. Modelos de Gestão Econômico-Financeiro, Planejamento e Tomada de Decisões, Políticas e Interações entre estas e Sistemas de Informações. Os modelos de integração e implementação do modelo de controladoria. Contabilidade por área de responsabilidade.

 

BIBLIOGRAFIA BÁSICA

Controladoria: uma abordagem da gestão econômica - Gecon. 2. ed. São Paulo: Scipione, 2001

MOSIMANN, Clara Pellegrinello; FISCH, Sílvio. Controladoria: seu papel na administração de empresas. 2. ed. São Paulo: Scipione, 1999

PEREZ JUNIOR, José Hernandez; PESTANA, Armando Oliveira; FRANCO, Sergio Paulo Cintra. Controladoria de gestão: teoria e prática. 2. ed. São Paulo: Atlas, 1995.

 

 

BIBLIOGRAFIA COMPLEMENTAR

Controladoria empresarial: conceitos, ferramentas e desafios. Salvador: EDUFBA - Editora da Universidade Federal da Bahia, 2010

FIGUEIREDO, Sandra; CAGGIANO, Paulo Cesar. Controladoria: teoria e prática. 2. ed. São Paulo: Scipione, 1997

CATELLI, Armando. Controladoria: uma abordagem da gestão econômica - GECON. 2. ed. São Paulo: Atlas, 2013

BARRETO, M. da G. P. Controladoria na Gestão econômica. GECON. 2 ed. São Paulo: Atlas, 2007

NASCIMENTO,  Auster  Moreira;  REGINATO,  Luciane.  Controladoria: um  enfoque  na  eficácia organizacional. 2. ed. São Paulo, Atlas: 2009

 

Componente Curricular

Código

Grupo

CH/Crédito

Departamento de Origem

Aplicação

Estágio Supervisionado I

 

 

0103058-1

 

 

 

Obrigatório

 

 

 

180/12

 

 

 

Ciências Contábeis

 

 

 

Teórica/Prático

 

EMENTA: Relatório de estudo de caso realizado na área de Contabilidade e Gestão Pública. Relatório de atividades realizadas no campo de Estágio.

 

BIBLIOGRAFIA BÁSICA

CARVALHO, Deusvaldo.Orçamento e contabilidade pública: teoria, prática e mais de 800 exercícios. 5. ed. Rio de Janeiro: Elsevier, 2010

KOHAMA, Heilio. Contabilidade Pública: Teoria e Prática. 13. ed. São Carlos: Atlas, 2013

SILVA, Lino Martins da. Contabilidade governamental: um enfoque administrativo da nova contabilidade pública. 9. ed. São Paulo: Atlas, 2011.

ANDRADE, Nilton de Aquino. Contabilidade pública na gestão municipal.4. ed. São Paulo: Scipione, 2012

BRASIL. Ministério da Fazenda. Secretaria do Tesouro Nacional. Manual de contabilidade aplicada ao setor público: procedimentos contábeis orçamentários. 3. ed. Brasília: Secretaria do Tesouro Nacional - STN, 2010

ROSA, Maria Berenice. Contabilidade do setor público. São Paulo: Atlas, 2011.

 

BIBLIOGRAFIA COMPLEMENTAR

QUINTANA, Alexandre Costa. Contabilidade pública: de acordo com as novas normas brasileiras de contabilidade aplicadas ao setor público e a lei de responsabilidade fiscal. São Paulo: Atlas, 2011

LIMA, Diana Vaz De; CASTRO, Róbison Gonçalves De. Contabilidade Pública: Integrando União, Estados e Municípios (Siafi e Siafem). 3. ed. São Paulo: Atlas, 2011

PISCITELLI, Roberto Bocaccio et al. Contabilidade Pública: Uma Abordagem da Administração Financeira Pública. 12. ed. São Carlos: Scipione, 2012

MARIANO, Paulo Antonio. SPED: sistema público de escrituração digital. 4. ed. São Paulo: IOB, 2012

CALDWELL, L. K.. Administração Pública Comparada. Rio de Janeiro: Bloch, 1967.

 

 

 

 

 

Componente Curricular

Código

Grupo

CH/Crédito

Departamento de Origem

Aplicação

Perícia Contábil

 

 

0103029-1

 

 

Obrigatório

 

 

 

180/12

 

 

 

Ciências Contábeis

 

 

 

Teórica/Prático

 

EMENTA: Fundamentos de perícia contábil, conceitos, espécies e finalidades. Exercício da função pericial contábil. Normas brasileiras de perícia contábil. A prova pericial contábil e o código civil e de processo civil. Perícia contábil aplicada. Arbitragem. Relatórios periciais contábeis: laudos e pareceres.

 

BIBLIOGRAFIA BÁSICA

ORNELAS, Martinho Maurício Gomes De. Perícia Contábil.4. ed. São Paulo: Atlas, 2003

MAGALHÃES, Antônio de Deus Farias. Perícia contábil: uma abordagem teórica, ética, legal, processual e operacional, casos praticados. 7. ed. São Paulo: Atlas, 2009

ZANNA, Remo Dalla. Prática de perícia contábil. São Paulo: IOB, 2011

 

BIBLIOGRAFIA COMPLEMENTAR

ALBERTO, Valder Luiz Palombo. Perícia Contábil.SP: Atlas

DAGOSTIM, Salézio. Perícia Contábil: Atividade Privativa do Contador: Bacharel em Ciências Contábeis. Porto Alegre: <nenhuma>, 2000

NERY JÚNIOR, Nelson; NERY, Rosa Maria Andrade. Código de processo civil comentado e legislação extravagante.14. ed. São Paulo: Revista dos Tribunais, 2014

ALMEIDA, Marcelo Cavalcanti. Manual prático de interpretação contábil da lei societária. São Paulo: Atlas, 2010

MANUAL DE PRÁTICAS CONTÁBEIS: ASPECTOS SOCIETÁRIOS E TRIBUTÁRIOS, et al. Manual de Práticas Contábeis: aspectos Societários e Tributários. 0. ed. São Paulo: Atlas, 2007.

 

 

  • ·         10º PERÍODO

 

Componente Curricular

Código

Grupo

CH/Crédito

Departamento de Origem

Aplicação

Contabilidade Atuarial

 

 

0103059-1

 

 

 

Obrigatório

 

 

 

60/4

 

 

 

Ciências Contábeis

 

 

 

Teórica/Prático

 

EMENTA: Ferramentas da Gestão Atuarial. Análise de Mortalidade. Esperança de Vida. Anuidades. Seguros de Vida. Introdução ao Cálculo de Custeio de Planos de Benefícios. Caracterização de Atividades Profissional do Atuário. Regimes Financeiros. Métodos de Financiamento. Etapas de uma Avaliação Atuarial. CPC 11.

 

BIBLIOGRAFIA BÁSICA

SANFELICE, Patrícia de Mello. Direito previdenciário. São Paulo: Academia Brasileira de direito, 2007.

SANTOS, Marisa Ferreira Dos. Direito previdenciário.7. ed. São Paulo: Saraiva, 2011

CORDEIRO FILHO, Antonio. Cálculo atuarial aplicado. 2. ed. São Paulo: Atlas, 2014

 

BIBLIOGRAFIA COMPLEMENTAR

AMADO, Frederico Augusto Di Trindade. Direito previdenciário.2. ed. Salvador: JusPODIVM, 2011.

BALERA, Wagner. Direito previdenciário.7. ed. São Paulo: Método, 2010

MENEZES, Adriana de Almeida. Direito previdenciário. Salvador - BA: JusPODIVM, 2011

SOUZA, Lilian Castro de. Direito previdenciário.3. ed. São Paulo: Atlas, 2007

Prática atuarial na previdência social. Brasília: MPS/SPPS, 2011

 

 

Componente Curricular

Código

Grupo

CH/Crédito

Departamento de Origem

Aplicação

Estágio Supervisionado II

 

 

0103060-1

 

 

Obrigatório

 

 

 

180/12

 

 

 

Ciências Contábeis

 

 

 

Teórica/Prático

 

EMENTA: Contabilidade e Gestão Empresarial no setor privado. Demonstrações Contábeis relativas a um período financeiro. Relatório de atividades realizadas no Campo de Estágio.

 

BIBLIOGRAFIA BÁSICA

Manual de contabilidade societária: aplicável a todas as sociedades de acordo com as normas internacionais e do CPC. São Paulo: Atlas, 2010

RIBEIRO, Osni Moura. Contabilidade Comercial Fácil.16. ed. São Paulo: Saraiva, 2008.

IUDÍCIBUS, Sérgio De; MARION, José Carlos. Contabilidade Comercial.7. ed. São Paulo: Scipione, 2006.

GONÇALVES, Gilson. Resumo prático de cálculos trabalhistas: exemplos e fórmulas. 2. ed. Curitiba: Juruá, 2009

 

BIBLIOGRAFIA COMPLEMENTAR

MARION, José Carlos. Contabilidade Empresarial.15. ed. São Paulo: Scipione, 2009

MARION, José Carlos; YAMADA, Walter Nobuyuki.Contabilidade geral para concurso público.2. ed. São Paulo: Atlas, 2010

COMETTI, Marcelo Tadeu. Direito comercial: Direito de empresa. 3. ed. São Paulo: Saraiva, 2011

AZEVEDO, Osmar Reis. Comentários às novas regras contábeis brasileiras.5. ed. São Paulo: IOB, 2010

SÁ, Antônio Lopes De. Contabilidade & Novo Código Civil. Curitiba: Juruá, 2008

 

 

Componente Curricular

Código

Grupo

CH/Crédito

Departamento de Origem

Aplicação

 

Trabalho de Conclusão de Curso

 

 

0103061-1

 

 

 

Obrigatório

 

 

 

60/4

 

 

 

Ciências Contábeis

 

 

 

Téorico

EMENTA: Elaboração e apresentação de relatórios científicos, conforme normas da ABNT

 

BIBLIOGRAFIA BÁSICA

SILVA, Antonio Carlos Ribeiro Da. Metodologia da Pesquisa Aplicada à Contabilidade Orientações de Estudos, Projetos, Artigos, Relatór. 2. ed. São Paulo: Scipione, 2008

DEMO, Pedro. Metodologia científica em ciências sociais. 3. ed. São Paulo: Scipione, 2009

MARCONI, Marina de Andrade; LAKATOS, Eva Maria. Fundamentos de metodologia científica. 7. ed. São Paulo: Scipione, 2010

MICHEL, Maria Helena. Metodologia e pesquisa científica em ciências sociais. São Paulo: Atlas, 2009.

 

BIBLIOGRAFIA COMPLEMENTAR

DIAS, Donaldo de Souza; SILVA, Mônica Ferreira da Silva. Como escrever uma monografia. São Paulo: Atlas, 2010.

ISKANDAR, Jamil Ibrahim. Normas da ABNT Comentadas Para Trabalhos Científicos. 4. ed. Curitiba: Juruá, 2009

ALMEIDA, Mário de Souza. elaboração de projeto, tcc, dissertação e tese: uma abordagem simples, prática e objetiva. São Paulo: Atlas, 2011.

ANDRADE, Maria Margarida De. Introdução à Metodologia do Trabalho Científico: Elaboração de Trabalhos na Graduação. 9. ed. São Paulo: Scipione, 2009.

SANTOS, Clóvis Roberto Dos. Monografias científicas: TCC, dissertação, tese. 2. ed. rev. São Paulo: Avercamp, 2010

BERTUCCI, Janete Lara de Oliveira. Metodologia básica para elaboração de trabalhos de conclusão de curso.São Paulo: Atlas, 2008.

 

 

6.5 DISCIPLINAS OPTATIVAS E COMPLEMENTARES

 

O Curso de Ciências Contábeis oferece em sua matriz curricular 03 (três) disciplinas optativas de 60 (sessenta) horas cada. O aluno deverá cursar qualquer disciplina dentre as relacionadas abaixo, oferecida no âmbito da UERN.

O objetivo dessas disciplinas é prover o aluno de um mecanismo que o possibilite adquirir conhecimentos em outras áreas, possibilitando uma melhor visualização de contexto em outra área de conhecimento.

Optou-se por criar um leque de disciplinas que serão oferecidas como optativas, discriminadas abaixo:

 

6.5.1 Relação das disciplinas optativas

 

No Curso de Administração

Disciplina

Código

Carga

Contabilidade aplicada à administração

0103005-1

60 horas

Relações públicas e humanas

0102041-1

60 horas

Iniciação empresarial

0102029-1

60 horas

Chefia e liderança

0102020-1

60 horas

Estratégia empresarial

0102026-1

60 horas

Planejamento governamental

0102038-1

60 horas

Teoria das organizações

0102044-1

60 horas

Processo decisório

0102039-1

60 horas

Administração de recursos humanos i

0102006-1

60 horas

Comunicação administrativa

0102022-1

60 horas

Administração de recursos humanos ii

0102007-1

60 horas

Ecologia de empresas

0102024-1

60 horas

Qualidade total

0102040-1

60 horas

Desenvolvimento gerencial

0102023-1

60 horas

Pesquisa operacional

0102037-1

60 horas

Administração de pequenas e médias empresas

0102004-1

60 horas

Iniciação ao processamento de dados

0805027-1

60 horas

Gestão contemporânea

0102048-1

60 horas

 

No Curso de Economia

Disciplina

Código

Carga

Contabilidade social

0101008-1

60 horas

Teoria microeconômica I

0101017-1

60 horas

Teoria macroeconômica I

0101019-1

60 horas

Elaboração e análise de projetos I

0101025-1

60 horas

Elaboração e análise de projetos II

0101026-1

60 horas

Economia agrícola I

0101030-1

60 horas

Economia agrícola II

0101031-1

60 horas

Gestão ambiental e agronegócios

0101040-1

60 horas

Contabilidade e análise de balanço

0103013-1

60 horas

História econômica geral

0101003-1

60 horas

Economia do trabalho

0101038-1

60 horas

Teoria do desenvolvimento

0101035-1

60 horas

Economia política I

0101010-1

60 horas

Economia regional

0101032-1

60 horas

Economia de empresas

0101037-1

60 horas

História do pensamento econômico

0101004-1

60 horas

Economia ecológica

0101043-1

60 horas

Economia neoclássica I

0101006-1

60 horas

Economia neoclássica II

0101007-1

60 horas

Economia matemática

0101012-1

60 horas

Tópicos de microeconomia

0101048-1

60 horas

Estatística econômica e introdução à econometria

0801028-1

60 horas

Metodologia das ciências econômicas

0101001-1

60 horas

                                                   No Curso de Gestão Ambiental

Disciplina

Código

Carga

Economia ambiental

0104005-1

60 horas

Filosofia e meio ambiente

0702050-1

60 horas

Sistemas de gestão ambiental

0104020-1

60 horas

Planejamento ambiental

0104019-1

60 horas

Educação e ambiente

0104017-1

60 horas

Direito ambiental

0901049-1

60 horas

Contabilidade ambiental

0103037-1

60 horas

                                                   No Curso de Pedagogia

Disciplina

Código

Carga

Didática

0301009-1

60 horas

Educação especial

0301021-1

60 horas

Sociologia da educação

0301008-1

60 horas

                                                   No Curso de Letras

Disciplina

Código

Carga

Libras – língua brasileira de sinais

0401089-1

60 horas

Produção textual

0401033-1

60 horas

Leitura

0401029-1

60 horas

Fundamentos da língua espanhola

0402019-1

60 horas

Fundamentos da língua inglesa

0402020-1

60 horas

Língua espanhola I

0402042-1

60 horas

Língua espanhola II

0402043-1

60 horas

Língua inglesa II

0402002-1

60 horas

Argumentação

0401042-1

60 horas

Língua inglesa I

0402001-1

60 horas

No Curso de Geografia

Disciplina

Código

Carga

Geografia econômica

0703017-1

60 horas

Geografia humana e econômica

0703031-1

60 horas

                                                   No Curso de Historia

Disciplina

Código

Carga

História das doutrinas econômicas

0704017-1

60 horas

História econômica

0704022-1

60 horas

História moderna e contemporânea

0704059-1

60 horas

História política e econômica do Brasil

0704058-1

60 horas

                                                   No Curso de Ciências Sociais

Disciplina

Código

Carga

Introdução à sociologia

0701021-1

60 horas

Estado e políticas públicas

0701013-1

60 horas

Sociologia do desenvolvimento

0701038-1

60 horas

Ciência política

0701010-1

60 horas

Ciência política II

0701011-1

60 horas

No Curso de Filosofia

Disciplina

Código

Carga

Ética

0702054-1

60 horas

No Curso de Direito

Disciplina

Código

Carga

Direito empresarial II

0901078-1

60 horas

Direito administrativo I

0901022-1

60 horas

Direito administrativo II

0901026-1

60 horas

Direito do trabalho II

0901032-1

60 horas

Direito financeiro

0901086-1

60 horas

Direito tributário I

0901039-1

60 horas

Direito tributário II

0901043-1

60 horas

Direito da propriedade industrial

0901098-1

60 horas

Direito da seguridade social

0901090-1

60 horas

Direito do consumidor

0901053-1

60 horas

Direito econômico

0901056-1

60 horas

Direito bancário

0901059-1

60 horas

Direito agrário

0901114-1

60 horas

Teoria geral do direito

0901062-1

60 horas

Português jurídico

0901118-1

60 horas

                                                   No Curso de Ciências Contábeis

Disciplina

Código

Carga

Teoria contábil ii

0103036-1

60 horas

Contabilidade industrial

0103019-1

60 horas

Auditoria da qualidade

0103062-1

60 horas

Contabilidade da construção civil e imobiliária

0103063-1

60 horas

Auditoria governamental

0103064-1

60 horas

Contabilidade hospitalar

0103065-1

60 horas

Jogos de negócios

0103066-1

60 horas

Contabilidade governamental

0103018-1

60 horas

Finanças públicas

0103025-1

60 horas

Laboratório contábil i

0103039-1

60 horas

Laboratório contábil ii

0103040-1

60 horas

Programação orçamentária

0103030-1

60 horas

Seminário de contabilidade i

0103031-1

60 horas

Seminário de contabilidade ii

0103032-1

60 horas

Técnicas comerciais

0103033-1

60 horas

Contabilidade internacional

0103067-1

60 horas

Comércio exterior

0103068-1

60 horas

Contabilidade e governança corporativa

0103069-1

60 horas

Finanças corporativas

0103070-1

60 horas

Contabilidade hoteleira

0103077-1

60 horas

Tópicos contemporâneos em contabilidade

0103072-1

60 horas

Contabilidade do terceiro setor

0103073-1

60 horas

Marketing contábil

0103074-1

60 horas

Mercado de capitais e futuros

0103075-1

60 horas

Ensino da contabilidade

0103076-1

60 horas

Contabilidade societária

0103038-1

60 horas

Introdução ao ensino da contabilidade

0103078-1

60 horas

Contabilidade aplicada ao turismo

0103079-1

60 horas

Análise de sistemas contábeis

0103002-1

60 horas

 

 

6.5.2 Ementário das disciplinas optativas

 

            Abaixo, segue ementário das disciplinas optativas no curso de Ciências Contábeis. O ementário das demais disciplinas optativas nos demais cursos, encontram-se presentes nos projetos políticos pedagógicos dos referidos cursos.

 

Componente Curricular

Código

Grupo

CH/Crédito

Departamento de Origem

Aplicação

 

Teoria Contábil II

 

 

0103036-1

 

 

Optativa

 

 

 

60/4

 

 

 

Ciências Contábeis

 

 

 

Teórica

 

 

EMENTA: Medidas e teorias contemporâneas- Capital de giro – Análise econômica e financeira – Evidenciação – Fundamentação da informação contábil.

 

BIBLIOGRAFIA BÁSICA

LOPES, Alexsandro Broedel; MARTINS, Eliseu. Teoria da Contabilidade: Uma Nova Abordagem. São Paulo: Atlas, 2005

IUDÍCIBUS, Sérgio De. Teoria da Contabilidade.7. ed. São Paulo: Scipione, 2004

HENDRIKSEN, Eldon S.; BREDA, Michael F. Van. Teoria da Contabilidade.5. ed. São Paulo: Scipione, 1999

IUDÍCIBUS, Sérgio De; MARION, José Carlos. Introdução à Teoria da Contabilidade: Para o Nível de Graduação. 3. ed. São Paulo: Scipione, 2002

 

BIBLIOGRAFIA COMPLEMENTAR

NIYAMA, Jorge Katsumi; SILVA, César Augusto Tibúrcio. Teoria da Contabilidade.1. ed. 2. Reimp. São Paulo: Scipione, 2009

COELHO, Cláudio Ulysses Ferreira; LINS, Luiz dos Santos. Teoria da contabilidade: abordagem contextual, histórica e gerencial. São Paulo: Atlas, 2010

NIYAMA, Jorge Katsumi; SILVA, César Augusto Tibúrcio. Teoria da Contabilidade.2. ed. São Paulo: Atlas, 2011

IUDÍCIBUS, Sérgio de. Teoria da contabilidade.6. ed. São Paulo: Atlas, 2000

NIYAMA, Jorge Katsumi; SILVA, César Augusto Tibúrcio. Teoria da contabilidade.3. ed. São Paulo: Atlas, 2013

Manual de normas internacionais de contabilidade: IFRS versus normas brasileiras. São Paulo: Atlas, 2010

Componente Curricular

Código

Grupo

CH/Crédito

Departamento de Origem

Aplicação

 

Contabilidade Industrial

 

 

 

0103019-1

 

 

 

Optativa

 

 

 

60/4

 

 

 

Ciências Contábeis

 

 

 

Teórica

 

EMENTA: Azienda Industrial. Estrutura Organizacional. Custo Industrial. Plano de Contas Industrial. Escrituração. Elaboração e análise de demonstrações Contábeis nas empresas industriais

 

BIBLIOGRAFIA BÁSICA

MARTINS, Eliseu. Contabilidade de custos.9. ed. São Paulo: Scipione, 2008

SANTOS, José Luiz Dos et afundamentos de Contabilidade de Custos. São Paulo: Scipione, 2006

LEONE, George Sebastião Guerra. Curso de Contabilidade de Custos.2. ed. São Paulo: Scipione, 2000

 

BIBLIOGRAFIA COMPLEMENTAR

BRUNI, Adriano Leal; FAMÁ, Rubens. Gestão de Custos e Formação de Preços: com Aplicações na Calculadora H.P. 12c e Excel. 5. ed. São Paulo: Scipione, 2009

HERRMANN JÚNIOR, Frederico. Custos Industriais: Organização Administrativa e Contábil das Empresas Industriais. 8. ed. São Paulo: Atlas, 1977

SCHIER, Carlos Ubiratan da Costa. Gestão Prática de Custos. Curitiba: Juruá, 2009

KOLIVER, Olivio.Contabilidade de Custos. Curitiba - PR: Juruá, 2009

CONTABILIDADE DE CUSTOS: TEMAS ATUAIS, ROBLES JR., Antônio (Coord.). Contabilidade de Custos: Temas Atuais. Curitiba: Juruá, 2009.

MARTINS, Eliseu. Contabilidade de custos. 10. ed. São Paulo: Atlas, 2010

FAYOL, Henri. Administração Industrial e Geral. 10. ed. São Carlos: Scipione, 2007

 

 

Componente Curricular

Código

Grupo

CH/Crédito

Departamento de Origem

Aplicação

 

Auditoria da Qualidade

 

 

0103062-1

 

 

 

Optativa

 

 

 

60/4

 

 

 

Ciências Contábeis

 

 

 

Teórico

 

EMENTA: Panorama da gestão de qualidade. Esquema de certificação. O papel das UKAS e IRCA. O esquema de lead auditor. Sistema de qualidade ISO 9001. Tipos de níveis de auditoria. Requisitos de auditoria de avaliação da ISO 9001. O ciclo de vida da Auditoria. Requisitos de documentação da ISO 9001. Análise de processo. Responsabilidades do auditor líder. Listas de verificação (detalhada e geral). Controle da auditoria. Métodos e técnicas de Auditoria. Procurando evidência. Técnicas de entrevista e questionário. Psicologia da Auditoria. Táticas do auditor e do auditado. Plano de ação dos auditores. Notificação e registros de não conformidades. Protocolo de avaliação. Qualidades necessárias de um auditor. Análise crítica e avaliação de ação corretiva. Auditoria de acompanhamento e de manutenção. Trabalhos em equipe e exame

 

BIBLIOGRAFIA BÁSICA

LAS CASAS, Alexandre Luzzi. Qualidade Total em Serviços: Conceitos, Exercícios, Casos Práticos. 6. ed. São Paulo: Scipione, 2008

CREPALDI, Sílvio Aparecido. Auditoria Contábil: Teoria e Prática. 6. ed. São Paulo: Atlas, 2010

PEREZ JUNIOR, José Hernandez. Auditoria de demonstrações contábeis: normas e procedimentos. 3. ed. São Paulo: Atlas, 2004.

 

BIBLIOGRAFIA COMPLEMENTAR

GIL, Antônio de Loureiro. Gestão da Qualidade Empresarial.2. ed. São Paulo: Atlas

MARSHALL JUNIOR, Isnard. Gestão da qualidade.7.ed. rev. ampl. Rio de Janeiro: FGV, 2006

GIL, Antônio de Loureiro.Auditoria da Qualidade.3. ed. São Paulo: Atlas, 1999

CARVALHO, Marly Monteiro De (Coord); PALADINI, Edson Pacheco (Coord) Gestão da qualidade: teoria e casos,;.Gestão da Qualidade:Teoria e Casos. Rio de Janeiro: Campus, 2005

GIL, Antônio de Loureiro. Auditoria Operacional e de Gestão: Qualidade de Auditoria. 2. ed. São Paulo: Atlas

ROBLES JR., Antonio. Custos da Qualidade: Aspectos Econômicos da Gestão da Qualidade e da Gestão Ambiental. 2. ed. São Paulo: Atlas, 2003.

 

Componente Curricular

Código

Grupo

CH/Crédito

Departamento de Origem

Aplicação

 

Contabilidade da Construção Civil e Imobiliária

0103063-1

 

 

Optativa

 

 

 

60/4

 

 

 

Ciências Contábeis

 

 

 

Teórico

 

EMENTA: Contabilidade das empresas de engenharia e construção civil. Plano de contas e sua aplicação prática em contratos de obras por empreitada e na atividade imobiliária. Abordagem Contábil Sobre Custos e Receitas Imobiliárias. Conceituação da Diferença de Valor e Regimes de Tributação

 

BIBLIOGRAFIA BÁSICA

COSTA, Magnus Amaral Da. Contabilidade da Construção Civil e Atividade Imobiliária. São Paulo: Scipione, 2000

RIBEIRO, Osni Moura. Contabilidade avançada.3. ed. São Paulo: Saraiva, 2012

FERREIRA, Aracéli Cristina de Sousa. Contabilidade Ambiental: Uma Informação Para o Desenvolvimento Sustentável. 2. ed. São Paulo: Scipione, 2007

 

BIBLIOGRAFIA COMPLEMENTAR

COSTA, Magnus Amaral da. Contabilidade da construção civil e atividade imobiliária.2. ed. São Paulo: Atlas, 2013.

MAGOSSO, José Luiz. Direito Imobiliário. São Paulo: Gete Publicações

COUTINHO, José Roberto de Andrade. Direito Imobiliário Público: Transcrição do 1° Ciclo de Debates Sobre a Teoria e a Prática na Admini. Rio de Janeiro: Lumen Juris, 1997

BRANCO, Elizabeth Castelo. O meio ambiente para pequenas empresas de construção civil e suas práticas de gestão ambiental. Fortaleza: Banco do Nordeste do Brasil, 2010

FARIA, Silvio Oliveira. Contabilidade das Empresas Construtoras: Aspectos Contábeis e Ficais Interpretação e Prática. Curitiba: Juruá, 2009.

 

 

 

Componente Curricular

Código

Grupo

CH/Crédito

Departamento de Origem

Aplicação

 

Auditoria Governamental

 

 

 

 

0103064-1

 

 

 

Optativa

 

 

 

60/4

 

 

 

Ciências Contábeis

 

 

 

Teórico

 

EMENTA: A teoria que rege a auditoria pública, com os diversos tipos de auditoria aplicáveis ao setor público. Demonstrações e documentos a serem verificados . Leis e regulamentos com os quais deverão ser confrontados. Técnicas de auditoria e avaliações de controles a serem observados. Modelos de auditoria de receitas e despesas orçamentárias. Auditoria do ativo e passivo Público

 

BIBLIOGRAFIA BÁSICA

SILVA, Lino Martins da. Contabilidade governamental: um enfoque administrativo da nova contabilidade pública. 9. ed. São Paulo: Atlas, 2011.

ANDRADE, Nilton de Aquino. Contabilidade pública na gestão municipal.4. ed. São Paulo: Scipione, 2012

BRASIL. Ministério da Fazenda. Secretaria do Tesouro Nacional. Manual de contabilidade aplicada ao setor público: procedimentos contábeis orçamentários. 3. ed. Brasília: Secretaria do Tesouro Nacional - STN, 2010

ROSA, Maria Berenice. Contabilidade do setor público. São Paulo: Atlas, 2011.

 

 

BIBLIOGRAFIA COMPLEMENTAR

MAGALHÃES, Antônio de Deus Farias; LUNKES, Irtes Cristina; MULLER, Aderbal Nicolas. Auditoria das Organizações: Metodologias Alternativas Ao Planejamento e à Operacionalização Dos. . .. São Paulo: Atlas, 2001.

SÁ, Antônio Lopes De. Auditoria do Ativo. São Paulo: Atlas, 1977.

FRANCO, Hilário; MARRA, Ernesto. Auditoria contábil: normas de auditoria, procedimentos e papéis de trabalho, programas de auditoria. 4. ed. São Paulo: Atlas, 2001

ARRUDA, Daniel; ARAUJO, Inaldo; HUMBERTO, Pedro. Auditoria contábil. São Paulo: Saraiva, 2007

SÁ, Antônio Lopes De. Curso de Auditoria.9. ed. São Paulo: Atlas, 2000

 

Componente Curricular

Código

Grupo

CH/Crédito

Departamento de Origem

Aplicação

 

Contabilidade Hospitalar

 

 

 

 

0103065-1

 

 

Optativa

 

 

 

60/4

 

 

 

Ciências Contábeis

 

 

 

Teórico

 

EMENTA: Custeio por atividades e excelência hospitalar. Atividade e gerenciamento dos custos hospitalares. Análise de atividades hospitalares. Atividades de um hospital. Custo das atividades hospitalares. Cálculo do custo de uma atividade hospitalar. Custo do procedimento médico por atividades. Análise do equilíbrio hospitalar. Ciclo de vida do procedimento médico

 

BIBLIOGRAFIA BÁSICA

MARTINS, Domingos. Custos e Orçamentos Hospitalares. São Paulo: Scipione, 2000

RIBEIRO, Osni Moura. Contabilidade avançada.3. ed. São Paulo: Saraiva, 2012

FERREIRA, Aracéli Cristina de Sousa. Contabilidade Ambiental: Uma Informação Para o Desenvolvimento Sustentável. 2. ed. São Paulo: Scipione, 2007

 

BIBLIOGRAFIA COMPLEMENTAR

BOEGER, Marcelo Assad. Gestão em hotelaria hospitalar. 2. ed. São Paulo: Scipione, 2005

MORAES, Ornélio Dias de; CÂNDIDO , Índio; VIERA, Eleanara Viera de. Hotelaria hospitalar um novo conceito no atendimento ao cliente da saúde. Caxias do Sul: EDUCS, 2004

GUIMARÃES, Nísia do Val Rodrigues Roxo. Hotelaria hospitalar: uma visão interdisciplinar. São Paulo: Atheneu, 2007

SCHIER, Carlos Ubiratan da Costa. Gestão Prática de Custos. Curitiba: Juruá, 2009

KOLIVER, Olivio.Contabilidade de Custos. Curitiba - PR: Juruá, 2009

CONTABILIDADE DE CUSTOS: TEMAS ATUAIS, ROBLES JR., Antônio (Coord.). Contabilidade de Custos: Temas Atuais. Curitiba: Juruá, 2009

 

 

Componente Curricular

Código

Grupo

CH/Crédito

Departamento de Origem

Aplicação

 

Jogos de Negócio

 

 

 

 

0103066-1

 

 

Optativa

 

 

 

60/4

 

 

 

Ciências Contábeis

 

 

 

Teórico

 

EMENTA: Jogos não cooperativos com ênfase na modelagem formal e no estudo de exemplos clássicos com especial atenção para as aplicações em contabilidade gerencial e controladoria, tópicos que abrangem a definição e o estudo de noções de equilíbrio para jogos estáticos e dinâmicos, finitos e infinitos, com informação perfeita, imperfeita, completa e incompleta, assim como jogos repetidos e estacionários (equilíbrio de Nash, equilíbrio perfeito em subjogos, equilíbrio de Nash bayesiano, equilíbrio bayesiano perfeito, equilíbrio estacionário).

 

BIBLIOGRAFIA BÁSICA

FIANI, Ronaldo. Teoria dos Jogos Para Cursos de Administração e Economia. 0. ed. Rio de Janeiro: Campus, 2004

ANDRADE, Eduardo Leopoldino De. Introdução à Pesquisa Operacional: Métodos e Modelos Para Análise de Decisões. 3. ed. Rio de Janeiro: LTC, 2008

CORRÊA, Joary. Gerência Econômica de Estoques e Compras. [S.l.]: Fundação Getúlio Vargas

 

BIBLIOGRAFIA COMPLEMENTAR

Jogos educativos: estruturas e organização da prática. São Paulo: 5, 2009

ABT, Clark C.. Jogos Simulados: Estratégias e Tomada de Decisões. Rio de Janeiro: Livraria José Olympio Editora, 1974

DIENES, Zoltan Paul. Lógica e Jogos Lógicos. São Paulo: Editora Pedagógica e Universitária - E.P.U, 1978

FIANI, Ronaldo. Teoria dos Jogos Para Cursos de Administração e Economia. 2. ed. Rio de Janeiro: Campus, 2006.

FERREIRA, Ademir Antonio; REIS, Ana Carla Fonseca; PEREIRA, Maria Isabel. Gestão Empresarial: de Taylor aos Nossos Dias: Evolução e Tendências da Moderna Administração De.... São Paulo: Thomson Learning, 2002

 

Componente Curricular

Código

Grupo

CH/Crédito

Departamento de Origem

Aplicação

 

Contabilidade Governamental

 

 

 

 

0103018-1

 

 

Optativa

 

 

 

60/4

 

 

 

Ciências Contábeis

 

 

 

Teórico

 

EMENTA: Controle na administração pública. Auditorias internas. Sistema de controle interno do poder executivo federal. Controle externo. Prestação de contas anual (ordinária). Tomadas de contas especiais (TCE). Principais fraudes na administração pública. Detectando fraudes no serviço público.

 

BIBLIOGRAFIA BÁSICA

CARVALHO, Deusvaldo.Orçamento e contabilidade pública: teoria, prática e mais de 800 exercícios. 5. ed. Rio de Janeiro: Elsevier, 2010

KOHAMA, Heilio. Contabilidade Pública: Teoria e Prática. 13. ed. São Carlos: Atlas, 2013

SILVA, Lino Martins da. Contabilidade governamental: um enfoque administrativo da nova contabilidade pública. 9. ed. São Paulo: Atlas, 2011.

ANDRADE, Nilton de Aquino. Contabilidade pública na gestão municipal.4. ed. São Paulo: Scipione, 2012

BRASIL. Ministério da Fazenda. Secretaria do Tesouro Nacional. Manual de contabilidade aplicada ao setor público: procedimentos contábeis orçamentários. 3. ed. Brasília: Secretaria do Tesouro Nacional - STN, 2010

ROSA, Maria Berenice. Contabilidade do setor público. São Paulo: Atlas, 2011.

 

BIBLIOGRAFIA COMPLEMENTAR

QUINTANA, Alexandre Costa. Contabilidade pública: de acordo com as novas normas brasileiras de contabilidade aplicadas ao setor público e a lei de responsabilidade fiscal. São Paulo: Atlas, 2011

LIMA, Diana Vaz De; CASTRO, Róbison Gonçalves De. Contabilidade Pública: Integrando União, Estados e Municípios (Siafi e Siafem). 3. ed. São Paulo: Atlas, 2011

PISCITELLI, Roberto Bocaccio et al. Contabilidade Pública: Uma Abordagem da Administração Financeira Pública. 12. ed. São Carlos: Scipione, 2012

MARIANO, Paulo Antonio. SPED: sistema público de escrituração digital. 4. ed. São Paulo: IOB, 2012

CALDWELL, L. K. Administração Pública Comparada. Rio de Janeiro: Bloch, 1967

MARTINS DA SILVA, Lino. Contabilidade governamental: um enfoque administrativo. São Paulo: Atlas, 2002.

 

Componente Curricular

Código

Grupo

CH/Crédito

Departamento de Origem

Aplicação

 

Finanças Públicas

 

 

 

 

0103025-1

 

 

 

Optativa

 

 

 

60/4

 

 

 

Ciências Contábeis

 

 

 

Teórico

 

EMENTA: Finanças públicas: teorias, conceitos e evolução. Finanças públicas no Brasil. Instituições financeiras brasileiras. Política fiscal e atividade econômica e finanças públicas: tributação e gasto público; performance fiscal. Necessidade de financiamento do setor público, déficits e dívida pública: metas bimestrais de receita; audiência pública sobre as metas fiscais. Renuncia de receita. Política fiscal e distribuição de renda. O problema previdenciário no Brasil. Reforma e federalismo fiscal.

 

BIBLIOGRAFIA BÁSICA

CARVALHO, Deusvaldo. Orçamento e contabilidade pública: teoria, prática e mais de 800 exercícios. 5. ed. Rio de Janeiro: Elsevier, 2010

KOHAMA, Heilio. Contabilidade Pública: Teoria e Prática. 13. ed. São Carlos: Atlas, 2013

ANDRADE, Nilton de Aquino. Contabilidade pública na gestão municipal.4. ed. São Paulo: Scipione, 2012

SILVA, Lino Martins da. Contabilidade governamental: um enfoque administrativo da nova contabilidade pública. 9. ed. São Paulo: Atlas, 2011.

BRASIL. Ministério da Fazenda. Secretaria do Tesouro Nacional. Manual de contabilidade aplicada ao setor público: procedimentos contábeis orçamentários. 3. ed. Brasília: Secretaria do Tesouro Nacional - STN, 2010

 

BIBLIOGRAFIA COMPLEMENTAR

QUINTANA, Alexandre Costa. Contabilidade pública: de acordo com as novas normas brasileiras de contabilidade aplicadas ao setor público e a lei de responsabilidade fiscal. São Paulo: Atlas, 2011

LIMA, Diana Vaz De; CASTRO, Róbison Gonçalves De. Contabilidade Pública: Integrando União, Estados e Municípios (Siafi e Siafem). 3. ed. São Paulo: Atlas, 2011

PISCITELLI, Roberto Bocaccio et al. Contabilidade Pública: Uma Abordagem da Administração Financeira Pública. 12. ed. São Carlos: Scipione, 2012

MARIANO, Paulo Antonio. SPED: sistema público de escrituração digital. 4. ed. São Paulo: IOB, 2012

CALDWELL, L. K. Administração Pública Comparada. Rio de Janeiro: Bloch, 1967

 

Componente Curricular

Código

Grupo

CH/Crédito

Departamento de Origem

Aplicação

 

Laboratório Contábil I

 

 

 

0103039-1

 

 

Optativa

 

 

 

60/4

 

 

 

Ciências Contábeis

 

 

 

Teórico

 

EMENTA: Desenvolvimento de um projeto; Estudo de Casos; Pesquisa e Planejamento Contábil

 

BIBLIOGRAFIA BÁSICA

SANTOS, Aldemar de Araújo. Informática na Empresa.3. ed. São Paulo: Scipione, 2003.

OLIVEIRA, Edson. Contabilidade Informatizada: Teoria e Prática. 3. ed. São Paulo: Scipione, 2003

O'BRIEN, James A. Sistemas de Informação e as Decisões Gerenciais na Era da Internet.2. ed. São Paulo: Saraiva, 2004

 

BIBLIOGRAFIA COMPLEMENTAR

MAGALHÃES, Antônio de Deus Farias; LUNKES, Irtes Cristina. Sistemas Contábeis: o Valor Informacional da Contabilidade nas Organizações. São Paulo: Atlas, 2000

LAUDON, Kenneth C.; LAUDON, Jane P. Sistemas de Informação Gerenciais: Administrando a Empresa Digital. 5. ed. São Paulo: Pearson Prentice Hall, 2006

GIL, Antônio de Loureiro. Sistemas de informações contábeis: uma abordagem gerencial. São Paulo: Saraiva, 2011

OLIVEIRA, Djalma de Pinho Rebouças De. Sistemas de Informações Gerenciais: Estratégicas: Táticas: Operacionais. 11. ed. São Carlos: Scipione, 2007

GONÇALVES, Rosan  C.  M.  Grillo;  RICCIO,  Edson  Luiz. Sistema  de  informação:  ênfase  em controladoria e contabilidade. São Paulo: Atlas, 2009.

 

 

Componente Curricular

Código

Grupo

CH/Crédito

Departamento de Origem

Aplicação

 

Laboratório Contábil II

 

 

 

0103040-1

 

 

Optativa

 

 

 

60/4

 

 

 

Ciências Contábeis

 

 

 

Teórico

 

EMENTA: Desenvolvimento de Projeto; Estudo de Casos de Empresas; Pesquisa e Planejamento Contábil.

 

BIBLIOGRAFIA BÁSICA

SANTOS, Aldemar de Araújo. Informática na Empresa.3. ed. São Paulo: Scipione, 2003.

OLIVEIRA, Edson. Contabilidade Informatizada: Teoria e Prática. 3. ed. São Paulo: Scipione, 2003

O'BRIEN, James A. Sistemas de Informação e as Decisões Gerenciais na Era da Internet.2. ed. São Paulo: Saraiva, 2004

 

BIBLIOGRAFIA COMPLEMENTAR

MAGALHÃES, Antônio de Deus Farias; LUNKES, Irtes Cristina. Sistemas Contábeis: o Valor Informacional da Contabilidade nas Organizações. São Paulo: Atlas, 2000

LAUDON, Kenneth C.; LAUDON, Jane P. Sistemas de Informação Gerenciais: Administrando a Empresa Digital. 5. ed. São Paulo: Pearson Prentice Hall, 2006

GIL, Antônio de Loureiro. Sistemas de informações contábeis: uma abordagem gerencial. São Paulo: Saraiva, 2011

OLIVEIRA, Djalma de Pinho Rebouças De. Sistemas de Informações Gerenciais: Estratégicas: Táticas: Operacionais. 11. ed. São Carlos: Scipione, 2007

GONÇALVES, Rosan  C.  M.  Grillo;  RICCIO,  Edson  Luiz. Sistema  de  informação:  ênfase  em controladoria e contabilidade. São Paulo: Atlas, 2009.

 

Componente Curricular

Código

Grupo

CH/Crédito

Departamento de Origem

Aplicação

 

Programação orçamentaria

 

 

 

0103030-1

 

 

 

Optativa

 

 

 

60/4

 

 

 

Ciências Contábeis

 

 

 

Teórico

 

EMENTA: Conceito, Finalidades, Evolução Conceitual do Orçamento Público, Programação Orçamentária no Setor Privado, Orçamento Público e Orçamento Empresarial.

 

BIBLIOGRAFIA BÁSICA

CARVALHO, Deusvaldo. Orçamento e contabilidade pública: teoria, prática e mais de 800 exercícios. 5. ed. Rio de Janeiro: Elsevier, 2010

KOHAMA, Heilio. Contabilidade Pública: Teoria e Prática. 13. ed. São Carlos: Atlas, 2013

ANDRADE, Nilton de Aquino. Contabilidade pública na gestão municipal.4. ed. São Paulo: Scipione, 2012

SILVA, Lino Martins da. Contabilidade governamental: um enfoque administrativo da nova contabilidade pública. 9. ed. São Paulo: Atlas, 2011.

BRASIL. Ministério da Fazenda. Secretaria do Tesouro Nacional. Manual de contabilidade aplicada ao setor público: procedimentos contábeis orçamentários. 3. ed. Brasília: Secretaria do Tesouro Nacional - STN, 2010

 

BIBLIOGRAFIA COMPLEMENTAR

QUINTANA, Alexandre Costa. Contabilidade pública: de acordo com as novas normas brasileiras de contabilidade aplicadas ao setor público e a lei de responsabilidade fiscal. São Paulo: Atlas, 2011

LIMA, Diana Vaz De; CASTRO, Róbison Gonçalves De. Contabilidade Pública: Integrando União, Estados e Municípios (Siafi e Siafem). 3. ed. São Paulo: Atlas, 2011

PISCITELLI, Roberto Bocaccio et al. Contabilidade Pública: Uma Abordagem da Administração Financeira Pública. 12. ed. São Carlos: Scipione, 2012

MARIANO, Paulo Antonio. SPED: sistema público de escrituração digital. 4. ed. São Paulo: IOB, 2012

CALDWELL, L. K. Administração Pública Comparada. Rio de Janeiro: Bloch, 1967

 

 

Componente Curricular

Código

Grupo

CH/Crédito

Departamento de Origem

Aplicação

 

Seminário de Contabilidade I

 

 

 

0103031-1

 

 

Optativa

 

 

 

60/4

 

 

 

Ciências Contábeis

 

 

 

Teórico

 

 

EMENTA: Núcleos temáticos de Contabilidade Financeira e Contabilidade Gerencial

 

BIBLIOGRAFIA BÁSICA

CREPALDI, Sílvio Aparecido. Contabilidade gerencial: teoria e prática. 5. ed. São Paulo: Atlas, 2011

ATKINSON, Anthony. Contabilidade Gerencial.0. ed. São Paulo: Scipione, 2000

IUDÍCIBUS, Sérgio De. Contabilidade gerencial.6. ed. São Paulo: Scipione, 1998

 

BIBLIOGRAFIA COMPLEMENTAR

GARRISON, Ray Contabilidade gerencial.14. ed. Porto Alegre: AMGH, 2013

LAFFIN, Marcos. Contabilidade e ensino mediações pedagógicas. Florianopolis: UFSC, 2011

Didática do ensino da contabilidade aplicável a outros cursos duperiores. São Paulo: Saraiva, 2006

CREPALDI, Sílvio Aparecido. Contabilidade Gerencial: Teoria e Prática. 3. ed. São Paulo: Scipione, 2004

JIAMBALVO, James. Contabilidade gerencial.3. ed. Rio de Janeiro: LTC, 2009

WARREN, Carl S.; REEVE, James M.; FESS, Philip. Contabilidade Gerencial.6. ed. São Paulo: Thomson Learning, 2003

NASCIMENTO, Jonilton Mendes Do. Custos: Planejamento, Controle e Gestão na Economia Globalizada. 2. ed. São Paulo: Scipione, 2001

 

 

 

 

 

 

Componente Curricular

Código

Grupo

CH/Crédito

Departamento de Origem

Aplicação

 

Seminário de Contabilidade II

 

 

 

0103032-1

 

 

 

Optativa

 

 

 

60/4

 

 

 

Ciências Contábeis

 

 

 

Teórico

 

EMENTA: Núcleos temáticos de governança e controladoria, pesquisa científica e ensino de contabilidade.

 

BIBLIOGRAFIA BÁSICA

Controladoria: uma abordagem da gestão econômica - Gecon. 2. ed. São Paulo: Scipione, 2001

MOSIMANN, Clara Pellegrinello; FISCH, Sílvio. Controladoria: seu papel na administração de empresas. 2. ed. São Paulo: Scipione, 1999

PEREZ JUNIOR, José Hernandez; PESTANA, Armando Oliveira; FRANCO, Sergio Paulo Cintra. Controladoria de gestão: teoria e prática. 2. ed. São Paulo: Atlas, 1995.

 

 

BIBLIOGRAFIA COMPLEMENTAR

Controladoria empresarial: conceitos, ferramentas e desafios. Salvador: EDUFBA - Editora da Universidade Federal da Bahia, 2010

LAFFIN, Marcos. Contabilidade e ensino mediações pedagógicas. Florianopolis: UFSC, 2011

Didática do ensino da contabilidade aplicável a outros cursos duperiores. São Paulo: Saraiva, 2006

CATELLI, Armando. Controladoria: uma abordagem da gestão econômica - GECON. 2. ed. São Paulo: Atlas, 2013

BARRETO, M. da G. P. Controladoria na Gestão econômica. GECON. 2 ed. São Paulo: Atlas, 2007

NASCIMENTO,  Auster  Moreira;  REGINATO,  Luciane.  Controladoria: um  enfoque  na  eficácia organizacional. 2. ed. São Paulo, Atlas: 2009

 

Componente Curricular

Código

Grupo

CH/Crédito

Departamento de Origem

Aplicação

 

Técnicas Comerciais

 

 

 

0103033-1

 

 

Optativa

 

 

 

60/4

 

 

 

Ciências Contábeis

 

 

 

 

Teórico

 

EMENTA: Comércio, Comerciante (pessoa natural ou jurídica), Empresa, Agente Auxiliares do Comércio e Imposto.

 

BIBLIOGRAFIA BÁSICA

Manual de contabilidade societária: aplicável a todas as sociedades de acordo com as normas internacionais e do CPC. São Paulo: Atlas, 2010

RIBEIRO, Osni Moura. Contabilidade Comercial Fácil.16. ed. São Paulo: Saraiva, 2008.

IUDÍCIBUS, Sérgio De; MARION, José Carlos. Contabilidade Comercial.7. ed. São Paulo: Scipione, 2006.

GONÇALVES, Gilson. Resumo prático de cálculos trabalhistas: exemplos e fórmulas. 2. ed. Curitiba: Juruá, 2009

 

BIBLIOGRAFIA COMPLEMENTAR

MARION, José Carlos. Contabilidade Empresarial.15. ed. São Paulo: Scipione, 2009

MARION, José Carlos; YAMADA, Walter Nobuyuki.Contabilidade geral para concurso público.2. ed. São Paulo: Atlas, 2010

MARTINS, Sergio Pinto. Direito do Trabalho.24. ed. São Paulo: Scipione, 2008

AZEVEDO, Osmar Reis. Comentários às novas regras contábeis brasileiras.5. ed. São Paulo: IOB, 2010

SÁ, Antônio Lopes De. Contabilidade & Novo Código Civil. Curitiba: Juruá, 2008

 

Componente Curricular

Código

Grupo

CH/Crédito

Departamento de Origem

Aplicação

 

Contabilidade Internacional

 

 

 

0103067-1

 

 

Optativa

 

 

 

60/4

 

 

 

Ciências Contábeis

 

 

 

 

Teórico

 

EMENTA: Comércio, mercado e concorrência. Produção, produtividade e política de preços. Marketing. Estudo da contabilidade internacional: qual a influência na contabilidade das empresas transnacionais, envolvendo padrões internacionais de contabilidade e auditoria. Conversões de transações e balanços em moeda estrangeira. Análise de demonstrações financeiras em moeda estrangeira e as implicações na contabilidade gerencial. Estudo da auditoria de transnacionais. CPC´s: 03,04,09,12,22 e 23

 

BIBLIOGRAFIA BÁSICA

NIYAMA, Jorge Katsumi. Contabilidade Internacional: Causas das Diferenças Internacionais: Harmonização Contábil Internacion. 1. ed. São Paulo: Scipione, 2007

SANTOS, José Luiz dos; SCHMIDT, Paulo; FERNANDES, Luciane Alves. Contabilidade internacional: equivalência patrimonial. São Paulo: Scipione, 2006

TOHMATSU, Deloitte Touche. Normas internacionais de contabilidade: IFRS. São Paulo: Atlas, 2009.

 

BIBLIOGRAFIA COMPLEMENTAR

CARVALHO, L. Nelson; LEMES, Sirlei ; COSTA, Fábio Moraes da .Contabilidade internacional: aplicação das IFRS 2005. São Paulo: Atlas, 2006

TOHMATSUB, Deloitte Touche,.Normas internacionais de relatório financeiro (IFRS°):incluindo normas internacionais de contabilidade (IASª) e as interpretações tal como aprovadas em 1º de janeiro 2008. São Paulo: Instituto Brasileiro de Contadores - IBRACON, 2008

Normas internacionais de contabilidade: textos completos das normas internacionais de ..... São Paulo: Instituto Brasileiro de Contadores - IBRACON, 1999.

TOHMATSUB, Deloitte Touche,.Normas internacionais de relatório financeiro (IFRS°):incluindo normas internacionais de contabilidade (IASª) e as interpretações tal como aprovadas em 1º de janeiro 2008. São Paulo: Instituto Brasileiro de Contadores - IBRACON, 2009

CARVALHO, Maria Auxiliadora De; SILVA, César Roberto Leite Da. Economia Internacional.300: Saraiva, 2000.

 

Componente Curricular

Código

Grupo

CH/Crédito

Departamento de Origem

Aplicação

 

Comércio Exterior

 

 

 

 

0103068-1

 

 

 

Optativa

 

 

 

60/4

 

 

 

Ciências Contábeis

 

 

 

 

Teórico

 

EMENTA: Teoria e Políticas de Comércio Exterior. Comércio Internacional. Estruturas brasileiras para o comércio exterior. Legislação brasileira e internacional. Importação. Exportação. Políticas de Exportação e Importação.

 

BIBLIOGRAFIA BÁSICA

MAIA, Jayme de Mariz. Economia Internacional e Comércio Exterior.7. ed. São Paulo: Atlas, 2001

CAVES, Richard E.; FRANKEL, Jeffrey A.; JONES, Ronald W.. Economia internacional: comércio e transações globais. 8. ed. São Paulo: Saraiva, 2001

KRUGMAN, Paul R.; OBSTFELD, Maurice. Economia Internacional: Teoria e Prática. 6. ed. São Paulo: Pearson Addison Wesley, 2009

BIBLIOGRAFIA COMPLEMENTAR

MARQUES, Alexandre de Moura. Comércio Exterior: Aspectos Legais Relativos às Operações do Comércio Exterior e Internacional. Porto Alegre: Síntese, 1999

RATTI, Bruno. Comércio Internacional e Câmbio.9. ed. São Paulo: Aduaneiras, 1999

LISA - BIBLIOTECA MODERNA DE ECONOMIA , Administração de Empresas e Ciência,.Comércio Internacional e Desenvolvimento Econômico.São Paulo: LISA, 1978

COMÉRCIO INTERNACIONAL E O MERCOSUL: IMPACTOS SOBRE O NORDESTE BRASILEIRO,. Comércio Internacional e o Mercosul: Impactos Sobre o Nordeste Brasileiro. Fortaleza: Banco do Nordeste, 1997

BRASIL. MINISTÉRIO DAS RELAÇÕES EXTERIORES,. Como Exportar Para Portugal. Brasília: Ministério das Relações Exteriores, 1979

 

Componente Curricular

Código

Grupo

CH/Crédito

Departamento de Origem

Aplicação

 

Contabilidade e Governança Corporativa

 

 

 

 

0103069-1

 

 

 

Optativa

 

 

 

60/4

 

 

 

Ciências Contábeis

 

 

 

 

Teórico

 

EMENTA: Conceitos Fundamentais da Governança Corporativa. Governança corporativa e Custos de Capital. Impactos da Governança Corporativa na redução dos custos de agência. Códigos e/ou normas de Governança Corporativa editados por entidades governamentais ou

não, no Brasil e no mundo. A importância e as técnicas em uso para evidenciação de informações de natureza econômico-financeira e contábil, de desempenho operacional e das ações da empresa. Tópicos contemporâneos em Governança Corporativa.

 

BIBLIOGRAFIA BÁSICA

ROBLES JR., Antonio. Custos da Qualidade: Aspectos Econômicos da Gestão da Qualidade e da Gestão Ambiental. 2. ed. São Paulo: Atlas, 2003

RIBEIRO, Osni Moura. Contabilidade Comercial Fácil.16. ed. São Paulo: Saraiva, 2008.

IUDÍCIBUS, Sérgio De; MARION, José Carlos. Contabilidade Comercial.7. ed. São Paulo: Scipione, 2006

 

BIBLIOGRAFIA COMPLEMENTAR

MARION, José Carlos. Contabilidade Empresarial. 16. ed. São Paulo: Atlas, 2012. 

SLOMSKI, Valmor. Controladoria e governança na gestão pública. São Paulo-SP: Atlas, 2014

SANTOS, Eduardo José Dos. Governança Corporativa & Políticas Públicas: Uma Análise da Reforma à Lei 6.404/76 Sob a ótica.... Curitiba: Juruá, 2009

SOUZA, Thelma de Mesquita Garcia E. Governança Corporativa e o Conflito de Interesses nas Sociedades Anônimas. São Paulo: Atlas, 2005

SILVEIRA, Alexandre Di Miceli da. Governança corporativa desempenho e valor da empresa no Brasil. São Paulo: Saint Paul, 2005

 

 

Componente Curricular

Código

Grupo

CH/Crédito

Departamento de Origem

Aplicação

 

Finanças Corporativas

 

 

 

 

0103070-1

 

 

Optativa

 

 

 

60/4

 

 

 

Ciências Contábeis

 

 

 

 

Teórico

 

EMENTA: Fundamentos teóricos e práticos das Finanças Corporativas. Valor de mercado e riqueza. Decisões financeiras. Conceitos financeiros básicos. Eficiência de mercado. Risco e retorno. Métricas de desempenho. Viabilidade econômica e financeira. Risco, retorno e custo de oportunidade. Modelo de precificação de ativos. Diversificação e portfólio. Decisões financeiras de longo prazo em condições de certeza e de risco. Custo e estrutura de capital. Aumento de capital. Recompra de ações. Mercado financeiro brasileiro. Desempenho e controle das instituições financeiras. Prática de dividendos no Brasil.

 

BIBLIOGRAFIA BÁSICA

CORRÊA, Joary. Gerência Econômica de Estoques e Compras.[S.l.]: Fundação Getúlio Vargas

RIBEIRO, Osni Moura. Contabilidade avançada.3. ed. São Paulo: Saraiva, 2012

SILVA, Lourivaldo Lopes da. Contabilidade avançada e tributária.3. ed. São Paulo: IOB, 2011.

FERREIRA, Ricardo J. Contabilidade avançada. Rio de Janeiro: Ferreira, 2011.

 

BIBLIOGRAFIA COMPLEMENTAR

LEAL, Ricardo P. C.; COSTA JR., Newton C. A. Da; LEMGRUBER, Eduardo F.. Finanças Corporativas. São Paulo: Scipione, 2001

BONOMO, Marco (Org). Finanças Aplicadas Ao Brasil .Rio de Janeiro: FGV, 2002.

MOSCA, Aquiles. Finanças comportamentais :gerencie suas emoções e alcance sucesso nos investimentos. Rio de Janeiro: Elsevier, 2009

ROSS, Stephen A.. Administração Financeira: Corporote Financc. São Carlos: Scipione, 1995.

FONSECA, José Wladimir Freitas de. Administração financeira e orçamentária. Curitiba: [s.n.], 2009.

 

 

 

Componente Curricular

Código

Grupo

CH/Crédito

Departamento de Origem

Aplicação

 

Contabilidade Hoteleira

 

 

 

 

0103077-1

 

 

 

Optativa

 

 

 

60/4

 

 

 

Ciências Contábeis

 

 

 

 

Teórico

 

EMENTA: O campo de aplicação da contabilidade hoteleira. A organização da empresa de hotelaria. Principais operações da empresa hoteleira. O plano de contas. Escrituração das principais transações. Os relatórios contábeis. Aspectos gerenciais

 

BIBLIOGRAFIA BÁSICA

IUDÍCIBUS, Sérgio De; MARION, José Carlos . Curso de Contabilidade Para Não Contadores :Para as áreas de Administração, Economia, Direito E... 3. ed. São Paulo: Atlas, 2000

ZANELLA, Luiz Carlos. Contabilidade Para Hotéis e Restaurantes. Caxias do Sul: EDUSC - Editora da Universidade do Sagrado Coração, 2002.

CREPALDI, Sílvio Aparecido. Contabilidade gerencial: teoria e prática. 5. ed. São Paulo: Atlas, 2011

BIBLIOGRAFIA COMPLEMENTAR

ZANELLA, Luiz Carlos. Administração de custos em hotelaria. 4. ed. Caxias do Sul: EDUCS, 2010

YÁZIGI, Eduardo. A Pequena Hotelaria e o Entorno Municipal: Guia de Montagem e Administração. 2. ed. São Paulo: Contexto, 2003

DUARTE, Vladir Vieira. Administração de sistemas hoteleiros: conceitos básicos. 3. ed. São Paulo: SENAC - Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial, 2005

BONFATO, Antonio Carlos. Desenvolvimento de Hotéis: Estudos de Viabilidade. São Paulo: SENAC - Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial, 2006.

ATKINSON, Anthony. Contabilidade Gerencial.0. ed. São Paulo: Scipione, 2000

 

 

Componente Curricular

Código

Grupo

CH/Crédito

Departamento de Origem

Aplicação

 

Mercados de Capitais e Futuro

 

 

 

 

0103075-1

 

 

 

Optativa

 

 

 

60/4

 

 

 

Ciências Contábeis

 

 

 

 

Teórico

 

EMENTA: Integração financeira internacional e mobilidade de capitais. Mercado de capitais em números. Princípios de investimento. Teoria dos ativos. Mercado de derivativos. Swap e hedge. Mercado a termo. Mercado de opções. Mercado futuro. Margens de garantia. Ajustes diários. Liquidação física e financeira. Risco de base e cambial.

 

BIBLIOGRAFIA BÁSICA

FORTUNA, Eduardo. Mercado financeiro: produtos e serviços. 17. ed. Rio de Janeiro: Qualitymark, 2008

FORTUNA, Eduardo. Mercado financeiro: produtos e serviços. 17. ed. Rio de Janeiro: Qualitymark, 2008

FAVERO, Hamilton Luiz et al. Contabilidade: teoria e prática. São Paulo: Scipione, 2007

 

BIBLIOGRAFIA COMPLEMENTAR

PINHEIRO, Juliano Lima. Mercado de capitais: fundamentos e técnicas. 6. ed. São Paulo, Atlas: 2012.

HOJI, Masakazu.Administração Financeira: Uma Abordagem Prática; Matemática Financeira Aplicada; Estratégias Financeira. 5. ed. São Paulo: Scipione, 2006

SANVICENTE, Antônio Zoratto.Administração Financeira.3. ed. São Paulo - SP: Atlas, 2009

SANTOS, Edno Oliveira Dos. Administração Financeira da Pequena e Média Empresa. São Paulo: Atlas, 2001

MELLAGI FILHO, Armando. Mercado Financeiro e de Capitais. São Paulo: Atlas, 2000

 

 

Componente Curricular

Código

Grupo

CH/Crédito

Departamento de Origem

Aplicação

 

Tópicos Contemporâneos em Contabilidade

 

 

 

0103072-1

 

 

 

Optativa

 

 

 

60/4

 

 

 

Ciências Contábeis

 

 

 

 

Teórico

 

EMENTA: Estudos e discussões de problemas e temas emergentes em Contabilidade

 

BIBLIOGRAFIA BÁSICA

NIYAMA, Jorge Katsumi. Contabilidade Internacional: Causas das Diferenças Internacionais: Harmonização Contábil Internacion. 1. ed. São Paulo: Scipione, 2007

SANTOS, José Luiz dos; SCHMIDT, Paulo; FERNANDES, Luciane Alves. Contabilidade internacional: equivalência patrimonial. São Paulo: Scipione, 2006

TOHMATSU, Deloitte Touche. Normas internacionais de contabilidade: IFRS. São Paulo: Atlas, 2009.

 

BIBLIOGRAFIA COMPLEMENTAR

CARVALHO, L. Nelson; LEMES, Sirlei ; COSTA, Fábio Moraes da .Contabilidade internacional: aplicação das IFRS 2005. São Paulo: Atlas, 2006

TOHMATSUB, Deloitte Touche,.Normas internacionais de relatório financeiro (IFRS°):incluindo normas internacionais de contabilidade (IASª) e as interpretações tal como aprovadas em 1º de janeiro 2008. São Paulo: Instituto Brasileiro de Contadores - IBRACON, 2008

Normas internacionais de contabilidade: textos completos das normas internacionais de ..... São Paulo: Instituto Brasileiro de Contadores - IBRACON, 1999.

TOHMATSUB, Deloitte Touche,.Normas internacionais de relatório financeiro (IFRS°):incluindo normas internacionais de contabilidade (IASª) e as interpretações tal como aprovadas em 1º de janeiro 2008. São Paulo: Instituto Brasileiro de Contadores - IBRACON, 2009

CARVALHO, Maria Auxiliadora De; SILVA, César Roberto Leite Da. Economia Internacional.300: Saraiva, 2000.

 

 

 

 

 

Componente Curricular

Código

Grupo

CH/Crédito

Departamento de Origem

Aplicação

 

Contabilidade do terceiro Setor

 

 

 

0103073-1

 

 

 

Optativa

 

 

 

60/4

 

 

 

Ciências Contábeis

 

 

 

 

Teórico

 

EMENTA: Fundamentos da Contabilidade do Terceiro Setor. Aspectos financeiros, patrimoniais e econômicos da contabilidade aplicada ao Terceiro Setor. Considerações gerais sobre Contabilidade do Terceiro Setor

 

BIBLIOGRAFIA BÁSICA

FEIJÓ, Carmem Aparecida et al. Contabilidade Social: o Novo Sistema de Contas Nacionais do Brasil. Rio de Janeiro: Campus, 2003

FILELLINI, Alfredo. Contabilidade Social: Resumo da Teoria, Exercícios Programados. 2. ed. São Paulo: Atlas, 1994

TINOCO, João Eduardo Prudêncio. Balanço Social:Uma Abordagem da Transparência e da Responsabilidade Pública das Organizações. 1. ed. São Paulo: Scipione, 2009

ROSSETTI, José Paschoal. Contabilidade social.7. ed. São Carlos: Scipione, 1995

 

BIBLIOGRAFIA COMPLEMENTAR

GIESTA, Lílian Carpolíngua   Leite, Rodrigo de Almeida. Responsabilidade social e gestão ambiental. Natal: UniversidadeEDUFRN, 2010

Balanço social 2007:um novo sentido à sua vida. Tubarão - SC: Unisul - Universidade do Sul de Santa Catarina, 2007

TACHIZAWA, Takeshy. Gestão Ambiental e Responsabilidade Social Corporativa: Estratégias de Negócios Focadas na Realidade Brasileira. 6. ed. São Paulo: Atlas, 2009

DIAS, Reinaldo. Gestão ambiental: responsabilidade social e sustentabilidade. São Paulo: Scipione, 200

ANDRADE, Rui Otávio Bernardes De. Gestão Ambiental: Enfoque Estratégico Aplicado Ao Desenvolvimento Sustentável. São Paulo: Makron Books do Brasil, 2000.

 

 

 

Componente Curricular

Código

Grupo

CH/Crédito

Departamento de Origem

Aplicação

 

Marketing Contábil

 

 

 

0103074-1

 

 

Optativa

 

 

 

60/4

 

 

 

Ciências Contábeis

 

 

 

 

Teórico

 

EMENTA: Marketing de Serviços profissionais. Elaboração do plano de marketing de serviços contábeis. Projeção da Atividade de Contador.

 

BIBLIOGRAFIA BÁSICA

LAS CASAS, Alexandre Luzzi. Marketing de Serviços.5. ed. São Carlos: Scipione, 2009

KOTLER, Philip. Marketing Para o Século Xxi: Como Criar, Conquistar e Dominar Mercados. 16. ed. São Paulo: Futura, 2006

KATZ, Helen. Media Handbook: Um Guia Completo Para Eficiência em Mídia. São Paulo - SP: Nobel, 2004

 

BIBLIOGRAFIA COMPLEMENTAR

SOUZA, Francisco Alberto Madia De. Marketing Trends .São Paulo: M Books do Brasil, 2008

COSTA, Antonio Roque. Marketing Promocional: Descobrindo os Segredos do Mercado. 0. ed. São Paulo: Atlas, 1996

KOTLER, Philip. Marketing Lateral: Uma Abordagem Revolucionária Para Criar Novas Oportunidades em Mercados Saturados. 4. ed. Rio de Janeiro - RJ: Campus, 2006

REEDY, Joel; SCHULLO, Shauna. Marketing Eletrônico :Integrando Recursos Eletrônicos no Processo de Marketing. 2. ed. São Paulo: Thomson Learning, 2007

KOTLER, Philip.Marketing de Serviços Profissionais: Estratégias Inovadoras Para Impulsionar Sua Atividade, Sua. . . 2. ed. Barueri: Manole, 2002.

 

Componente Curricular

Código

Grupo

CH/Crédito

Departamento de Origem

Aplicação

 

Ensino da Contabilidade

 

 

 

0103076-1

 

 

Optativa

 

 

 

60/4

 

 

 

Ciências Contábeis

 

 

 

 

Teórico

 

EMENTA: O ensino da Contabilidade no Brasil e no mundo. Métodos de ensino: aula expositiva, exposição e visitas, projeção de imagens, seminários, ciclo de palestras, discussões, resolução de exercícios, estudos de casos, atividades práticas. Atividades interdisciplinares. Participação ativa e passiva dos alunos

 

BIBLIOGRAFIA BÁSICA

LOPES, Alexsandro Broedel; MARTINS, Eliseu. Teoria da Contabilidade: Uma Nova Abordagem. São Paulo: Atlas, 2005

IUDÍCIBUS, Sérgio De. Teoria da Contabilidade.7. ed. São Paulo: Scipione, 2004

HENDRIKSEN, Eldon S.; BREDA, Michael F. Van. Teoria da Contabilidade.5. ed. São Paulo: Scipione, 1999

IUDÍCIBUS, Sérgio De; MARION, José Carlos. Introdução à Teoria da Contabilidade: Para o Nível de Graduação. 3. ed. São Paulo: Scipione, 2002

 

BIBLIOGRAFIA COMPLEMENTAR

NIYAMA, Jorge Katsumi; SILVA, César Augusto Tibúrcio. Teoria da Contabilidade.1. ed. 2. Reimp. São Paulo: Scipione, 2009

COELHO, Cláudio Ulysses Ferreira; LINS, Luiz dos Santos. Teoria da contabilidade: abordagem contextual, histórica e gerencial. São Paulo: Atlas, 2010

NIYAMA, Jorge Katsumi; SILVA, César Augusto Tibúrcio. Teoria da Contabilidade.2. ed. São Paulo: Atlas, 2011

IUDÍCIBUS, Sérgio de. Teoria da contabilidade.6. ed. São Paulo: Atlas, 2000

Didática do ensino da contabilidade aplicável a outros cursos duperiores. São Paulo: Saraiva, 2006

NIYAMA, Jorge Katsumi; SILVA, César Augusto Tibúrcio. Teoria da contabilidade.3. ed. São Paulo: Atlas, 2013

Manual de normas internacionais de contabilidade: IFRS versus normas brasileiras. São Paulo: Atlas, 2010

 

 

Componente Curricular

Código

Grupo

CH/Crédito

Departamento de Origem

Aplicação

 

Contabilidade Societária

 

 

 

 

0103038-1

 

 

 

Optativa

 

 

 

60/4

 

 

 

Ciências Contábeis

 

 

 

 

Teórico

 

EMENTA: Critérios de identificação, mensuração e evidenciação para a elaboração das demonstrações contábeis. Avaliação do ativo e passivo: ativos e passivos financeiros, investimentos societários, provisões. Fair Value. Evidenciação Contábil

BIBLIOGRAFIA BÁSICA

Manual de contabilidade societária: aplicável a todas as sociedades de acordo com as normas internacionais e do CPC. São Paulo: Atlas, 2010

RIBEIRO, Osni Moura. Contabilidade Comercial Fácil.16. ed. São Paulo: Saraiva, 2008.

IUDÍCIBUS, Sérgio De; MARION, José Carlos. Contabilidade Comercial.7. ed. São Paulo: Scipione, 2006.

 

BIBLIOGRAFIA COMPLEMENTAR

MARION, José Carlos. Contabilidade Empresarial.15. ed. São Paulo: Scipione, 2009

MARION, José Carlos; YAMADA, Walter Nobuyuki. Contabilidade geral para concurso público.2. ed. São Paulo: Atlas, 2010

COMETTI, Marcelo Tadeu. Direito comercial: Direito de empresa. 3. ed. São Paulo: Saraiva, 2011

AZEVEDO, Osmar Reis. Comentários às novas regras contábeis brasileiras.5. ed. São Paulo: IOB, 2010

SÁ, Antônio Lopes De. Contabilidade & Novo Código Civil. Curitiba: Juruá, 2008

 

 

Componente Curricular

Código

Grupo

CH/Crédito

Departamento de Origem

Aplicação

 

Introdução ao Ensino da Contabilidade

 

 

 

0103078-1

 

 

Optativa

 

 

 

60/4

 

 

 

Ciências Contábeis

 

 

 

 

Teórico

 

EMENTA: Panorama geral do ensino superior no Brasil. Planejamento, organização, execução e avaliação do processo ensino-aprendizagem. Metodologias de ensino aplicáveis à contabilidade. Aspectos do ensino de contabilidade Brasil X EUA. Fundamentos conceituais da didática de ensino superior. O professor de contabilidade. Currículo do Curso de Ciências Contábeis

 

BIBLIOGRAFIA BÁSICA

FEA/USP, Equipe de professores. Contabilidade introdutória. 11. ed. São Paulo: Atlas, 2011

IUDÍCIBUS et all. Contabilidade introdutória: livro de exercícios. 11. ed. São Paulo: Atlas, 2011

RIBEIRO, Osni Moura. Contabilidade básica fácil. 26. ed. São Paulo: Saraiva, 2009

 

BIBLIOGRAFIA COMPLEMENTAR

CRUZ, June Alisson Westarb. Contabilidade introdutória: descomplicada. 4. ed. Curitiba: Juruá, 2011.

Didática do ensino da contabilidade aplicável a outros cursos superiores. São Paulo: Saraiva, 2006

FERRARI, Ed Luiz. Contabilidade geral teoria e mais de 1.000 questões. 11. ed. Rio de Janeiro: Campus, 2011.

GRECO, Alísio. Contabilidade: teoria e prática básica. 2. ed. São Paulo: Saraiva, 2009

IUDÍCIBUS, Sérgio de. Contabilidade introdutória.10. ed. São Paulo: Atlas, 2006 MARION, José Carlos. Contabilidade básica. São Paulo: Atlas, 2010

SILVA, César Augusto Tibúrcio; TRISTÃO, Gilberto. Contabilidade Básica 2. ed. São Paulo: Scipione, 2000

 

 

Componente Curricular

Código

Grupo

CH/Crédito

Departamento de Origem

Aplicação

 

Contabilidade aplicada ao Turismo

 

 

 

0103079-1

 

 

Optativa

 

 

 

60/4

 

 

 

Ciências Contábeis

 

 

 

 

Teórico

 

EMENTA: Fundamentos Teóricos e metodológicos da contabilidade, estrutura e análise das demonstrações contábeis e gestão de custos nas empresas de turismo.

 

BIBLIOGRAFIA BÁSICA

IUDÍCIBUS, Sérgio De; MARION, José Carlos . Curso de Contabilidade Para Não Contadores :Para as áreas de Administração, Economia, Direito E... 3. ed. São Paulo: Atlas, 2000

ZANELLA, Luiz Carlos. Contabilidade Para Hotéis e Restaurantes. Caxias do Sul: EDUSC - Editora da Universidade do Sagrado Coração, 2002.

CREPALDI, Sílvio Aparecido. Contabilidade gerencial: teoria e prática. 5. ed. São Paulo: Atlas, 2011

 

BIBLIOGRAFIA COMPLEMENTAR

ZANELLA, Luiz Carlos. Administração de custos em hotelaria. 4. ed. Caxias do Sul: EDUCS, 2010

YÁZIGI, Eduardo. A Pequena Hotelaria e o Entorno Municipal: Guia de Montagem e Administração. 2. ed. São Paulo: Contexto, 2003

DUARTE, Vladir Vieira. Administração de sistemas hoteleiros: conceitos básicos. 3. ed. São Paulo: SENAC - Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial, 2005

BONFATO, Antonio Carlos. Desenvolvimento de Hotéis: Estudos de Viabilidade. São Paulo: SENAC - Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial, 2006.

ATKINSON, Anthony. Contabilidade Gerencial.0. ed. São Paulo: Scipione, 2000

 

 

Componente Curricular

Código

Grupo

CH/Crédito

Departamento de Origem

Aplicação

 

Análise de Sistemas Contábeis

 

 

 

0103002-1

 

 

Optativa

 

 

 

60/4

 

 

 

Ciências Contábeis

 

 

 

 

Teórico

 

EMENTA: Aspectos conceituais. Sistema de informação para empresa. Contabilidade gerencial como sistema de informação. Demonstrações contábeis em outras moedas ou com valores constantes e contabilidade divisional. Uso dos programas que geram informação contábil.

 

SANTOS, Aldemar de Araújo. Informática na Empresa.3. ed. São Paulo: Scipione, 2003.

OLIVEIRA, Edson. Contabilidade Informatizada: Teoria e Prática. 3. ed. São Paulo: Scipione, 2003

O'BRIEN, James A. Sistemas de Informação e as Decisões Gerenciais na Era da Internet.2. ed. São Paulo: Saraiva, 2004

 

 

BIBLIOGRAFIA COMPLEMENTAR

MAGALHÃES, Antônio de Deus Farias; LUNKES, Irtes Cristina. Sistemas Contábeis: o Valor Informacional da Contabilidade nas Organizações. São Paulo: Atlas, 2000

LAUDON, Kenneth C.; LAUDON, Jane P. Sistemas de Informação Gerenciais: Administrando a Empresa Digital. 5. ed. São Paulo: Pearson Prentice Hall, 2006

GIL, Antônio de Loureiro. Sistemas de informações contábeis: uma abordagem gerencial. São Paulo: Saraiva, 2011

OLIVEIRA, Djalma de Pinho Rebouças De. Sistemas de Informações Gerenciais: Estratégicas: Táticas: Operacionais. 11. ed. São Carlos: Scipione, 2007

GONÇALVES, Rosan  C.  M.  Grillo;  RICCIO,  Edson  Luiz. Sistema  de  informação:  ênfase  em controladoria e contabilidade. São Paulo: Atlas, 2009.

 

6.6  EQUIVALÊNCIA DE DISCIPLINAS

 

Para que o aluno ingressante em estruturas curriculares anteriores a esta, não fique impedido de cursar disciplinas, devido à mudanças de nomenclaturas, foi criado o quadro de equivalência abaixo:

Quadro 08 – Equivalência Curricular do Curso de Ciências Contábeis

Equivalência Curricular do Curso de Ciências Contábeis

I Período

Matriz Curricular Proposta

Matriz curricular vigente

Código

Disciplina

CR/CH

Código

Disciplina

CR/CH

0103041-1

Contabilidade Básica I

04/60

0103015-1

Contabilidade Geral I

04/60

 

II Período

0801013-1

Cálculo da função de uma variável

04/60

0801014-1

Cálculo Diferencial Integral I

 

04/60

0103042-1

Contabilidade Básica II

04/60

 

0103016-1

 

Contabilidade Geral II

 

04/60

III PERÍODO

0103044-1

Contabilidade Intermediária I

04/

60

0103007-1

Contabilidade Comercial I

 

04/60

0103043-1

Teoria da Contabilidade

04/

60

0103035-1

Teoria Contábil

 

04/60

IV PERÍODO

0103046-1

Contabilidade Intermediária II

04/

60

0103008-1

Contabilidade Comercial II

 

04/60

0103047-1

Contabilometria

04/

60

0801026-1

Estatística aplicada a contabilidade

 

04/60

V PERÍODO

0103048-1

Contabilidade e Finanças

04

/60

0102012-1

Administração Financeira It

 

04/60

0103050-1

Estrutura das Demonstrações Contábeis

 

04/

60

0103023-1

Estrutura e analise de Balanços I

 

04/60

VI PERÍODO

0103051-1

Análise e Interpretação das demonstrações contábeis

 

04/

60

 

0103024-1

Estrutura e análise de Balanços II

 

04/60

0103052-1

Contabilidade do agronegócio

04/

60

0103021-1

Contabilidade Rural

04/60

VII PERÍODO

0103053-1

Contabilidade e Orçamento Empresarial

04/

60

0102033-1

Orçamento Empresarial

04/60

0103054-1

Gestão Estratégica de Custos

04/

60

0103001-1

Análise de Custos

04/60

VIII PERÍODO

0103055-1

Contabilidade Socioambiental

04/

60

0103037-1

Contabilidade Ambiental

04/60

0103056-1

Informática aplicada a Contabilidade

04/

60

0103020-1

Contabilidade Informatizada

04/60

IX PERÍODO

0103058-1

Estágio Supervisionado I

04/

60

0103022-1

Estágio Supervisionado

04/60

X PERÍODO

0103060-1

Estágio Supervisionado II

04/

60

0103022-1

Estágio Supervisionado

04/60

0103061-1

Trabalho de Conclusão de Curso

04/

60

0103027-1

 

Monografia

 

04/60

Fonte: Dcc, 2017

 

 

 

 

6.7 ATIVIDADES COMPLEMENTARES

 

Quadro 09 – Atividades Complementares

ATIVIDADE

CORRESPONDENTE

MÁXIMO DE

POR ATIVIDADE

CARGA HORÁRIA

 

 

Promovida

Não

POR ATIVIDADE

promovida

DURANTE O CURSO

pela UERN

pela UERN

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Palestra (1)

Carga horária do

60

 

 

 

 

certificado

 

 

 

 

 

 

Congresso,

 

2.1

Participante

Carga horária do

 

encontro,

 

certificado

 

 

 

 

120

seminário,

 

2.2

Participação em comissão

Carga horária do

 

 

simpósio(1)

 

organizadora

certificado

 

 

 

 

 

 

3.1

Apresentação e/ou publicação

20

20

120

Trabalho

 

 

em anais

 

 

 

 

 

Publicação em revista

 

 

 

acadêmico(2)

 

3.2

20

20

 

 

 

científica, técnica ou

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

eletrônica

 

 

 

 

 

Visita técnica (3)

05

-

30

Curso extracurricular presencial ou à distância(4) (7)

Carga horária do

60

 

 

 

 

certificado

 

Iniciação à extensão (5)

Carga horária do

60

 

 

 

 

certificado

 

Monitoria: com

 

7.1

1 (uma) disciplina

10

-

80

bolsa ou voluntária(6)

 

7.2

2 (duas) disciplinas

20

-

Estágio extracurricular na área contábil ou em área

20

20

80

correlata (7) (mínimo de 60 horas)

Participação em pesquisa: com bolsa ou voluntário (8)

18

-

90

Participação em empresa júnior (9)

18

-

90

Atividades Curriculares na Comunidade - ACC

10

10

30

Participação em colegiados (10)

12

-

60

Fonte: Dcc, 2017

 

 

As atividades complementares perfazem um total de 180 (cento e oitenta) horas e compreendem atividades de extensão, iniciação científica, monitoria, participação em eventos técnico-científicos, atividades acadêmicas e vivência profissional.

 

(1)   Para efeito de comprovação das horas complementares, o aluno deverá apresentar o certificado ou outro documento comprobatório contendo a respectiva carga horária.

(2)   No caso de publicação em revistas ou anais, o aluno deve apresentar cópia da publicação completa e o documento comprobatório da aprovação da publicação.

(3)   O aluno deve apresentar à orientação acadêmica um documento que comprove a data da viagem/visita técnica, local, pessoa e telefone para contato, juntamente com o relatório sobre a viagem/visita técnica.

(4)   Considerar-se-ão os cursos realizados nas áreas de: Contabilidade e áreas afins, língua estrangeira, redação oficial e informática.

(5)   Membro de projeto de extensão institucionalizado.

(6)   A monitoria deverá ter, no mínimo: 01 semestre letivo de duração comprovada e obter conceito “BOM” na avaliação de desempenho.

(7)        Para efeito de carga horária de atividades complementares são consideradas afins as áreas de Administração, Economia, Gestão Ambiental, Direito e Turismo.

(8)   O aluno deverá participar da pesquisa durante um semestre letivo e a avaliação de desempenho atingir conceito “BOM”.

(9)   O aluno deverá participar da empresa júnior por pelo menos 01 semestre letivo e sua avaliação de desempenho deve apresentar, no mínimo, conceito “BOM”.

(10)    Será considerada a participação em colegiados, a participação do aluno em: centros acadêmicos, diretórios estudantis, plenárias de departamentos, comissões eleitorais, etc.

 

Os seminários constituem-se de espaços de discussão e aprofundamento de temas emergentes que perpassam a formação profissional. Constitui-se como uma atividade complementar do currículo pleno do curso.

A monitoria constitui-se de uma atividade acadêmica que proporciona condições facilitadoras ao desenvolvimento de aptidões, habilidades e potencialidades necessárias à formação acadêmica e profissional do(a) aluno(a) que demonstre interesse pelo exercício da docência. Esta atividade requer do(a) discente uma dedicação de 12 horas semanais que são desenvolvidas com o acompanhamento de um(a) professor(a) orientador(a) de uma determinada disciplina e/ou área de conhecimento.

A participação em projetos de pesquisa e/ou de extensão é o espaço de construção e reconstrução do conhecimento a partir da inserção em atividades investigativas e/ou interventivas na realidade local e nacional.

A participação do(a) aluno(a) em eventos técnico-científicos, cujos temas sejam relacionados ao curso, realizados na UERN ou fora dela, deve estar vinculada à autorização prévia da FACEM. O Trabalho de Conclusão de Curso (monografia) terá uma duração de 60 (sessenta) horas, a ser desenvolvido em um semestre, e deverá abordar um tema de relevância às Ciências Contábeis.

 

6.8 CURRICULARIZAÇÃO DA EXTENSÃO

 

O Curso de Ciências Contábeis se propõe a aderir à Curricularização da Extensão, que é uma meta prevista no Plano Nacional de Educação 2014 – 2024 (meta 12.7), regulamentado por meio da lei federal 13.005/2014, que assegura, no mínimo, 10% do total de créditos curriculares exigidos para a graduação em programas e projetos de extensão universitária em Instituições de Ensino Superior do país.

A Universidade do Estado do Rio Grande do Norte regulamentará a curricularização, a creditação e o registro das atividades de extensão nos Projetos Pedagógicos dos Cursos de Graduação da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte - UERN. Entende-se sobre curricularização inserir nos currículos dos cursos de graduação atividades de extensão como parte obrigatória da formação humana de todos os discentes. Já a creditação pode ser compreendida como a especificação de créditos nos currículos dos cursos de graduação, no mínimo 10% (dez por cento) da carga horária total do curso, para serem realizadas, pelos alunos, como atividades de extensão, denominadas UCE. O registro corresponde à informação dos créditos das atividades de extensão no

histórico escolar dos discentes.

A creditação de atividades de extensão será obrigatória para todos os discentes do curso e indispensável para integralização curricular. Será previsto um mínimo de dez por cento (10%) da carga horária total do curso em atividades de extensão. Para efeito de creditação e registro no histórico escolar dos discentes, a Unidade Curricular de Extensão – UCE será executada a partir de Programas e Projetos oriundos dos Cursos de Graduação institucionalizados.

Programa de Extensão é  um conjunto articulado de projetos e outras ações de extensão – cursos, eventos e prestação de serviços – integrado às atividades de pesquisa e ensino, tem caráter orgânico institucional, integração no território, clareza de diretrizes e orientação para um objetivo comum, sendo executado a médio e longo prazo. Já o Projeto de Extensão a ação processual contínua, de caráter educativo, social, cultural ou tecnológico, com objetivos específicos e prazo determinado.

Somente terá validade para a creditação no histórico escolar dos discentes a sua participação nos programas e projetos como membros da equipe executora, condicionada à matrícula nas respectivas Unidades Curriculares de Extensão - UCE. Para o cumprimento do total da carga horária visando a creditação da extensão, o discente poderá se inscrever em Unidades Curriculares de Extensão – UCE de outros cursos, de forma também a promover a interdisciplinaridade na sua formação acadêmica desde que seja respeitado o critério de articulação com sua área de formação.

A carga horária do discente como ouvinte em cursos, eventos, prestações de serviços e em outras ações extensionistas não será contabilizada como Unidade Curricular de Extensão - UCE.

 

 

 

7 POLÍTICAS PRIORITÁRIAS

 

 

7.1 POLÍTICA DE RECURSOS HUMANOS

 

A política de recursos humanos, no Curso de Ciências Contábeis, considera a necessidade de qualificação contínua dos profissionais do magistério superior e dos Técnico-administrativos

que integram o Departamento de Ciências Contábeis (DCC). Entende que esta é a premissa básica para uma educação de boa qualidade.

Neste diapasão, a capacitação dos recursos humanos da Universidade é meta institucional. O desenvolvimento de uma política de capacitação permanente dos recursos humanos possibilita a qualificação de profissionais para o magistério superior objetivando o desenvolvimento das atividades, pelos docentes, de forma a mantê-los comprometidos com a qualidade da educação e com a responsabilidade social.

Como medida institucional os docentes estão sendo incentivados e apoiados para a participação em cursos de mestrado e doutorado, através da liberação total e parcial.

A Universidade, através da estruturação das atividades de recursos humanos, vem criando condições para promover oportunidades de auto-realização profissional em seu pessoal. Uma das atividades é a oferta de cursos de capacitação profissional para os técnicos administrativos nas diversas áreas de atuação, inclusive a possibilidade da pós graduação, a nível de mestrado e doutorado.

 

7.1.1 A carreira Docente

 

A carreira docente de professor efetivo é composta de:

 

  • ·         Admissão e Ingresso na Carreira - O ingresso do docente na carreira do magistério da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte se dá por meio de concurso público de provas e títulos.
  • ·         Ascensão Funcional - A ascensão funcional é a passagem do docente para outro cargo dentro da carreira. Isto ocorre de acordo com as normas vigentes na instituição.
  • ·         Regime de Trabalho -Para assegurar a plena realização das atividades de ensino, pesquisa e extensão, e das atividades de administração próprias de uma Instituição de Ensino Superior, a Universidade do Estado do Rio Grande do Norte adota os seguintes regimes de trabalho:

·          20 horas semanais (tempo parcial);

·          40 horas semanais (tempo integral);

·          Tempo integral com dedicação exclusiva.

 

7.1.2    Situação do Curso em Termos de Titulação

 

            Quanto à titulação dos docentes, o Curso de Ciências Contábeis possui em seu quadro 2 (dois) doutores, 08 (oito) mestres e 9 (nove) especialistas. Em termos percentuais, o total de Mestres e Doutores representa 52,6% do total de docentes do Curso.  Conforme evidencia a tabela abaixo o detalhadamente esta distribuição:

 

Tabela 02 - Percentual de titulação do corpo docente na área e fora da área

Titulação

Nº de docentes

% de Docentes

Doutor

02

10,5%

Mestre

08

42,1%

Especialista

09

47,4%

Graduado

00

0%

TOTAL

19

100,00%

Fonte: DCC/UERN, 2017

    

7.1.3    Situação do Curso em Termos de Regime de Trabalho

 

 

            Quanto ao regime de trabalho, o Curso de Ciências Contábeis possui 08 (oito) professores com dedicação exclusiva, 09 (nove) que possuem tempo integral de 40 horas e apenas 2 (dois) com regime de trabalho com tempo parcial de 20 horas; em termos percentuais esta composição está distribuída da seguinte forma: 47,4% dos docentes possuem regime de trabalho em tempo integral; 42,1% dedicam-se exclusivamente às atividades acadêmicas e 10,5% possuem regimes parciais de trabalho.

 

Tabela 03 - Regime de trabalho.

REGIME

Nº DOCENTES

Dedicação Exclusiva (DE)

8

Tempo Integral (40 h)

9

Tempo Parcial (20 h)

2

TOTAL

19

Fonte:  Fonte: DCC/UERN, 2017

 

 

7.1.4    Política de Qualificação e Plano de Carreira

 

 

 

O Curso de Ciências Contábeis possui o seguinte plano de capacitação docente aprovado em plenária departamental:

Quadro 10 - Política de Qualificação e Plano de Carreira

Professor

Titulação

Ano da Liberação

Tipo de Liberação

Sérgio Luiz Pedrosa Silva

Doutorado

2017

Parcial

Antônio Cláudio Noberto Paiva

Doutorado

2017

Total

Saulo Medeiros Diniz

Doutorado

2018

Total

Jorge Fernandes Jales Neto

Mestrado

2018

Parcial

Jorge Eduardo de Medeiros Lopes

Doutorado

2019

Total

Jandeson Dantas da Silva

Doutorado

2020

Parcial

Antônio Marcos Soares Brasil

Mestrado

2019

Total

Wênyka Preston Leite B. da Costa

Doutorado

2020

Parcial

Fonte:  Fonte: DCC/UERN, 2017

 

7.2 POLÍTICAS DE EXTENSÃO

 

 

7.2.3   Princípios Norteadores

 

a)             Extensão como atividade acadêmica indissociável do ensino e da pesquisa: A atividade extensionista é um campo de intervenção em que se configuram o ensino e a pesquisa, oportunizando a observação, a efetivação de novas experiências e a produção de um conhecimento científico que efetiva a relação teoria e prática.

b) Extensão como via de interação Universidade – sociedade: Mantendo sua natureza autônoma, a extensão universitária deverá se realizar na identificação com os interesses demandados dos novos fatores sociais e institucionais de natureza pública, privada e não governamental.

 

c)                  Extensão como atividade de complementaridade no processo de formação profissional: As atividades extensionistas deverão ser o terreno de inserção do(a) futuro profissional de Contabilidade, nos problemas práticos da realidade local e regional, garantindo o conhecimento concreto sobre o qual deverá se fundamentar o exercício competente de sua profissão.

d)                 Extensão como atividade multi e interdisciplinar: A extensão como atividade que se realiza sobre um campo complexo, deverá ser o espaço privilegiado de práticas multi e interdisciplinares através de experiências e aprendizagem que envolvem ações internas e externas à Universidade.

e)                  Extensão como espaço da experiência na formulação de um novo modelo de Universidade e sociedade: As atividades de extensão, à medida que se realizam experiências práticas, oportunizam a elaboração de novas formas de atuação no mercado privado e institucional que articulam os diferentes segmentos da sociedade na construção de um novo modelo de interação.

 

7.2.2        Operacionalização

 

 

As atividades de extensão do Curso de Ciências Contábeis são trabalhadas com base nas Diretrizes Curriculares Nacionais para o Curso de Graduação em Ciências Contábeis na modalidade Bacharelado, Resolução nº 10 de 16 de dezembro de 2004, do Conselho Nacional de Educação, formalizadas no Projeto Pedagógico do Curso, na Matriz Curricular, nas linhas e eixos temáticos da extensão e nos núcleos temáticos, materializando-se nas formas abaixo:

  • ·         Nas disciplinas e atividades em sala de aula;
  • ·         Nas atividades desenvolvidas pelos núcleos temáticos;
  • ·         Em projetos e programas desenvolvidos por professores(as) do Departamento do Curso de Ciências Contábeis, Departamentos afins e de outros(as) profissionais da UERN.
  • ·         Nas parcerias junto a Pró-Reitoria de extensão.

 

7.2.3        Forma de Participação

 

  • ·         Participação dos alunos e alunas nas atividades de Extensão:
  • ·         Estágio voluntário e estágio bolsista:
  • ·         Participação nos programas e projetos institucionais; participação em atividades extracurriculares, seminários, cursos, palestras, conferências e parceria com outras instituições.

 

  • ·         Atuação dos(as) docentes:
  • ·         Elaboração e coordenação de programas/projetos;
  • ·         Participação nos núcleos;
  • ·         Supervisão de projetos;
  • ·         Conferencistas;
  • ·         Orientação de alunos e alunas para as mais diversas atividades;
  • ·         Assessoria aos programas/núcleos;
  • ·         Consultoria.

 

 

7.3  PROJETOS DE EXTENSÃO DESENVOLVIDOS PELO CURSO

 

  • ·         Projetos  de extensão desenvolvidos em 2013

 

O projeto de Gestão de Finanças Pessoais: uma contribuição para a educação financeira na cidade de Mossoró-RN foi renovado para o período de 20/05/2013 a 18/09/2013 tendo como coordenador o docente Antonio Marcos Soares Brasil. Com carga horária total da ação de 40 horas. O público estimado foi de 120 pessoas. A equipe de execução foi  composta por 4 docentes e 3 discentes.

O projeto Qualificação em Contabilidade Básica para Gestores e não Contadores no Município de Mossoró também foi renovado no período 27/05/2013 a 25/10/2013. A coordenação foi dirigida pelo professor Saulo Medeiros Diniz. Com carga horária de 40 horas e público inicialmente estimado  de 80 pessoas. A equipe de execução contou com 3 docentes e  1 membro externo.

Foi criado e desenvolvido em 01/09/2013 a 30/12/2013 o projeto de extensão: Semana da Contabilidade do Oeste Potiguar. Teve na coordenação o docente Antonio Marcos Soares Brasil. Com carga horária total de 40 horas. O público estimado foi 430 pessoas. Teve como objetivo a realização de palestras, minicursos e apresentação de trabalhos na área contábil. A equipe de execução foi composta por 5 docentes e 1 membro externo.

 

  • ·         Projetos  de extensão desenvolvidos em 2014

 

Em 02/04/2014 a 22/08/2014 foi renovado o projeto Qualificação em Contabilidade Básica para Gestores e não Contadores no Município de Mossoró. A coordenação foi realizada pelo docente  Saulo Medeiros Diniz. A carga horária total foi de 40 horas com público estimado de 95 pessoas. A equipe de execução se deu por meio de 3 professores e 1 membro externo a UERN.

O projeto de Gestão de Finanças Pessoais: uma contribuição para a educação financeira na cidade de Mossoró-RN foi renovado para o período de 02/04/2014 a 10/12/2014 tendo como coordenador o docente Antonio Cláudio Noberto  Paiva. Com carga horária total da ação de 40 horas. O público estimado foi de 120 pessoas. A equipe de execução foi  composta por 6 docentes  3 discentes e 1 membro externo a UERN.

 

  • ·         Projetos  de extensão desenvolvidos em 2015

 

O projeto Qualificação em Contabilidade Básica para Gestores e não Contadores no Município de Mossoró foi renovado de 23/03/2015 a 11/12/2015. A coordenação foi realizada pelo docente  Saulo Medeiros Diniz. A carga horária total foi de 40 horas com público estimado de 110 pessoas. A equipe de execução se deu por meio de 3 docentes e 1 membro externo a UERN.

Ainda no período de 15/04/2015 a 11/12/2015 houve a renovação do projeto de extensão Gestão de Finanças Pessoais: uma contribuição para a educação financeira na cidade de Mossoró-RN O coordenador foi o docente Sérgio Luiz Pedrosa Silva. Com carga horária total da ação de 40 horas. O público estimado foi de 120 pessoas. A equipe de execução foi composta por 7 docentes  3 discentes e 1 membro externo a UERN.

 

  • ·         Projetos  de extensão desenvolvidos em 2016

 

O projeto Qualificação em Contabilidade Básica para Gestores e não Contadores no Município de Mossoró foi renovado de 01/08/2016 a 31/07/2017. A coordenação foi realizada pelo docente  Saulo Medeiros Diniz. A carga horária total foi de 40 horas com público estimado de 165 pessoas. A equipe de execução se deu por meio de 2 docentes, 1 discente e 1 técnico-administrativo da UERN.

Foram desenvolvidos novos projetos em 2016 no departamento de Ciências Contábeis. Como o projeto de extensão: Orientar a Comunidade em IRPF, Micro Empreendedor Individual (MEI) e Empregada Doméstica (E-Social). A previsão do projeto foi de 01/04/2016 a 01/04/2017.  O coordenador  é o docente José Sueldo Câmara Ferreira. A carga horária total foi de 496 horas com público estimado de 250 pessoas. De forma geral o projeto teve como objetivo ofertar aos contribuintes, empresários e empreendedores serviços inerentes a atividade contábil fiscal. A equipe de execução se deu por meio de 3 docentes e 1 discente.

Outro projeto desenvolvido no período de 20/01/2016 a 20/12/2016 foi Ensino e Pesquisa em Contabilidade de Custos: abordagens práticas e teóricas. Tendo como coordenador o docente Sérgio Luiz Pedrosa Silva.  A carga horária total da ação foi de 192 horas com público estimado de 83 pessoas. De forma geral o projeto teve como objetivo evidenciar o ensino e a pesquisa em contabilidade de custos. A equipe de execução se deu por meio de 2 docentes, 6 discente, 1 técnico-administrativo e  2 membros externos a UERN.

No período de 01/04/2016 a 01/04/2017 foi fundado o projeto I Encontro de Iniciação Científica em Contabilidade. Tendo como coordenador o docente Sérgio Luiz Pedrosa Silva. De forma geral o projeto teve como objetivo aproximar os discentes do curso de Ciências Contábeis acerca das técnicas de metodologias científicas necessárias para elaboração de trabalhos científicos.   A carga horária total da ação foi de 192 horas com público estimado de 135 pessoas. A equipe de execução se deu por meio de 3 docentes, 15 discente, 1 técnico-administrativo e 1 membro externo a UERN.

O projeto de extensão Finanças em Foco na UERN TV com previsão para o período de 01/08/2016 a 01/08/2017 foi coordenado pela docente Adriana Martins de Oliveira. A carga horária total da ação foi de 40 horas com público estimado de 5.000 pessoas. O projeto é exibido no canal 21 da TV Cabo Mossoró, UERN TV, que tem como objetivo geral apresentar assuntos referentes à gestão de negócios, no sentido de difundir conhecimentos na área da gestão mostrando informações específicas como também informações sobre finanças pessoais. A equipe de execução se deu por meio de 5 docentes e 3 discente.

 

Quadro 11 – Levantamento dos Projetos de Extensão

ANO

QUANTIDADE DE PROJETOS

2012

02

2013

03

2014

02

2015

02

2016

05

Fonte: DCC/UERN, 2017

 

É possível observar que nos últimos cinco anos o departamento de ciências contábeis da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte –UERN tem aumentado o número de projetos de extensão, neste sentido de 2012 a 2015 manteve-se entre 2 e 3 projetos apenas sendo renovados ou trocando de coordenador. No ano de 2016 houve um desenvolvimento maior das práticas extensionistas despertadas pelo departamento, pois os docentes levam em conta que os projetos de extensão são ações de uma universidade que envolve docentes e discentes junto à comunidade a seu redor, disponibilizando, ao público externo à universidade, o conhecimento adquirido por meio do ensino.  Essas  ações produzem  novos  conhecimentos e desenvolvem o curso envolvendo cada mais os discentes nas práticas de pesquisa.

 

 

7.4 Política de pesquisa e pós-graduação

 

 

A política de pesquisa e pós-graduação do Curso de Ciências Contábeis da UERN objetiva incentivar a produção de conhecimentos científicos que atendam à demanda do mercado profissional, bem como estimular a criação e o desenvolvimento do espírito científico e do pensamento reflexivo do estudante-pesquisador.

As ações de pesquisa desenvolvidas pelo Departamento de Ciências Contábeis da UERN são coordenadas por professores do corpo efetivo, juntamente com alunos e alunas dos cursos de graduação e pós-graduação.

Considerando o caráter de interdisciplinaridade, as pesquisas científicas tratam de temas relacionados às diversas áreas abrangidas pela Contabilidade. Nessa ótica, a linha de pesquisa do grupo “ Pesquisas Contemporâneas em Contabilidade” e Contabilidade Gerencial e Controladoria, com o objetivo de evidenciar através das ferramentas da contabilidade gerencial, como demonstrar o real valor do desempenho atual das empresas. Fazem parte do grupo de pesquisa os seguintes docentes: José Sueldo Câmara Ferreira (Líder) Adriana Martins de Oliveira, Auris Martins de Oliveira, Sérgio Luiz Pedrosa Silva e Wênyka Preston Leite Batista Costa.

É desenvolvido atualmente no Departamento de Ciências Contábeis o seguinte Projeto de Pesquisa “Grupo de Pesquisas em Gestão, Finanças e Contabilidade
Formado em 2014, pertence a área de Ciências Sociais Aplicadas, atualmente se encontra Em formação, e ainda não foi avaliado

 

Dentro do Programa de Pós-Graduação (Stricto e Lato Senso), o Departamento de Ciências Contábeis tem aprovado pelo CONSEPE o Programa de Pós Graduação em Ciências Contábeis que possibilita a oferta dos cursos de especialização em Contabilidade Gerencial, Contabilidade e Gestão Pública, IFRS/NBC e Auditoria Contábil, esse último ofertado em 2012 representando um diferencial na capacitação profissional para o mercado de trabalho. Os objetivos da Auditoria Contábil são nobres e fundamentais para a continuidade dos empreendimentos, principalmente pela emissão de parecer sobre a situação econômica e financeira do patrimônio das entidades, diagnosticando sua saúde econômica e financeira e/ou risco de falência. Ou seja, são finalidades sociais imensuráveis ou inestimáveis.

A especialização em IFRS/NBC encontra-se em andamento, com o intuito de capacitar o profissional contábil para os desafios oriundos da convergência das normas brasileiras às normas internacionais de contabilidade.

 

A competição exacerbada proporciona novas exigências no mundo dos negócios, impõe a capacitação profissional como pré-requisito. Para a tomada de decisões rápidas em tempo oportuno, indispensável no meio empresarial, desde o pequeno ao grande empreendimento em que os participantes encontram fortes subsídios nessa Pós-Graduação, que vincula seus conteúdos a uma atual e oportuna realidade, tornando-a, como parte integrante de um processo indispensável à economia da cidade de Mossoró e Região Oeste.

A Revista conhecimento contábil – UERN/UFERSA – possui o ISSN número 2447-2921, é um periódico de publicação semestral, gratuita, exclusivamente por via eletrônica, cuja editoração envolve, de forma pioneira no Brasil, 3 Cursos de Ciências Contábeis de duas universidades Públicas, UERN e UFERSA. Os órgãos proponentes são o Departamento de Ciências Contábeis (UERN Campus Central), Departamento de Ciências Contábeis (UERN Campus Patu) e Departamento de Agrotecnologia e Ciências Sociais (UFERSA Campus Central), bem como de seus respectivos grupos de pesquisas institucionalizados e cadastrados no CNPq. Possui como conselho cientifico os seguintes membros;

 

Quadro 12 - Conselho Científico da Revista Conhecimento Contábil

PROFESSORES

TITULAÇÃO

INSTITUIÇÃO

Adriana Martins de Oliveira

Doutora

UERN.

Alan Martins de Oliveira

Doutor

UFERSA.

Alexsandro Gonçalves da Silva Prado

Mestre

UFERSA.

Álvaro Fabiano Pereira de Macêdo

Mestre

UFERSA.

Anderson Pires e Silva

Mestre

UFPA.

Aneide Oliveira Araújo

Doutora

UFRN.

Antônio Cláudio Noberto Paiva

Mestre

UERN.

Antonio Erivando Xavier Júnior

Doutor

UFERSA.

Augusto Cezar da Cunha e Silva Filho

Mestre

UFERSA.

Auris Martins de Oliveira

Mestre

UERN.

Cícero Luiz Câmara Júnior

Mestre

UNP.

Dimas Barreto de Queiroz

Mestre

UFERSA.

Erivan Ferreira Borges

Doutor

UFRN.

Fátima Regina Ney Matos

Doutora

UNIFOR.

Francisco Igo Leite Soares

Mestre

UERN.

Francisco Tavares Filho

Mestre

UERN.

Gilmar Ribeiro de Mello

Doutor

UNIOESTE.

Gilmara Mendes da Costa Borges

Mestra

UFRN.

João Marcelo Alves Macêdo

Mestre

UFPB.

João Matheus França Bezerra

Mestre

UERN.

Jorge Eduardo de Medeiros Lopes

Mestre

UERN.

José Sueldo Câmara Ferreira

Doutor

UERN.

Kléber Formiga Miranda

Mestre

UERN.

Lucas Lúcio Godeiro

Mestre

UFERSA.

Luciana Batista Sales

Mestra

UFERSA.

Maria Jeanne Gonzaga de Paiva

Mestra

UFC.

Marliete Lopes dos Santos

Mestra

UERN.

Miguel Carioca Neto

Mestre

UFERSA.

Moisés Ozório de Souza Neto

Mestre

UFERSA.

Renato Henrique Gurgel Mota

Mestre

UFERSA.

Ridalvo Medeiros Alves de Oliveira

Doutor

UFRN.

Roberto Sérgio do Nascimento

Doutor

UFC.

Rodrigo José Guerra Leone

Doutor

UNP.

Rosângela Queiroz Souza Valdevino

Mestra

UERN.

Saulo Medeiros Diniz

Mestre

UERN.

Sérgio Luiz Pedrosa Silva

Mestre

UERN.

Thaiseany de Freitas Rêgo

Doutora

UFERSA.

Fonte: DCC/UERN (2017)

 

São 37 docentes de 09 instituições de ensino superior, contendo instituições federais, estaduais e privadas, sendo 12 doutores e 25 mestres. Com vasta experiência em avaliações de artigos.

 

7.5 POLÍTICA DE GESTÃO

 

7.5.1 princípios norteadores

 

  • ·         Formação de profissionais com capacitação superior específica na área de Ciências Contábeis, com conhecimento e visão abrangente nas diversas áreas de conhecimento científico, técnico, financeiro, econômico, social (gestão, finanças, controller, perícia, arbitragens e auditoria) no âmbito nacional e internacional.
  • ·         Desenvolver o espírito empreendedor, a visão crítica, contribuindo para uma melhor atuação profissional dentro do mercado competitivo e globalizado.
  • ·         Compromisso com o desenvolvimento de uma sociedade justa, participativa e democrática. Formação teórico-metodológica sólida, que capacite o egresso a construir alternativas de intervenções seguras, eficientes, eficazes e éticas.

 

  • ·         Interdisciplinaridade e transversalidade como horizonte de construção da visão de totalidade referente aos fenômenos estudados.
  • ·         Proposta curricular flexível, utilizando metodologias participativas, proporcionando ao alunado uma formação técnico-científica mais autônoma.
  • ·         Estímulo à prática de pesquisa como eixo articulador da relação teoria-prática e da produção de conhecimento.
  • ·         Compromisso com a qualificação do corpo docente numa perspectiva de formação continuada e visão interdisciplinar.

 

7.5.2 Política de Avaliação

 

 

A avaliação educacional (da aprendizagem e/ou curricular), tradicionalmente tem sido viabilizada pelo princípio da objetividade, adotando uma metodologia estatística em que o processo se dá através de uma concepção tecnicista. No entanto, o atual contexto educacional solicita novas formas de atuação, que diferem das concepções educativas tradicionais.

Nesse reordenamento das práticas educacionais, a avaliação se coloca como um elemento-chave para a otimização da qualidade do processo ensino-aprendizagem e, por sua vez, da operacionalidade do currículo.

Dentro desse contexto, a avaliação da aprendizagem e a avaliação curricular estão intrinsecamente relacionadas, ambas expressam uma postura política, conforme os valores e princípios adotados no contexto educacional, perpassando por todas as atividades realizadas, inclusive na compreensão e operacionalização da avaliação institucional.

 

 

7.5.3.2   Princípios Norteadores da Política de Avaliação

  • Princípio da totalidade: Concepção indispensável à compreensão da complexidade do contexto educacional em suas contradições, conflitos e movimento. Todas as situações de aprendizagem e de operacionalização curricular, inclusive àquelas situações e/ou componentes curriculares que tradicionalmente não eram consideradas, devem ser compreendidas como partes integrantes da dinâmica educacional que proporciona ao(a) aluno(a) um desenvolvimento educacional;

 

  • ·         Princípio da avaliação qualitativa: Forma de compreender o significado de produtos complexos a curto e longo prazo (SAUL, 1988)3, tendo em vista a melhoria da qualidade do desenvolvimento curricular e do processo ensino-aprendizagem. Neste entendimento, a avaliação qualitativa utiliza-se de dados quantitativos sem, no entanto, sujeitar-se aos seus limites.

 

  • Princípio da Processualidade: Postura que deve permear as diferentes modalidades de avaliação adotadas no ato de educar. A ênfase situa-se no processo de desenvolvimento educacional que se sobrepõe à ênfase no produto.

 

 

7.5.4   Operacionalização

 

7.5.3.1 Avaliação da aprendizagem curricular

 

A avaliação da aprendizagem constitui-se em um elemento integrante da avaliação curricular, em que o aproveitamento otimizado do processo ensino-aprendizagem é reflexo da efetiva operacionalização curricular. Neste entendimento, a avaliação proposta pelo Curso de Ciências Contábeis visa a incorporar novos elementos que convencionalmente não eram considerados devido às normas institucionais previamente estabelecidas. Porém, diante das novas demandas colocadas à Educação, estes elementos necessitam ser postos em evidência para que o processo de ensino-aprendizagem e a operacionalização do currículo possam alcançar os objetivos propostos para a formação profissional. Para tanto, faz-se necessário adotar alguns pressupostos:

 

 

  • ·         A aprendizagem é um processo cumulativo e, acima de tudo, produtivo, em que o (a) aluno(a) pode desenvolver seu potencial através da construção do conhecimento pela criatividade, em oposição à memorização;
  • ·         O uso de metodologia que seja sensível às diferenças, aos acontecimentos imprevistos, à mudança e ao progresso, às manifestações observáveis e aos significados latentes (SAUL, 1988:46-47)[2];
  • ·         O uso de técnicas quantitativas, no entanto, sem limitar-se a elas em função da validação de atitudes que verificam o desempenho do aluno com relação aos objetivos (SOUSA,1997:68)[3] , bem como da execução de atividades não convencionais como: participação em pesquisas, elaboração e apresentação de trabalhos científicos em eventos, participação em atividades de extensão etc.;
  • ·         A implementação de diferentes tipos de avaliação, inclusive a auto-avaliação como componente que instiga à mudança de atitudes ao longo da formação;

 

 

O uso de avaliação baseada em critérios (e não em normas[4]), como forma de equilibrar as desigualdades dos alunos e alunas no processo ensino-aprendizagem. Assim, o reaprender, em oposição à recuperação de notas, é um aspecto de grande relevância no processo de formação profissional e pessoal.

 

  • ·         Sejam adotadas metodologias que possam dar conta da totalidade da dinâmica educacional na instituição;
  • ·         Ocorra o acompanhamento contínuo dos(as) professores(as) e alunos e alunas e do pessoal técnico-administrativo, no sentido de que possam contribuir para a consolidação dos objetivos institucionais;
  • ·         Seja propiciado espaço para a avaliação por comissões externas à instituição[5],
  • ·         fornecendo-lhe todas as condições (documentos, espaço físico etc.) necessárias;
  • ·         A avaliação do ponto de vista da instituição sirva como instrumento de gestão; oportunidade de in-terlocução e assessoria qualificada, capacitação de multiplicadores internos nas áreas administrativa e acadêmica.

 

 

Há em andamento um grupo de trabalho da Comissão Setorial de Avaliação – COSE, constituído por José Sueldo Câmara Ferreira (Coordenador); Jorge Fernandes Jales Neto (Docente); Arlene Duarte da Silva (Téc. Administrativo); Sabrina Oliveira (Discente). Que estão construindo o RELATÓRIO DE AVALIAÇÃO INTERNA DO CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS CAMPUS CENTRAL.

Este relatório apresenta um diagnóstico parcial das condições de ensino do curso de graduação em Ciências Contábeis, ofertado no Campus Central da UERN, Mossoró-RN. Trata-se de um conjunto de dados e informações que retratam aspectos importantes do curso, com relação à infraestrutura (instalações físicas e acadêmicas) e também aos recursos humanos (corpo docente, pessoal técnico administrativo e de apoio).

            O diagnóstico evidencia-se como fundamental no processo de avaliação interna, visto que possibilita, a partir do levantamento de dados, por meio de documentos, de análise de questionários aplicados a estudantes e a professores do referido curso, e de verificação in loco, um conhecimento preliminar dos pontos positivos e das fragilidades do seu contexto interno e externo, o que se configura como ferramenta essencial às atividades de planejamento do curso, do Campus onde está inserido, e da UERN como um todo.

É importante ressaltar que os resultados do diagnóstico precisam ser incorporados às atividades de planejamento, de modo a subsidiar o estabelecimento de prioridades e estratégias direcionadas à superação dos problemas detectados e, por igual, à construção de um ambiente acadêmico que venha a propiciar um ensino de graduação com qualidade. 

 

8 BIBLIOTECA

 

 

8.1 ACERVO BIBLIOGRÁFICO PARA O CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS

 

Atualmente, o Curso de Ciências Contábeis da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte localizado no campus central conta com um acervo bibliográfico que atende parcialmente as necessidades da atual Matriz Curricular. Porém, com a implementação deste projeto pedagógico, o acervo atual não atenderá as necessidades mínimas do curso, sendo necessário atualizar a biblioteca do curso de acordo com a bibliografia sugerida para cada disciplina da nova Matriz, neste projeto pedagógico.

A relação contendo o acervo bibliográfico atual do Curso de Ciências Contábeis (Campus Central), está disposta no Anexo deste projeto.

 

8.2 POLÍTICA ADOTADA PELA INSTITUIÇÃO PARA ATUALIZAÇÃO DO ACERVO

 

 

As aquisições ocorrem periodicamente, de acordo com os parâmetros estabelecidos pela Administração Superior, priorizando as solicitações de livros e periódicos encaminhados pelos Departamentos Acadêmicos das Faculdades e Bibliotecas Setoriais.

 

8.2 PERFIL DA EQUIPE TÉCNICO-ADMINISTRATIVA DA BIBLIOTECA PADRE SÁTIRO CAVALCANTI DANTAS – CAMPUS CENTRAL

 

  • ·         17 Técnicos de Nível Superior – 09 Especialistas.
  • ·         15 Técnicos de Nível Médio
  • ·         04 ASG
  • ·         04 Bibliotecários no Sistema Integrado de Bibliotecas da UERN

 

Coordenação Administrativa

 

  • ·         Erison Natecio da Costa Torres - Coordenação Geral do Sistema Integrado de Bibliotecas
  • ·         Francineide do Nascimento Nogueira – Coordenadora do Setor de Circulação
  • ·         Lidiane Morais Fernandes- Coordenação de Aquisição e Seleção de Materiais Bibliográficos
  • ·         Jane Mary Nogueira de Lima – Coordenadora do Setor de Restauração
  • ·         Alexandre Homero Bastos Ferreira - Coordenação do Setor de Assistências às Bibliotecas Setoriais e de Núcleos

 

8.3  CONDIÇÕES DE ACESSO AO MATERIAL BIBLIOGRÁFICO

 

 

Os usuários têm livre acesso ao acervo disponibilizado fisicamente em estantes e nos terminais de consulta, através da pesquisa on-line. O empréstimo é informatizado, obedecendo às normas estabelecidas no Regulamento da Biblioteca.

 

9 ESPAÇO FÍSICO DO CURSO

 

O Curso de Ciências Contábeis funciona em dois dos blocos do conjunto de prédios destinados à FACEM, sendo cinco salas de aula em um bloco e um laboratório de informática em outro bloco, todas recentemente pintadas, contendo ar condicionado e projetor multimídia. Com relação às condições de funcionamento constatou-se que o fornecimento de energia e água é regular. O Campus/Faculdade dispõe de uma estrutura para a reprodução de material didático, o serviço de reprografia fica à disposição.

 

Salas de aula

  • ·         Dimensão – Adequada, comportando até 50 discentes em condições favoráveis ao desempenho das atividades em cadeiras individualizadas em perfeito estado.
  • ·         Acústica – Satisfatória
  • ·         Iluminação – Adequada
  • ·         Ventilação – Todas salas encontram-se com centrais de ar que permitem uma boa refrigeração das mesmas.
  • ·         Mobiliário – É adequado, com carteiras em bom estado de conservação e suficientes para atender a demanda e projetor multimídia em funcionamento em todas salas.
  • ·         Limpeza – As salas encontram-se sempre limpas e em perfeito estado para o uso nos dois turnos de funcionamento.

 

Instalações administrativas – secretaria – FACEM

 

  • ·         Dimensão – Comporta as atividades da secretaria.
  • ·         Acústica – Adequada
  • ·         Iluminação – Adequada
  • ·         Ventilação – Somente a sala da diretoria – localizada dentro da secretaria - conta com ar condicionado.
  • ·         Mobiliário e aparelhagem específica – São suficientes para o funcionamento da secretaria. O quantitativo de impressoras, computadores e birôs, atendem satisfatoriamente as atividades.
  • ·         Limpeza – Acontece regularmente e assiduamente

 

Instalações administrativas – direção, departamentos, salas para docentes e reuniões.

 

  • ·         Dimensão - Comporta as atividades da secretaria.
  • ·         Acústica – Adequada
  • ·         Iluminação – Adequada
  • ·         Ventilação – O departamento encontra-se climatizado por meio de um aparelho de ar condicionado Split, permitindo o desenvolvimento adequado das atividades pertinentes ao departamento.
  • ·         Mobiliário e aparelhagem específica - São suficientes para o funcionamento da secretaria. O quantitativo de impressoras, computadores e birôs, atendem satisfatoriamente as nossas atividades.
  • ·         Limpeza - Acontece regularmente e assiduamente

 

Instalações para docentes

 

  • ·         Dimensão - Adequadas. Cada sala comporta até 10 professores não compromete o desenvolvimento das atividades tendo em vista que a utilização das dependências pelos docentes ocorre em horários alternados.
  • ·         Acústica – Não comprometida
  • ·         Iluminação – Adequada
  • ·         Ventilação – Adequada, pois apresenta sistema de refrigeração que corresponde ao tamanho da sala, com central ar condicionado.
  • ·         Mobiliário e aparelhagem específica – Apresenta bancadas e armários, com um computador com acesso a Internet, a sala dispõe de um roteador. A sala também dispõe de um eletrodoméstico Gelágua.
  • ·         Limpeza - Adequada

 

Auditório

A FACEM (Ciências Contábeis, Economia, Administração, Gestão Ambiental e Turismo) não dispõe de auditório, quando necessário utilizam auditórios de outras faculdades.

 

     Instalações sanitárias

  • ·         Dimensão – Adequada
  • ·         Acústica – Adequada
  • ·         Iluminação – Adequada
  • ·         Ventilação – Adequada
  • ·         Mobiliário e aparelhagem específica – Apresenta espelho e porta sabão
  • ·         Limpeza – Feita assiduamente e adequadamente

 

Condições de acesso para pessoas com deficiência

 

            Dispõe de rampas de acessibilidade aos departamentos, secretarias e blocos de aula.

A universidade disponibiliza ainda uma sala de estudos coletivos contendo:

  • ·         Acústica – Adequada
  • ·         Iluminação – Adequada
  • ·         Ventilação – Adequada, pois apresenta sistema de refrigeração que corresponde ao tamanho da sala, com central ar condicionado.
  • ·         Mobiliário e aparelhagem específica – Apresenta mesas em bom estado de conservação e cadeiras acolchoadas em bom estado de conservação. Capacidade de 20 alunos bem acomodados.
  • ·         Limpeza – Adequada

 

Acesso a equipamentos de informática pelos estudantes:

 

            O Curso de Ciências Contábeis possui um em sua estrutura um laboratório climatizado, equipado com 20 (vinte) computadores, todos instalados em móveis apropriados, com o sistema operacional Linux, além de outros softwares específicos para a prática contábil; todos os computadores  estão devidamente interligados à rede da UERN, com todos os softwares licenciados ou de código aberto disponíveis para utilização imediata, onde possibilitam a prática de diversas atividades ligadas ao curso de Ciências Contábeis; além dos computadores, o laboratório possui cadeiras do tipo secretária em número suficiente para atender uma turma de trinta alunos, além de   01 (uma) bancada para o professor.

            Ainda quanto ao acesso à  ainda que a biblioteca central disponibiliza a todos alunos uma sala denominada de NETTECA, que por sua vez consiste em uma sala equipada com onde os alunos podem acessar a internet, simultaneamente, em  8 (oito) computadores novos, devidamente equipados com o sistema operacional Linux, além de outros softwares específicos, possibilitando a realização de atividades ligadas ao desenvolvimento do curso.  Além dos computadores com acesso à internet, os discentes contam com ambientes para estudo individuais contendo espaço para atender 10 alunos simultaneamente, além de 3 mesas contendo 5 cadeiras cada, ampliando o atendimento a mais 15 alunos.

 

Biblioteca

           

O curso de Ciências Contábeis não dispõe de biblioteca setorial própria. Alunos e professores utilizam-se da biblioteca central, que tem disponível o acervo bibliográfico exemplares na área de ciências contábeis e áreas correlatas (a descrição deste acervo está exposto em item específico neste Projeto Político Pedagógico do Curso adiante). Tendo em vista a abrangência do curso, informamos que o mesmo utiliza-se do acervo de várias outros cursos, como Administração, Economia, Direito, Gestão Ambiental, Matemática, Inglês etc.

            A biblioteca disponibiliza ainda da sala NETTECA conforme já descrito no item anterior, banheiros em bom estado de funcionamento, e um amplo espaço para estudo contendo ar condicionado, cadeiras algumas acolchoadas outras não, iluminação adequada, capaz de atender  50 alunos.

 

10 PLANEJAMENTO ECONÔMICO FINANCEIRO DO CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS

 

 

O planejamento das atividades do Curso de Ciências Contábeis, tanto do ponto de vista didático-pedagógico quanto administrativo, obedece ao planejamento estratégico da instituição, definido anualmente em fórum próprio com os órgãos gestores e executores da política acadêmico-administrativa. Nestes fóruns são definidas prioridades institucionais e o plano econômico-financeiro da FUERN.

Levando em consideração as especificidades do curso de Ciências Contábeis, no tocante à sua necessidade de um laboratório de informática dentro dos padrões tecnológicos atuais, o curso, juntamente com os outros órgãos institucionais competentes, está buscando ampliar o laboratório do curso, dentro das possibilidades e prioridades da instituição.

Considerando à dinâmica do contexto econômico e das práticas contábeis, é necessária ainda uma constante atualização dos títulos existentes na biblioteca, bem como a criação de uma fundação ou empresa júnior, que possibilite a prestação de serviços de assessoria contábil gerencial às micro e pequenas empresas, com custos mais baixos para estes. Possibilitando aos alunos e alunas do curso a integração da teoria à prática, bem como a redução de despesas administrativas para micro e pequenos empresários.

 

11 REGULAMENTO DA ORGANIZAÇÃO E DO FUNCIONAMENTO DO CURSO DE

BACHARELADO EM CIÊNCIAS CONTÁBEIS

 

TÍTULO I

DA ORGANIZAÇÃO

 

Art. 1o - O Curso de Graduação em Ciências Contábeis, na modalidade de Bacharelado, ministrado pela Faculdade de Ciências Econômicas – FACEM, criado pela Resolução n.º 11/76 do Conselho Universitário, em sessão do dia 06 de setembro de 1.976 e Reconhecido através da Portaria n.º 412, de 06 de julho de 1.987, deve se dedicar à formação de recursos humanos para o desenvolvimento científico e tecnológico das Ciências Contábeis, de que resultará o diploma de Bacharel em Ciências Contábeis, conforme resolução nº 10, de 16 de dezembro de 2004 do CNE.

Art. 2o - O Currículo pleno do Curso de Graduação em Ciências Contábeis, modalidade de bacharelado, dispõe de uma carga horária de 3.420 (três mil, quatrocentas e vinte) horas de atividades acadêmicas, distribuídas entre disciplinas e atividades complementares, Estágio Supervisionado e Trabalho de Conclusão de Curso, com integralização mínima de 5 (cinco) anos letivos e máxima de 8 (oito), equivalentes a 10 (dez) e 16 (dezesseis) semestres letivos respectivamente. Os componentes curriculares do Curso serão ofertados nos turnos: matutino e noturno.

 

Parágrafo Único – Das 3.420 (três mil, quatrocentas e vinte) horas que compõem o currículo pleno, 60 (sessenta) horas são destinadas às atividades de Trabalho de Conclusão de Curso (monografia ou artigo científico), Estágio Supervisionado 360hs, Atividades Complementares 180hs e Disciplinas Obrigatórias 2.580hs.

 

Art. 3o - O Currículo pleno do Curso de Graduação em Ciências Contábeis procura harmonizar uma formação voltada para a atualidade, onde direcionamos para alguns temas como: o Mercosul, a globalização, o meio ambiente e o passivo ambiental, as mudanças tecnológicas, os sistemas de informação, o controle de qualidade total e a busca constante por novos padrões.

 

Art. 4º - A introdução de algumas peculiaridades intelectuais é necessária para um curso voltado para o presente momento, tais como: comunicação interpessoal, ética profissional, capacidade de adaptação, vida acadêmica ativa, motivação para atualização contínua e competência.

 

A proposta está delineada e projetada com o fim de formar profissionais com as seguintes competências e habilidades:

141

I Conteúdos de Formação Básica

 

 

Introdução à Administração, Introdução à Economia, Instituições do Direito Público e Privado, Direito do Trabalho I, Direito Empresarial I, Direito Previdenciário, Cálculo da Função de 01 Variável, Matemática Básica, Matemática Comercial e Financeira, Estatística I, Língua Portuguesa Instrumental I, Língua Inglesa Instrumental I, Psicologia Social,

 

II Conteúdos de Formação Profissional

 

 

Contabilidade Básica I, Contabilidade Básica II, Legislação e Ética em Contabilidade, Contabilidade Intermediária I, Teoria da Contabilidade I, Contabilidade e Legislação Tributária, Contabilidade Intermediária II, Contabilometria, Contabilidade de Custos I, Contabilidade e Finanças, Contabilidade e Planejamento Tributário, Estrutura das Demonstrações Contábeis, Análise e Interpretação das Demonstrações Contábeis, Contabilidade de Custos II, Contabilidade do Agronegócio, Orçamento das Instituições Públicas, Auditoria I, Contabilidade Avançada, Contabilidade das Instituições Públicas, Contabilidade e Orçamento Empresarial, Gestão Estratégica de Custos, Auditoria II, Contabilidade das Instituições Financeiras, Contabilidade Gerencial, Contabilidade Socioambiental, Controladoria, Perícia Contábil e Contabilidade Atuarial.

 

III.        Conteúdos de Formação Teórico-prática

 

 

Metodologia do Trabalho Científico, Informática Aplicada à Contabilidade, Estágio Supervisionado I, Técnicas de Pesquisa em Contabilidade, Estágio Supervisionado II, Atividades Complementares e Trabalho de Conclusão de Curso.

 

Art. 5o - Fazem parte do currículo pleno do Curso de Graduação em Ciências Contábeis as disciplinas obrigatórias, disciplinas optativas, atividades complementares e o trabalho de conclusão de curso (Monografia ou Artigo Científico), assim distribuídas e descriminadas:

 

 

I - as disciplinas obrigatórias perfazem um total de 3.060 (três mil e sessenta) horas, correspondentes a 204 (duzentos e quatro) créditos;

II – as disciplinas optativas perfazem o total de 180 (cento e oitenta) horas, correspondentes a 12 (doze) créditos, que o aluno poderá escolher entre as disciplinas constantes na lista evidenciada no item 4.5.1 (Relação das disciplinas optativas), visando ampliar os conhecimentos do aluno em áreas de formação tecnológica, humanística, complementar e suplementar, com observância da orientação do curso de graduação;

 

1º PERIODO

Código

Nomenclatura

CR/CH

Pré-requisito

Código

0103041-1

Contabilidade Básica I

4-60

-

-

0102031-1

Introdução à Administração

4-60

-

-

0401054-1

Língua Portuguesa Instrumental I

4-60

-

-

0801039-1

Matemática Básica

4-60

-

-

0103014-1

Metodologia do Trabalho Científico

4-60

-

-

0103041-1

Contabilidade Básica I

4-60

-

-

TOTAIS DE CRÉDITO/CARGA HORARIA

20-300

 

 

Carga Horária semanal: 20hs

2º PERIODO

Código

Nomenclatura

CR/CH

Pré-requisito

Código

0801013-1

Cálculo da Função de uma Variável

4-60

Matemática

0801039-1

0103042-1

Contabilidade Básica II

4-60

Contabilidade

0103041-1

0103026-1

Legislação e Ética em contabilidade

4-60

-

-

0402026-1

Língua Inglesa Instrumental I

4-60

-

-

0301037-1

Psicologia Social

4-60

-

-

TOTAIS DE CRÉDITO/CARGA HORARIA

20-300

 

 

Carga Horária semanal: 20hs

3º PERIODO

Código

Nomenclatura

CR/CH

Pré-requisito

Código

0801013-1

Contabilidade Intermediária I

4-60

Contabilidade

Básica II

0103042-1

0103042-1

Estatística I

4-60

Matemática

Básica

0801039-1

0103026-1

Instituição do Direito Público e privado

4-60

-

-

0402026-1

Matemática Comercial e Financeira

4-60

Matemática Básica

0801039-1

0301037-1

Teoria da Contabilidade I

4-60

Contabilidade

Básica II

0103042-1

TOTAIS DE CRÉDITO/CARGA HORARIA

20-300

 

 

Carga Horária semanal: 20hs

4º PERIODO

Código

Nomenclatura

CR/CH

Pré-Requisito

Código

 

 

0103045-1

Contabilidade e Legislação Tributária

4-60

Contabilidade Básica II Instituições do Direito Público e Privado

0103042-1 0901065-1

0103046-1

Contabilidade Intermediaria II

4-60

Contabilidade Intermediaria I

0103044-1

0103047-1

Contabilometria

4-60

Estatística I e Cálculo da função variável

0801024-1 e

0801013-1

 

0901027-1

Direito do Trabalho I

4-60

IDPP

0901065-1

 

0101002-1

 

Introdução a Economia

4-60

-

-

Totais de Crédito/Carga Horária

20-300

 

 

Carga Horária semanal: 20hs

5º PERIODO

Código

Nomenclatura

CR/CH

Pré-Requisito

Código

0103011-1

Contabilidade de Custos I

4-60

Contabilidade Básica II

0103042-1

0103048-1

Contabilidade e Finanças

4-60

Contabilidade Básica II

0103042-1

0103049-1

Contabilidade e Planejamento Tributário

4-60

Contabilidade Legislação Tributária

0103045-1

0901075-1

Direito Empresarial I

4-60

Instituições do Direito Público e Privado

0901065-1

 

0103050-1

Estrutura das Demonstrações Contábeis

4-60

Contabilidade Intermediária II

0103046-1

Totais de Crédito/Carga Horária

20-300

 

Carga Horária semanal: 20hs

 

6º PERIODO

Código

Nomenclatura

CR/CH

Pré-Requisito

Código

0103051-1

Análise e Interpretação   das demonstrações contábeis

4-60

Estrutura das Demonstrações Contábeis

0103050-1

0103012-1

Contabilidade de Custos II

4-60

Contabilidade de Custos I

0103011-1

0103052-1

Contabilidade do Agronegócio

4-60

Contabilidade de Custos I

0103011-1

0901052-1

Direito Previdenciário

4-60

Instituições do Direito Público e Privado

0901065-1

 

0103028-1

Orçamento das Instituições Públicas

4-60

Contabilidade Legislação Tributária

0103045-1

Totais de Crédito/Carga Horária

20-300

 

Carga Horária semanal: 20hs

7º PERIODO

Código

Nomenclatura

CR/CH

Pré-Requisito

Código

0103003-1

Auditoria I

4-60

Analise das Demonstrações Contábeis

0103051-1

0103006-1

Contabilidade Avançada

4-60

Analise das Demonstrações Contábeis

0103051-1

0103010-1

Contabilidade das Instituições Públicas

4-60

Orçamento das Instituições Públicas

0103028-1

0103053-1

Contabilidade e Orçamento Empresarial

4-60

Contabilidade Básica II

0103042-1

0103054-1

Gestão Estratégica de Custos

4-60

Contabilidade de Custos II

0103012-1

Totais de Crédito/Carga Horária

20-300

 

Carga Horária semanal: 20hs

8º PERIODO

Código

Nomenclatura

CR/CH

Pré-Requisito

Código

0103004-1

Auditoria II

4-60

Auditoria I

0103003-1

0103009-1

Contabilidade das Instituições Financeiras

4-60

Contabilidade Básica II

0103042-1

0103017-1

Contabilidade Gerencial

4-60

Contabilidade Avançada

0103006-1

0103055-1

Contabilidade Socioambiental

4-60

Contabilidade Básica II

0103042-1

0103056-1

Informática aplicada a Contabilidade

4-60

Contabilidade Intermediaria II

0103046-1

Totais de Crédito/Carga Horária

20-300

 

Carga Horária semanal: 20hs

 

9º PERIODO

Código

Nomenclatura

CR/CH

Pré-Requisito

Código

0103057-1

Controladoria

4-60

Contabilidade Gerencial

0103017-1

 

 

0103058-1

Estágio Supervisionado I

4-60

Contabilidade das Instituições Públicas

0103010-1

0103029-1

Perícia Contábil

4-60

Auditoria II

0103004-1

0103034-1

Técnicas de Pesquisa em Contabilidade

4-60

Teoria da Contabilidade I e Metodologia do Trabalho Cientifico

0103043-1

e

0103014-1

-

Disciplina Optativa

4-60

-

-

Totais de Crédito/Carga Horária

20-300

 

Carga Horária semanal: 20hs

10º PERIODO

Código

Nomenclatura

CR/CH

Pré-Requisito

Código

0103059-1

Contabilidade Atuarial

4-60

Contabilometria e Contabilidade das instituições públicas

0103047-1 e

0103009-1

0103060-1

Estágio Supervisionado II

4-60

Contabilidade Gerencial

0103017-1

0103061-1

Trabalho de Conclusão de Curso

4-60

Técnica de pesquisa em contabilidade/ Contabilidade das instituições públicas/ Contabilidade Gerencial

0103034-1

E

0103010-1

E

0103017-1

 

Disciplina Optativa

4-60

 

 

 

Disciplina Optativa

4-60

-

 

Totais de Crédito/Carga Horária

20-300

 

 

III – as atividades complementares perfazem um total de 180 (cento e oitenta) horas correspondentes e compreendem atividades de extensão, iniciação científica, monitoria, participação em eventos técnico-científicos, atividades acadêmicas à distância e vivência profissional.

IV – o trabalho de conclusão de curso através da elaboração da monografia ou artigo científico perfaz um total de 60 (sessenta) horas, correspondentes a 04 (quatro) créditos;

 

Art. 6o - Para obtenção do Diploma de Bacharel em Ciências Contábeis, o (a) aluno (a), além de cursar os componentes curriculares obrigatórios -inclusive estágio supervisionado-optativos e atividades complementares, deverá integralizar a carga horária do currículo pleno com a elaboração do Trabalho de Conclusão de Curso.

Art. 7o - A participação em atividades de pesquisa, de extensão e de monitoria como atividades complementares, constitui-se espaços de construção e reconstrução do conhecimento a partir da inserção do(a) aluno(a) em atividades de ensino, de investigação e de extensão, sendo computada a carga horária para efeito de integralização do currículo pleno.

 

Parágrafo Único- A monitoria, conforme Resolução 017/2011-CONSEPE, é compreendida como uma atividade acadêmica que subsidia o ensino de graduação, propondo novas práticas formativas com a intenção de articular os componentes curriculares dos Projetos Pedagógicos dos Cursos- PPCs.

Art. 8o - A carga horária de componente curriculares constará de listas de oferta semestral, baseada no processo de integralização curricular e distribuída por períodos letivos relacionados a seguir:

 

Parágrafo Único – Na distribuição dos componente curriculares constantes neste artigo, o número que antecede os componentes curriculares indica seus respectivos códigos e os números posteriores aos nomes destas, os créditos e carga horária.

Art. 9o – As disciplinas optativas e suas respectivas cargas horárias constarão de lista de oferta semestral dentre as relacionadas no item 4.5.1 da Seção IV (Estrutura Curricular), destas normas.

Art. 10oO aluno deverá cumprir no mínimo 180 (cento e oitenta) horas de atividades complementares em: ensino, pesquisa, extensão e outras, conforme regulamento próprio aprovado pelo colegiado do curso, constante em quadro no item 4.2, nas seguintes modalidades:

 

ATIVIDADE

CORRESPONDENTE

MÁXIMO DE

POR ATIVIDADE

CARGA HORÁRIA

 

 

Promovida

Não

POR ATIVIDADE

promovida

DURANTE O CURSO

pela UERN

pela UERN

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Palestra (1)

Carga horária do

60

 

 

 

 

certificado

 

 

 

 

 

 

Congresso,

 

2.1

Participante

Carga horária do

 

encontro,

 

certificado

 

 

 

 

120

seminário,

 

2.2

Participação em comissão

Carga horária do

 

 

simpósio(1)

 

organizadora

certificado

 

 

 

 

 

 

3.1

Apresentação e/ou publicação

20

20

120

Trabalho

 

 

em anais

 

 

 

 

 

Publicação em revista

 

 

 

acadêmico(2)

 

3.2

20

20

 

 

 

científica, técnica ou

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

eletrônica

 

 

 

 

 

Visita técnica (3)

05

-

30

Curso extracurricular presencial ou à distância(4) (7)

Carga horária do

60

 

 

 

 

certificado

 

Iniciação à extensão (5)

Carga horária do

60

 

 

 

 

certificado

 

Monitoria: com

 

7.1

1 (uma) disciplina

10

-

80

bolsa ou voluntária(6)

 

7.2

2 (duas) disciplinas

20

-

Estágio extracurricular na área contábil ou em área

20

20

80

correlata (7) (mínimo de 60 horas)

Participação em pesquisa: com bolsa ou voluntário (8)

18

-

90

Participação em empresa júnior (9)

18

-

90

Atividades Curriculares na Comunidade - ACC

10

10

30

Participação em colegiados (10)

12

-

60

 

1.                 Monitoria reconhecida pela Pró-Reitoria acadêmica;

2.                 Atividade de iniciação científica

3.                 Participação em seminários ou congênere científico de âmbito local, regional, nacional ou internacional;

4.                 Publicações em periódicos especializados, anais de congressos e revistas especializadas;

5.                 Participação em projeto de extensão;

6.                 Participação em palestras, seminários, congressos e encontros estudantis;

7.                 Participação em colegiados;

8.                 Estágios extracurriculares;

9.                 Cursos extracurriculares: cursos realizados nas áreas de: Contabilidade e áreas afins, língua estrangeira, redação oficial e informática.

 

Parágrafo Único – O aproveitamento das atividades de que trata o caput deste artigo far-se-á mediante apreciação e aprovação da Orientação de Curso de Graduação.

 

 

TÍTULO II

DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO

 

 

CAPÍTULO 1

DA CONCEITUAÇÃO E OBJETIVOS

 

Art. 11 - O Trabalho de Conclusão de Curso consistirá em atividade acadêmica curricular obrigatória e versará sobre aspectos nos núcleos temáticos das Ciências Contábeis, com a finalidade de avaliar o desempenho do aluno tendo em vista a perspectiva geral do Curso de Ciências Contábeis, sendo sempre na modalidade monografia ou artigo científico.

Art. 12 - São objetivos básicos do Trabalho de Conclusão de Curso, capacitar o aluno a:

 

  • Planejar, incentivar, conduzir e concluir um projeto de pesquisa;
  • Estudar a literatura científica e técnica diretamente relacionada ao tema do projeto de pesquisa para a monografia ou artigo científico;
  • Utilizar os conceitos adquiridos durante o curso na resolução do problema do projeto de pesquisa para o Trabalho de Conclusão de Curso;
  • Elaborar monografia ou artigo científico dentro das normas da ABNT.

 

CAPÍTULO 2

DA CARACTERIZAÇÃO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO

 

Art. 13 - Para matricular-se no componente curricular Trabalho de Conclusão de Curso, o aluno deverá ter concluído, com aproveitamento, as disciplinas Contabilidade das Instituições Públicas, Contabilidade Gerencial e Técnica de Pesquisa em Contabilidade, onde é elaborado o Projeto de Pesquisa para execução do Trabalho de Conclusão de Curso.

Art. 14 - A monografia deverá atender às seguintes características de apresentação:

 

  • ·         Ser individual;
  • ·         Ter volume mínimo equivalente a 25 páginas (parte textual);
  • ·         Ser redigida em Língua Portuguesa e apresentar-se segundo as normas vigentes da Associação Brasileira de Normas Técnicas – ABNT;
  • ·         Ser entregue em três vias em espiral, que após sua aprovação pela banca examinadora, serão devolvidas para o autor que fará as correções sugeridas e devolverá uma via em brochura - cor azul - para ser remetida a biblioteca e o CD-R para arquivo do Departamento. Deve ter cunho empírico.
  • ·         A Monografia será avaliada da seguinte forma: atribuição de nota de zero a dez (0 a 10) para cada um dos seguintes itens da defesa oral: a) domínio de conteúdo e capacidade de expressão; b) objetividade e otimização do tempo e organização e c) qualidade do material didático. É atribuída ainda nota de zero a dez (0 a 10) para cada um dos seguintes itens do trabalho teórico: a) uso adequado de normas técnicas e gramática; b) encadeamento lógico; c) metodologia apropriada ao tipo de trabalho; d) contribuição da pesquisa para as Ciências Contábeis.

 

Art. 15 – O Artigo Científico deverá atender ainda às seguintes condições, além das expressas nos incisos I, III, IV, V e VI do artigo anterior:

 

 

  • ·         Ter volume mínimo equivalente a 18 páginas (parte textual);
  • ·         Comprovar publicação em evento científico.
  • ·         Ser apresentado com Defesa Pública.

 

 

§                            1º - Os casos omissos neste artigo serão resolvidos pela Plenária do Departamento de Ciências Contábeis.

 

Art. 16 – A entrega da Monografia ou Artigo Científico à Coordenação do Trabalho de Conclusão de Curso deverá ser efetivada após anuência por escrito do professor orientador.

Art. 17 - A entrega do Trabalho de Conclusão de Curso far-se-á à sua coordenação no prazo de até trinta dias antes da conclusão do período letivo no qual estejam cursando a disciplina Trabalho de Conclusão de Curso.

 

Paragrafo único- No caso de ser necessária reapresentação, o aluno ou aluna estará obrigado(a) a entregar o Trabalho de Conclusão de Curso reformulado, quinze dias após o seu recebimento, em devolução da Banca Examinadora, através da Coordenação de Trabalho de Conclusão de Curso.

 

 

CAPÍTULO 3

DA COORDENAÇÃO E DA ORIENTAÇÃO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE

CURSO

 

Art. 18 - A atividade de Coordenação do Trabalho de Conclusão de Curso será exercida pelo professor designado pela Plenária do Departamento de Ciências Contábeis, para ministrar a disciplina Trabalho de Conclusão de Curso.

Art. 19 – A Coordenação do Trabalho de Conclusão de Curso do Curso de Ciências Contábeis tem como finalidade coordenar o desenvolvimento dos Projetos de Pesquisas elaborados na disciplina Técnicas de Pesquisa em Contabilidade, das monografias e artigos científicos elaborados pelos alunos e alunas.

Art. 20 - A Coordenação do Trabalho de Conclusão de Curso indicará professor, com titulação mínima de especialista, para orientar os projetos de pesquisa na disciplina Técnicas de Pesquisa em Contabilidade, as monografias e artigos científicos, bem como para compor as Bancas Examinadoras, conforme dispositivos contidos nestas Normas.

Art. 21 - Caberá à Coordenação do Trabalho de Conclusão de Curso apresentar ao Departamento através de relatórios periódicos a respeito das monografias e artigos científicos dos alunos e alunas.

Art. 22 - A Coordenação manterá registro em arquivo próprio nas dependências do Departamento.

Art. 23 -- O professor orientador do Projeto de Pesquisa e do Trabalho de Conclusão de Curso será designado pela Coordenação, após prévia anuência do aluno e do professor e deve ser preferencialmente do Departamento Ciências Contábeis, de acordo com a distribuição de carga horária.

 

§         1º - Extraordinariamente, poderá ser indicado professor orientador não vinculado ao quadro do Departamento, mediante apreciação do Curriculum Vitae pela coordenação do Trabalho de Conclusão de Curso e aprovação da Plenária do Departamento.

§         2º - No caso de indicação do professor–orientador não vinculado ao quadro do departamento, a coordenação exigirá do indicado, pronunciamento por escrito.

 

Art. 24 - A designação do Professor–orientador será solicitada pelo aluno, através de requerimento encaminhado à Coordenação do Trabalho de Conclusão de Curso quando da inscrição na disciplina Técnica de Pesquisa em Contabilidade.

 

Parágrafo Único – O Professor-orientador será confirmado pela Coordenação e sua designação informada por escrito ao aluno, dentro do prazo máximo de quinze dias, a contar da data de recebimento da solicitação.

 

Art. 25 - Após a designação do Professor–orientador, a Coordenação informará ao departamento ao qual pertence, a fim de que lhe seja computado encargo equivalente a 02 (duas) horas-aula semanais, por orientação, não podendo ultrapassar 08 (oito) horas aula semanais, por turno, respectivamente para o Projeto de Pesquisa, monografia e ou artigo científico.

Art. 26 - O Professor–orientador deverá, junto com o aluno, elaborar cronograma de trabalho contendo um intervalo de quinze dias, no máximo, entre os encontros para acompanhamento, devendo ser enviada cópia do cronograma à coordenação do Trabalho de Conclusão de Curso.

Art. 27- Quando do impedimento do Professor–orientador, por motivo de afastamento de suas atividades por um prazo considerado pela coordenação prejudicial à orientação do Trabalho de Conclusão de Curso, será indicado substituto, seguindo a forma regimental.

Parágrafo Único - O Professor–Orientador deverá comunicar por escrito à Coordenação quando do impedimento de suas atividades.

 

Art. 28 - O Professor–Orientador poderá solicitar à Coordenação afastamento da orientação de determinado aluno ou aluna, desde que justifique suas razões e estas sejam aceitas.

Art. 29 - O aluno ou aluna, por sua iniciativa, poderá solicitar mudança de Orientador até o 15° dia letivo do período, desde que sejam aceitas as razões apresentadas à Coordenação, conforme disponibilidade de carga horária docente.

 

CAPÍTULO 4

DA VERIFICAÇÃO DA APRENDIZAGEM

 

Art. 30 - A Banca Examinadora, designada pela Coordenação de Trabalho de Conclusão de Curso, será composta por três membros, que poderão ser substituídos em caso de impedimentos apresentados para quem de direito e julgados procedentes na Plenária do Departamento de Ciências Contábeis.

 

§          1º - O Presidente da Banca Examinadora será o Professor-Orientador e os outros dois serão designados pela Plenária do Departamento, após prévia anuência dos professores indicados e do aluno.

§          2º - Cada membro da Banca Examinadora receberá uma cópia do Trabalho de Conclusão de Curso dentro do prazo de oito dias após o recebimento da mesma pela coordenação, devolvendo no prazo máximo de dez dias.

 

Art. 31 - Cada examinador atribuirá uma nota para o texto do Trabalho de Conclusão de Curso e outra para defesa oral, entre 0 (zero) e 10 (dez), devendo ir até a primeira casa decimal, após o arredondamento da segunda casa decimal.

Art. 32 - O Trabalho de Conclusão de Curso insatisfatório: será concedido ao aluno ou aluna o direito a uma única reapresentação após o cumprimento das reformulações sugeridas pela respectiva Banca Examinadora, no prazo de quinze dias da data em que este lhe for devolvido.

Art. 33 – Será aprovado no Trabalho de Conclusão de Curso o aluno que obtiver média igual ou superior a 7 (sete), no resultado da banca examinadora, conforme o artigo 31 deste regulamento, distribuídas para as três avaliações.

 

Parágrafo Único – Quando a Banca Examinadora solicitar reapresentação do Trabalho de Conclusão de Curso, a Coordenação manterá a mesma Banca Examinadora, ressalvando os impedimentos mencionados no artigo 27.

 

Art. 34 - Ficará extinta cada Banca Examinadora após o resultado final do julgamento e entrega do parecer à Coordenação.

 

TÍTULO III

DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO

 

 

CAPÍTULO 1

DA CONCEITUAÇÃO E OBJETIVOS

 

Art. 35 – O Estágio Supervisionado é uma atividade obrigatória, que visa relacionar e integrar o conteúdo de matérias técnico-profissionais do Curso de Graduação em Ciências Contábeis em situações reais de trabalho, como prática pré-profissional a ser desenvolvida pelo aluno.

Art. 36 – O Estágio Supervisionado do Curso de Ciências Contábeis tem por objetivos:

 

 

  • ·                Possibilitar ao aluno a vivência prática em situações reais de trabalho, em caráter pré-profissional e com orientação acadêmica;
  • ·                Capacitar o aluno para o desenvolvimento efetivo de sua profissão;
  • ·                 Proporcionar ao aluno formação integral.

 

 

Art. 37 – O aluno deverá totalizar, para efeito de integralização curricular, no mínimo 360 horas de Estágio Supervisionado, distribuídas nas seguintes disciplinas: Estágio Supervisionado I (180 horas) e Estágio Supervisionado II (180 horas), ofertadas no 9º e 10º períodos respectivamente.

 

Parágrafo Único: A carga horária das disciplinas Estágio Supervisionado I e II, será assim distribuída: 100 horas no campo de estágio, 60 horas em sala de aula, para orientação: do relatório de pesquisa do estudo de caso, realizado na área de Contabilidade e Gestão Pública (para Estágio Supervisionado I); do trabalho prático de Contabilidade e Gestão Empresarial (para Estágio Supervisionado II); do relatório individual das atividades desenvolvidas pelo Estagiário, no campo de estágio, para as duas disciplinas, estruturados observando as normas da ABNT, e 20 horas para instrução dos trabalhos extra-classe, relacionados ao Estágio Supervisionado, utilizados também quando necessário, para elaboração do Projeto de Pesquisa e Trabalho de Conclusão de Curso.

CAPÍTULO 2

DOS CAMPOS DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO

 

 

Art. 38 – O Estágio Supervisionado poderá ser desenvolvido junto aos diversos setores da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte e Instituições de Direito Público ou Privado, existentes na comunidade, mediante celebração de convênio, conforme legislação vigente.

Art. 39 - A Coordenação do Estágio Supervisionado do Curso de Ciências Contábeis será exercida por professor designado pela plenária do Departamento de Ciências Contábeis.

Parágrafo único: O encargo da Coordenação de Estágio Supervisionado será equivalente a 10 (dez) horas-aulas semanais.

CAPÍTULO 3

DA COORDENAÇÃO E SUPERVISÃO

 

Art. 40 - Ao Coordenador do Estágio Supervisionado competirá:

  • ·                Proceder a uma avaliação prévia das condições técnicas, materiais e humanas para realização do estágio;
  • ·                Planejar e controlar as atividades realizadas pelos alunos e alunas;
  • ·                Desenvolver gestões junto aos professores afim de que prestem auxílio aos alunos e alunas nas suas necessidades acadêmicas.

 

Art. 41 – Ao Supervisor de Estágio competirá:

 

 

I.               Instruir os trabalhos extra-classe, relacionados ao Estágio Supervisionado e quando necessário, orientar na elaboração de Artigo Científico requerido pelo Professor da disciplina.

II.            Proceder a avaliação dos alunos e alunas de conformidade com as condições estabelecidas nestas normas;

Analisar e emitir parecer sobre os relatórios elaborados pelos alunos e alunas ao término do estágio, o que deverá acontecer, até 15 (quinze) dias antes do final do período letivo, atribuindo-lhe nota final, cujo resultado deve ser entregue oficialmente ao professor das disciplinas Estágio Supervisionado I e II, até 05 (cinco) dias antes do final do semestre letivo;

  • ·                Considerar sem efeito a experiência vivenciada em instituições, quando verificar que a natureza das atividades executadas não atende aos requisitos mínimos necessários ao seu aproveitamento.

 

Art. 42 - Ao supervisor (designado pela coordenação de estágio) será destinada carga horária correspondente a 02 (duas) horas-aula semanais por aluno, conforme distribuição de carga horária do Departamento, não podendo ultrapassar 10 horas aula semanais, por turno.

Art. 43 – O aproveitamento para efeito de integralização curricular de atividades de estágio realizadas pelo(a) aluno(a) sem o devido acompanhamento do Supervisor de Estágio, obedecerá ao disposto na Seção IV (Componentes Curriculares), item 4.2, atividade nº 8, destas normas.

 

CAPÍTULO 4

DO ALUNO

 

Art. 44 - É dever do aluno:

 

  • ·         Requerer o acompanhamento do Supervisor de Estágio nas atividades de Estágio Supervisionado;
  • ·         Conduzir-se com condições compatíveis e requeridas pelas circunstâncias da atividade e do ambiente profissional.
  • ·         Elaborar o Relatório do Estágio Supervisionado conforme Orientação institucional, observando as normas da ABNT.
  • ·         Apresentar ao Professor Supervisor de Estágio, o Relatório do Estágio Supervisionado, até 15 (quinze) dias antes do término do semestre letivo, conforme normas da ABNT.

 

CAPÍTULO 5

DA VERIFICAÇÃO DE APRENDIZAGEM

 

Art. 45 – Na verificação da aprendizagem serão utilizados os seguintes instrumentos:

 

  1. I.               Relatório de Pesquisa de Estudo de Caso realizado na área de Contabilidade e Gestão Pública (para Estágio Supervisionado I) e Trabalho Prático de Contabilidade e Gestão Empresarial, na constituição de uma empresa do setor privado e estruturação de demonstrações contábeis relativas a um exercício social, conforme Lei 6.404/76 e normas do CPC-CFC, (para Estágio Supervisionado II), distribuídos para primeira e segunda avaliação.
  2. II.            Relatório individual das atividades desenvolvidas pelo Estagiário no campo deestágio para terceira avaliação.

 

 

§ 1º Será aprovado nas disciplinas Estágio Supervisionado I e II, o aluno que obtiver média igual ou superior a 7 (sete), resultante da média aritmética obtida conforme incisos I e II deste artigo.

 

TÍTULO IV

DO LABORATÓRIO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS

 

CAPÍTULO 1

 

DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

 

 

Art. 46 – As normas de funcionamento do Laboratório de Ciências Contábeis têm por finalidade apoiar, coordenar, monitorar e avaliar as atividades do Laboratório, a fim de que sejam atingidos seus objetivos acadêmicos.

Art. 47 – Os objetivos das normas de funcionamento do Laboratório de Ciências Contábeis

 

são:

 

 

  • ·                Prestar apoio informatizado ao ensino de graduação;
  • ·                Assegurar a utilização da informática no processo de ensino-aprendizagem;
  • ·                Assegurar o uso adequado do laboratório pelo corpo discente,
  • ·                Monitorar a utilização do laboratório.

 

 

CAPÍTULO 2

 

DO ACESSO

 

 

Art. 48 – O usuário só poderá acessar os computadores mediante monitoramento de um docente ou do coordenador do laboratório de informática.

Art. 49 – O laboratório será disponibilizado para utilização conforme o solicitado, respeitando o calendário de utilização, sendo disponibilizadas até 2 (duas) horas para cada usuário realizar sua tarefa no computador, podendo este ser prorrogado pelo responsável do laboratório, caso o mesmo observe que não há espera de usuários para a utilização dos computadores.

Art. 50 – A instalação de periféricos e/ou softwares, só poderá ser feita, se estiverem de acordo com as normas de utilização dos equipamentos, mediante requerimento devidamente preenchido pelo professor requerente e encaminhado para aprovação pelo coordenador do laboratório.

 

§ 1° - O professor requerente deverá preencher o requerimento padrão com uma antecedência de 10(dez) dias úteis para o início da utilização do software e/ou do periférico a ser(em) instalado(s). Não será garantida a instalação do software e/ou periférico em um período inferior a 10 (dez) dias úteis.

CAPÍTULO 3

 

DAS ATIVIDADES E USOS

 

 

Art. 51 – É proibida a utilização do laboratório para atividades não acadêmicas conforme relação abaixo, sem autorização do coordenador do Laboratório de Ciências Contábeis e/ou pelo professor coordenador do Curso de Ciências Contábeis; são elas:

 

  • ·    Abrir a CPU;
  • ·    Instalar programas;
  • ·    Utilizar a Internet para acesso a sites pornográficos;
  • ·    Alterar a configuração dos equipamentos;
  • ·    Trocar/conectar/desconectar equipamentos de lugar;
  • ·    Utilizar equipamentos pessoais;
  • ·    Prática de jogos;
  • ·    Utilizar qualquer programa de bate-papo (chats) para assuntos não acadêmicos;
  • ·    Usos dos equipamentos por pessoas que não estejam autorizadas ou que não estejam acompanhadas de pessoas autorizadas;
  • ·    Barulhos que atrapalhem os outros usuários;
  • ·    Remover e/ou alterar pastas e/ou arquivos de uso comum ou pertencentes a outros usuários;
  • ·    Fumar;
  • ·    Consumir alimentos líquidos ou sólidos;
  • ·    Utilizar o laboratório para fins não acadêmicos.

 

§                     1º- O desrespeito às normas deste regulamento implicará na suspensão do usuário por 30 (trinta) dias com relação ao uso do Laboratório de Ciências Contábeis, exceto quando o mesmo estiver acompanhado de um professor responsável. Em caso de reincidência, o usuário será suspenso por 60 (sessenta) dias. Em caso de nova reincidência, cabe ao diretor da FACEM propor uma punição, nos termos do regulamento disciplinar da UERN.

§                    § 2º Exceções serão permitidas, se o acesso a estes elementos forem objetos de pesquisa do usuário. Neste caso, o usuário deverá comprovar (por escrito) a solicitação por parte do professor responsável pela solicitação da pesquisa.

 

Art. 52 – Qualquer problema relacionado ao uso indevido do laboratório deverá ser reportado ao Coordenador do Laboratório de Ciências Contábeis e/ou do Chefe do Departamento de Ciências Contábeis.

Art. 53 – Todo usuário deverá ter conhecimento suficiente do funcionamento das estações e dos programas que serão utilizados, uma vez que os responsáveis do laboratório não têm a função de ensinar, mas apenas monitorar o uso do laboratório e dar apoio, orientando quando necessário, sem fazer uso da estação ocupada.

 

CAPÍTULO 4

 

DAS PESSOAS AUTORIZADAS

 

 

Art. 54 – Será considerada pessoa não autorizada ao uso dos equipamentos do Laboratório de Ciências Contábeis aquelas que não estiverem regularmente matriculadas em algum curso da UERN.

 

CAPÍTULO 5

 

DO HORÁRIO DE FUNCIONAMENTO

 

 

Art. 55 – Os horários de funcionamento do laboratório será das 07:00 às 10:30 horas e de 19:00 às 22:00 horas, de segunda à sexta.

Art. 56 – Será facultado o funcionamento do Laboratório de Ciências Contábeis em horário extraordinário, mediante: apresentação prévia de justificativa, alocação de responsável e relação dos alunos e alunas, com a devida aprovação pelo Chefe do Departamento.

 

CAPÍTULO 6

 

DA EQUIPE DE TRABALHO


 

Art. 57 – A equipe de trabalho do Laboratório de Ciências Contábeis será composta por um professor coordenador, indicado pelo Departamento de Ciências Contábeis, funcionário(s) e eventuais colaboradores na condição de alunos voluntários, com anuência da Coordenação do Laboratório.

Art. 58 – A carga horária do professor coordenador do Laboratório de Ciências Contábeis será de 04 (quatro) horas semanais

 

CAPÍTULO 7

 

DAS PRIORIDADES

 

 

Art. 59 – A prioridade de uso do laboratório será dada na seguinte ordem: professores do Departamento e alunos e alunas do Curso de Ciências Contábeis.

Art. 60 – Terão prioridade alunos e alunas com trabalhos associados a disciplinas do Curso de Ciências Contábeis.

Art. 61 – Durante os turnos, matutino e noturno, a utilização do laboratório é prioritária para pesquisa e aulas de graduação do Curso de Ciências Contábeis, ficando ao encargo do chefe do DCC a disponibilização dos horários para aulas de outros cursos.

Art. 62 – No turno vespertino, o laboratório de Ciências Contábeis estará disponível para outros departamentos acadêmicos que necessitarem a sua utilização.

 

§ 1º A utilização por parte de outros departamentos deverá ser feita mediante reserva junto à equipe responsável pelo laboratório, com pelo menos 72 (setenta e duas) horas de antecedência ao dia da aula.

§ 2º O departamento ou professor responsável poderá reservar no máximo 4 (quatro) horários do laboratório a cada 7 (sete) dias, exceto para cursos com utilização regular do laboratório.

 

CAPÍTULO 8

 

DAS ATRIBUIÇÕES E RESPONSABILIDADES

 

 

Art. 63 – A UERN não se responsabilizará por qualquer material deixado na sala (arquivos, CDs, livros, disquetes, etc). O usuário é o único responsável pelo seu material.

Art. 64 – É competência da Direção da FACEM:

 

  • Solicitar à PROAD (Pró-Reitoria de Administração) a efetivação de compra de equipamentos necessários ao pleno funcionamento do Laboratório de Ciências Contábeis.

 

Art. 65 – É competência do Departamento de Ciências Contábeis:

 

  • ·                Indicar o professor coordenador do Laboratório de Ciências Contábeis;
  • ·                Solicitar à FACEM a efetivação de compra de equipamentos necessários ao pleno funcionamento do Laboratório de Ciências Contábeis.

 

Art. 66 – É competência do coordenador do Laboratório de Ciências Contábeis:

 

  • ·                Controlar a assiduidade dos bolsistas do Laboratório de Ciências Contábeis;
  • Organizar e controlar os horários de utilização do Laboratório de Ciências Contábeis;
  • ·                Aplicar penalidades aos usuários, de acordo com o estabelecido no Artigo 49;
  • Desenvolver projetos que visem melhorias ao funcionamento do Laboratório de Ciências Contábeis;
  • Definir e organizar o funcionamento técnico do Laboratório de Ciências Contábeis;
  • Solicitar à UPD (Unidade de Processamento de Dados) a efetivação de consertos dos equipamentos, necessários ao pleno funcionamento do Laboratório de Ciências Contábeis.
  • Garantir que os equipamentos estejam aptos para utilização.

 

            Art. 67 -  É dever do aluno colaborador voluntário:

 

 

  • ·                Assessorar o professor coordenador do laboratório de Ciências Contábeis e demais professores e alunos e alunas do Departamento de Ciências Contábeis nas atividades ali desenvolvidas.

 

Parágrafo único: Os alunos e alunas colaboradores voluntários dos demais departamentos da FACEM, que venham a operar no laboratório, devem ser indicados por escrito pelos respectivos departamentos.

TÍTULO V

 

DAS DISPOSIÇÕES GERAIS

 

Art. 68 – O presente regulamento entra em vigor na data de publicação da Resolução que aprova o Projeto Pedagógico do Curso de Ciências Contábeis, e seus efeitos de aplicação obrigatórios para os alunos e alunas que ingressaram por processo seletivo a partir do primeiro semestre letivo de 2007, dos Cursos de Graduação em Ciências Contábeis: Campus Central (turnos noturno e matutino e Núcleos Avançados de Educação Superior de Macau, João Câmara e outros que venham a ser instituídos, admitidas as adaptações curriculares na forma da legislação vigente.

 

 

Parágrafo Único – A estrutura curricular anterior à vigência destas normas se extinguirá quando da oferta do semestre letivo 2013.1, conforme o Artigo 2º da Resolução nº 41/99-CONSEPE, de 14 de dezembro de 1999.

 

Art. 69 – Os casos omissos nestas normas serão resolvidos pelo CONSEPE-UERN.


 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

ANEXOS

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Anexo A – Resolução da Criação do Curso de Ciências Contábeis

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Anexo B – Resolução da aprovação do Projeto Político-Pedagógico do Curso de Graduação em Ciências Contábeis

Governo do Estado do Rio Grande do Norte

Secretaria de Estado da Educação e da Cultura - SEEC

 

UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE - UERN

 

Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão - CONSEPE

 

Rua Almino Afonso, 478 - Centro - Fone: 84.3315-2134 - Fax: 84.3315-2134

Home page: http://www.uern.br - e-mail: sc@uern.br - CEP 59610-210 - Mossoró -RN

 

Resolução n.º 32/2008-CONSEPE

Aprova o Projeto Político-Pedagógico do Curso de Graduação em Ciências Contábeis, modalidade Bacharelado, da Faculdade de Ciências Econômicas do Campus Central.

 

O REITOR DA UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE- UERN, na qualidade de Presidente do Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão- CONSEPE, no uso de suas atribuições legais e estatutárias e conforme deliberação do Colegiado em

sessão realizada em 2 de julho de 2008,

 

CONSIDERANDO o disposto no inciso II do art. 53 da Lei n.º 9.394/96, de 20 de dezembro de 1996, Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional, que dispõe sobre a autonomia didático-científica das universidades para fixar os currículos dos seus cursos,

 

observadas as diretrizes gerais pertinentes;

 

CONSIDERANDO a Resolução CNE/CES 10, de 16 de dezembro de 2004, que instituiu as Diretrizes Curriculares Nacionais para os cursos de graduação em Ciências

Contábeis, modalidade bacharelado, e dá outras providências;

 

CONSIDERANDO a Resolução n° 01/2001-CCE/RN, de 19 de dezembro de 2001, que regulamenta, para o Sistema Estadual de Ensino, o reconhecimento e a renovação de reconhecimento de curso;

 

CONSIDERANDO o disposto no inciso IV do artigo 19 do Estatuto da UERN, que atribui competência ao Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão para aprovar os projetos político-pedagógicos dos respectivos cursos;

 

CONSIDERANDO, ainda, o Parecer n.º 156/2008-CEG/CONSEPE, de 26 de junho de 2008,

 

RESOLVE:

 

Art. 1º Aprovar o Projeto Político-Pedagógico do Curso de Graduação em Ciências Contábeis, na modalidade Bacharelado, da Faculdade de Ciências Econômicas do Campus Central, nos moldes do anexo, parte integrante desta Resolução.

 

Art. 2º Determinar à Faculdade de Ciências Econômicas -FACEM e ao Departamento de Ciências Contábeis, com acompanhamento das Pró-Reitorias, a adoção dos procedimentos necessários à implementação do Projeto Político-Pedagógico do Curso de Ciências Contábeis, modalidade Bacharelado.

 

Art. 3º Esta resolução entra em vigor na data de sua aprovação.

Sala das Sessões dos Colegiados, em 2 de julho de 2008.

 

Prof. Milton Marques de Medeiros

Presidente

 

 

Conselheiros:

Profª. Francisca Glaudionora da Silveira

Prof. Iron Macedo Dantas

Profª. Ana Maria Morais Costa

Profª. Joana D'arc Lacerda Alves

Tec. Adm. Francisco Severino Neto

Prof. Ivanaldo Gaudêncio

Prof. Kildare de Medeiros Gomes Holanda

Prof. Deusdete Fernandes Pimenta Júnior

Prof. Sebastião Martins de Oliveira

 

Prof. Deusdedit dos Reis Couto Neto

Prof. Francisco Valadares Filho

 

Prof. José Egberto Mesquita Pinto Júnior

Prof. Francisco José de Carvalho

Profª. Núbia Maria Bezerra Profª. Maria de Fátima Dutra

 

Prof. Napoleão Diógenes Pessoa Neto

Profª. Ericka Janine Dantas da Silveira

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Anexo C - PRODUÇÃO CIENTÍFICA E CULTURAL DOCENTOS DO DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS

 

 

Adriana Martins de Oliveira

 

Artigos completos publicados em periódicos

 

OLIVEIRA, A. M.; REGO, T. F. ; CORREIA, A. M. M. ; BAPTISTA, P. P. . Brand Flings: Emoções Passageiras com as Marcas. Reunir: Revista de Administração, Ciencias Contábeis e Sustentabilidade, v. 5, p. 39-56, 2015.

 

MACEDO, A. F. P. ; OLIVEIRA, A. M. ; NOBRE, L. H. N. ; BRITO, S. G. ; QUANDT, C. O. . Governança Corporativa e evidenciação de capital intelectual em empresas brasileiras. REVISTA EVIDENCIAÇÃO CONTÁBIL & FINANÇAS, v. 3, p. 18-33, 2015.

 

GIMENEZ, F. A. P. ; OLIVEIRA, A. M. ; MACEDO, A. F. P. ; NOBRE, L. H. N. ; BRITO, S. G. . Abordagem das configurações: dimensões do indivíduo, empreendimento e contexto em empresas no estágio inicial. Revista Eletrônica Mestrado em Administração, v. 6, p. 29-52, 2014.

 

Capítulos de livros publicados

 

NOBRE, L. H. N. ; OLIVEIRA, A. M. ; CUNHA, M. A. V. C. ; SIQUEIRA, E. S. ; NEPOMUCENO, L. H. . OS CROODS: a lente teórica da metáfora da hospitalidade. In: Elisabete Stradiotto Siqueira. (Org.). ARTE E GESTÃO: O cinema visto pelo olhar da Administração. 1ed.Mossoró: EdUfersa, 2016, v. 1, p. 135-150.

 

VALDEVINO, R. Q. S. ; OLIVEIRA, A. M. ; FERREIRA, J. S. C. . Gestão de Finanças Pessoais: uma contribuição para a educação financeira na cidade de Mossoró-RN. In: OLIVEIRA, A.M.; LOPES, R.M.R; MENEZES, S.F.S.. (Org.). Extensão Universitária: Diálogos e Práticas. 1ed.Mossoró: UERN, 2013, v. 1, p. 79-89.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos

 

OLIVEIRA, A. M.; BAPTISTA, P. P. . Relacionamento entre Consumidores de Produtos Falsificados e Suas Marcas e o Efeito na Intenção de Recompra e Recomendação Boca a Boca. In: XL EnANPAD, 2016, Costa do Sauípe - Bahia. Anais do XL Encontro da ANPAD. Costa do Sauípe: Anpad, 2016. p. 1-18.

 

SILVA, S. L. P. ; SILVA, K. M. ; OLIVEIRA, A. M. ; MOURA, M. O. ; VALDEVINO, R. Q. S. . Contabilidade das instituições financeiras: um estudo sobre análise de crédito para microempresas em uma agência do Banco do Nordeste do Brasil. In: VII Congresso Científico e Mostra de Extensão da Universidade Potiguar, 2014, Mossoró. Anais do VII Congresso Científico e Mostra de Extensão da Universidade Potiguar, 2014.

 

LUCENA, A. L. C. P. ; OLIVEIRA, A. M. ; MOURA, R. M. O. ; VALDEVINO, R. Q. S. . Contabilidade Pessoal: um estudo da predisposição ao endividamento de servidores e empregados de uma autarquia em Mossoró-RN. In: VII Congresso Científico e Mostra de Extensão da Universidade Potiguar, 2014, Mossoró. Anais do VII Congresso Científico e Mostra de Extensão da Universidade Potiguar, 2014.

 

MOURA, Y. L. S. ; OLIVEIRA, A. M. ; SOUZA, A. Q. ; VALDEVINO, R. Q. S. . A utilização da contabilidade de custos na formação do preço de venda: um comparativo entre supermercados varejistas e atacadistas da cidade de Mossoró-RN. In: VII Congresso Científico e Mostra de Extensão da Universidade Potiguar, 2014, Mossoró. Anais do VII Congresso Científico e Mostra de Extensão da Universidade Potiguar, 2014.

 

BEZERRA, T. A. L. ; OLIVEIRA, A. M. ; SANTOS, A. F. N. ; SOUZA, A. Q. ; VALDEVINO, R. Q. S. . As demonstrações contábeis como instrumento de gestão: um estudo comparativo entre as Associações dos Pais e Amigos dos Excepcionais das cidades de Russas-CE e Mossoró-RN. In: VII Congresso Científico e Mostra de Extensão da Universidade Potiguar, 2014, Mossoró. Anais do VII Congresso Científico e Mostra de Extensão da Universidade Potiguar, 2014.


ARAUJO, K. A. ; VALDEVINO, R. Q. S. ; OLIVEIRA, A. M. . A percepção dos concluintes do curso de Ciências Contábeis quanto a sua preparação para o exercício da função contábil: um estudo de caso em duas instituições de ensino superior (IES) na cidade de Mossoró-RN. In: I Congresso UFERSA de Contabilidade, 2014, Mossoró. Anais do I Congresso UFERSA de Contabilidade, 2014.


BRITO, S. G. ; OLIVEIRA, A. M. . Proposta de indicadores para avaliação de desempenho de ERP em instituições financeiras. In: XX SIMPEP - Simpósio de Engenharia de Produção, 2013, Bauru-SP. Anais do XX SIMPEP 2013, 2013.


VALDEVINO, R. Q. S. ; OLIVEIRA, A. M. ; FERREIRA, J. S. C. . Gestão de Finanças Pessoais: uma contribuição para a educação financeira na cidade de Mossoró-RN. In: VI Colóquio de Extensão da UERN, 2013, Mossoró. Anais do VI Colóquio de Extensão da UERN: Extensão nas Universidades Estaduais: desafios e perspectivas. Mossoró: UERN, 2013. v. 1. p. 122-125.

 

OLIVEIRA, A. M.; VALDEVINO, R. Q. S. ; AZEVEDO, K. K. M. ; FREITAS, J. R. ; CARDOSO, M. L. ; ALBUQUERQUER, J. S. . Uma percepção dos discentes do curso de Ciências Contábeis da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte em Mossoró sobre ética na profissão contábil. In: V Congresso Científico e V Mostra de Extensão da Universidade Potiguar, 2012, Mossoró-RN. Anais do V Congresso Científico e V Mostra de Extensão da Universidade Potiguar, 2012.


OLIVEIRA, A. M.; VALDEVINO, R. Q. S. ; COSTA, W. P. L. B. ; SILVA, K. J. B. ; CARDOSO, M. L. ; CARVALHO, C. C. . Custo da Qualidade como estratégia competitiva: um estudo realizado na indústria de temperos pilado/pilão em Pau dos Ferros - RN. In: V Congresso Científico e V Mostra de Extensão da Universidade Potiguar, 2012, Mossoró. Anais do V Congresso Científico e V Mostra de Extensão da Universidade Potiguar, 2012.


OLIVEIRA, A. M.; VALDEVINO, R. Q. S. ; SILVA, J. D. ; LINS, L. I. P. ; CARVALHO, C. C. ; ALBUQUERQUE, J. S. . Custo da Qualidade como estratégia competitiva: um estudo realizado na empresa F. Souto Indústria e Comércio de Sal S.A. In: V Congresso Científico e V Mostra de Extensão da Universidade Potiguar, 2012, Mossoró-RN. Anais do V Congresso Científico e V Mostra de Extensão da Universidade Potiguar, 2012.

 

OLIVEIRA, A. M.; VALDEVINO, R. Q. S. ; DANTAS, C. T. A. . A Sociedade Limitada e seus critérios de escolha sob a percepção dos contadores de Mossoró-RN. In: V Congresso Científico e V Mostra de Extensão da Universidade Potiguar, 2012, Mossoró-RN. Anais do V Congresso Científico e V Mostra de Extensão da Universidade Potiguar, 2012.

 

OLIVEIRA, A. M.; VALDEVINO, R. Q. S. ; AZEVEDO, K. K. M. ; BIZARRIA, F. P. A. . Demonstrações Contábeis para entidades sem fins lucrativos elaboradas a partir das NBC's: um estudo na Fundação Guimarães Duque. In: V Congresso Científico e V Mostra de Extensão da Universidade Potiguar, 2012, Mossoró-RN. Anais do V Congresso Científico e V Mostra de Extensão da Universidade Potiguar, 2012.

 

BEZERRA, A. P. ; OLIVEIRA, A. M. ; VALDEVINO, R. Q. S. . A Contabilidade como instrumento para avaliação de desempenho: uma abordagem conceitual em grandes empresas do ramo de supermercado de Mossoró-RN. In: V Congresso Científico e V Mostra de Extensão da Universidade Potiguar, 2012, Mossoró-RN. Anais do V Congresso Científico e V Mostra de Extensão da Universidade Potiguar, 2012.

Resumos expandidos publicados em anais de congressos

 

COSTA, B. L. F. ; SOARES, J. S. ; RIBEIRO, J. S. M. O. ; MORAIS, V. C. ; OLIVEIRA, A. M. . As Vantagens e Desvantagens na Aplicação do Sistema de Informação Gerencial em uma Empresa e Móveis e Eletros. In: IX Congresso Científico e Mostra de Extensão, 2016, Mossoró-RN. Anais do IX Congresso Científico e Mostra de Extensão (em elaboração), 2016.


COSTA, F. A. ; VALDEVINO, R. Q. S. ; OLIVEIRA, A. M. ; CARDOSO, M. L. ; ALBUQUERQUER, J. S. . CONTABILIDADE NA TEORIA E PRÁTICA: a concepção de docentes e discentes da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte-UERN. In: XIV Encontro de Pós-graduação e Pesquisa da UNIFOR, 2014, Fortaleza-CE. Anais do XIV Encontro de Pós-Graduação e Pesquisa da UNIFOR, 2014. p. 1-6.


OLIVEIRA, A. M. ; OLIVEIRA, A. M. ; VALDEVINO, R. Q. S. ; SILVA, S. L. P. ; COSTA, W. P. L. B. . Auditoria Interna na Associação dos Docentes da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte. In: I Forum de Extensão do Oeste Potiguar - VII Colóquio de Extensão, 2014, Mossoró. Anais do I Forum de Extensão do Oeste Potiguar, 2014.

Resumos publicados em anais de congressos

 

SILVA, L. V. F. ; MAIA, J. S. ; ROSA, W. M. ; OLIVEIRA, A. M. . A Importância do Sistema de Informação Gerencial na Tomada de Decisões no Ramo Atacadista. In: IX Congresso Científico e Mostra de Extensão, 2016, Mossoró-RN. Anais do IX Congresso Científico e Mostra de Extensão (em elaboração), 2016.

 

OLIVEIRA., A. S. D. ; FREITAS., G. E. O. ; OLIVEIRA, A. M. . Estudo Acerca de Sistema de Informação e Tecnologia em um Pequeno Supermercado da Cidade de Patu-RN. In: IX Congresso Científico e Mostra de Extensão, 2016, Mossoró-RN. Anais do IX Congresso Científico e Mostra de Extensão, 2016.


AMORIM, A. B. ; VALDEVINO, R. Q. S. ; OLIVEIRA, A. M. . VIABILIDADE FINANCEIRA: um comparativo entre os Regimes Próprios de Previdência Social dos Municípios de Felipe Guerra e Mossoró- RN. In: Ii Congresso UFERSA de Contabilidade, 2015, Mossoró. Anais do II Congresso UFERSA de Contabilidade, 2015.


SANTOS, A. C. ; OLIVEIRA, A. M. ; GALDINO, A. F. S. ; CARDOSO, M. L. ; ALBUQUERQUER, J. S. ; VALDEVINO, R. Q. S. . A contabilidade como instrumento esclarecedor das operações em entidades do terceiro setor: Um estudo de caso na APAE de Mossoró-RN. In: V Congresso Científico e V Mostra de Extensão da Universidade Potiguar, 2012, Mossoró. Anais do V Congresso Científico e V Mostra de Extensão da Universidade Potiguar, 2012.


Furtado Neto, J.S. ; OLIVEIRA, A. M. ; LOPES, L. R. S. ; CARVALHO, C. C. ; VALDEVINO, R. Q. S. . Padrão informacional do balanço social: um comparativo entre os balanços de três empresas listadas na bolsa de valores, mercadorias e Futuro - BM & F Bovespa. In: V Congresso Científico e V Mostra de Extensão da Universidade Potiguar, 2012, Mossoró-RN. Anais do V Congresso Científico e V Mostra de Extensão da Universidade Potiguar, 2012.


SANTOS, A. C. ; OLIVEIRA, A. M. ; VALDEVINO, R. Q. S. . Formação de preço de venda: um estudo em indústrias boneleiras de Serra Negra do Norte - RN. In: V Congresso Científico e V Mostra de Extensão da Universidade Potiguar, 2012, Mossoró-RN. Anais do V Congresso Científico e V Mostra de Extensão da Universidade Potiguar, 2012.


SILVA, P. M. ; MORAIS, H. A. R. ; OLIVEIRA, A. M. ; VALDEVINO, R. Q. S. . Transformando números em letras: um olhar diferenciado sobre o processo das práticas contábeis dos escritórios de contabilidade e empresas do município de Assu-RN. In: V Congresso Científico e V Mostra de Extensão da Universidade Potiguar, 2012, Mossoró-RN. Anais do V Congresso Científico e V Mostra de Extensão da Universidade Potiguar, 2012.


REBOUCAS, M. G. H. ; MORAIS, H. A. R. ; OLIVEIRA, A. M. ; VALDEVINO, R. Q. S. . Exame de suficiência como instrumento de melhoria da qualidade de ensino dos cursos de Ciências Contábeis: um enfoque na percepção de docentes e discentes da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte. In: V Congresso Científico e V Mostra de Extensão da Universidade Potiguar, 2012, Mossoró-RN. Anais do V Congresso Científico e V Mostra de Extensão da Universidade Potiguar, 2012.

 

VALDEVINO, R. Q. S. ; SOUZA, A. Q. ; CUNHA, N. O. ; CARDOSO, M. L. ; OLIVEIRA, A. M. . Índices Financeiros Utilizados como instrumento no processo decisório: um estudo de caso em uma empresa do ramo salineiro em Mossoró-RN. In: XII Encontro de Pós-graduação e pesquisa da UNIFOR, 2012, Fortaleza-CE. Anais do XII Encontro de Pós-graduação e pesquisa da UNIFOR, 2012.

 

Artigos aceitos para publicação

 

NOBRE, L. H. N. ; BRITO, S. G. ; OLIVEIRA, A. M. ; MACEDO, A. F. P. ; MARCHETTI, R. Z. . DIMENSÕES DE BRAND EXPERIENCE NO CONTEXTO BRASILEIRO. RACE - Revista de Administração, Contabilidade e Economia (Online), 2017.

 

Apresentações de Trabalho

 

OLIVEIRA, A. M.; SILVA, J. P. C. D. ; CARVALHO, M. S. D. . Mesa redonda: Ética na profissão contábil. 2016. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

 

OLIVEIRA, A. M.; BAPTISTA, P. P. Relacionamento entre Consumidores de Produtos Falsificados e Suas Marcas e o Efeito na Intenção de Recompra e Recomendação Boca a Boca. 2016. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

 

Trabalhos técnicos

 

OLIVEIRA, A. M.; VALDEVINO, R. Q. S. ; SOARES, F. I. L. . Manual do Trabalho de Conclusão de Curso da Faculdade Diocesana de Mossoró. 2016.

 

VALDEVINO, R. Q. S. ; OLIVEIRA, A. M. . Manual de Estágio da Faculdade Diocesana de Mossoró. 2016.

 

OLIVEIRA, A. M.. Parecerista de cursos de Ciências Contábeis da Avaliação de Cursos Superiores do Guia do Estudante (GE) 2015 da Editora Abril. 2015.

 

OLIVEIRA, A. M.; SOARES, F. I. L. ; COSTA, W. P. L. B. ; VALDEVINO, R. Q. S. ; SILVEIRA, F. A. V. . Projeto Pedagógico do Curso de Ciências Contábeis da Faculdade Diocesana de Mossoró. 2015.


OLIVEIRA, A. M.. Parecerista de cursos de Ciências Contábeis da Avaliação de Cursos Superiores do Guia do Estudante (GE) 2014 da Editora Abril. 2014.


OLIVEIRA, A. M.. Parecerista de cursos de Ciências Contábeis da Avaliação de Cursos Superiores do Guia do Estudante (GE) 2013 da Editora Abril. 2013.

 

OLIVEIRA, A. M.. Parecerista de cursos de Ciências Contábeis da Avaliação de Cursos Superiores do Guia do Estudante (GE) 2012 da Editora Abril. 2012.

 

Entrevistas, mesas redondas, programas e comentários na mídia

 

OLIVEIRA, A. M.. Finanças em Foco na UERN TV. 2016. (Programa de rádio ou TV/Entrevista). 

 

OLIVEIRA, A. M.. Finanças em Foco na UERN TV. 2016. (Programa de rádio ou TV/Entrevista). 

Antonia Wigna de Almeida Ribeiro

Trabalhos completos publicados em anais de congressos

 

GOVEIA, A. J. Z. ; RIBEIRO, A. W.A . Impacto da Implantação do Sistema Público de Escrituração Digital (SPED) sobre a Arrecadação Tributária no Brasil. In: II Congresso UFERSA de Contabilidade, 2015, Mossoró. II Congresso UFERSA de Contabilidade, 2015.

Resumos publicados em anais de congressos

 

TEODORO, W. F. L. ; ANDRADE, M. C. O. ; RIBEIRO, A. W.A . Controles Internos, Gerenciamento e Controle de um Hotel no Município de Mossoró. In: II Congresso UFERSA de Contabilidade, 2015, Mossoró. II Congresso UFERSA de Contabilidade, 2015.

Artigos aceitos para publicação

 

RIBEIRO, A. W.A; GOVEIA, A. J. Z. ; MEDEIROS, R. L. . RESPONSABILIDADE SOCIAL EMPRESARIAL: um estudo dos indicadores sociais das empresas brasileiras com foco na tomada de decisão. Revista UNEMAT de Contabilidade, 2017.

 

Produções Técnicas

 

RIBEIRO, A. W.A. Curso Assistente Contábil. 2013.

 

RIBEIRO, A. W.A. Curso IRPF 2013. 2013. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

 

Antônio Bezerra da Fé

 

v  Nenhuma produção para o período.

 

Antonio Cláudio Noberto Paiva

 

Artigos completos publicados em periódicos

 

DANTAS, Claudio B. ; PAIVA, Antonio Claudio Noberto ; Arruda, Marcelo Paulo ; PAULO, Edilson . DEPRECIAÇÃO NO SERVIÇO PÚBLICO: RECONHECIMENTO E EVIDENCIAÇÃO NAS DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS DOS ESTADOS E MUNICÍPIOS BRASILEIROS. Revista de Contabilidade da UFBA, v. 6, p. 56-65, 2012.

 

Capítulos de livros publicados

 

FERREIRA, E. M. ; JUNIOR, Antônio Erivando Xavier ; SILVA, J. D. G. ; PAIVA, Antonio Claudio Noberto . Variação do nível de preço na análise de rentabiliade de empesas de commodities. In: José Dionísio Gomes da Silva e Otacílo dos Santos Silveira Neto. (Org.). REFLEXÕES SOBRE OS ASPECTOS FINANCEIROS, SOCIETÁRIOS E TRIBUTÁRIOS DO SETOR DE PETRÓLEO, GÁS E BIOCOMBUSTÍVEIS.. 1ed.Natal: Polyprint, 2012, v. , p. 379-400.

 

Trabalhos completos publicados em anais de congressos

1.

LIMA, F. P. ; FRANCISCO, D. E. C. ; REBOUCAS, J. H. ; PAIVA, Antonio Claudio Noberto . A Contabilidade de Custos e sua utilização na gestão pública: Um estudo no Instituto Federal de Educação, Ciências e Tecnologia do Rio Grande do Norte - IFRN. In: III Encontro de Iniciação Científica da Faculdade de Ciências e Tecnologia Mater Christi, 2013. Ciência, Educação e Inovação como Desafios da Academia no Século XXI.

 

COSTA, L. B. ; PAIVA, Antonio Claudio Noberto ; MIRANDA, K. F. . Análise da evidenciação compulsória e voluntária dos municípios potiguares. In: IX Encontro Norteriograndense de Ciências Contábeis, 2012, Natal. Encontro Norte-Rio-Grandense de Ciências Contábeis. Natal, 2012. v. 9. p. 1-12.

 

NASCIMENTO, A. T. ; PAIVA, Antonio Claudio Noberto ; MIRANDA, K. F. . Nível de evidenciação contábil das operações com instrumentos financeiros derivativos pelas empresas brasileiras do setor de energia elétrica participantes do IEE Bovespa. In: IX Encontro Norteriograndense de Ciências Contábeis, 2012, Natal. Encontro Norte-Rio-Grandense de Ciências Contábeis, 2012. v. 9. p. 1-14.

 

Apresentações de Trabalho

 

PAIVA, Antonio Claudio Noberto. Contabilidade e Responsabilidade Ambiental. 2013. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

 

PAIVA, Antonio Claudio Noberto. Declaração de Imposto de Renda - Passo a Passo - 2012. 2012. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

 

Produção Técnica

 

PAIVA, Antonio Claudio Noberto. Auditoria de Conformidade da Folha de Pagamento da Prefeitura de Mossoró. 2014.

Trabalhos técnicos

 

PAIVA, Antonio Claudio Noberto; SILVA, Sérgio Luis Pedrosa ; Neto, Jorge Fernandes Jales . Auditoria da Folha de Pagamento da Prefeitura Municipal de Mossoró. 2014.

Entrevistas, mesas redondas, programas e comentários na mídia

 

PAIVA, Antonio Claudio Noberto. Aspectos Introdutórios de Investimento em Bolsa de Valores. 2012. (Programa de rádio ou TV/Entrevista). 

 

PAIVA, Antonio Claudio Noberto; GIACOMELI, N. . Vantagens do Microeemprendedor Individual. 2012. (Programa de rádio ou TV/Entrevista). 

 

PAIVA, Antonio Claudio Noberto. Treinamento - Declaração de Imposto de Renda Pessoa Física 2012. 2012.

 

Antônio Marcos Soares Brasil

 

v  Sem produção no período.

 

Auris Martins de Oliveira

 

Artigos completos publicados em periódicos

 

QUEIROZ, E. H. ; VALDEVINO, Rosângela Queiroz Souza ; OLIVEIRA, Auris Martins de . A CONTABILIDADE NA GESTÃO DAS FINANÇAS PESSOAIS: um estudo comparativo entre discentes do curso de Ciências Contábeis. Revista Conhecimento Contábil, v. 1, p. 7-25, 2015.

 

Livros publicados/organizados ou edições

1.

OLIVEIRA, Auris Martins de; LOPES, Rosa M. Rodrigues (Org.) ; MENEZES, Suzaneide Ferreira da Silva (Org.) . Anais do VI Colóquio de Extensão da UERN - Extensão nas Universidades Estaduais: Desafios e Perspectivas. 1. ed. Mossoró-RN: Edições UERN, 2013. v. 1. 341p .


OLIVEIRA, Auris Martins de; LOPES, Rosa M. Rodrigues (Org.) ; MENEZES, Suzaneide Ferreira da Silva (Org.) . Extensão Universitária: Diálogos e Práticas. 1. ed. Mossoró-RN: Edições UERN, 2013. v. 1. 211p .

 

Textos em jornais de notícias/revistas

 

OLIVEIRA, Auris Martins de; MIRANDA, Kléber Formiga . Editorial. Revista Conhecimento Contábil, Mossoró-RN, p. 3 - 4, 02 jul. 2015.

 

OLIVEIRA, Auris Martins de. O Custo Impago da Criminalidade. Jornal O Mossoroense, Mossoró-RN, p. 5 - 5, 04 jun. 2013.

 

OLIVEIRA, Auris Martins de. Uma Análise sobre a Votação Uninominal. Jornal O Mossoroense, Mossoró-RN, 10 mar. 2013.

 

OLIVEIRA, Auris Martins de. Coerência. Jornal O Mossoroense, Mossoró-RN, p. 5 - 5, 27 dez. 2012.

 

OLIVEIRA, Auris Martins de. Aquecimento Global. Tribuna do Norte, Natal-RN, 22 dez. 2012.


OLIVEIRA, Auris Martins de. MUDANÇAS CLIMÁTICAS GLOBAIS: VERDADES E MITOS. Gazeta do Oeste, Mossoró-RN, 20 nov. 2012.


OLIVEIRA, Auris Martins de. Governança Corporativa. Jornal O Mossoense, Mossoró-RN, p. 5 - 5, 30 jun. 2012.


OLIVEIRA, Auris Martins de. Sistema Integrado de Administração Financeira do Governo Federal - SIAFI. Jornal O Mossoroense, Mossoró-RN, p. 5 - 5, 03 fev. 2012.


Trabalhos completos publicados em anais de congressos

 

MACIEL, Annyele da Silva ; VALDEVINO, R. Q. S. ; OLIVEIRA, Auris Martins de . O impacto da desoneração tributária na formação do preço de venda da cesta básica: uma abordagem em supermercados de Aracati-CE. In: II Congresso Ufersa de Contabilidade, 2015, Mossoró-RN. Anais do II Congresso Ufersa de Contabilidade, 2015.

 

OLIVEIRA, L. M. ; OLIVEIRA, Auris Martins de ; SILVA, J. D. ; BATISTA, P. P. Q. L. ; SILVA, Sérgio Luiz Pedrosa . Os benefícios da gestão ambiental como vantagem competitiva nas organizações: um estudo de caso em uma empresa do setor industrial de Mossoró-RN. In: VIII Congresso Científico e Mostra de Extensão da Universidade Potiguar, 2015, MOSSORÓ. Anais do VIII Congresso Científico e Mostra de Extensão da Universidade Potiguar, 2015.


BATISTA, P. P. Q. L. ; OLIVEIRA, Auris Martins de ; SILVA, J. D. ; VALDEVINO, Rosângela Queiroz Souza ; SILVA, Sérgio Luiz Pedrosa . Utilização de contabilidade gerencial no processo decisório: um estudo de caso em uma transportadora na cidade de Mossoró-RN. In: VIII Congresso Científico e Mostra de Extensão da Universidade Potiguar, 2015, MOSSORÓ. Anais do VIII Congresso Científico e Mostra de Extensão da Universidade Potiguar, 2015.

 

SILVA, J. D. ; SILVA, S. L. P. ; CHAVES, M. L. P. ; OLIVEIRA, Auris Martins de ; VALDEVINO, R. Q. S. ; COSTA, W. P. L. B. . A influência do sistema de informação gerencial no processo decisório da empresa Santa Clara Indústria e Comércio de Alimentos Ltda. In: XI Encontro Norte-Rio-Grandense de Ciências Contábeis ? ENCC, 2014, Natal. Anais do XI Encontro Norte-Rio-Grandense de Ciências Contábeis ? ENCC, 2014.

 

SILVA, J. D. ; SILVA, Sérgio Luiz Pedrosa ; CHAVES, M. L. P. ; OLIVEIRA, Auris Martins de ; VALDEVINO, Rosângela Queiroz Souza ; COSTA, W. P. L. B. . A análise das boas práticas de governança corporativa como elemento propulsor do mercado de capitais.. In: Encontro Norte-Rio-Grandense de Ciências Contábeis ? ENCC, 2014, Natal. Anais do XI Encontro Norte-Rio-Grandense de Ciências Contábeis ? ENCC, 2014.


MIRANDA, M. C. ; OLIVEIRA, V. F. ; SILVA, Sérgio Luiz Pedrosa ; OLIVEIRA, Auris Martins de . O ensino da contabilidade socioambiental: um estudo na Universidade do Estado do Rio Grande do Norte.. In: XI Encontro Norte-Rio-Grandense de Ciências Contábeis ? ENCC, 2014, Natal. Anais do XI Encontro Norte-Rio-Grandense de Ciências Contábeis ? ENCC, 2014.


BORGES, G. M. C. ; OLIVEIRA, Auris Martins de ; SILVA, José Dionisio Gomes da. . Heurística conservadora e a sua influência no comportamento cognitivo: um estudo comparativo entre estudantes de Ciências Contábeis das universidades públicas do RN. In: V Congresso Nacional de Administração e Ciências Contábeis ? AdCont, 2014, Rio de Janeiro. Anais do V Congresso Nacional de Administração e Ciências Contábeis ? AdCont, 2014.

 

MELO, K. M. F. ; SILVA, Sérgio Luiz Pedrosa ; OLIVEIRA, Auris Martins de . Gestão de custos ambientais: um estudo na rede hoteleira do Polo Costa Branca. In: X Salão de Iniciação Científica ? SIC da UERN, 2014, Mossoró. Anais do X Salão de Iniciação Científica ? SIC da UERN. Mossoró: Edições UERN, 2014.

 

LIMA, E. S. ; MENEZES, V. K. A. ; SILVA, Sérgio Luiz Pedrosa ; OLIVEIRA, Auris Martins de . Análise da aplicação da contabilidade ambiental em uma indústria salineira no município de Grossos-RN. In: VI Semana Ativa do Administrador ? SEAA da UFERSA, 2014, Mossoró. Anais da VI Semana Ativa do Administrador ? SEAA da UFERSA. Mossoró, 2014.

 

SOUZA, E. I. B. ; SILVA, Sérgio Luiz Pedrosa ; OLIVEIRA, Auris Martins de . Governança corporativa no mercado de capitais: uma análise das boas práticas de governança corporativa nas empresas da BM&FBOVESPA atuantes no Novo Mercado. In: VI Semana Ativa do Administrador ? SEAA da UFERSA, 2014, Mossoró. Anais da VI Semana Ativa do Administrador ? SEAA da UFERSA. Mossoró, 2014.

 

Resumos expandidos publicados em anais de congressos

 

BATISTA, P. P. Q. L. ; OLIVEIRA, Auris Martins de ; ANDRADE, E. J. S. ; COSTA, W. P. L. B. ; SILVA, Sérgio Luiz Pedrosa ; SILVA, J. D. . A relevância do planejamento tributário na gestão empresarial: um estudo de caso em uma empresa de construção civil na cidade de Mossoró-RN. In: VIII Congresso Científico e Mostra de Extensão da Universidade Potiguar, 2015, MOSSORÓ. Anais do VIII Congresso Científico e Mostra de Extensão da Universidade Potiguar, 2015.

Apresentações de Trabalho

 

BATISTA, P. P. Q. L. ; OLIVEIRA, Auris Martins de ; ANDRADE, E. J. S. ; COSTA, W. P. L. B. ; SILVA, Sérgio Luiz Pedrosa ; SILVA, J. D. . A relevância do planejamento tributário na gestão empresarial: um estudo de caso em uma empresa de construção civil na cidade de Mossoró-RN. 2015. (Apresentação de Trabalho/Outra).

 

OLIVEIRA, L. M. ; OLIVEIRA, Auris Martins de ; SILVA, J. D. ; BATISTA, P. P. Q. L. ; SILVA, Sérgio Luiz Pedrosa . Os benefícios da gestão ambiental como vantagem competitiva nas organizações: um estudo de caso em uma empresa do setor industrial de Mossoró-RN. 2015. (Apresentação de Trabalho/Outra).

 

BATISTA, P. P. Q. L. ; OLIVEIRA, Auris Martins de ; SILVA, J. D. ; VALDEVINO, Rosângela Queiroz Souza ; SILVA, Sérgio Luiz Pedrosa . Utilização de contabilidade gerencial no processo decisório: um estudo de caso em uma transportadora na cidade de Mossoró-RN. 2015. (Apresentação de Trabalho/Outra).

 

OLIVEIRA, Auris Martins de. Declaração de Imposto de Renda Pessoa Física 2015 Passo a Passo. 2015. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

 

OLIVEIRA, Auris Martins de. Água e Meio Ambiente. 2014. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

 

Outras produções bibliográficas

 

OLIVEIRA, Auris Martins de. Uma análise sobre os Núcleos Avançados de Educação Superior da UERN 2015 (Artigo publicado em site).

 

OLIVEIRA, Auris Martins de. Discriminação e coação na greve da UERN: o corte por dias parados na remuneração de docentes que atuam nos Núcleos Avançados de Educação Superior ? Naes 2015 (Artigo publicado em site).

 

OLIVEIRA, Auris Martins de. O Retorno : mentiras e contradições no corte por dias parados na remuneração de docentes da UERN que atuam nos Núcleos Avançados de Educação Superior (NAES) 2015 (Artigo publicado em site).

 

OLIVEIRA, Auris Martins de. Uma análise sobre a proposta de criação do campus de Apodi da UERN 2013 (Artigo publicado em site).


OLIVEIRA, Auris Martins de. Que Rei Sou Eu?. Mossoró-RN 2012 (Artigo publicado em site).


OLIVEIRA, Auris Martins de. Considerações sobre a federalização patrimonial da UERN 2011 (Artigo publicado em site).


OLIVEIRA, Auris Martins de. A elegibilidade dos analfabetos 2011 (Artigo publicado em site).


OLIVEIRA, Auris Martins de. Reflexões sobre o trote na UERN 2011 (Artigo publicado em site).

 

Produção Técnica

 

OLIVEIRA, Auris Martins de; ALVES FILHO, Sebastião Emídio ; MENEZES, Suzaneide Ferreira da Silva ; GUERRA, L. M. B. ; LIMA, Francisco Vanderlei . Adesão da UERN à Rede Nacional de Capacitação e Educação Permanente do Sistema Único da Assistência Social ? SUAS/MDS. 2012.

 

OLIVEIRA, Auris Martins de. Perícia Contábil - Cadastro 18. 2015.

 

OLIVEIRA, Auris Martins de. Perícia Contábil - Cadastro 05. 2015.

 

OLIVEIRA, Auris Martins de. II Oficina de Correção de Textos dos Resumos Expandidos do VI Colóquio de Extensão da UERN. 2013.

 

LIMA, Francisco Vanderlei ; OLIVEIRA, Auris Martins de ; MENEZES, Suzaneide Ferreira da Silva ; ALVES FILHO, Sebastião Emídio ; GUERRA, L. M. B. ; COSTA, Adalberto Veronese da ; RIBEIRO, Marcela Karin Pereira ; LIMA, Isabelle Azevedo ; BARBOSA, Antonia Leonides . VI COLÓQUIO DE EXTENSÃO DA UERN: Extensão nas Universidades Estaduais: Desafios e Perspectivas. 2012.

 

OLIVEIRA, Auris Martins de. Relatório de Atividades Curso de Ciências Contábeis no NAESM - Semestre 2012.1. 2012.

 

OLIVEIRA, Auris Martins de. Relatório de Atividades Curso de Ciências Contábeis no NAESM - Semestre 2012.2. 2012.

 

OLIVEIRA, Auris Martins de. I Oficina de Correção de Textos dos Resumos Expandidos do V Colóquio de Extensão da UERN. 2012.

 

LIMA, Francisco Vanderlei ; OLIVEIRA, Auris Martins de ; MENEZES, Suzaneide Ferreira da Silva ; BARBOSA, Antonia Leonides ; ALVES FILHO, Sebastião Emídio ; COSTA, Adalberto Veronese da ; GUERRA, Lígia Bandeira ; TARGINO, Demóstenes Vieira ; DANTAS, Márcia Egina Câmara ; RIBEIRO, Marcela Karin Pereira ; LIMA, Isabelle Azevedo . V Colóquio de Extensão da UERN: Extensão e Semiárido na Contemporaneidade. 2011.


OLIVEIRA, Auris Martins de. Relatório de Atividades Curso de Ciências Contábeis no NAESM - Semestre 2011.1. 2011.


OLIVEIRA, Auris Martins de. Relatório de Atividades Curso de Ciências Contábeis no NAESM - Semestre 2011.2. 2011.

 

Entrevistas, mesas redondas, programas e comentários na mídia

 

OLIVEIRA, Auris Martins de; MIRANDA, Kléber Formiga ; SILVA, R. N. ; SILVA, J. A. M. ; SILVA, C. G. M. . O Bacharel em Ciências Contábeis Frente aos Concursos Públicos. 2015. (Programa de rádio ou TV/Mesa redonda).

 

OLIVEIRA, Auris Martins de. Comportamento Financeiro dos Brasileiros. 2013. (Programa de rádio ou TV/Entrevista). 

 

OLIVEIRA, Auris Martins de. Ciclo de Palestras na UERN. 2013. (Programa de rádio ou TV/Comentário).

 

OLIVEIRA, Auris Martins de. Entrevista VI Colóquio de Extensão. 2013. (Programa de rádio ou TV/Entrevista).

 

OLIVEIRA, Auris Martins de. UERN se prepara para Colóquio de Extensão. 2013. (Programa de rádio ou TV/Comentário). 

 

OLIVEIRA, Auris Martins de. Mesmo com rendimentos menores, poupança continua sendo atrativa para os mossoroenses. 2013. (Programa de rádio ou TV/Comentário). 

 

OLIVEIRA, Auris Martins de. Reajuste no preço da gasolina e diesel afeta setor de alimentos e transporte. 2013. (Programa de rádio ou TV/Comentário). 

 

OLIVEIRA, Auris Martins de. Professores da UERN realizam palestras para explicar como fazer Declaração de Imposto de Renda Pessoa Física. 2013. (Programa de rádio ou TV/Entrevista). 

 

OLIVEIRA, Auris Martins de; LIMA, Francisco Vanderlei . V Colóquio de Extensão da UERN. 2012. (Programa de rádio ou TV/Comentário). 

 

OLIVEIRA, Auris Martins de. Mossoroenses consideram aumento do salário mínimo insatisfatório. 2012. (Programa de rádio ou TV/Entrevista). 

 

OLIVEIRA, Auris Martins de. Economistas orientam que quitar dívidas é uma boa forma para investimento do 13º. 2012. (Programa de rádio ou TV/Entrevista). 

 

OLIVEIRA, Auris Martins de. Quase 60% dos cidadãos usarão o 13º salário para quitar dívidas. 2012. (Programa de rádio ou TV/Comentário). 


OLIVEIRA, Auris Martins de. Economistas orientam sobre a melhor forma de utilizar a primeira parcela do 13º salário. 2012. (Programa de rádio ou TV/Comentário). 

 

OLIVEIRA, Auris Martins de. Especialistas dão dicas de como controlar os gastos e economizar no período de final de ano. 2012. (Programa de rádio ou TV/Comentário). 

 

OLIVEIRA, Auris Martins de. Heurística da representatividade, excesso de confiança, heurística da relatividade e efeito disponibilidade como fatores limitantes para publicação de informações socioambientais nas demonstrações contábeis. 2015. (Relatório de pesquisa).


OLIVEIRA, Auris Martins de. GESTÃO DE CUSTOS AMBIENTAIS NA REDE HOTELEIRA DO POLO COSTA BRANCA. 2014. (Relatório de pesquisa).


OLIVEIRA, Auris Martins de; LIMA, Isabelle Azevedo ; BARBOSA, Antonia Leonides . I Campanha UERN Sangue Bom. 2012. (Responsabilidade Social).

 

OLIVEIRA, Auris Martins de; LIMA, Isabelle Azevedo ; BARBOSA, Antonia Leonides . II Campanha UERN Sangue Bom. 2012. (Responsabilidade Social).

 

Cássio Rodrigo da Costa Almeida

 

v  Nenhuma produção no período.

Francisco Valmir Dias Soares Junior

 

Artigos completos publicados em periódicos

SOARES JUNIOR, F. V. D.2016 SOARES JUNIOR, F. V. D.; MORAIS, H. A. R . Pregão eletrônico: Um estudo da economicidade propiciada ao Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte.. Foco (Faculdade Novo Milênio), v. 9, p. 251-267, 2016.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos

 

RODRIGUES, B.D. ; NASCIMANTO, J. P. A. do ; SOARES JUNIOR, F. V. D. . OS ADMINISTRADORES E OS PRINCÍPIOS CONTÁBEIS: Qual o nível de conhecimento contábil dos futuros gestores empresariais.. In: III CONGRESSO UFERSA DE CONTABILIDADE, 2016, MOSSORÓ. ANAIS 2016, 2016. p. 196-207.

 

SOARES JUNIOR, F. V. D.. AUDITORIA INDEPENDENTE: UMA OBSERVAÇÃO SOBRE SUA IMPORTÂNCIA. In: I Congresso Nacional de Mestrados Profissionais em Administração Pública, 2016, CURITIBA-PR. ANAIS DO CONGRESSO. CURITIBA-PR: UTFPR, 2016. v. I.

 

SOARES JUNIOR, F. V. D.. A PERSPECTIVA DOS CONTADORES ANTE A IMPLEMENTAÇÃO DA NOVA CONTABILIDADE PÚBLICA A PARTIR DO EXERCÍCIO DE 2015: UM ESTUDO DESENVOLVIDO NO ÂMBITO DE UMA AUTARQUIA FEDERAL. In: I Congresso Nacional de Mestrados Profissionais em Administração Pública, 2016, CURITIBA-PR. ANAIS DO CONGRESSO. CURITIBA-PR: UTFPR, 2016. v. I.

 

SOARES JUNIOR, F. V. D.. PRINCÍPIO DA EFICIÊNCIA NA GESTÃO PÚBLICA: PROPOSTAS PARA MAXIMIZAR A EFICIÊNCIA NO NÚCLEO DE CÁLCULOS E PERÍCIAS (NECAP) DA ADVOCACIAGERAL DA UNIÃO, NO ESTADO DA PARAÍBA. In: I Congresso Nacional de Mestrados Profissionais em Administração Pública, 2016, CURITIBA-PR. ANAIS DO CONGRESSO. CURITIBA-PR: UTFPR, 2016. v. I.

 

SOARES JUNIOR, F. V. D.. INDICADORES DE GESTÃO DE RESÍDUOS SÓLIDOS: A percepção dos catadores de materiais recicláveis em Caicó-RN.. In: I Congresso Nacional de Mestrados Profissionais em Administração Pública, 2016, CURITIBA-PR. ANAIS DO CONGRESSO. CURITIBA-PR: UTFPR, 2016. v. I.

 

SOARES JUNIOR, F. V. D.; OLIVEIRA, M. M. ; RODRIGUES, R. R. F. . O ACORDO DE TRABALHO NO BANCO DO BRASIL: ADAPTAÇÃO AO BALANCED SCORECARD: Uma pesquisa sobre sua aceitação na agência do Banco do Brasil de Russas-CE. In: II Congresso Mossoroense UFERSA de Contabilidade, 2015, Mossoró - RN. Anais 2015 - ISSN 2357-9404, 2015. v. II.

 

SOARES JUNIOR, F. V. D.. A LEI DE RESPONSABILIDADE FISCAL (LRF) COMO INSTRUMENTO DE SUMA IMPORTÂNCIA NA CONTABILIDADE APLICADA AO SETOR PÚBLICO. In: XV Colóquio Internacional sobre Gestão Universitária nas Américas, 2015, Mar Del Plata. Desafios da Gestão Universitária no Século XXI. Mar Del Plata: INPAU, 2015.

 

SOARES JUNIOR, F. V. D.. EDUCAÇÃO À DISTÂNCIA - EAD: UMA ANÁLISE SOBRE SUAS VANTAGENS E DESAFIOS NA PERCEPÇÃO DOS MOSSOROENSES. In: XV Colóquio Internacional sobre Gestão Universitária nas Américas, 2015, Mar Del Plata. Desafios da Gestão Universitária no Século XXI. Mar Del Plata: INPAU, 2015.

 

SOARES JUNIOR, F. V. D.. A IMPORTÂNCIA DO BALANCED SCORECARD (BSC) E DE SEUS PILARES NO MELHOR ALINHAMENTO GERENCIAL DOS NEGÓCIOS. In: VIII Congresso Científico e Mostra de Extensão da UnP, 2015, Mossoró. Educação, Universidade e Oportunidades., 2015.

 

SOARES JUNIOR, F. V. D.. POTENCIALIDADES DA ENERGIA EÓLICA NO MUNICÍPIO DE SANTANA DO MATOS/RN. In: VIII Congresso Científico e Mostra de Extensão da UnP, 2015, Mossoró. Educação, Universidade e Oportunidades., 2015.

 

SOARES JUNIOR, F. V. D.. INFLUÊNCIAS DAS AQUISIÇÕES DE BENS E SERVIÇOS ATRAVÉS DO PREGÃO ELETRÔNICO NA EXECUÇÃO DOS PROJETOS DE EXTENSÃO: UMA ANÁLISE NO CENTRO DE CIÊNCIAS AGRÁRIAS DA UFPB NO PERÍODO DE 2010 A 2013.. In: VIII Congresso Científico e Mostra de Extensão da UnP, 2015, Mossoró. Educação, Universidade e Oportunidades., 2015.

 

SOARES JUNIOR, F. V. D.; MACHADO, A. M. O. ; SANTOS, A. L. P. ; CHAGAS, M. J. R. ; SANTOS, E. G. . IMPACTOS FINANCEIROS DO PROJETO DE REESTRUTURAÇÃO E EXPANSÃO UNIVERSITÁRIA - REUNI NO CAMPUS II DA UFPB: UM ESTUDO SOBRE A GRADUAÇÃO. In: XIII Coloquio de Gestión Universitaria en Américas, 2013, Florianópolis - SC. Rendimientos académicos y eficacia social de la Universidad, 2013. v. XIII.

 

Artigos completos publicados em periódicos

SOARES JUNIOR, F. V. D.2016 SOARES JUNIOR, F. V. D.; MORAIS, H. A. R . Pregão eletrônico: Um estudo da economicidade propiciada ao Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte.. Foco (Faculdade Novo Milênio), v. 9, p. 251-267, 2016.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos

 

RODRIGUES, B.D. ; NASCIMANTO, J. P. A. do ; SOARES JUNIOR, F. V. D. . OS ADMINISTRADORES E OS PRINCÍPIOS CONTÁBEIS: Qual o nível de conhecimento contábil dos futuros gestores empresariais.. In: III CONGRESSO UFERSA DE CONTABILIDADE, 2016, MOSSORÓ. ANAIS 2016, 2016. p. 196-207.

 

SOARES JUNIOR, F. V. D.. AUDITORIA INDEPENDENTE: UMA OBSERVAÇÃO SOBRE SUA IMPORTÂNCIA. In: I Congresso Nacional de Mestrados Profissionais em Administração Pública, 2016, CURITIBA-PR. ANAIS DO CONGRESSO. CURITIBA-PR: UTFPR, 2016. v. I.

 

SOARES JUNIOR, F. V. D.. A PERSPECTIVA DOS CONTADORES ANTE A IMPLEMENTAÇÃO DA NOVA CONTABILIDADE PÚBLICA A PARTIR DO EXERCÍCIO DE 2015: UM ESTUDO DESENVOLVIDO NO ÂMBITO DE UMA AUTARQUIA FEDERAL. In: I Congresso Nacional de Mestrados Profissionais em Administração Pública, 2016, CURITIBA-PR. ANAIS DO CONGRESSO. CURITIBA-PR: UTFPR, 2016. v. I.

 

SOARES JUNIOR, F. V. D.. PRINCÍPIO DA EFICIÊNCIA NA GESTÃO PÚBLICA: PROPOSTAS PARA MAXIMIZAR A EFICIÊNCIA NO NÚCLEO DE CÁLCULOS E PERÍCIAS (NECAP) DA ADVOCACIAGERAL DA UNIÃO, NO ESTADO DA PARAÍBA. In: I Congresso Nacional de Mestrados Profissionais em Administração Pública, 2016, CURITIBA-PR. ANAIS DO CONGRESSO. CURITIBA-PR: UTFPR, 2016. v. I.

 

SOARES JUNIOR, F. V. D.. INDICADORES DE GESTÃO DE RESÍDUOS SÓLIDOS: A percepção dos catadores de materiais recicláveis em Caicó-RN.. In: I Congresso Nacional de Mestrados Profissionais em Administração Pública, 2016, CURITIBA-PR. ANAIS DO CONGRESSO. CURITIBA-PR: UTFPR, 2016. v. I.

 

SOARES JUNIOR, F. V. D.; OLIVEIRA, M. M. ; RODRIGUES, R. R. F. . O ACORDO DE TRABALHO NO BANCO DO BRASIL: ADAPTAÇÃO AO BALANCED SCORECARD: Uma pesquisa sobre sua aceitação na agência do Banco do Brasil de Russas-CE. In: II Congresso Mossoroense UFERSA de Contabilidade, 2015, Mossoró - RN. Anais 2015 - ISSN 2357-9404, 2015. v. II.

 

SOARES JUNIOR, F. V. D.. A LEI DE RESPONSABILIDADE FISCAL (LRF) COMO INSTRUMENTO DE SUMA IMPORTÂNCIA NA CONTABILIDADE APLICADA AO SETOR PÚBLICO. In: XV Colóquio Internacional sobre Gestão Universitária nas Américas, 2015, Mar Del Plata. Desafios da Gestão Universitária no Século XXI. Mar Del Plata: INPAU, 2015.

 

SOARES JUNIOR, F. V. D.. EDUCAÇÃO À DISTÂNCIA - EAD: UMA ANÁLISE SOBRE SUAS VANTAGENS E DESAFIOS NA PERCEPÇÃO DOS MOSSOROENSES. In: XV Colóquio Internacional sobre Gestão Universitária nas Américas, 2015, Mar Del Plata. Desafios da Gestão Universitária no Século XXI. Mar Del Plata: INPAU, 2015.

 

SOARES JUNIOR, F. V. D.. A IMPORTÂNCIA DO BALANCED SCORECARD (BSC) E DE SEUS PILARES NO MELHOR ALINHAMENTO GERENCIAL DOS NEGÓCIOS. In: VIII Congresso Científico e Mostra de Extensão da UnP, 2015, Mossoró. Educação, Universidade e Oportunidades., 2015.

 

SOARES JUNIOR, F. V. D.. POTENCIALIDADES DA ENERGIA EÓLICA NO MUNICÍPIO DE SANTANA DO MATOS/RN. In: VIII Congresso Científico e Mostra de Extensão da UnP, 2015, Mossoró. Educação, Universidade e Oportunidades., 2015.

 

SOARES JUNIOR, F. V. D.. INFLUÊNCIAS DAS AQUISIÇÕES DE BENS E SERVIÇOS ATRAVÉS DO PREGÃO ELETRÔNICO NA EXECUÇÃO DOS PROJETOS DE EXTENSÃO: UMA ANÁLISE NO CENTRO DE CIÊNCIAS AGRÁRIAS DA UFPB NO PERÍODO DE 2010 A 2013.. In: VIII Congresso Científico e Mostra de Extensão da UnP, 2015, Mossoró. Educação, Universidade e Oportunidades., 2015.

SOARES JUNIOR, F. V. D.; MACHADO, A. M. O. ; SANTOS, A. L. P. ; CHAGAS, M. J. R. ; SANTOS, E. G. . IMPACTOS FINANCEIROS DO PROJETO DE REESTRUTURAÇÃO E EXPANSÃO UNIVERSITÁRIA - REUNI NO CAMPUS II DA UFPB: UM ESTUDO SOBRE A GRADUAÇÃO. In: XIII Coloquio de Gestión Universitaria en Américas, 2013, Florianópolis - SC. Rendimientos académicos y eficacia social de la Universidad, 2013. v. XIII.

 

Resumos publicados em anais de congressos

 

SOARES JUNIOR, F. V. D.; OLIVEIRA, M. M. ; RODRIGUES, R. R. F. . NOTA FISCAL ELETRÔNICA E SISTEMA PÚBLICO DE ESCRITURAÇÃO DIGITAL - SPED: Diagnóstico de sua aplicação na indústria de grande e pequeno porte. In: II Congresso Mossoroense UFERSA de Contabilidade, 2015, Mossoró - RN. Anais 2015 - ISSN 2357-9404, 2015. v. II.

Apresentações de Trabalho

 

SOARES JUNIOR, F. V. D.. A CONTRIBUIÇÃO DOS CRÉDITOS SUPLEMENTARES NO ORÇAMENTO PÚBLICO. 2016. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

 

SOARES JUNIOR, F. V. D.. PRINCÍPIO DA EFICIÊNCIA NA GESTÃO PÚBLICA - PROPOSTAS PARA MAXIMIZAR A EFICIÊNCIA NO NECAP DA AGU-PB. 2016. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

 

SOARES JUNIOR, F. V. D.. A PERSPECTIVA DOS CONTADORES ANTE A IMPLEMENTAÇÃO DA NOVA CONTABILIDADE PÚBLICA. 2016. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

 

SOARES JUNIOR, F. V. D.. INDICADORES DE GESTÃO DE RESÍDUOS SÓLIDOS: A PERCEPÇÃO DOS CATADORES DE MATERIAIS RECICLÁVEIS EM CAICÓ-RN. 2016. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

 

SOARES JUNIOR, F. V. D.. AUDITORIA INDEPENDENTE UMA OBSERVAÇÃO DE SUA IMPORTANCIA (PROFIAP). 2016. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

 

SOARES JUNIOR, F. V. D.; OLIVEIRA, M. M. ; RODRIGUES, R. R. F. . O ACORDO DE TRABALHO NO BANCO DO BRASIL: ADAPTAÇÃO AO BALANCED SCORECARD: Uma pesquisa sobre sua aceitação na agência do Banco do Brasil de Russas-CE. 2015. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

 

SOARES JUNIOR, F. V. D.; OLIVEIRA, M. M. ; RODRIGUES, R. R. F. . NOTA FISCAL ELETRÔNICA E SISTEMA PÚBLICO DE ESCRITURAÇÃO DIGITAL - SPED: Diagnóstico de sua aplicação na indústria de grande e pequeno porte. 2015. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

 

SOARES JUNIOR, F. V. D.. EDUCAÇÃO À DISTÂNCIA - EAD: UMA ANÁLISE SOBRE SUAS VANTAGENS E DESAFIOS NA PERCEPÇÃO DOS MOSSOROENSES. 2015. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).


SOARES JUNIOR, F. V. D.; CHAGAS, M. J. R. ; PEREIRA NETO, F. ; CORDEIRO, M. G. . INFLUÊNCIAS DAS AQUISIÇÕES DE BENS E SERVIÇOS ATRAVÉS DO PREGÃO ELETRÔNICO NA EXECUÇÃO DOS PROJETOS DE EXTENSÃO: UMA ANÁLISE NO CENTRO DE CIÊNCIAS AGRÁRIAS DA UFPB NO PERÍODO DE 2010 A 2013. 2015. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

SOARES JUNIOR, F. V. D.; CHAGAS, M. J. R. ; PEREIRA NETO, F. ; CORDEIRO, M. G. . A IMPORTÂNCIA DO BALANCED SCORECARD (BSC) E DE SEUS PILARES NO MELHOR ALINHAMENTO GERENCIAL DOS NEGÓCIOS. 2015. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

SOARES JUNIOR, F. V. D.. A LEI DE RESPONSABILIDADE FISCAL (LRF) COMO INSTRUMENTO DE SUMA IMPORTÂNCIA NA CONTABILIDADE APLICADA AO SETOR PÚBLICO. 2015. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).


SOARES JUNIOR, F. V. D.; MACHADO, A. M. O. ; SANTOS, A. L. P. ; CHAGAS, M. J. R. ; SANTOS, E. G. . IMPACTOS FINANCEIROS DO PROJETO DE REESTRUTURAÇÃO E EXPANSÃO UNIVERSITÁRIA - REUNI NO CAMPUS II DA UFPB: UM ESTUDO SOBRE A GRADUAÇÃO. 2013. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

 

 

Entrevistas, mesas redondas, programas e comentários na mídia

 

SOARES JUNIOR, F. V. D.. I Café Contábil. 2016. (Programa de rádio ou TV/Mesa redonda).

Redes sociais, websites e blogs

 

SOARES JUNIOR, F. V. D.. Blog do Prof Valmir. 2016; Tema: Promoção do Ensino da Contabilidade (Geral e Pública). (Blog).

SOARES JUNIOR, F. V. D.. Professor Valmir Soares Jr. 2016; Tema: Promoção do ensino da Contabilidade, Geral e Pública.. (Rede social).

SOARES JUNIOR, F. V. D.. Revisão para o Exame de Suficiência (Contabilidade Pública). 2016. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

 

SOARES JUNIOR, F. V. D.. Iniciação a contratações com o setor público.. 2016. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

 

SOARES JUNIOR, F. V. D.. Matemática Financeira para a tomada de Decisões.. 2016. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

 

SOARES JUNIOR, F. V. D.. Orçamento Público. 2016. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

 

SOARES JUNIOR, F. V. D.. Custos e Orçamento para micro e pequenas empresas. 2016. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

 

SOARES JUNIOR, F. V. D.. Revisão para o Exame de Suficiência (Matemática Financeira). 2016. (Curso de curta duração ministrado/Outra).

 

 

Ivanaldo Gaudêncio

 

v  Nenhuma produção no período.

 

Jandeson Dantas da Silva

 

Artigos completos publicados em periódicos

 

Menezes, B. S. ; SILVA, J. D. ; ALMEIDA, T. A. ; BRAGA, D. S. G. ; SILVA, A. L. L ; REBOUCAS, S. M. D. P. . FATORES CARACTERÍSTICOS DOS CONSUMIDORES DE COMPRAS COLETIVAS: ESTUDO SOB A PERSPECTIVA DA IMPULSIVIDADE, MATERIALISMO E TURBOCONSUMIDOR. FFBusiness, v. 13, p. 01-20, 2015.

 

ALMEIDA, T. A. ; SILVA, J. D. ; OLIVEIRA, M. C. . Responsabilidade social corporativa e a influência de aspectos do ambiente institucional: uma análise no setor bancário brasileiro. Revista Universo Contábil, v. 11, p. 44-62, 2015.

 

Trabalhos completos publicados em anais de congressos

 

COSTA, W. P. L. B. ; SILVA, J. D. ; PEDROSA, S. L. ; FERREIRA, L. M. M ; FRANÇA, K. P. ; NASCIMENTO, I. C. S. . Aplicabilidade da lei de responsabilidade fiscal: Um estudo de caso em uma prefeitura municipal. In: VII Mostra de pesquisa em Ciência e Tecnologia Devry Brasil, 2016, Fortaleza CE. Anais da VII Mostra de Pesquisa em Ciência e Tecnologia Devry Brasil. Fortaleza CE: Devry Brasil, 2016.

 

COSTA, W. P. L. B. ; SILVA, J. D. ; PEDROSA, S. L. ; TAVARES, A.P.F ; SILVA, V.S ; SOUSA, G.M . Regime de tributação: Um estudo de caso na empresa construtora Construsá LTDA.. In: VII Mostra de pesquisa em Ciência e Tecnologia Devry Brasil, 2016, Fortaleza CE. Anais da VII Mostra de Pesquisa em Ciência e Tecnologia Devry Brasil. Fortaleza CE: Devry Brasil, 2016.

 

COSTA, W. P. L. B. ; PEREIRA, R.A ; SILVA, J. D. ; MOURA, T.K ; OLIVEIRA, P.V.C ; PEDROSA, S. L. . Relevância da elisão fiscal: Um estudo em uma empresa optante pelo simples nacional da cidade de Mossoró RN. In: VII Mostra de pesquisa em Ciência e Tecnologia Devry Brasil, 2016, Fortaleza CE. Anais da VII Mostra de Pesquisa em Ciência e Tecnologia Devry Brasil. Fortaleza CE: Devry Brasil, 2016.

 

COSTA, W. P. L. B. ; MOURA, H.D ; SILVA, J. D. ; OLIVEIRA, G.F. ; CASTRO, L.A ; PEDROSA, S. L. . Contabilidade de custos como instrumento decisório: Um estudo de caso.. In: VII Mostra de pesquisa em Ciência e Tecnologia Devry Brasil, 2016, Fortaleza CE. Anais da VII Mostra de Pesquisa em Ciência e Tecnologia Devry Brasil. Fortaleza CE: Devry Brasil, 2016.

 

SILVA, J. D.; OLIVEIRA, A.M. ; COSTA, W. P. L. B. ; MATEUS, T.S ; NASCIMENTO, I. C. S. ; PEDROSA, S. L. . A utilização das demonstrações contábeis para a concessão de crédito bancário: Um estudo de caso em instituições financeiras na cidade de Mossoró RN. In: VII Mostra de pesquisa em Ciência e Tecnologia Devry Brasil, 2016, Fortaleza CE. Anais da VII Mostra de Pesquisa em Ciência e Tecnologia Devry Brasil. Fortaleza CE: Devry Brasil, 2016.

 

SILVA, J. D.; COSTA, W. P. L. B. ; ALVES, K.U.A ; PEDROSA, S. L. ; NASCIMENTO, I. C. S. . O papel da contabilidade gerencial no processo de tomada de decisão: Um estudo em empresas comerciais. In: VII Mostra de pesquisa em Ciência e Tecnologia Devry Brasil, 2016, Fortaleza CE. Anais da VII Mostra de Pesquisa em Ciência e Tecnologia Devry Brasil. Fortaleza CE: Devry Brasil, 2016.

 

SILVA, J. D.; COSTA, W. P. L. B. ; SOUZA, J.H.S ; CHAVES, K. B. L ; PEDROSA, S. L. ; NASCIMENTO, I. C. S. . A relevância da auditoria interna para a eficiência da gestão empresarial: Um estudo de caso numa empresa prestadora de serviços automecânicos no município de Mossoró RN. In: VII Mostra de pesquisa em Ciência e Tecnologia Devry Brasil, 2016, Fortaleza CE. Anais da VII Mostra de Pesquisa em Ciência e Tecnologia Devry Brasil. Fortaleza CE: Devry Brasil, 2016.

 

SILVA, J. D.; COSTA, W. P. L. B. ; SANTOS, F. G. R. ; SOUSA, A. C. S. ; PEDROSA, S. L. ; NASCIMENTO, I. C. S. . Gestão de custos: Um estudo acerca da sua contribuição para os resultados econômicos e financeiros de uma empresa salineira na cidade de Mossoró RN. In: VII Mostra de pesquisa em Ciência e Tecnologia Devry Brasil, 2016, Fortaleza CE. Anais da VII Mostra de Pesquisa em Ciência e Tecnologia Devry Brasil. Fortaleza CE: Devry Brasil, 2016.

 

SILVA, J. D.; COSTA, W. P. L. B. ; PEDROSA, S. L. ; SANTOS, F. F. I. . A contribuição da auditoria interna para gestão empresarial: Um estudo de caso em uma indústria de beneficiamento de castanha.. In: VII Mostra de pesquisa em Ciência e Tecnologia Devry Brasil, 2016, Fortaleza CE. Anais da VII Mostra de Pesquisa em Ciência e Tecnologia Devry Brasil. Fortaleza CE: Devry Brasil, 2016.

 

NASCIMENTO, I. C. S. ; SILVA, J. D. ; COSTA, W. P. L. B. . Impactos da Lei de Responsabilidade Fiscal no modelo de gestão da prefeitura Municipal de Areia Branca/RN. In: VIII CONGRESSO CIENTIFICO E MOSTRA DE EXNTESÃO DA UNP, 2015, MOSSORO. ANAIS DO VIII CONGRESSO CIENTIFICO DA UNP. Mossoró RN: Universidade Potiguar, 2015.

 

SILVA, J. D.; COSTA, W. P. L. B. ; PESSOA, M. N. M. ; CABRAL, A. C. A. ; SANTOS, S. M. . CUSTOS DE CONFORMIDADE À TRIBUTAÇÃO: Um estudo sobre a percepção dos gestores de uma organização pública brasileira.. In: XXII CONGRESSO BRASILEIRO DE CUSTOS, 2015, FOZ DO IGUAÇU-PR. ANAIS DO XXII CONGRESSO BRASILEIRO DE CUSTOS, 2015. v. 1.


SOMBRA, A. M. M. ; SILVA, J. D. ; PESSOA, M. N. M. ; CABRAL, A. C. A. ; SANTOS, S. M. . Perfil da disciplina de contabilidade de custos nas universidades brasileiras: uma análise nos cursos de graduação em Ciências Contábeis.. In: XXII CONGRESSO BRASILEIRO DE CUSTOS, 2015, FOZ DO IGUAÇU-PR. ANAIS DO XXII CONGRESSO BRASILEIRO DE CUSTOS, 2015.

 

ALMEIDA, T. A. ; SILVA, J. D. ; OLIVEIRA, M. C. . Responsabilidade social corporativa e a influência de aspectos do ambiente institucional: uma análise no setor bancário brasileiro. In: XXXIX EnANPAD, 2015, BELO HORIZONTE. ANAIS DO XXXIX EnANPAD, 2015.

 

OLIVEIRA, L. M. ; COSTA, W. P. L. B. ; SILVA, J. D. . PROCESSO DA AUDITORIA INTERNA: UM ESTUDO DE CASO EM UMA FACTORING NA CIDADE DE MOSSORO. In: VIII CONGRESSO CIENTIFICO E MOSTRA DE EXTENSÃO DA UNP, 2015, MOSSORO. ANAIS DO VIII CONGRESSO CIENTIFICO E MOSTRA CIENTIFICA DA UNP. Mossoró RN: Universidade Potiguar, 2015. v. 1. p. 1228-1236.

 

SILVA, J. D.. FATORES INFLUENCIADORES DA ADOÇÃO DE UM METODO DE CUSTEIO NA PERSPECTIVA DE PROFISSIONAIS EM CONTABILIDADE COM ATUAÇÃO NO SETOR INDUSTRIAL. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE CUSTOS, 2014, NATAL. ANAIS DO CONGRESSO BRASILEIRO DE CUSTOS, 2014.

 

SILVA, J. D.. GESTÃO DE CUSTOS COMO FERRAMENTA DE PLANEJAMENTO E CONTROLE: UM ESTUDO NO JORNAL GAZETA DO OESTE EM MOSSORO/RN. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE CUSTOS, 2014, NATAL. ANAIS DO CONGRESSO BRASILEIRO DE CUSTOS, 2014.

 

SILVA, J. D.. GOVERNANÇA CORPORATIVA: um estudo acerca do nível de adesão das práticas nas indústrias salineiras.. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE CUSTOS, 2014, NATAL. ANAIS DO CONGRESSO BRASILEIRO DE CUSTOS, 2014.

 

OLIVEIRA, C. J. ; SILVA, J. D. ; COSTA, W. P. L. B. . GESTÃO ESTRATÉGICA DE CUSTOS: um estudo de caso em uma factoring da cidade de Mossoró/RN... In: I CONGRESSO UFERSA, 2014, Mossoró RN. CONGRESSO UFERSA. Mossoró RN: UFERSA, 2014.
FERNANDES, A. C. S. ; SILVA, M. C. ; SILVA, J. D. ; COSTA, W. P. L. B. . A utilização da controladoria como vantagem competitiva: um estudo de caso em uma distribuidora de petróleo.. In: Extensão Universitária - Universidade Potiguar, 2014, Mossoro. Anais do VII Congresso Cientifico e mostra de extensão da universidade potiguar. Mossoro RN: Universidade Potiguar, 2014.

 

OLIVEIRA, C. J. ; FERNANDES, A. C. S. ; SILVA, J. D. ; COSTA, W. P. L. B. . Análise do perfil profissional dos estudantes de Ciências Contábeis: um estudo nas IES públicas de Mossoró RN. In: VII Congresso Científico e Mostra de Extensão da universidade Potiguar, 2014, Mossoró RN. Anais do VII Congresso Cientifico e mostra de extensão da universidade potiguar. Mossoro RN: Universidade Potiguar, 2014.

 

FERNANDES, A. C. S. ; SILVA, M. C. ; SILVA, J. D. ; COSTA, W. P. L. B. . Planejamento estratégico: um estudo acerca da sua contribuição para maximização dos lucros em uma indústria têxtil.. In: VII Congresso Científico e Mostra de Extensão da universidade Potiguar, 2014, Mossoró RN. Anais VII Congresso Científico e Mostra de Extensão da Universidade Potiguar.. Mossoró RN: Universidade Potiguar, 2014.

 

OLIVEIRA, C. J. ; SILVA, J. D. ; COSTA, W. P. L. B. . O perfil socioeconômico e profissional dos egressos do curso de ciências contábeis: um estudo com os egressos da universidade do estado do Rio Grande do Norte - Campus Central. In: VII Congresso Científico e Mostra de Extensão da universidade Potiguar, 2014, Mossoro. Anais do VII Congresso Cientifico e mostra de extensão da universidade potiguar. Mossoró RN: Universidade Potiguar, 2014.

 

COSTA, W. P. L. B. ; SILVA, J. D. . DESAFIOS E PERSPECTIVA DA PROFISSÃO DOCENTE EM CONTABILIDADE: UM ESTUDO NO DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS DA UERN/CAMPUS CENTRAL.. In: ASSOCIAÇÃO FRANCOFONE INTERNACIONAL DE PESQUISA EM EDUCAÇÃO - SECÇÃO BRASILEIRA, 2013, MOSSORO. ANAIS DA AFIRSE, 2013.

 

SILVA, J. D.; COSTA, W. P. L. B. . IMPACTOS DA NOTA FISCAL ELETRÔNICA: UM ESTUDO DE CASO EM UMA INDUSTRIA DE ALIMENTOS NA CIDADE DE MOSSORO-RN. In: VI CONGRESSO CIENTIFICO E VI MOSTRA DE EXTENSÃO DA UNIVERSIDADEPOTIGUAR, 2013, Mossoró RN. ANAIS DO VI CONGRESSO CIENTIFICO E VI MOSTRA DE EXTENSÃO DA UNIVERSIDADE POTIGUAR. Mossoró RN: Universidade Potiguar, 2013.

 

SILVA, J. D.; COSTA, W. P. L. B. . A PERCEPÇÃO DOS CONHECIMENTOS PERICIAIS UTILIZADOS NO EXERCÍCIO DA SUA FUNÇÃO: SOB ÓTICA DE UM PERITO CONTADOR. In: VI CONGRESSO CIENTIFICO E VI MOSTRA DE EXTENSÃO DA UNIVERSIDADE POTIGUAR, 2013, Mossoró RN. ANAIS DO VI CONGRESSO CIENTIFICO E VI MOSTRA DE EXTENSÃO DA UNIVERSIDADE POTIGUAR. Mossoró RN: Universidade Potiguar, 2013.

 

SILVA, J. D.. APLICABILIDADE DOS INDICADORES ECONÔMICOS-FINANCEIROS: UM ESTUDO EM UMA DISTRIBUIDORA DE GÁS. In: VI CONGRESSO CIENTIFICO E VI MOSTRA DE EXTENSÃO DA UNIVERSIDADE POTIGUAR, 2013, Mossoró RN. ANAIS DO VI CONGRESSO CIENTIFICO E VI MOSTRA DE EXTENSÃO DA UNIVERSIDADE POTIGUAR. Mossoró RN: Universidade Potiguar, 2013.

 

SILVA, J. D.; COSTA, W. P. L. B. . CONTABILIDADE AMBIENTAL: UM ESTUDO ACERCA DA EVIDENCIAÇÃO DE ATIVOS E PASSIVOS AMBIENTAIS EM UMA FABRICA DE MÓVEIS. In: VI Congresso Científico e VI Mostra de Extensão da universidade Potiguar, 2013, Mossoró RN. ANAIS DO VI CONGRESSO CIENTIFICO E VI MOSTRA DE EXTENSÃO DA UNIVERSIDADE POTIGUAR. Mossoró RN: Universidade Potiguar, 2013.

 

SILVA, J. D.; COSTA, W. P. L. B. . SISTEMA DE GESTÃO DA QUALIDADE: UMA ANALISE SOBRE AS PRINCIPAIS MUDANÇAS NA IMOBILIÁRIA SOLIMÕES COM A IMPLANTAÇÃO DA ISO 9001. In: VI Congresso Científico e VI Mostra de Extensão da universidade Potiguar, 2013, Mossoró RN. ANAIS DO VI CONGRESSO CIENTIFICO E VI MOSTRA DE EXTENSÃO DA UNIVERSIDADE POTIGUAR. Mossoró RN: Universidade Potiguar, 2013.

 

SILVA, J. D.; COSTA, W. P. L. B. ; OLIVEIRA JUNIOR, B. L. ; MORAIS, H. A. R. ; SANTOS, J. O. F. . A IMPORTÂNCIA DA EVIDENCIAÇÃO PARA O DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL NA GESTÃO ESTRATÉGICA DAS EMPRESAS: UM ESTUDO DA CONTABILIDADE SÓCIO AMBIENTAL. In: IX ENCC, 2012, NATAL. ANAIS DO IX ENCC, 2012.

 

LIMA, F. P. ; SILVA, R. C. ; SANTOS, J. O. F. ; SILVA, J. D. ; COSTA, W. P. L. B. ; VALDEVINO, R. Q. S. . ESTRATÉGIAS DE GESTÃO DE CUSTOS: INVESTIGAÇÃO EMPÍRICA EM EMPRESAS DA CONSTRUÇÃO CIVIL DO MUNICÍPIO DE MOSSORÓ RN. In: V CONGRESSO CIENTIFICO DA UNP, 2012, MOSSORO. ANAIS DO V CONGRESSO CIENTIFICO E V MOSTRA DE EXTENSÃO DA UNIVERSIDADE POTIGUAR. Mossoró RN: Universidade Potiguar, 2012.

 

SANTOS, J. O. F. ; SILVA, J. D. ; COSTA, W. P. L. B. ; SILVA, R. C. . A APLICAÇÃO DA ESTATISTICA COMO FERRAMENTA ACESSORIA EM AUDITORIA :UM ESTUDO NA SECRETARIA DE TRIBUTAÇÃO DE MOSSORO RN. In: V CONGRESSO CIENTIFICO E V MOSTRA DE EXTENSÃO DA UNIVERSIDADE POTIGUAR, 2012, Mossoró RN. ANAIS DO V CONGRESSO CIENTIFICO E V MOSTRA DE EXTENSÃO DA UNIVERSIDADE POTIGUAR. Mossoró RN: Universidade Potiguar, 2012.

 

SILVA, J. D.; LINS, L. I. P. ; CARVALHO, C. C. ; ALBUQUERQUE, J. S. ; OLIVEIRA, A. M. ; VALDEVINO, R. Q. S. . CUSTO DA QUALIDADE COMO ESTRATÉGIA COMPETITIVA: UM ESTUDO REALIZADO NA EMPRESA F. SOUTO INDÚSTRIA E COMÉRCIO DE SAL S.A. In: V CONGRESSO CIENTIFICO E V MOSTRA DE EXTENSÃO DA DA UNIVERSIDADE POTIGUAR, 2012, Mossoró RN. ANAIS DO V CONGRESSO CIENTIFICO E VI MOSTRA DE EXTENSÃO DA UNIVERSIDADE POTIGUAR. Mossoró RN: Universidade Potiguar, 2012.

 

FRANCISCO, D. E. C. ; COSTA, W. P. L. B. ; SILVA, J. D. ; SILVA, R. C. ; DINIZ, S. M. . A IMPORTÂNCIA DO CONTROLE INTERNO COMO FERRAMENTA PARA A AUDITORIA INTERNA: UM ESTUDO DE CASO EM UMA EMPRESA DO RAMO PETROLÍFERO. In: V CONGRESSO CIENTIFICO E V MOSTRA DE EXTENSÃO DA DA UNIVERSIDADE POTIGUAR, 2012, Mossoró RN. ANAIS DO V CONGRESSO CIENTIFICO E V MOSTRA DE EXTENSÃO DA UNIVERSIDADE POTIGUAR. Mossoró RN: Universidade Potiguar, 2012.


SILVA, R. C. ; FRANCISCO, D. E. C. ; COSTA, W. P. L. B. ; SILVA, J. D. ; SANTOS, J. O. F. ; SILVA, R. C. . AUDITORIA FISCAL E TRIBUTÁRIA: UM ESTUDO DE CASO DOS FATORES DETERMINANTES NA EMPRESA F. SOUTO S/A EM MOSSORÓ RN. In: V CONGRESSO CIENTIFICO E V MOSTRA DE EXTENSÃO DA UNIVERSIDADE POTIGUAR, 2012, Mossoró RN. ANAIS DO V CONGRESSO CIENTIFICO E V MOSTRA DE EXTENSÃO DA UNIVERSIDADE POTIGUAR. Mossoró RN: Universidade Potiguar, 2012.

 

FRANCISCO, D. E. C. ; COSTA, W. P. L. B. ; SILVA, J. D. ; SILVA, R. C. ; VALDEVINO, R. Q. S. . ANALISE DOS CUSTOS DA ATIVIDADE PETROLIFERA NA REGIÃO DE MOSSORO RN. In: V CONGRESSO CIENTIFICO E V MOSTRA DE EXTENSÃO DA DA UNIVERSIDADE POTIGUAR, 2012, Mossoró RN. ANAIS DO V CONGRESSO CIENTIFICO E V MOSTRA DE EXTENSÃO DA UNIVERSIDADE POTIGUAR. Mossoró RN: Universidade Potiguar, 2012.

 

SILVA, R. C. ; FRANCISCO, D. E. C. ; COSTA, W. P. L. B. ; SILVA, J. D. ; SILVA, R. C. ; SANTOS, J. O. F. . AS IMPLICAÇÕES DA ADOÇÃO DA NOTA FISCAL ELETRÔNICA: UM ESTUDO DE CASO EM UMA EMPRESA DO RAMO SALINEIRO. In: V CONGRESSO CIENTIFICO E V MOSTRA DE EXTENSÃO DA DA UNIVERSIDADE POTIGUAR, 2012, Mossoró RN. ANAIS DO V CONGRESSO CIENTIFICO E V MOSTRA DE EXTENSÃO DA UNIVERSIDADE POTIGUAR. Mossoró RN: Universidade Potiguar, 2012.

 

COSTA, W. P. L. B. ; SILVA, J. D. ; FRANCISCO, D. E. C. ; SANTOS, J. O. F. ; SILVA, R. C. ; VALDEVINO, R. Q. S. . A IMPORTÂNCIA DA AUDITORIA INTERNA COMO FERRAMENTA DE MELHORIA DOS CONTROLES INTERNOS: UM ESTUDO DE CASO EM UMA TRANSPORTADORA NA CIDADE DE MOSSORÓ RN. In: V CONGRESSO CIENTIFICO E V MOSTRA DE EXTENSÃO DA DA UNIVERSIDADE POTIGUAR, 2012, Mossoró RN. ANAIS DO V CONGRESSO CIENTIFICO E V MOSTRA DE EXTENSÃO DA UNIVERSIDADE POTIGUAR. Mossoró RN: Universidade Potiguar, 2012.

 

SANTOS, J. O. F. ; COSTA, W. P. L. B. ; SILVA, J. D. ; SILVA, R. C. . A IMPORTÂNCIA DA CONTABILIDADE E DA AUDITORIA AMBIENTAL: ESTUDO NUMA EMPRESA PETROLÍFERA DE MOSSORÓ RN. In: V CONGRESSO CIENTIFICO E V MOSTRA DE EXTENSÃO DA DA UNIVERSIDADE POTIGUAR, 2012, Mossoró RN. ANAIS DO V CONGRESSO CIENTIFICO E V MOSTRA DE EXTENSÃO DA UNIVERSIDADE POTIGUAR. Mossoró RN: Universidade Potiguar, 2012.

 

SILVA, J. D.; COSTA, W. P. L. B. ; REGINALDO, L. L. ; LIMA, N. S. ; LIMA, F. P. ; VALDEVINO, R. Q. S. . DEMONSTRAÇÃO DE FLUXO DE CAIXA COMO INSTRUMENTO DE APOIO AO PROCESSO DECISÓRIO: UM ESTUDO DE CASO EM UMA EMPRESA PETROLÍFERA NO MUNICÍPIO DE MOSSORÓ RN. In: V CONGRESSO CIENTIFICO E V MOSTRA DE EXTENSÃO DA DA UNIVERSIDADE POTIGUAR, 2012, Mossoró RN. ANAIS DO V CONGRESSO CIENTIFICO E V MOSTRA DE EXTENSÃO DA UNIVERSIDADE POTIGUAR. Mossoró RN: Universidade Potiguar, 2012.

Resumos expandidos publicados em anais de congressos

 

NASCIMENTO, I. C. S. ; COSTA, W. P. L. B. ; SILVA, J. D. ; BATISTA, P. P. Q. L. ; PEDROSA, S. L. . Finanças comportamentais: um estudo exploratório sobre o comportamento racional e irracional dos tomadores de decisão sobre as informações produzidas pela contabilidade gerencial.. In: II Fórum de Extensão do Oeste Potiguar, 2016, Mossoro. Anais do VIII Colóquio de Extensão da UERN, II Fórum de Extensão do Oeste Potiguar, I Salão de extensão, 2016. v. VIII.

BATISTA, P. P. Q. L. ; OLIVEIRA, A. M. ; ANDRADE, E. J. S. ; COSTA, W. P. L. B. ; PEDROSA, S. L. ; SILVA, J. D. . A RELEVANCIA DO PLANEJAMENTO TRIBUTÁRIO NA GESTÃO EMPRESARIAL: UM ESTUDO DE CASO EM UMA EMPRESA DE CONSTRUÇÃO CIVIL NA CIDADE DE MOSSORÓ RN. In: VIII CONGRESSO CIENTIFICO E MOSTRA DE EXTENSÃO DA UNP, 2015, MOSSORO. ANAIS DO VIII CONGRESSO CIENTIFICO DA UNP. Mossoró RN: Universidade Potiguar, 2015.

 

ANDRADE, E. J. S. ; SOZA, D. V. ; NASCIMENTO, I. C. S. ; OLIVEIRA, N. C. ; SILVA, J. D. ; COSTA, W. P. L. B. . A RELEVÂNCIA DA CONTROLADORIA NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA DO MUNICÍPIO DE AREIA BRANCA RN. In: VIII CONGRESSO CIENTIFICO E MOSTRA DE EXTENSÃO DA UNP, 2015, Mossoró RN. ANAIS DO VIII CONGRESSO CIENTIFICO DA UNP. Mossoró RN: Universidade Potiguar, 2015.

 

BATISTA, P. P. Q. L. ; MELO, J R G ; SILVA, J. D. ; COSTA, W. P. L. B. ; ANDRADE, E. J. S. . A CONTRIBUIÇÃO DA CONTABILIDADE DE CUSTOS COMO INSTRUMENTO DE INFORMAÇÕES PARA AUXILIAR NO CONTROLE E NA TOMADA DE DECISÕES: UM ESTUDO DE CASO EM UMA EMPRESA DO RAMO DE COMERCIO VAREJISTA.. In: II CONGEST IV SEMANA DO ECONOMISTA, 2015, Mossoró RN. ANAIS DO II CONGEST IV SEMANA DO ECONOMISTA. Mossoró RN: UERN, 2015.

 

SILVA, J. D.; DINIZ, S. M. ; COSTA, W. P. L. B. . CONTABILIDADE BÁSICA PARA NÃO CONTADORES E GESTORES DO MUNICÍPIO DE MOSSORÓ RN. In: VI Colóquio de Extensão da UERN,, 2013, MOSSORO. Anais do VI Colóquio de Extensão da UERN,, 2013.

 

Resumos publicados em anais de congressos

 

BATISTA, P. P. Q. L. ; OLIVEIRA, A. M. ; SILVA, J. D. ; PEDROSA, S. L. ; VALDEVINO, R. Q. S. ; COSTA, W. P. L. B. . UTILIZAÇÃO DA CONTABILIDADE GERENCIAL NO PROCESSO DECISÓRIO: UM ESTUDO DE CASO EM UMA TRANSPORTADORA. In: VIII CONGRESSO CIENTIFICO E MOSTRA DE EXTENSÃO DA UNP, 2015, MOSSORO. ANAIS DO VIII CONGRESSO CIENTIFICO E MOSTRA DE EXTENSÃO DA UNP. Mossoró RN: Universidade Potiguar, 2015.

 

OLIVEIRA, L. M. ; SILVA, J. D. ; OLIVEIRA, A. M. ; PEDROSA, S. L. ; BATISTA, P. P. Q. L. ; COSTA, W. P. L. B. . OS BENEFÍCIOS DA GESTÃO AMBIENTAL COMO VANTAGEM COMPETITIVA NAS ORGANIZAÇÕES: UM ESTUDO DE CASO EM UMA EMPRESA DO SETOR INDUSTRIAL NA CIDADE DE MOSSORÓ RN. In: VIII CONGRESSO CIENTIFICO E MOSTRA DE EXTENSÃO DA UNP, 2015, MOSSORO. ANAIS DO VIII CONGRESSO CIENTIFICO DA UNP. Mossoró RN: Universidade Potiguar, 2015.

 

ANDRADE, E. J. S. ; SILVA, J. D. ; COSTA, W. P. L. B. ; SOZA, D. V. ; NASCIMENTO, I. C. S. . DESAFIOS E PERSPECTIVAS DO MERCADO DE TRABALHO PARA A MULHER CONTABILISTA: UM ESTUDO NA CIDADE DE MOSSORO RN. In: II CONGEST IV SEMANA DO ECONOMISTA, 2015, Mossoró RN. ANAIS DO II CONGEST IV SEMANA DO ECONOMISTA. Mossoró RN: UERN, 2015.

 

ANDRADE, E. J. S. ; SILVA, J. D. ; COSTA, W. P. L. B. ; SOZA, D. V. ; BATISTA, P. P. Q. L. . ATUAÇÃO DA CONTROLADORIA NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA: UM ESTUDO NO ÂMBITO DA PREFEITURA MUNICIPAL DE MOSSORÓ RN. In: II CONGEST IV SEMANA DO ECONOMISTA, 2015, Mossoró RN. ANAIS DO II CONGEST IV SEMANA DO ECONOMISTA. Mossoró RN: UERN, 2015.

 

Artigos aceitos para publicação

1.

COSTA, W. P. L. B. ; SILVA, J. D. ; LEONE, R. J. G. ; PESSOA, M. N. M. . FATORES INFLUENCIADORES DA ADOÇÃO DE UM METODO DE CUSTEIO NA PERSPECTIVA DE PROFISSIONAIS EM CONTABILIDADE COM ATUAÇÃO NO SETOR INDUSTRIAL. RACE - Revista de Administração, Contabilidade e Economia (Online), 2016.

 

SOMBRA, A. M. M. ; PESSOA, M. N. M. ; CABRAL, A. C. A. ; SANTOS, S. M. ; SILVA, J. D. . PERFIL DAS DISCIPLINAS DE CONTABILIDADE DE CUSTOS NAS UNIVERSIDADES BRASILEIRAS UMA ANÁLISE NOS CURSOS DE GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS CONTÁBEIS. RGO. Revista Gestão Organizacional (Online), 2016.

Apresentações de Trabalho

 

SILVA, J. D.. Contribuição da auditoria ambiental para a gestão empresarial: um estudo comparativo em empresas do ramo salineiro no município de Areia Branca RN. 2015. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

 

SILVA, J. D.. Gestão ambiental: um estudo acerca da sua evidenciação no ambiente organizacional. 2015. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

 

OLIVEIRA, C. J. ; SILVA, J. D. ; COSTA, W. P. L. B. ; FERNANDES, A. C. S. . Análise do Perfil Profissional dos estudants de Ciênias Contábies: um estudo nas IES públicas de Mossoró/RN.. 2014. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

 

FERNANDES, A. C. S. ; SILVA, M. C. ; SILVA, J. D. ; COSTA, W. P. L. B. . A utilização da controladoria como vantagem competitiva: um estudo de caso em uma distribuidora de petróleo.. 2014. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

 

FERNANDES, A. C. S. ; SILVA, M. C. ; SILVA, J. D. ; COSTA, W. P. L. B. . Planejamento Estratégico: um estudo acera da sua contribuição para maximização dos lucros de uma indústria têxtil.. 2014. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

 

NASCIMENTO, I. C. S. ; CAMPELO, A. T. O. ; FAUSTINO, M. K. S. ; SILVA, J. D. ; COSTA, W. P. L. B. . AUDITORIA NO TERCEIRO SETOR: UM ESTUDO SOBRE A TULIZAÇÃO NA ASSOCIAÇÃO SOCIAL INCLUSÃO, CONHECIMENTO E CIDADANIA - AICC NO MUNICÍPIO DE AREIA BRANCA. 2014. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

 

PEDROSA, S. L. ; VALDEVINO, R. Q. S. ; COSTA, W. P. L. B. ; SILVA, J. D. ; COSTA, L. R. . O PAPEL DA CONTROLADORIA NA ADMINISTRAÇÃO PUBLICA: UM ESTUDO DE CASO NA PREFEITURA MUNICIPAL DE ARACATI- CE. 2014. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

 

SILVA, J. D.; COSTA, W. P. L. B. ; PEDROSA, S. L. ; BEZERRA, I. I. L ; GOIS, D. M ; VALDEVINO, R. Q. S. . A CONTABILIDADE INFORMATIZADA: UM ESTUDO SOBRE AS PERSPECTIVAS DO CORPO DISCENTE DA UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE EM RELAÇÃO AS PRÁTICAS E METODOLOGIAS APLICADAS PARA A FORMAÇÃO ACADÊMICA PROFISSIONAL. 2014. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

 

MIRANDA, M. C ; SILVA, J. D. ; VITAL, G. G. A. R ; COSTA, W. P. L. B. ; COSTA, L. R. . O impacto da lei de responsabilidade fiscal sobre a gestão das contas públicas: um estudo de caso sobre a percepção de um contador público.. 2014. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

 

RAFAEL, L. C.O. ; SILVA, J. D. ; OLIVEIRA, C. J. ; COSTA, W. P. L. B. ; PEDROSA, S. L. ; VALDEVINO, R. Q. S. . UTILIZAÇÃO DA DEMONSTRAÇÃO DO FLUXO DE CAIXA COMO FERRAMENTA GERENCIAL. 2014. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

 

SILVA, J. D.. A TEORIA DAS RESTRIÇÕES: UM ESTUDO DE CASO NO SETOR PRODUÇÃO DA REFINARIA ESTER SOUTO EM AREIA BRANCA-RN. 2014. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

 

SILVA, J. D.; MIRANDA, M. C ; OLIVEIRA, V. F ; PEDROSA, S. L. ; OLIVEIRA, A. M. . O ENSINO DA CONTABILIDADE SOCIO AMBIENTAL: UM ESTUDO NA UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE - UERN. 2014. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

 

RAFAEL, L. C.O. ; SILVA, J. D. ; COSTA, M. C. M. ; COSTA, W. P. L. B. ; PEDROSA, S. L. ; VALDEVINO, R. Q. S. . CONTABILIDADE AMBIENTAL: UM ESTUDO ACERCA DA EVIDENCIAÇÃO E MENSURAÇÃO DOS ATIVOS E PASSIVOS AMBIENTAIS EM UMA EMPRESA DE METAIS NA CIDADE DE MOSSORO-RN. 2014. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

 

BEZERRA, I. I. L ; AQUINO, L. J. F. ; SILVA, J. D. ; COSTA, W. P. L. B. ; PEDROSA, S. L. ; VALDEVINO, R. Q. S. . A UTILIZAÇÃO DA CONTABILIDADE GERENCIAL NO PROCESSO DECISÓRIO: UM ESTUDO DE CASO EM UMA EMPRESA DE AUTOPEÇAS NA CIDADE DE MOSSORÓ-RN. 2014. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

 

SILVA, J. D.; PEDROSA, S. L. ; CHAVES, M L P ; OLIVEIRA, A. M. ; VALDEVINO, R. Q. S. ; COSTA, W. P. L. B. . ANALISE DAS BOAS PRATICAS DE GOVERNANÇA CORPORATIVA COMO ELEMENTO PROPULSOR DO MERCADO DE CAPITAIS. 2014. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

 

SILVA, J. D.; PEDROSA, S. L. ; CHAVES, M L P ; OLIVEIRA, A. M. ; VALDEVINO, R. Q. S. ; COSTA, W. P. L. B. . A influência do sistema de informação gerencial no processo decisório da empresa Santa Clara Indústria e Comércio de Alimentos LTDA. 2014. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

 

OLIVEIRA, C. J. ; SILVA, J. D. ; COSTA, W. P. L. B. . Gestão Estratégica de Custos: Um estudo de caso em uma factoring da cidade de Mossoró RN. 2014. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

SILVA, J. D.; COSTA, W. P. L. B. . CONTABILIDADE AMBIENTAL: UM ESTUDO ACERCA DA EVIDENCIAÇÃO DE ATIVOS E PASSIVOS AMBIENTAIS EM UMA FABRICA DE MÓVEIS. 2013. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

 

SILVA, J. D.; COSTA, W. P. L. B. . APLICABILIDADES DOS INDICADORES ECONÔMICO-FINANCEIROS: UM ESTUDO EM UMA DISTRIBUIDORA DE GÁS. 2013. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

 

SILVA, J. D.; COSTA, W. P. L. B. . SISTEMA DE GESTÃO DA QUALIDADE: UMA ANALISE SOBRE AS PRINCIPAIS MUDANÇAS NA IMOBILIÁRIA SOLIMÕES COM A IMPLANTAÇÃO DA ISO 9001. 2013. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

 

SILVA, J. D.; COSTA, W. P. L. B. . A PERCEPÇÃO DOS CONHECIMENTOS PERICIAIS UTILIZADOS NO EXERCÍCIO DA SUA FUNÇÃO: SOB ÓTICA DE UM PERITO CONTADOR. 2013. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

 

SILVA, J. D.. VARIÁVEIS QUE INFLUENCIAM A UTILIZAÇÃO DA AUDITORIA NA OTICA DOS GESTORES. 2013. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

 

SILVA, J. D.. PRÁTICAS DE CONTROLE INTERNO. 2013. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

 

SILVA, J. D.. GESTÃO DE PESSOAS PARA MPE'S. 2013. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

 

SILVA, J. D.; COSTA, W. P. L. B. . IMPACTOS DA NOTA FISCAL ELETRÔNICA: UM ESTUDO DE CASO EM UMA INDUSTRIA DE ALIMENTOS NA CIDADE DE MOSSORO-RN. 2013. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

 

SILVA, J. D.. CONTROLADORIA COMO VANTAGEM COMPETITIVA. 2013. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

 

SILVA, J. D.. TESTES DE AUDITORIA QUE PODEM SER UTILIZADOS NA ROTINA DAS ORGANIZAÇÕES. 2013. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

 

SILVA, J. D.. NOÇÕES DE LIDERANÇA. 2013. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

 

SILVA, J. D.; COSTA, W. P. L. B. . DESAFIOS E PERSPETIVA DA PROFISSÃO DOCENTE EM CONTABILIDADE: UM ESTUDO DE CASO NO DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS NA UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE/CAMPUS CENTRAL. 2013. (Apresentação de Trabalho/Outra).


SILVA, J. D.. CONTABILIDADE DE CUSTOS COMO AUXILIAR NA TOMADA DE DECISÃO: UM ESTUDO EM UMA INDUSTRIA NA CIDADE DE MOSSORO/RN. 2013. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

 

SILVA, J. D.. A PERCEPÇÃO DOS CONHECIMENTOS TRIBUTÁRIOS UTILIZADOS NO EXERCÍCIO DA FUNÇÃO CONTÁBIL: SOB A ÓTICA DE UM CONTADOR DA CIDADE DE PARNAMIRIM. 2013. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

 

SILVA, J. D.. O CONTROLE INTERNO E A SUA CONTRIBUIÇÃO: ESTUDO EM UMA DISTRIBUIDORA DE PETRÓLEO. 2013. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

 

SILVA, J. D.. O PAPEL DA CONTROLADORIA NA CONTABILIDADE PÚBLICA: UM ESTUDO EM M ÓRGÃO MUNICIPAL. 2013. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

 

SILVA, J. D.. AS INOVAÇÕES TECNOLÓGICAS E TRIBUTÁRIAS NA EXECUÇÃO DOS SERVIÇOS CONTÁBEIS: UM ESTUDO NUMA EMPRESA DO RAMO DE TRANSPORTE INTERESTADUAL NA CIDADE DE MOSSORO/RN. 2013. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

 

SILVA, J. D.; COSTA, W. P. L. B. ; FERNANDES, A. C. S. ; MOURA, A. L. B. . UTILIZAÇÃO DO SISTEMA DE INFORMAÇÃO CONTÁBIL (SIC) COMO VANTAGEM COMPETITIVA: um estudo em uma distribuidora de alimentos da cidade de Mossoró/RN. 2013. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

 

SILVA, J. D.; COSTA, W. P. L. B. ; MOURA, A. L. B. ; FERNANDES, A. C. S. . ANÁLISE DA ADAPTAÇÃO DO PROFISSIONAL CONTÁBIL FRENTE ÀS INOVAÇÕES TECNOLÓGICAS. 2013. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

 

SILVA, J. D.; COSTA, W. P. L. B. ; OLIVEIRA, A. K. G. ; ALENCAR, E. M. . CONTABILIDADE COMERCIAL COMO FERRAMENTA DE PLANJELAMENTO E CONTROLE: um estudo na empresa Macavi da cidade de Russas-CE. 2013. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

.

SILVA, J. D.; COSTA, W. P. L. B. ; FERNANDES, A. C. S. ; MOURA, A. L. B. . RELEVÂNCIA DAS INFORMAÇÕES CONTÁBEIS NO PROCESSO DECISÓRIO DAS ORGANIZAÇÕES: um estudo em uma salineira da cidade de Mossoró/RN. 2013. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

 

SILVA, J. D.; COSTA, W. P. L. B. ; OLIVEIRA, C. J. ; FERNANDES, A. C. S. . A UTILIZAÇÃO DA GESTÃO DE CUSTOS EM UMA PRESTADORA DE SERVIÇOS DA CIDADE DE MOSSORÓ. 2013. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

 

DINIZ, S. M. ; COSTA, W. P. L. B. ; SILVA, J. D. . Contabilidade básica para gestores e não contadores do município de Mossoró. 2013. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

 

SILVA, J. D.; COSTA, W. P. L. B. ; LIMA, F. P. ; VALDEVINO, R. Q. S. ; REGINALDO, L. L. ; LIMA, N. S. . DEMONSTRAÇÃO DE FLUXO DE CAIXA COMO INSTRUMENTO DE APOIO AO PROCESSO DECISÓRIO: UM ESTUDO DE CASO EM UMA EMPRESA PETROLÍFERA NO MUNICÍPIO DE MOSSORÓ RN. 2012. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

 

SILVA, J. D.; COSTA, W. P. L. B. ; FORMIGA, M. V. ; SANTOS, J. O. F. ; MORAIS, H. A. R. . A CONTABILIDADE NO TERCEIRO SETOR: UMA ANÁLISE NA OBTENÇÃO DE TÍTULOS, CERTIFICADOS OU QUALIFICAÇÕES NAS ENTIDADES SEM FINS LUCRATIVOS NO MUNICÍPIO DE MOSSORÓ RN. 2012. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

 

SILVA, J. D.; COSTA, W. P. L. B. ; MORAIS, H. A. R. ; SANTOS, J. O. F. ; OLIVEIRA JUNIOR, B. L. . EVIDENCIAÇÃO DAS INFORMAÇÕES REQUERIDAS NA NBC T 15 - INFORMAÇÕES DE NATUREZA SOCIAL E AMBIENTAL, PELAS GRANDES EMPRESAS BRASILEIRAS: UM ESTUDO DE CASO NAS INSTITUIÇÕES FINANCEIRAS DO BRASIL. 2012. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

 

SILVA, J. D.; COSTA, W. P. L. B. ; MORAIS, H. A. R. ; SANTOS, J. O. F. ; OLIVEIRA JUNIOR, B. L. . A IMPORTÂNCIA DA EVIDENCIAÇÃO PARA O DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL NA GESTÃO ESTRATÉGICA DAS EMPRESAS: UM ESTUDO DA CONTABILIDADE SÓCIO AMBIENTAL. 2012. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

 

SILVA, J. D.; COSTA, W. P. L. B. ; SILVA, L. D. . AVALIAÇÃO DO CLIMA ORGANIZACIONAL: ESTUDO EM UM ESCRITÓRIO DE CONTABILIDADE. 2012. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

 

SILVA, J. D.. GESTÃO DE PROCESSO DE LOGÍSTICA: ESTUDO EM UMA TRANSPORTADORA. 2012. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

 

COSTA, W. P. L. B. ; SILVA, J. D. ; SANTOS, J. O. F. ; MORAIS, H. A. R. ; OLIVEIRA JUNIOR, B. L. . A IMPORTÂNCIA DA CONTROLADORIA NA EVIDENCIAÇÃO DE ATIVOS E PASSIVOS AMBIENTAIS: UM ESTUDO DE CASO EM UMA INDÚSTRIA DE BENEFICIAMENTO DE CASTANHA NA CIDADE DE MOSSORÓ RN. 2012. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

 

SILVA, J. D.; COSTA, W. P. L. B. ; SANTOS, J. O. F. ; OLIVEIRA JUNIOR, B. L. ; FORMIGA, M. V. . A IMPORTÂNCIA DO CONTROLE INTERNO NAS ORGANIZAÇÕES: UM ESTUDO NOS CONTRATOS DAS PESSOAS FÍSICAS DE UMA INSTITUIÇÃO FINANCEIRA NA CIDADE DE MOSSORÓ RN. 2012. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

 

 

Apresentações de Trabalho

 

AZEVEDO, K. K. M. ; XAVIER JUNIOR, A. E. ; FURTADO NETO, J. S. . Um estudo sobre a contribuição econômico-financeira da substituição tributária do ICMS para uma indústria de água mineral do município de Assú/RN ao optar pelo Simples Nacional. 2015. (Apresentação de Trabalho/Outra).
 

FURTADO NETO, J. S.; QUEIROZ, D. B. . Relação entre o volume de recursos arrecadados com o ICMS e o montante oriundo do Simples Nacional nos Estados do Nordeste do Brasil. 2014. (Apresentação de Trabalho/Outra).

 

OLIVEIRA, A. C. A. ; LOPES, R. R. M. ; FURTADO NETO, J. S. ; CUNHA NETO, F. A. . Relatórios contábeis gerenciais como ferramenta de tomada de decisão em uma empresa do Simples Nacional: um estudo de caso numa indústria de cerâmica do Vale do Açu. 2014. (Apresentação de Trabalho/Outra).

 

OLIVEIRA, A. C. A. ; CARLOS, T. D. T. ; LOPES, R. R. M. ; FURTADO NETO, J. S. . A importância das demonstrações contábeis no processo decisório para uma EPP do município de Assu-RN: um estudo de caso em uma empresa do ramo supermercadista. 2014. (Apresentação de Trabalho/Outra).

 

OLIVEIRA, A. C. A. ; LOPES, R. R. M. ; FURTADO NETO, J. S. ; CUNHA NETO, F. A. . Utilização da contabilidade de custos para formação do preço de venda das micro e pequenas empresas do município de Assu/RN: um estudo de caso em uma empresa do ramo do comércio varejista de roupas. 2014. (Apresentação de Trabalho/Outra).

 

FURTADO NETO, J. S.; MEDEIROS FILHO, N. P. ; SILVA, F. F. . As demonstrações contábeis como instrumento para a tomada de decisão nas indústrias ceramistas no Vale do Assu/RN. 2013. (Apresentação de Trabalho/Outra).

FURTADO NETO, J. S.; OLIVEIRA, A. M. ; LOPES, L. R. S. ; CARVALHO, C. C. . Padrão informacional do Balanço Social: um comparativo entre os balanços sociais de três empresas listadas na Bolsa de Valores Mercadorias e Futuros - BM&FBOVESPA. 2012. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

 

FURTADO NETO, J. S.; AZEVEDO, K. K. M. ; SOBREIRA, M. C. ; OLIVEIRA, A. M. ; VALDEVINO, R. Q. S. . Planejamento Tributário:: um estudo de caso em um hotel no município de Assu-RN. 2012. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

 

FURTADO NETO, J. S.; AZEVEDO, K. K. M. ; GUILHERME, J. F. . A Escrituração Fiscal Digital e a realidade dos escritórios de contabilidade no município de Assu/RN. 2011. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

 

FURTADO NETO, J. S.; AZEVEDO, K. K. M. . Análise dos benefícios da Nota Fiscal Eletrônica. 2011. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

 

Produção Técnica

 

FURTADO NETO, J. S.. Auditoria e Controladoria. 2016. (Curso de curta duração ministrado/Especialização).

 

FURTADO NETO, J. S.. Palestra: Finanças Pessoais. 2014. (Palestra).

 

FURTADO NETO, J. S.. Palestra: Dinâmicas de grupo. 2014. (Palestra).

 

FURTADO NETO, J. S.. Palestra: Excelência no atendimento ao telefone. 2014. (Palestra).

 

FURTADO NETO, J. S.. Palestra: Como elaborar um currículo. 2014. (Palestra).

 

FURTADO NETO, J. S.. Palestra: Como se comportar em uma entrevista de emprego. 2014. (Palestra).

FURTADO NETO, J. S.. Palestra: Excelência no atendimento de forma presencial. 2014. (Palestra).

 

FURTADO NETO, J. S.. Qualificação em Contabilidade Básica para Gestores e não Contadores do Município de Mossoró. 2012. (Curso de curta duração ministrado/Extensão).

 

Jorge Eduardo de Medeiros Lopes

 

v  Artigos completos publicados em periódico.

 

LOPES, Jorge Eduardo de Medeiros; ARAÚJO, Aneide Oliveira . ANÁLISE DA CADEIA DE VALORES COMO INSTRUMENTO DA GESTÃO ESTRATÉGICA DE CUSTOS: UM ESTUDO DE CASO NA INDÚSTRIA SALINEIRA. Revista Iberoamericana de Contabilidad de Gestión, v. XI, p. 1-22, 2013.

 

Jorge Fernandes Jales Neto

 

Apresentações de Trabalho

 

JALES NETO, J. F.. A Nova Contabilidade Aplicada ao Setor Público. 2013. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

 

Jorge Silvano de Lima Pinheiro

 

v  Nenhuma produção no período.

 

José Sueldo Câmara Ferreira

 

Artigos completos publicados em periódicos

1.

FERREIRA, J. S. C.ECHTERNACHT, T. H. S. ; ARAUJO, J. A. R. ; QUANDT, C. O. . INTELIGÊNCIA COMPETITIVA: UM ESTUDO DO ENVOLVIMENTO DA ALTA DIREÇÃO NAS EMPRESAS DA REDEPETRO. Revista Ambiente Contábil, v. 8, p. 258-274, 2016.

SUELDO CÂMARA FERREIRA, JOSÉ; CARVALHO DE MELO, FRANCISCO CARLOS . INTERAÇÕES MÚLTIPLAS NO ACIDENTE DO BOEING 737 - 8EH, VOO 1907, DA COMPANHIA GOL TRANSPORTES AÉREOS S.A.: UMA ANÁLISE À LUZ DAS TEORIAS DO ACIDENTE NORMAL - NAT E DE ALTA CONFIABILIDADE - HRT. Revista Eletrônica Mestrado em Administração, v. 8, p. 85-95, 2016.

 

FERREIRA, J. S. C.. USABILIDADE: AVALIAÇÃO DE UMA ESCALA DE MEDIÇÃO EM SISTEMA DE MATRÍCULA ON-LINE EN UMA UNIVERSIDADE PÚBLICA. Revista CESUMAR, v. 20, p. 57, 2015.

 

Livros publicados/organizados ou edições

 

FERREIRA, J. S. C.. GESTÃO DE PESSOAS E LIDERANÇA. 2. ed. MOSSORÓ-RN: EdUFERSA, 2013. 302p .

 

FERREIRA, J. S. C.OLIVEIRA, A. M. ; VALDEVINO, R. Q. S. . 1º LIVRO DO COLÓQUIO DE EXTENSÃO DA UERN. 01. ed. , 2013.

 

Textos em jornais de notícias/revistas

 

FERREIRA, J. S. C.. A URGÊNCIA DA REFORMA POLÍTICA PARTE II. A URGÊNCIA DA REFORMA POLÍTICA PARTE II, MOSSORÓ, 11 jul. 2015.

 

FERREIRA, J. S. C.. A URGÊNCIA DA REFORMA POLÍTICA PARTE I. Jornal de Fato, Mossoró - RN, 10 jul. 2015..

 

Trabalhos completos publicados em anais de congressos

 

FERREIRA, J. S. C.ECHTERNACHT, T. H. S. . Proposta de mapa estratégico: um estudo de caso em uma pequena empresa de topografia- F.I.Cunha LTDA.. In: XX SIMPÓSIO DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO, 2013. ANAIS DO XX SIMPÓSIO DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO.

 

Resumos expandidos publicados em anais de congressos

 

OLIVEIRA, A. M. ; VALDEVINO, R. Q. S. ; FERREIRA, J. S. C. . Gestão de finanças pessoais: uma contribuição para a educação financeira na cidade de Mossoró-RN.. In: VI COLÓQUIO DE EXTENSÃO DA UERN, 2013. ANAIS DA VI COLÓQUIO DE EXTENSÃO DA UERN.

 

Apresentações de Trabalho

 

ECHTERNACHT, T. H. S. ; ARAUJO, J. A. R. ; QUANDT, C. O. ; FERREIRA, J. S. C. . Inteligência Competitiva: um estudo do envolvimento da alta direção nas empresas da REDEPETRO. 2014. (Apresentação de Trabalho/Outra).


FERREIRA, J. S. C.. Projeto de Extensão Gestão de Finanças Pessoais. 2013. (Apresentação de Trabalho/Outra).


FERREIRA, J. S. C.. Gestão de Custos Ambientais: Um estudo numa rede hoteleira no Rio Grande do Norte. 2013. (Apresentação de Trabalho/Outra).


FERREIRA, J. S. C.. Projeto de extensão Gestão de Finanças Pessoais. 2013. (Apresentação de Trabalho/Outra).


FERREIRA, J. S. C.. Supervisor de estágio supervisionado. 2012. (Apresentação de Trabalho/Outra).


FERREIRA, J. S. C.. Declaração que ministrou disciplinas. 2012. (Apresentação de Trabalho/Outra).


FERREIRA, J. S. C.. Supervisor de estágio supervisionado. 2012. (Apresentação de Trabalho/Outra).

Raniela Ricarte Freitas Sampaio

Apresentações de Trabalho

 

FREITAS, R. R.; SAMPAIO, D. N. . A Relação Entre os Profissionais da Contabilidade e a Harmonização Contábil no Município de Mossoró/RN. 2013. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

 

FREITAS, R. R.; SAMPAIO, D. N. . Sistemas de Informações Contábeis: Importância das Informações Para Tomada de Decisões. 2013. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

 

Redes sociais, websites e blogs

 

FREITAS, R. R.; LOPES, K. M. A. L. . Gerenciamento De Custos: Estudo Realizado Em Uma Rede De Hotéis Do Alto-Oeste Potiguar.. 2012; Tema: Gerenciamento de Custos. (Site).

Saulo Medeiros Diniz

Textos em jornais de notícias/revistas

 

DINIZ, Saulo Medeiros. Uern promove ciclo de palestras gratuitas em contabilidade através de projeto de extensão. JORNAL O MOSSOROENSO, MOSSORÓ, 17 jan. 2012.

 

Sérgio Luiz Pedrosa Silva

 

Artigos completos publicados em periódicos


COSTA, WENYKA PRESTON LEITE BATISTA DA; SILVA, JANDESON DANTAS DA; LEONE, RODRIGO JOSÉ GUERRA ; PESSOA, MARIA NAIULA MONTEIRO; SILVA, SERGIO LUIZ PEDROSA . FATORES INFLUENCIADORES DA ADOÃÇÃO DE UM METODO DE COSTING NA PERSPECTIVA DE PROFISSIONAIS EM CONTABILIDADE COM ATUAÃ?Ã?O NO SETOR INDUSTRIAL. RACE : Revista de Administração, Contabilidade e Economia, v. 15, p. 1169, 2016.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos

 

LIANNY MARIA FORRTE ; FÁBIO CHAVES NOBRE ; SILVA, S. L. P. . AUDITORIA EM SAÚDE: UM ESTUDO DA METODOLOGIA PARA AUDITAR OS SERVIÇOS DE SAÚDE NO MUNICÍPIO DE MOSSORÓ. In: SIMPOI 2016, 2016, SÃO PAULO. XIX Simpósio de Administração da Produção, Logística e Operações Internacionais Tema: OPERAÇÕES E PROSPERIDADE: O Desafio da Criação de Valor. SÃO PAULO, 2016. v. 1. p. 141-16-13.

 

NASCIMENTO, I. C. S. ; WENYCA PRESTON LEITE BATISTA DA COSTA ; SILVA, S. L. P. ; ESP. JANDENSON DANTAS DA SILVA . FATORES DE SUCESSO PARA O PROFISSIONAL CONTÁBIL ATUAR FRENTE AO MERCADO COMPETITIVO NA PERSPECTIVA DOS DISCENTES DO ENSINO SUPERIOR EM CIÊNCIAS CONTÁBEIS. In: 20º Congresso Brasileiro de Contabilidade, 2016, Fortaleza - CE. Anais dos trabalhos científicos e técnicos do Congresso Brasileiro de Contabilidade, 2016. v. 150-c.

 

MARIZA CAMILA DE MIRANDA ; NASCIMENTO, I. C. S. ; SILVA, S. L. P. ; WENYCA PRESTON LEITE BATISTA DA COSTA ; Msc. ROSÂNGELA QUEIROZ SOUSA VALDEVINO . CONTROLADORIA NA GESTÃO PÚBLICA MUNICIPAL: ESTUDO DA IMPLANTAÇÃO NO MUNICÍPIO DE APODI-RN. In: III CONGEST 2016, 2016, MOSSORÓ-RN. ANAIS DO GONGEST 2016, 2016.

 

ALMEIDA, A. K. A. S. ; Paula Preston Queiroz Leite Batista ; SILVA, S. L. P. ; CAMPELO, A. T. O. . A GOVERNANÇA CORPORATIVA: UMA ANÁLISE COMPARATIVA DA APLICABILIDADE DAS BOAS PRÁTICAS ADOTADAS PELOS PRINCIPAIS BANCOS BRASILEIROS. In: III CONGEST 2016, 2016, MOSSORÓ-RN. ANAIS DO GONGEST 2016, 2016.

 

Paula Preston Queiroz Leite Batista ; SILVA, S. L. P. ; WENYCA PRESTON LEITE BATISTA DA COSTA ; CAMPELO, A. T. O. . A RELEVÂNCIA DO CONTROLE INTERNO PARA A GESTÃO EMPRESARIAL: UM ESTUDO DE CASO EM UMA EMPRESA DO RAMO SALINEIRO DA CIDADE DE MOSSORÓ/RN. In: III CONGEST 2016, 2016, MOSSORO-RN. ANAIS DO GONGEST 2016, 2016.

 

WENYCA PRESTON LEITE BATISTA DA COSTA ; ESP. JANDENSON DANTAS DA SILVA ; NASCIMENTO, I. C. S. ; SILVA, S. L. P. ; PESSOA, MARIA NAIULA MONTEIRO . A gestão estratégica de custos como vantagem competitiva em empresas do setor industrial salineiro de Mossoró-RN. In: XXIII CONGRESSO BRASILEIRO DE CUSTOS, 2016, PORTO DE GALINHAS -PE. XXIII CONGRESSO BRASILEIRO DE CUSTOS, 2016.

 

RAILSON MIRAN MOURA DE OLIVEIRA ; WENYCA PRESTON LEITE BATISTA DA COSTA ; NASCIMENTO, I. C. S. ; SILVA, SERGIO LUIZ PEDROSA ; ESP. JANDENSON DANTAS DA SILVA . Os fatores influenciadores da utilização da gestão estratégica de custos no setor salineiro de Mossoró-RN.. In: XXIII CONGRESSO BRASILEIRO DE CUSTOS, 2016, PORTO DE GALINHAS - PE. XXIII CONGRESSO BRASILEIRO DE CUSTOS, 2016.

 

WENYCA PRESTON LEITE BATISTA DA COSTA ; ESP. JANDENSON DANTAS DA SILVA ; SILVA, S. L. P. ; Sabrina Paulino de Oliveira . OS IMPACTOS FINANCEIROS CAUSADOS PELOS CUSTOS COM DEMISSÕES: UM ESTUDO DE CASO EM UMA EMPRESA COMERCIAL NA CIDADE DE MOSSORÓ ? RN. In: III CONGEST 2016, 2016, MOSSORÓ-RN. ANAIS DO GONGEST 2016, 2016.

 

SILVA, S. L. P.; WENYCA PRESTON LEITE BATISTA DA COSTA ; ESP. JANDENSON DANTAS DA SILVA . Gestão de custos como ferramenta de planejamento e controle: um estudo no Jornal Gazeta do Oeste em Mossoró-RN. In: XXI CONGRESSO BRASILEIRO DE CUSTOS, 2014, NATAL-RN. XXI CONGRESSO BRASILEIRO DE CUSTOS, 2014.

 

Artigos aceitos para publicação

 

SILVA, S. L. P.. Auditoria em Saúde: um estudo da metodologia para auditar os serviços de saúde no munício de Mossoró. Anais ... Simpósio de Administração da Produção, Logística e Operações Internacionais, 2016.

 

NASCIMENTO, I. C. S. ; WENYCA PRESTON LEITE BATISTA DA COSTA ; ESP. JANDENSON DANTAS DA SILVA ; SILVA, S. L. P. . Fatores de Sucesso para o Profissional Contábil atuar frente ao mercado competitivo na perspectiva dos discentes no ensino superior em Ciências Contábeis. 20º Congresso Brasileiro de Contabilidade, 2016.

 

Apresentações de Trabalho

 

SILVA, S. L. P.. A controladoria e a Auditoria Interna. 2016. (Apresentação de Trabalho/Conferência ou palestra).

 

Ana Caroline Silva de Sousa ; SILVA, S. L. P. ; Msc. Silva. D.J ; BATISTA, W. P. L. . Gestão de Custos: um estudo acerca da sua contribuição para os resultados econômicos e financeiros de uma empresa salineira na cidade de Mossoró-RN.. 2016. (Apresentação de Trabalho/Outra).

 

WENYCA PRESTON LEITE BATISTA DA COSTA ; SILVA, S. L. P. ; Msc. Silva. D.J . A CONTRIBUIÇÃO DA AUDITORIA INTERNA PARA GESTÃO EMPRESARIAL: UM ESTUDO DE CASO EM UMA INDÚSTRIA DE BENEFICIAMENTO DE CASTANHA. 2016. (Apresentação de Trabalho/Outra).

 

WENYCA PRESTON LEITE BATISTA DA COSTA ; SILVA, S. L. P. ; Msc. Silva. D.J ; NASCIMENTO, I. C. S. . GESTÃO DE CUSTOS: UM ESTUDO ACERCA DA SUA CONTRIBUIÇÃO PARA OS RESULTADOS ECONÔMICOS E FINANCEIROS DE UMA EMPRESA SALINEIRA NA CIDADE DE MOSSORÓ/RN. 2016. (Apresentação de Trabalho/Outra).

 

WENYCA PRESTON LEITE BATISTA DA COSTA ; SILVA, S. L. P. ; ESP. JANDENSON DANTAS DA SILVA . A RELEVÂNCIA DA AUDITORIA INTERNA PARA A EFICÊNCIA DA GESTÃO EMPRESARIAL: UM ESTUDO DE CASO NUMA EMPRESA PRESTADORA DE SERVIÇOS AUTOMECÂNICOS NO MUNICÍPIO DE MOSSORÓ-RN. 2016. (Apresentação de Trabalho/Outra).

 

WENYCA PRESTON LEITE BATISTA DA COSTA ; Msc. Silva. D.J ; SILVA, S. L. P. . O PAPEL DA CONTABILIDADE GERENCIAL NO PROCESSO DE TOMADA DE DECISÃO: UM ESTUDO EM EMPRESAS COMERCIAIS d. 2016. (Apresentação de Trabalho/Outra).

 

WENYCA PRESTON LEITE BATISTA DA COSTA ; SILVA, S. L. P. ; Msc. Silva. D.J ; NASCIMENTO, I. C. S. . A UTILIZAÇÃO DAS DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS PARA A CONCESSÃO DE CRÉDITO BANCÁRIO: UM ESTUDO DE CASO EM INSTITUIÇÕES FINANCEIRAS NA CIDADE DE MOSSORÓ/RN. 2016. (Apresentação de Trabalho/Outra).

 

WENYCA PRESTON LEITE BATISTA DA COSTA ; Msc. Silva. D.J ; SILVA, S. L. P. . CONTABILIDADE DE CUSTOS COM INSTRUMENTO DECISÓRIO: UM ESTUDO DE CASO. 2016. (Apresentação de Trabalho/Outra).

 

WENYCA PRESTON LEITE BATISTA DA COSTA ; SILVA, S. L. P. ; Msc. Silva. D.J . REGIME DE TRIBUTAÇÃO: UM ESTUDO DE CASO NA EMPRESA CONSTRUTORA CONSTRUSÁ LTDA. 2016. (Apresentação de Trabalho/Outra).

 

WENYCA PRESTON LEITE BATISTA DA COSTA ; NASCIMENTO, I. C. S. ; SILVA, S. L. P. . A APLICABILIDADE DA LEI DE RESPONSABILIDADE FISCAL: UM ESTUDO DE CASO EM UMA PREFEITURA MUNICIPAL. 2016. (Apresentação de Trabalho/Outra).

 

WENYCA PRESTON LEITE BATISTA DA COSTA ; Msc. Silva. D.J ; SILVA, S. L. P. . A RELEVÂNCIA DA ELISÃO FISCAL: UM ESTDO EM UMA EMPRESA OPTANTE PELO SIMPLES NACIONAL DA CIDADE DE MOSSORÓ-RN. 2016. (Apresentação de Trabalho/Outra).

 

SILVA, S. L. P.; ANTONOIO RAFAEL HOLANDA DA SILVA ; LARISSA KAROLINE SOUSA SILVA ; RAILSON MIRAN MOURA DE OLIVEIRA . UMA AVALIAÇÃO FINANCEIRA SOB A CONCEPÇÃO DE MODELOS DE PREVISÃO DE INSOLVÊNCIA. 2015. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

 

SILVA, S. L. P.; Msc. ROSÂNGELA QUEIROZ SOUSA VALDEVINO ; NADJA LUANA DA CUNHA . O BALANCED SCORECARD NA GESTÃO ESTRATÉGICA DE MICRO E PEQUENAS EMPRESAS. 2015. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

 

SILVA, S. L. P.; Oliveira, A.M. ; Paula Preston Queiroz Leite Batista ; BATISTA, W. P. L. . A relevância do Planejamento Tributário na Gestão Empresarial: Um estudo de caso em uma empresa de construção Civil na cidade de Mossoró-RN.. 2015. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

 

SILVA, S. L. P.; BATISTA, W. P. L. ; ESP. JANDENSON DANTAS DA SILVA ; Oliveira, A.M. ; Msc. ROSÂNGELA QUEIROZ SOUSA VALDEVINO . A utilização da Contabilidade Gerencial no processo Decisório: Um estudo de caso em uma transportadora da cidade de Mossoró-rn.. 2015. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

 

SILVA, S. L. P.; Linaria de Melo Oliveira ; Oliveira, A.M. ; ESP. JANDENSON DANTAS DA SILVA ; Wenyka Preston Leite Batista da Costa . Os benefícios da Gestão Ambiental como vantagem competitiva nas organizações: um estudo de caso em uma empresa do setor industrial na cidade de Mossoró-RN.. 2015. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

 

SILVA, S. L. P.. GESTÃO AMBIENTAL: UM ESTUDO ACERCA DA SUA EVIDENCIAÇÃO NO AMBIENTE ORGANIZACIONAL. 2015. (Apresentação de Trabalho/Outra).

 

OLIVEIRA, A. M. ; SILVA, S. L. P. ; SILVA, K. M. ; MOURA, M. O. . Contabilidade das Instituições Financeiras: um estudo sobre análise de crédito para microempresas em uma agência do banco do Nordeste do Brasil.. 2014. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

 

ESP. JANDENSON DANTAS DA SILVA ; SILVA, S. L. P. ; ESP. MARDÔNIO LUIZ PEIXOTO CHAVES ; Oliveira, A.M. ; Msc. ROSÂNGELA QUEIROZ SOUSA VALDEVINO ; Wenyka Preston Leite Batista da Costa . ANALISE DAS BOAS PRATICAS DE GOVERNANÇA CORPORATIVA COMO ELEMENTO PROPULSOR DO MERCADO DE CAPITAIS. 2014. (Apresentação de Trabalho/Outra).

 

FRANKLIN CAIO ; ESP. JANDENSON DANTAS DA SILVA ; BATISTA, W. P. L. ; SILVA, S. L. P. ; Msc. ROSÂNGELA QUEIROZ SOUSA VALDEVINO . A TEORIA DAS RESTRIÇÕES: UM ESTUDO DE CASO NO SETOR PRODUÇÃO DA REFINARIA ESTER SOUTO EM AREIA BRANCA-RN. 2014. (Apresentação de Trabalho/Outra).

 

SILVA, S. L. P.; Msc. ROSÂNGELA QUEIROZ SOUSA VALDEVINO ; BATISTA, W. P. L. ; ESP. JANDENSON DANTAS DA SILVA ; LIANA RODRIGUES DA COSTA . A CONTROLADORIA NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA: UM ESTUDO DE CASO DA PREFEITURA MUNICIPAL DE ARACATI-CE. 2014. (Apresentação de Trabalho/Outra).

 

ESP. JANDENSON DANTAS DA SILVA ; MARIZA CAMILA DE MIRANDA ; VANESSA FREITAS DE OLIVEIRA ; SILVA, S. L. P. ; Oliveira, A.M. . O ENSINO DA CONTABILIDADE SÓCIO-AMBIENTAL: UM ESTUDO NA UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE. 2014. (Apresentação de Trabalho/Outra).

 

IBIS ICARO LUIZ BEZERRA ; DOUGLAS MARTINS DE GOIS ; Wenyka Preston Leite Batista da Costa ; ESP. JANDENSON DANTAS DA SILVA ; SILVA, S. L. P. ; Msc. ROSÂNGELA QUEIROZ SOUSA VALDEVINO . A CONTABILIDADE INFORMATIZADA: UM ESTUDO SOBRE AS PERSPECTIVAS DO CORPO DISCENTE DA UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE EM RELAÇÃO AS PRÁTICAS METODOLOGICAS APLICADAS PARA A FORMAÇÃO ACADÊMICA PROFISSIONAL. 2014. (Apresentação de Trabalho/Outra).

 

LUIZ CLAUDIO OLIVEIRA RAFAEL ; MICHELY CRISTIANE MORAIS DA COSTA ; WENYCA PRESTON LEITE BATISTA DA COSTA ; ESP. JANDENSON DANTAS DA SILVA ; SILVA, S. L. P. . A CONTABILIDADE AMBIENTAL: UM ESTUDO ACERCA DA EVIDENCIAÇÃO E MENSURAÇÃO DOS ATIVOS E PASSIVOS AMBIENTAIS EM UMA EMPRESA DE METAIS NA CIDADE DE MOSSORO-RN.. 2014. (Apresentação de Trabalho/Outra).

 

LUIZ CLAUDIO OLIVEIRA RAFAEL ; CHALLYMEN JEFERSON DE OLIVEIRA ; BATISTA, W. P. L. ; SILVA, S. L. P. ; Msc. ROSÂNGELA QUEIROZ SOUSA VALDEVINO . A UTILIZAÇÃO DA DEMONSTRAÇÃO DO FLUXO DE CAIXA COMO FERRAMENTA GERENCIAL. 2014. (Apresentação de Trabalho/Outra).

 

SILVA, S. L. P.; ESP. MARDÔNIO LUIZ PEIXOTO CHAVES ; Oliveira, A.M. ; Msc. ROSÂNGELA QUEIROZ SOUSA VALDEVINO ; BATISTA, W. P. L. . A INFLUÊNCIA DO SISTEMA DE INFORMAÇÃO GERENCIAL NO PROCESSO DECISÓRIO DA EMPRESA SANTA CLARA INDÚSTRIA E COMÉRCIO DE ALIMENTOS LTDA. 2014. (Apresentação de Trabalho/Outra).

 

SILVA, S. L. P.; Msc. ROSÂNGELA QUEIROZ SOUSA VALDEVINO ; Wenyka Preston Leite Batista da Costa ; ESP. JANDENSON DANTAS DA SILVA ; LIANA RODRIGUES DA COSTA . O PAPEL DA CONTROLADORIA NA ADMINISTRAÇÃO PUBLICA: UM ESTUDO DE CASO NA PREFEITURA MUNICIPAL DE ARACATI-CE.. 2014. (Apresentação de Trabalho/Outra).

 

Msc. ROSÂNGELA QUEIROZ SOUSA VALDEVINO ; SILVA, S. L. P. ; ANA ZANANDREIA ROCHA ; Wenyka Preston Leite Batista da Costa ; MORAIS, E. H. A. R. . A RELAÇÃO ENTRE FATOS RELEVANTES E AS ALTERAÇÕES NO MERCADO DE CAPITAIS. 2014. (Apresentação de Trabalho/Outra).

 

SILVA, S. L. P.; Souza, E.I.B ; Oliveira, A.M. ; ESP. JANDENSON DANTAS DA SILVA . SEAA SEMANA ATIVA DO ADMINISTRADOR. 2014. (Apresentação de Trabalho/Outra).

 

SILVA, S. L. P.. XI ENCONTRO NORTE RIO GRANDENSE DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS. 2014. (Apresentação de Trabalho/Outra).

 

SILVA, S. L. P.; Oliveira, A.M. ; ELI DE SOUSA LIMA ; VANESSA KAREM ALVES DE MENEZES . ANALISE DA APLICAÇÃO DA CONTABILIDADE AMBIENTAL EM UMA INDUSTRIA SALINEIRA DO MUNICIPIO DE GROSSOS. 2014. (Apresentação de Trabalho/Outra).

 

SILVA, S. L. P.; ESP. JANDENSON DANTAS DA SILVA ; Wenyka Preston Leite Batista da Costa . 'GESTÃO DE CUSTOS COMO FERRAMENTA DE PLANEJAMENTO E CONTROLE: um estudo no Jornal Gazeta do Oeste em Mossoró/RN'. 2014. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

 

Wênyka Preston Leite Batista da Costa

 

Artigos completos publicados em periódicos

 

FAUSTINO, M. K. S.; NASCIMENTO, I. C. S.; COSTA, W. P. L. B. . A CONTRIBUIÇÃO DA AUDITORIA INTERNA PARA A GESTÃO EMPRESARIAL: um estudo de caso aplicado em empresas do ramo salineiro da cidade de Mossoró/RN. Revista Conhecimento Contábil - ISSN 2447-2921, v. 03, p. 62-80, 2016.


NASCIMENTO, I. C. S.; SILVA, J. D. ; COSTA, W. P. L. B. . FORMAÇÃO E ESTRATÉGIAS DE ENSINO DO PROFESSOR DE CONTABILIDADE: uma visão dos discentes do curso de Ciências Contábeis das IES de Mossoró/RN. Revista Conhecimento Contábil - ISSN 2447-2921, v. 03, p. 16-31, 2016.

 

OLIVEIRA, S. P. ; OLIVEIRA, V. S. C. ; COSTA, W. P. L. B. ; SILVA, J. D. . OS IMPACTOS FINANCEIROS CAUSADOS PELOS CUSTOS COM DEMISSÕES: UM ESTUDO DE CASO EM UMA EMPRESA COMERCIAL NA CIDADE DE MOSSORÓ ? RN. Revista Conhecimento Contábil, v. 3, p. 1, 2016.


LIMA FILHO, F. C. A. ; COSTA, W. P. L. B. ; SILVA, J. D. . A Gestão Estratégica de Custos como Vantagem Competitiva em Empresas do Setor Industrial Salineiro de Mossoró-RN. Revista Conhecimento Contábil, v. 3, p. 59, 2016.

COSTA, W. P. L. B.; SILVA, J. D. ; LEONE, R. J. G.; PESSOA, M. N. M.; SILVA, S. L. P. . FATORES INFLUENCIADORES DA ADOÇÃO DE UM MÉTODO DE COSTING NA PERSPECTIVA DE PROFISSIONAIS EM CONTABILIDADE COM ATUAÇÃO NO SETOR INDUSTRIAL. RACE - Revista de Administração, Contabilidade e Economia (Online), v. v. 15, p. 1169-1191, 2016.

Trabalhos completos publicados em anais de congressos

 

COSTA, W. P. L. B.; SILVA, J. D. ; SILVA, S. L. P. ; FRANCA, K. P.. Aplicabilidade da lei de responsabilidade fiscal: Um estudo de caso em uma prefeitura municipal. In: VII Mostra de pesquisa em Ciência e Tecnologia Devry Brasil, 2016, Fortaleza. Anais da VII Mostra de pesquisa em Ciência e Tecnologia Devry Brasil, 2016.

 

COSTA, W. P. L. B.; SILVA, J. D. ; SILVA, S. L. P. . Regime de tributação: Um estudo de caso na empresa construtora Construsá LTDA. In: VII Mostra de pesquisa em Ciência e Tecnologia Devry Brasil, 2016, fortaleza. Anais da VII Mostra de pesquisa em Ciência e Tecnologia Devry Brasil, 2016.

 

SILVS, J. D. ; COSTA, W. P. L. B. ; SILVA, S. L. P. ; SANTOS, F. F. . A contribuição da auditoria interna para gestão empresarial: Um estudo de caso em uma indústria de beneficiamento de castanha. In: VII Mostra de pesquisa em Ciência e Tecnologia Devry Brasil, 2016, Fortaleza. Anais da VII Mostra de pesquisa em Ciência e Tecnologia Devry Brasil, 2016.

 

SILVS, J. D. ; COSTA, W. P. L. B. ; SILVA, S. L. P. ; SANTOS, F. G. R. ; NASCIMENTO, I. C. S. ; SOUSA, A. C. S. . Gestão de custos: Um estudo acerca da sua contribuição para os resultados econômicos e financeiros de uma empresa salineira na cidade de Mossoró RN. In: VII Mostra de pesquisa em Ciência e Tecnologia Devry Brasil, 2016, Fortaleza. Anais da VII Mostra de pesquisa em Ciência e Tecnologia Devry Brasil, 2016.

 

SILVA, J. D. ; COSTA, W. P. L. B. ; SILVA, S. L. P. ; NASCIMENTO, I. C. S. ; ALVES, K. U. A. . O papel da contabilidade gerencial no processo de tomada de decisão: Um estudo em empresas comerciais. In: VII Mostra de pesquisa em Ciência e Tecnologia Devry Brasil, 2016, Fortaleza. Anais da VII Mostra de pesquisa em Ciência e Tecnologia Devry Brasil, 2016.

 

SILVA, J. D. ; COSTA, W. P. L. B. ; SILVA, S. L. P. ; NASCIMENTO, I. C. S. . A utilização das demonstrações contábeis para a concessão de crédito bancário: Um estudo de caso em instituições financeiras na cidade de Mossoró/RN. In: VII Mostra de pesquisa em Ciência e Tecnologia Devry Brasil, 2016, Fortaleza. Anais da VII Mostra de pesquisa em Ciência e Tecnologia Devry Brasil, 2016.

 

COSTA, W. P. L. B.; SILVA, J. D. ; SILVA, S. L. P. . CONTABILIDADE DE CUSTOS COMO INSTRUMENTO DECISÓRIO: um estudo de caso. In: VII Mostra de pesquisa em Ciência e Tecnologia Devry Brasil, 2016, Fortaleza. Anais da VII Mostra de pesquisa em Ciência e Tecnologia Devry Brasil, 2016.

 

SILVA, J. D. ; COSTA, W. P. L. B. ; SILVA, S. L. P. . RELEVÂNCIA DA AUDITORIA INTERNA PARA A EFICIÊNCIA DA GESTÃO EMPRESARIAL: Um estudo de caso numa empresa prestadora de serviços automecânicos no município de Mossoró RN. In: VII Mostra de pesquisa em Ciência e Tecnologia Devry Brasil, 2016, Fortaleza. Anais da VII Mostra de pesquisa em Ciência e Tecnologia Devry Brasil, 2016.

 

SANDERSON QUIXABEIRA DA SILV, ; ANA PAULA DE BRITO AIRES , ; NASCIMENTO, I. C. S. ; SILVA, J. D. ; COSTA, W. P. L. B. . A INFLÊNCIA DAS INFORMAÇÕES CONTÁBEIS NO CONTROLE PATRIMONIAL: UM ESTUDO ACERCA DA PERCEPÇÃO DOS USUÁRIOS DA CIDADE DE MOSSORÓ/RN. In: III Congest, 2016. Anais do III Congest, 2016.

 

NASCIMENTO, I. C. S. ; SILVA, S. L. P. ; SILVA, J. D. ; COSTA, W. P. L. B. . FATORES DE SUCESSO PARA O PROFISSIONAL CONTÁBIL ATUAR FRENTE AO MERCADO COMPETITIVO NA PERSPECTIVA DOS DISCENTES DO ENSINO SUPERIOR EM CIÊNCIAS CONTÁBEIS. In: 20º Congresso Brasileiro de Contabilidade, 2016, Fortaleza. Anais do 20º Congresso Brasileiro de Contabilidade, 2016. v. v. 150.

 

OLIVEIRA, A. M. M. ; NASCIMENTO, I. C. S. ; COSTA, W. P. L. B. ; SILVA, S. L. P.; SILVA, J. D. . Os fatores influenciadores da utilização da gestão estratégica de custos no setor salineiro de Mossoró-RN. In: XXIII CONGRESSO BRASILEIRO DE CUSTOS, 2016, PORTO DE GALINHAS - PE. XXIII CONGRESSO BRASILEIRO DE CUSTOS.

 

MATEUS SILVA BATISTA, ; MARIA APARECIDA CARVALHO VERISSIMO,COSTA, W. P. L. B. ; NASCIMENTO, I. C. S.; SILVA, J. D. . A RELEVÂNCIA DA GESTÃO DE CUSTOS PARA O DESENVOLVIMENTO ORGANIZACIONAL: UM ESTUDO DE CASO EM UMA DOCERIA DE MOSSORÓ/RN. In: III Congest, 2016, Mossoró. Anais do III Congest, 2016.

 

ALEX TARGINO DA SILVA , ; NASCIMENTO, I. C. S. ; KALYL MAGNUM GIL DANTAS, ; SILVA, J. D. ; COSTA, W. P. L. B. . A RELEVÂNCIA DA AUDITORIA INTERNA PARA AS ORGANIZAÇÕES: UMA VISÃO DE UM AUDITOR DA CIDADE DE MOSSORÓ-RN. In: III Congest, 2016, Mossoro. Anais do III Congest, 2016.

 

BARROS, D. M. B. ; MELO, G. C. V. ; SILVA, J. D. ; COSTA, W. P. L. B. . EVIDENCIAÇÃO DOS GASTOS PÚBLICOS AMBIENTAIS: UM ESTUDO ACERCA DOS INDICADORES DE DESEMPENHO AMBIENTAL NAS CAPITAIS DOS ESTADOS DO NORDESTE BRASILEIRO.. In: III Congresso Mossoroense em Contabilidade, 2016, Mossoró. Anais do III Congresso Mossoroense em Contabilidade, 2016.

 

MELO, G. C. V. ; NASCIMENTO, I. C. S. ; SILVA, J. D. ; COSTA, W. P. L. B. . A CONTRIBUIÇÃO DA CONTROLADORIA PARA A GESTÃO PÚBLICA: um estudo multi caso em Prefeituras Municipais do Oeste Potiguar. In: III Congresso Mossoroense de Contabilidade, 2016, Mossoró. Anais do III Congresso Mossoroense de Contabilidade, 2016.

 

MELO, G. C. V. ; NASCIMENTO, I. C. S. ; SILVA, J. D. ; COSTA, W. P. L. B. . FORMAÇÃO E ESTRATÉGIAS DE ENSINO DO PROFESSOR DE CONTABILIDADE: uma visão dos discentes do curso de Ciências Contábeis das IES de Mossoró/RN.. In: III Congest, 2016, Mossoró. Anais III Congest, 2016.

 

Silva, Jandeson Dantas da ; PESSOA, M. N. M. ; COSTA, W. P. L. B. . A RELAÇÃO DOS GASTOS COM SEGURANÇA PÚBLICA, CUSTOS COM SEGURANÇA PRIVADA E ÍNDICES DE RENTABILIDADE: ESTUDO EM EMPRESAS SALINEIRAS DE GRANDE PORTE. In: 20 Congresso Brasileiro de Contabilidade, 2016, Fortaleza. Anais do 20 Congresso Brasileiro de Contabilidade, 2016.


NASCIMENTO, I. C. S. ; COSTA, W. P. L. B. . CONTABILIDADE NO TERCEIRO SETOR: um estudo sobre a sua utilização em uma cooperativa do município de Apodi/RN. In: XI SOBER NORDESTE, 2016, Mossoró. Anais do XI SOBER NORDESTE, 2016.


MELO, G. C. V. ; NASCIMENTO, I. C. S. ; SILVA, J. D. ; SILVA, S. L. P. ; COSTA, W. P. L. B. . A GESTÃO EMPRESARIAL BASEADA NO PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO: um estudo de caso em uma prestadora de serviço de transportes.. In: IX Congresso Científico e Mostra de Extensão - UNP, 2016, Mossoró. Anais do IX Congresso Científico e Mostra de Extensão - UNP, 2016.

 

COSTA, W. P. L. B.; SILVA, S. L. P. ; SILVA, J. D. ; MELO, G. C. V. ; BATISTA, P. P. Q. L. . PERSPECTIVAS DE ATUAÇÃO PROFISSIONAL E FATORES DE SUCESSO PARA O PROFISSIONAL CONTÁBIL NO ATUAL CENÁRIO ECONÔMICO: uma visão dos discentes do curso de Ciências Contábeis das IES de Mossoró/RN.. In: IX Congresso Científico e Mostra de Extensão - UNP, 2016, Mossoro. Anais do IX Congresso Científico e Mostra de Extensão - UNP, 2016.

 

COSTA, W. P. L. B.; SILVA, J. D. ; NASCIMENTO, I. C. S. ; SILVA, S. L. P. ; PESSOA, M. N. M. . A gestão estratégica de custos como vantagem competitiva em empresas do setor industrial salineiro de Mossoró-RN.. In: XXIII CONGRESSO BRASILEIRO DE CUSTOS, 2016, PORTO DE GALINHAS -PE. XXIII CONGRESSO BRASILEIRO DE CUSTOS.

 

COSTA, W. P. L. B.; SILVA, J. D. ; OLIVEIRA, L. M. . PROCESSO DA AUDITORIA INTERNA: UM ESTUDO DE CASO EM UMA FACTORING NA CIDADE DE MOSSORO. In: VIII CONGRESSO CIENTIFICO DA UNP, 2015, MOSSORO. ANAIS DO VIII CONGRESSO CIENTIFICO DA UNP, 2015.

 

COSTA, W. P. L. B.; ANDRADE, E. J. S. ; BATISTA, P. P. Q. L. ; SILVA, J. D. ; OLIVEIRA, A. M. ; SILVA, S. L. P. . A RELEVANCIA DO PLANEJAMENTO TRIBUTÁRIO NA GESTÃO EMPRESARIAL: UM ESTUDO DE CASO EM UMA EMPRESA DE CONSTRUÇÃO CIVIL. In: VIII CONGRESSO CIENTIFICO DA UNP, 2015, MOSSORO. ANAIS DO VIII CONGRESSO CIENTIFICO DA UNP, 2015.

 

COSTA, W. P. L. B.. DESAFIOS E PERSPECTIVAS DO MERCADO DE TRABALHO PARA A MULHER CONTABILISTA: um estudo na cidade de Mossoró/RN. In: II Congest, 2015, Mossoró. Anais do II Congest, 2015.

 

COSTA, W. P. L. B.. Atuação da controladoria na administração pública: um estudo no âmbito da prefeitura municipal. In: II Congest, 2015, Mossoró. Anais do II Congest, 2015.

 

COSTA, W. P. L. B.. A contribuição da contabilidade de custos como instrumento de informações para auxiliar no controle e na tomada de decisões: um estudo de caso em uma empresa do ramo de comercio varejista. In: II Congest, 2015, Mossoró. Anais do II Congest, 2015.


COSTA, W. P. L. B.. OS BENEFÍCIOS PROVENIENTES DA IMPLANTAÇÃO DE POLITICAS SOCIAIS E AMBIENTAIS: um estudo de caso na empresa Indaiá Brasil Águas Minerais LTDA. In: II CONGRESSO DE CONTABILIDADE UFERSA, 2015, MOSSORO. ANAIS DO II CONGRESSO DE CONTABILIDADE, 2015.

 

COSTA, W. P. L. B.. IMPACTOS DA LEI DE RESPONSABILIDADE FISCAL NO MODELO DE GESTÃO DA PREFEITURA. In: VIII CONGRESSO CIENTIFICO UNP, 2015, MOSSORO. ANAIS VII CONGRESSO CIENTIFICO, 2015.

 

COSTA, W. P. L. B.. CUSTOS DE CONFORMIDADE A TRIBUTAÇÃO: UM ESTUDO SOBRE A PERCEPÇÃO DOS GESTORES EM UMA ORGANIZAÇÃO PÚBLICA BRASILEIRA. In: XXII CBC, 2015, FOZ DO IGUACU. ANAIS DO XXII CBC, 2015.

 

COSTA, W. P. L. B.. CONTRIBUIÇÃO DA AUDITORIA AMBIENTAL PARA A GESTÃO EMPRESARIAL: UM ESTUDO COMPARATIVO EM EMPRESAS DO RAMO SALINEIRO. In: I MOSTRA DE INICIAÇÃO CIENTIFICA, 2015, MOSSORO. ANAIS DA I MOSTRA DE INICIAÇÃO CIENTIFICA, 2015.

 

COSTA, W. P. L. B.. CONTABILIDADE DE CUSTOS COMO FERRAMENTA GERENCIAL: UM ESTUDO DE CASO NAS EMPRESAS ED FRUTICULTURA. In: VIII CONGRESSO CIENTIFICO UNP, 2015, MOSSORO. Anais do VIII Congresso Cientifico UNP, 2015.

 

COSTA, W. P. L. B.. AS MUDANÇAS E AVANÇOS TECNOLÓGICOS NO MEIO AMBIENTE: UMA ABORDAGEM EM ESCRITORIOS NA CIDADE DE MOSSORO. In: VIII CONGRESSO CIENTIFICO UNP, 2015, MOSSORO. Anais do VIII Congresso Cientifico UNP, 2015.


COSTA, W. P. L. B.; SILVS, J. D. ; LEONE, R. J. G. . FATORES INFLUENCIADORES DA ADOÇÃO DE UM METODO DE CUSTEIO NA PERSPECTIVA DE PROFISSIONAIS EM CONTABILIDADE COM ATUAÇÃO NO SETOR INDUSTRIAL. In: Congresso Brasileiro de Custos, 2014, Natal. Anais Congresso Brasileiro de Custos, 2014.

 

COSTA, W. P. L. B.; SILVA, J. D. ; PESSOA, M. N. M. ; SANTOS, S. M. ; CABRAL, A. C. A. . GOVERNANÇA CORPORATIVA: um estudo acerca do nível de adesão das práticas nas indústrias salineiras. In: Congresso Brasileiro de Custos, 2014. Anais Congresso Brasileiro de Custos.

 

COSTA, W. P. L. B.; SILVA, J. D. ; SILVA, S. L. P. ; OLIVEIRA, L. L. F. . GESTÃO DE CUSTOS COMO FERRAMENTA DE PLANEJAMENTO E CONTROLE: um estudo no Jornal Gazeta do Oeste em Mossoró/RN. In: Congresso Brasileiro de Custos, 2014. Anais Congresso Brasileiro de Custos.

 

OLIVEIRA, C. J. ; COSTA, W. P. L. B. ; SILVA, J. D. . Gestão Estratégica de Custos: um estudo de caso em uma factoring da cidade de Mossoró/RN.. In: I Congresso de Contabilidade da Ufersa, 2014, Mossoro. Anais do I Congresso de Contabilidade da Ufersa, 2014.

LIMA, F. P. ; SILVA, R. C. ; SANTOS, J. O. F. ; SILVA, J. D. ; COSTA, W. P. L. B. . ESTRATÉGIAS DE GESTÃO DE CUSTOS: INVESTIGAÇÃO EMPÍRICA EM EMPRESAS DA CONSTRUÇÃO CIVIL DO MUNICIPIO DE MOSSORO/RN. In: V Congresso Cientifico UNP, 2014, Mossoró. Anais, 2012.

 

COSTA, W. P. L. B.; SILVA, J. D. . DESAFIOS E PERSPECTIVA DA PROFISSÃO DOCENTE EM CONTABILIDADE: UM ESTUDO NO DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS DA UERN/CAMPUS CENTRAL. In: VII Colóquio da Associação Francofone Internacional de Pesquisa Cientifica em Educação/Secção Brasileira, 2013, Mossoró. Anais do Colóquio da Associação Francofone Internacional de Pesquisa Cientifica em Educação/Secção Brasileira, 2013.

 

COSTA, W. P. L. B.. A PERCEPÇÃO DOS CONHECIMENTOS PERICIAIS UTILIZADOS NO EXERCICIO DA SUA FUNÇÃO: SOB A ÓTICA DE UM PERITO CONTADOR. In: VI CONGRESSO CIENTIFICO UNP, 2013, MOSSORO. Anais do VI Congresso Cientifico UNP, 2013.

 

COSTA, W. P. L. B.. CONTABILIDADE AMBIENTAL: UM ESTUDO ACERCA DA EVIDENCIAÇÃO DE ATIVOS E PASSIVOS AMBIENTAIS EM UMA FABRICA DE MOVEIS. In: VI CONGRESSO CIENTIFICO UNP, 2013, MOSSORO. Anais do VI Congresso Cientifico UNP, 2013.

.

COSTA, W. P. L. B.. SISTEMA DE GESTÃO DA QUALIDADE: UMA ANALISE SOBRE AS PRINCIPAIS MUDANÇAS NA IMOBILIÁRIA SOLIMOES. In: VI CONGRESSO CIENTIFICO UNP, 2013, MOSSORO. Anais do VI Congresso Cientifico UNP, 2013.

 

COSTA, W. P. L. B.. IMPACTOS DA NOTA FISCAL ELETRONICA: UM ESTUDO DE CASO EM UMA INDUSTRIA DE ALIMENTOS NA CIDADE DE MOSSORO. In: VI CONGRESSO CIENTIFICO UNP, 2013, MOSSORO. Anais do VI Congresso Cientifico UNP, 2013.

 

COSTA, W. P. L. B.. IMPACTOS DA NOTA FISCAL ELETRONICA: UM ESTUDO DE CASO EM UMA INDUSTRIA DE ALIMENTOS NA CIDADE DE MOSSORO. In: VI CONGRESSO CIENTIFICO UNP, 2013, MOSSORO. Anais do VI Congresso Cientifico UNP, 2013.

 

COSTA, W. P. L. B.. APLICABILIDADE DOS INDICADORES ECONOMICO-FINANCEIROS: UM ESTUDO EM UMA DISTRIBUIDORA DE GAS. In: VI CONGRESSO CIENTIFICO UNP, 2013, MOSSORO. Anais do VI Congresso Cientifico UNP, 2013.

 

Silva, Jandeson Dantas da ; COSTA, W. P. L. B. ; Morais, Hugo Azevedo Rangel de ; FORMIGA, M. V. ; SANTOS, J. O. F. . A CONTABILIDADE NO TERCERIO SETOR: uma análise na obtenção de títulos, certificados ou qualificações nas entidades sem fins lucrativos no município de Mossoró-RN.. In: IX ENCONTRO NORTE-RIO-GRANDENSE DE CIÊNCIAS CONTABEIS, 2012, MOSSORO. ANAIS IX ENCONTRO NORTE-RIO-GRANDENSE DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS, 2012.

 

COSTA, W. P. L. B.; SILVA, J. D. ; FRANCISCO, D. E. C. ; SANTOS, J. O. F. ; SILVA, R. C. . A IMPORTANCIA DA AUDITORIA INTERNA COMO FERRAMENTA DE MELHORIA DOS CONTROLES INTERNOS: UM ESTUDO DE CASO EM UMA TRANSPORTADORA NA CIDADE DE MOSSORO/RN. In: V CONGRESSO CIENTIFICO UNP, 2012, MOSSORO. Anais DO V CONGRESSO CIENTIFICO UNP, 2012.

 

SILVA, J. D. ; COSTA, W. P. L. B. ; Morais, Hugo Azevedo Rangel de ; SANTOS, J. O. F. . A IMPORTÂNCIA DA EVIDENCIAÇÃO PARA O DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL NA GESTÃO ESTRATÉGIA DAS EMPRESAS: um estudo da contabilidade sócio ambiental. In: IX Encontro Norte-rio-grandense de Ciências Contábeis, 2012, Natal. Anais IX Encontro Norte-rio-grandense de Ciências Contábeis, 2012.

 

Silva, Jandeson Dantas da; COSTA, W. P. L. B. ; SANTOS, J. O. F. ; FORMIGA, M. V. . A importância do controle interno nas organizações: um estudo nos contratos das pessoas físicas de uma instituição financeira da cidade de Mossoró/RN.. In: IX Encontro Norte-rio-grandense de Ciências contábeis, 2012, Natal. Anais, 2012.

 

SILVA, J. D. ; COSTA, W. P. L. B. ; Morais, Hugo Azevedo Rangel de ; SANTOS, J. O. F. . EVIDENCIAÇÃO DAS INFORMAÇÕES REQUERIDAS NA NBC T 15 - INFORMAÇÕES DE NATUREZA SOCIAL E AMBIENTAL, PELAS GRANDES EMPRESAS BRASILEIRAS: UM ESTUDO DE CASO NAS INSTITUIÇÕES FINANCEIRAS DO BRASIL. In: IX ENCC, 2012, NATAL. ANAIS, 2012.

 

COSTA, W. P. L. B.; SILVA, J. D. ; SANTOS, J. O. F. ; Morais, Hugo Azevedo Rangel de . A IMPORTANCIA DA CONTROLADORIA NA EVIDENCIAÇÃO DE ATIVOS E PASSIVOS AMBIENTAIS: um estudo em uma indústria de beneficiamento de castanha da cidade de Mossoró/RN. In: IX ENCC, 2012, Natal. Anais, 2012.

 

COSTA, W. P. L. B.; FRANCISCO, D. E. C. ; SANTOS, J. O. F. ; SILVA, R. C. ; SILVA, J. D. . AUDITORIA FISCAL E TRIBUTÁRIA: um estudo de caso dos fatores determinantes na empresa F. Souto S/A em Mossoró-RN. In: V Congresso Cientifico da UNP, 2012, Mossoró. Anais, 2012.

 

COSTA, W. P. L. B.. ESTRATÉGIAS DE GESTÃO DE CUSTOS: investigação empírica em empresas da construção civil do município de Mossoró/RN.. In: V Congresso Cientifico UNP, 2012, Mossoró. Anais V Congresso Cientifico UNP, 2012.

 

COSTA, W. P. L. B.. DEMONSTRAÇÃO DE FLUXO DE CAIXA COMO INSTRUMENTO DE APOIO AO PROCESSO DECISÓRIO: um estudo de caso em uma empresa petrolífera no Município de Mossoró/RN.. In: V Congresso Cientifico UNP, 2012, Mossoró. V Anais do Congresso Cientifico UNP, 2012.

COSTA, W. P. L. B.. Custo da qualidade como estratégia competitiva : um estudo realizado na indústria de temperos pilado\pilão em pau dos ferros. In: V Congresso Cientifico UNP, 2012, Mossoró. Anais do V Congresso Cientifico UNP, 2012.

 

COSTA, W. P. L. B.. Análise dos Custos da Atividade Petrolífera na região de Mossoró/RN. In: V Congresso Cientifico UNP, 2012, Mossoró. Análise dos Custos da Atividade Petrolífera na região de Mossoró/RN, 2012.

 

COSTA, W. P. L. B.. A aplicação da estatística como ferramenta acessória em auditoria: um estudo na secretaria de tributação de Mossoró/rn. In: V Congresso Cientifico UNP, 2012, Mossoró. Anais do V Congresso Cientifico UNP, 2012.

 

SANTOS, J. O. F.; COSTA, W. P. L. B. ; SILVA, J. D. . A IMPORTÂNCIA DA CONTABILIDADE E DA AUDITORIA AMBIENTAL: um estudo numa petrolífera de Mossoró/RN. In: V Congresso Cientifico UNP, 2012, Mossoró. Anais do V Congresso Cientifico UNP, 2012.

 

Resumos expandidos publicados em anais de congressos

 

COSTA, W. P. L. B.. FINANÇAS COMPORTAMENTAIS: UM ESTUDO EXPLORATÓRIO SOBRE O COMPORTAMENTO RACIONAL E IRRACIONAL DOS TOMADORES DE DECISÃO SOBRE AS INFORMAÇÕES PRODUZIDAS PELA CONTABILIDADE GERENCIAL. In: II FORUM DE EXTENSÃO DO OESTE POTIGUAR, 2016, MOSSORO. ANAIS DO II FORUM DE EXTENSÃO, 2016.

 

COSTA, W. P. L. B.; SILVA, J. D. . A RELEVANCIA DA CONTROLADORIA NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA DO MUNICÍPIO DE AREIA BRANCA/RN. In: VIII CONGRESSO CIENTIFICO DA UNP, 2015, MOSSORO. Anais do VIII Congresso Cientifico UNP, 2015.

 

COSTA, W. P. L. B.. GESTÃO AMBIENTAL: UM ESTUDO ACERCA DA SUA EVIDENCIAÇÃO NO AMBIENTE ORGANIZACIONAL. In: I MOSTRA DE INICIAÇÃO CIENTIFICA DIOCESANO, 2015, MOSSORO. ANAIS DA I MOSTRA DE INICIAÇÃO CIENTIFICA, 2015.

 

FERNANDES, A. C. S. ; SILVA, M. C. ; SILVA, J. D. ; COSTA, W. P. L. B. . A UTILIZAÇÃO DA CONTROLADORIA COMO VANTAGEM COMPETITIVA: UM ESTUDO DE CASO EM UMA DISTRIBUIDORA DE PETROLEO. In: VII CONGRESSO CIENTIFOC E MOSTRA DE EXTENSÃO DA UNP, 2014, MOSSORO. ANAIS DO VII CONGRESSO CIENTIFOC E MOSTRA DE EXTENSÃO DA UNP.

 

OLIVEIRA, A. M. ; SILVA, S. L. P. ; Valdevino, Rosângela Queiroz Souza ; Oliveira, Adriana Martins de ; COSTA, W. P. L. B. . Auditoria Interna na Associação dos Docentes da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte. In: I Fórum de Extensão do Oeste Potiguar VII Colóquio de Extensão, 2014. Anais do VII Colóquio de Extensão, 2014.

COSTA, W. P. L. B.; SILVA, J. D. . ANALISES DO PERFIL PROFISSIONAL DOS ESTUDANTES DE CIÊNCIAS CONTABEIS: UM ESTUDO NAS IES PÚBLICAS DE MOSSORO/RN. In: VII CONGRESSO CIENTIFICO UNP, 2014, MOSSORO. Anais do VII Colóquio de Extensão, 2014.


COSTA, W. P. L. B.; SILVA, J. D. . O PERFIL SOCIOECONOMICO E PROFISSIONAL DOS EGRESSOS DO CURSO DE CIÊNCIAS CONTABIES: UM ESTUDO COM OS EGRESSOS DA UERN. In: VII CONGRESSO CIENTIFICO UNP, 2014, MOSSORO. Anais do VII Colóquio de Extensão, 2014.

 

COSTA, W. P. L. B.; SILVA, J. D. . PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO: UM ESTUDO ACERCA DA SUA CONTRIBUIÇÃO PARA MAXIMIZAÇÃO DOS LUCROS EM UMA INDUSTRIA TEXTIL. In: VII CONGRESSO CIENTIFICO UNP, 2014, MOSSORO. Anais do VII Congresso Cientifico UNP, 2014.


SANTOS, J. O. F. ; FRANCISCO, D. E. C. ; SILVA, J. D. ; COSTA, W. P. L. B. ; SILVA, R. C. . AS IMPLICAÇÕES DA ADOÇÃO DA NOTA FISCAL ELETRÔNICA: um estudo de caso em uma empresa do ramo salineiro. In: V Congresso Cientifico UNP, 2012, Mossoró. Anais do V Congresso Cientifico UNP, 2012.

Resumos publicados em anais de congressos

 

COSTA, W. P. L. B.; SILVA, J. D. ; DINIZ, S. M. . CONTABILIDADE BÁSICA PARA NÃO CONTADORES E GESTORES DO MUNICÍPIO DE MOSSORÓ RN. In: VI Colóquio de Extensão da UERN, 2013, Mossoró. Anais do VI Colóquio de Extensão da UERN, 2013.

 

Apresentações de Trabalho

 

COSTA, W. P. L. B.; SILVA, J. D. . Minicurso 'Utilização de Métodos quantitativos em produção acadêmica em alta performance em Ciências Sociais'. 2016. (Apresentação de Trabalho/Outra).

 

COSTA, W. P. L. B.. Minicurso 'Auditória Contábil e sua contribuição para a tributação das organizações'. 2016. (Apresentação de Trabalho/Outra).

 

COSTA, W. P. L. B.. Revisão para Exame de Suficiência - CRC/CE. 2016. (Apresentação de Trabalho/Outra).

 

COSTA, W. P. L. B.. Minicurso Gestão estratégica de custos. 2015. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

 

COSTA, W. P. L. B.. Minicurso 'Auditoria Tributária'. 2015. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

 

COSTA, W. P. L. B.. A contabilidade na Gestão de Finanças Pessoais: um estudo comparativo entre discentes do curso de ciências contábeis. 2014. (Apresentação de Trabalho/Outra).

 

COSTA, W. P. L. B.. A CONTABILIDADE INFORMATIZADA: UM ESTUDO SOBRE AS PERSPECTIVAS DO CORPO DISCENTE DA UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE EM RELAÇÃO AS PRÁTICAS METODOLOGICAS APLICADAS PARA A FORMAÇÃO ACADÊMICA PROFISSIONAL. 2014. (Apresentação de Trabalho/Outra).

 

COSTA, W. P. L. B.. A UTILIZAÇÃO DA CONTABILIDADE GERENCIAL NO PROCESSO DECISÓRIO: UM ESTUDO DE CASO EM UMA EMPRESA DE AUTOPEÇAS NA CIDADE DE MOSSORÓ-RN. 2014. (Apresentação de Trabalho/Outra).

 

COSTA, W. P. L. B.. UTILIZAÇÃO DA DEMONSTRAÇÃO DO FLUXO DE CAIXA COMO FERRAMENTA GERENCIAL. 2014. (Apresentação de Trabalho/Outra).

 

COSTA, W. P. L. B.. ANALISE DAS BOAS PRATICAS DE GOVERNANÇA CORPORATIVA COMO ELEMENTO PROPULSOR DO MERCADO DE CAPITAIS. 2014. (Apresentação de Trabalho/Outra).

 

COSTA, W. P. L. B.. CONTABILIDADE AMBIENTAL: UM ESTUDO ACERCA DA EVIDENCIAÇÃO E MENSURAÇÃO DOS ATIVOS E PASSIVOS AMBIENTAIS EM UMA EMPRESA DE METAIS. 2014. (Apresentação de Trabalho/Outra).

 

COSTA, W. P. L. B.. A RELAÇÃO ENTRE FATOS RELEVANTES E AS ALTERAÇÕES NO MERCADO DE CAPITAIS. 2014. (Apresentação de Trabalho/Outra).

 

COSTA, W. P. L. B.. A INFLUÊNCIA DO SISTEMA DE INFORMAÇÃO GERENCIAL NO PROCESSO DECISÓRIO DA EMPRESA SANTA CLARA INDÚSTRIA E COMÉRCIO DE ALIMENTOS LTDA. 2014. (Apresentação de Trabalho/Outra).

 

COSTA, W. P. L. B.. A TEORIA DAS RESTRIÇÕES: UM ESTUDO DE CASO NO SETOR PRODUÇÃO DA REFINARIA ESTER SOUTO EM AREIA BRANCA-RN. 2014. (Apresentação de Trabalho/Outra).

COSTA, W. P. L. B.. O IMPACTO DA LEI DE RESPONSABILIDADE FISCAL SOBRE A GESTÃO DAS CONTAS PÚBLICAS: UM ESTUDO DE CASO SOBRE A PERCEPÇÃO DE UM CONTADOR PÚBLICO. 2014. (Apresentação de Trabalho/Outra).

 

COSTA, W. P. L. B.. O PAPEL DA CONTROLADORIA NA ADMINISTRAÇÃO PUBLICA: UM ESTUDO DE CASO NA PREFEITURA MUNICIPAL DE ARACATI-CE. 2014. (Apresentação de Trabalho/Outra).

 

COSTA, W. P. L. B.. O balanço social e o relatório de sustentabilidade como condição de crescimento na empresa OI S.A. 2014. (Apresentação de Trabalho/Outra).

 

COSTA, W. P. L. B.. AUDITORIA NO TERCEIRO SETOR: UM ESTUDO SOBRE A SUA UTILIZAÇÃO NA ASSOCIAÇÃO SOCIAL INCLUSÃO, CONHECIMENTO & CIDADANIA AICC NO MUNICÍPIO DE AREIA BRANCA RN. 2014. (Apresentação de Trabalho/Outra).

 

COSTA, W. P. L. B.. OS BENEFÍCIOS PROVENIENTES DA IMPLANTAÇÃO DE POLITICAS SOCIAIS E AMBIENTAIS: um estudo de caso em uma indústria no ramo alimentício no município de Mossoró/RN. 2014. (Apresentação de Trabalho/Outra).

 

COSTA, W. P. L. B.. ANÁLISES DAS PRÁTICAS SOCIOAMBIENTAIS NA EMPRESA CINSAL NO MUNICIPIO DE MOSSORO. 2014. (Apresentação de Trabalho/Outra).

 

COSTA, W. P. L. B.. UDITORIA NO TERCEIRO SETOR: ESTUDO SOBRE A SUA UTILIZAÇÃO NA ASSOCIAÇÃO SOCIAL INCLUSÃO, CONHECIMENTO & CIDADANIA AICC NO MUNICÍPIO DE AREIA BRANCA RN. 2014. (Apresentação de Trabalho/Outra).

 

COSTA, W. P. L. B.; SILVA, J. D. . Minicurso 'Controladoria como vantagem competitiva'. 2013. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

 

COSTA, W. P. L. B.. Minicurso 'Planejamento Estratégico'. 2013. (Apresentação de Trabalho/Congresso).

 

COSTA, W. P. L. B.. O PAPEL DA CONTROLADORIA NA CONTABILIDADE PÚBLICA: UM ESTUDO EM M ÓRGÃO MUNICIPAL. 2013. (Apresentação de Trabalho/Outra).

 

COSTA, W. P. L. B.. O CONTROLE INTERNO E A SUA CONTRIBUIÇÃO: ESTUDO EM UMA DISTRIBUIDORA DE PETRÓLEO. In: X ENCONTRO NORTE-RIO GRANDENSE DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS. 2013. (Apresentação de Trabalho/Outra).

 

COSTA, W. P. L. B.. A PERCEPÇÃO DOS CONHECIMENTOS TRIBUTÁRIOS UTILIZADOS NO EXERCÍCIO DA FUNÇÃO CONTÁBIL: SOB A ÓTICA DE UM CONTADOR DA CIDADE DE PARNAMIRIM.. In: X ENCONTRO NORTE-RIO GRANDENSE DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS. 2013. (Apresentação de Trabalho/Outra).

 

COSTA, W. P. L. B.. AS INOVAÇÕES TECNOLÓGICAS E TRIBUTÁRIAS NA EXECUÇÃO DOS SERVIÇOS CONTÁBEIS: UM ESTUDO NUMA EMPRESA DO RAMO DE TRANSPORTE INTERESTADUAL NA CIDADE DE MOSSORO/RN. In: AS INOVAÇÕES TECNOLÓGICAS E TRIBUTÁRIAS NA EXECUÇÃO DOS SERVIÇOS CONTÁBEIS: UM ESTUDO NUMA EMPRESA DO RAMO DE TRANSPORTE INTERESTADUAL NA CIDADE DE MOSSORO/RN. 2013.

(Apresentação de Trabalho/Outra).


COSTA, W. P. L. B.. CONTABILIDADE DE CUSTOS COMO AUXILIAR NA TOMADA DE DECISÃO: UM ESTUDO EM UMA INDUSTRIA NA CIDADE DE MOSSORO/RN. 2013. (Apresentação de Trabalho/Outra).

 

COSTA, W. P. L. B.. ANÁLISE DA ADAPTAÇÃO DO PROFISSIONAL CONTÁBIL FRENTE ÀS INOVAÇÕES TECNOLÓGICAS. 2013. (Apresentação de Trabalho/Outra).

 

COSTA, W. P. L. B.. PERCEPÇÃO DO PROFISSIONAL CONTÁBIL ACERCA DAS MUDANÇAS OCORRIDAS NA CONTABILIDADE PÚBLICA. 2013. (Apresentação de Trabalho/Outra).

COSTA, W. P. L. B.. UTILIZAÇÃO DO SISTEMA DE INFORMAÇÃO CONTÁBIL (SIC) COMO VANTAGEM COMPETITIVA: um estudo em uma distribuidora de alimentos da cidade de Mossoró/RN. 2013. (Apresentação de Trabalho/Outra).

 

COSTA, W. P. L. B.. A RELEVÂNCIA DAS INFORMAÇÕES CONTÁBEIS NO PROCESSO DECISORIO NAS ORGANIZAÇÕES: UM ESTUDO UMA SALINEIRA NA CIDADE DE MOSSORO. 2013. (Apresentação de Trabalho/Outra).

 

COSTA, W. P. L. B.. CONTABILIDADE COMERCIAL COMO FERRAMENTA DE PLANEJAMENTO E CONTROLE: UM ESTUDO NA EMPRESA MACAVI. 2013. (Apresentação de Trabalho/Outra).

 

COSTA, W. P. L. B.. A UTILIZAÇÃO DA GESTÃO DE CUSTOS EM UMA PRESTADORA DE ERVIÇOS DA CIDADE DE MOSSORO. 2013. (Apresentação de Trabalho/Outra).

 

SILVA, J. D. ; SILVA, L. D. ; COSTA, W. P. L. B. . Avaliação do Clima Organizacional: estudo de caso em um escritório de contabilidade. 2012. (Apresentação de Trabalho/Seminário).

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Anexo D - Relatório de Aquisição dos Livros de Ciências Contábeis no ano de 2016.

Governo do Estado do Rio Grande do Norte
Secretaria de Estado da Educação e da Cultura - SEEC
UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE - UERN
Sistema Integrado de Bibliotecas Reitor Pe. Sátiro C. Dantas
Campus Central - BR 110, Km 48 – Costa e Silva – Caixa Postal, 70
Fone: (084) 3315-2169 CEP. 59.600-900 – Mossoró – RN e-mail: biblioteca@uern.br

 

Relatório de Aquisição 2016 – Ciências Contábeis

TÍTULO

QUANTIDADE

ALMEIDA, Mário de Souza. ELABORAÇÃO DE PROJETO, TCC, DISSERTAÇÃO E TESE: uma abordagem simples, prática e objetiva. São Paulo: Atlas 2.ed. 2014.

4

ARRUDA, Daniel; ARAUJO, Inaldo; HUMBERTO, Pedro. Auditoria contábil: enfoque teórico, normativo e prático. São Paulo: Saraiva, 2008.

2

ASSAF NETO, Alexandre. Finanças corporativas e valor.7.ed. São Paulo, Atlas, 2014

2

Auster Moreira Nascimento; Luciane Reginato (Orgs). Controladoria: um enfoque na eficácia organizacional.  3 ed. São Paulo: Atlas, 2013.

2

BERTUCCI, Janete Lara de Oliveira. METODOLOGIA BÁSICA PARA ELABORAÇÃO DE TRABALHOS DE CONCLUSÃO DE CURSO.São Paulo: Atlas, 2008.

3

CREPALDI, Silvio Aparecido. Contabilidade Gerencial.7 ed. São Paulo: Atlas, 2014.

2

DIAS, Donaldo de Souza; SILVA, Mônica Ferreira da Silva. Como escrever uma monografia. São Paulo: Atlas, 2010.

2

DOWER, Nelson Godoy Bassil. Instituições de direito público e privado. 14 ed., São Paulo: Saraiva, 2014.

2

Iudícibus, Sérgio de(Coordenador). Contabilidade introdutória. 11 ed. São Paulo: Atlas, 2010

2

GONÇALVES, Rosana C. M. Grillo . Sistema  de  informação:  ênfase  em controladoria e contabilidade. São Paulo: Atlas, 2009.

3

ILDICIBIUS, Sérgio de. Teoria da Contabilidade. 11 ed.São Paulo. Atlas 2015

2

JAMES, Giacomoni. Orçamento público. 16 ed  São Paulo. Atlas.2012

2

MARTINS DA SILVA, Lino. Contabilidade governamental: um enfoque administrativo.  9 ed.São Paulo: Atlas, 2011.

2

MARTINS, Eliseu. Contabilidade de custos. 10. ed. São Paulo: Atlas, 2010.

2

MARTINS, Eliseu; ROCHA, Welington. Contabilidade de custos : Livro de Exercícios. 11 ed São Paulo: Atlas, 2015

3

NASCIMENTO,  Auster  Moreira;  REGINATO,  Luciane.  Controladoria: um  enfoque  na  eficácia organizacional. 3. ed. São Paulo, Atlas: 2013.

2

OLIVEIRA,  Luis  Martins  de  et al. Manual de Contabilidade Tributária: Textos e Testes com as Respostas.  14.  Ed.  São  Paulo: Atlas,2015.

2

OLIVEIRA, Djalma de Pinho Rebouças de. Governança corporativa na prática:integrando acionistas, conselho de administração e diretoria executiva na geração de resultados. 3. ed. São Paulo, Atlas: 2015.

3

PÊGAS, Paulo Henrique. Manual de contabilidade tributária. 8. ed. São Paulo: Freitas Bastos, 2014.

3

PINHEIRO, Juliano Lima. Mercado de Capitais: Inclui a Nova Plataforma de Negociação PUMA e Novos Instrumentos de Captação de Recursos. 8. ed. São Paulo, Atlas: 2016

3

Hernández SAMPIERI, Roberto ; COLLADO, Carlos Fernández; LUCIO, Pilar Baptista Metodologia de pesquisa.5 ed. Porto Alegre: Penso, 2013.

3

 



[1] GAUDÊNCIO, Ivanaldo. Ciências Contábeis na URRN: a trajetória do Curso. In: Revista do Instituto Cultural do Oeste Potiguar- (ICOP). v. 1053, Mossoró. Fundação Vingth Rosado, Coleção Mossoroense, ano 1998, p. 63.

[2] SAUL, Ana Maria. Avaliação Emancipatória: desafio à teoria e à prática de avaliação e reformulação de currículo. São Paulo: Cortez, 1988.

[3] As Atitudes por serem mutáveis, motivadas, cognitivas e emocionais, não são controláveis, mas podem ser validadas no processo de avaliação da formação profissional, In: SOUSA, Clarilza Prado de. Avaliação do rendimento escolar. 6.ed. Campinas, SP: Papirus, 1997.

[4] “A avaliação baseada em normas tem a finalidade de verificar a posição de um aluno com relação ao grupo, sendo mais apropriada a um sistema de seleção, de classificação” (SOUSA,1997:68).

[5]De acordo com proposta do Modelo de Avaliação Institucional do Conselho de Reitores das Universidades Brasileiras – CRUB, aprovada na 65 ª Reunião Plenária, em Brasília, em abril de 2000.

 

 

 

 


Atualizado por: Kaliane Roberta dos Santos Narcizo em 25/07/2017 (Setor para Contato: FACEM - Departamento de Ciências Contábeis )

Universidade do Estado do Rio Grande do Norte - UERN
Campus Universitário Central, Rua Professor Antônio Campos, s/n, BR 110, km 48, Bairro Costa e Silva - Mossoró/RN | 59600-000 | dcc@uern.br | (84)3315-2202
© 2012 Agência de Comunicação da UERN - AGECOM | agecom@uern.br | 84 3315-2144 / 3315-2115 | Sistema de Controle de Páginas

^